Share on Google+

Amém

  (Amen.)
Sinopse Durante a 2ª Guerra Mundial, um oficial da SS, desenvolve um produto para tornar mais eficiente a limpeza de tanques. Seu produto, porém, é utilizado para matar os judeus nos campos de concentração. Horrorizado, ele procura o jovem padre Ricardo Fontana que, sendo de família influente, poderia solicitar a interferência do Papa Pio XII para impedir o genocídio dos judeus. Nessa trama se desenrola toda a saga desses dois jovens, um movido pela culpa outro pela consciência e toda a intensa luta para salvar milhões de judeus. Ao mesmo tempo a situação cria a polêmica que persegue a igreja católica até hoje: Qual o seu papel na 2ª Guerra ou como é possível ser cristão e nazista?
Amém é considerado por muitos como um filme mais polêmico do que a "Paixão de Cristo" de Mel Gibson. O simples cartaz do filme na França provocou protestos e processos na justiça por católicos fervorosos e apesar disso e de ser um filme falado em inglês, ganhou na França o Cesar (Oscar francês) de melhor roteiro.
Dirigido pelo vencedor do Oscar®, Costa-Gravas (Missing - Desaparecido, Um Grande Mistério), Amém é um filme intenso, provocante, histórico e que discute corajosamente a relação polêmica entre o Vaticano e o III Reich.


Share on Google+

Informações


Título no Brasil Amém
Título Original Amen.
Ano de Lançamento
Gênero Drama
País de Origem França / Alemanha / Romênia / EUA
Duração132 minutos
Direção
Estúdio/Distrib. Casablanca Filmes

Elenco


... Kurt Gerstein
... Riccardo Fontana
>> Ver todo o Elenco...

Trailer



Comentários



  >> Ver todos os Comentários...

04/11/2009 - Vania (34 anos)

16
  Ótimo
Denunciar
Ótimo. Vale a pena ser visto.

12/08/2010 - Julio Simi Neto (53 anos)

17
  Ótimo
Denunciar
Grande Costa Gravas, mais um ótimo filme político sob a sua direção mostrando na verdade que a igreja católica de boazinha não tem nada. Confira sem medo de ser feliz.

19/09/2010 - Lisandro Hubris (40 anos)

18
  Ótimo
Denunciar
Seria ingenuidade achar que a LÓGICA e o BOM SENSO sejam instrumentos mentais de uso corrente do devoto, ou que a realidade repercute na Mente do místico de forma a levá-lo a questionar a "sua" fé, pois para a mente mágica do místico não importa o que a Ciência, a Lógica ou a Realidade possam dizer, e sim, o que ele deseja acreditar.

19/10/2010 - Fernanda Rizzo (21 anos)

19
  Ótimo
Denunciar
O melhor filme que vi até agora sobre o sistema nazi, eu não sabia o lado da história que foi mostrado no filme, o que aprendemos na escola é muito diferente. Muito bom mesmo, vi para um trabalho de Direito internacional Público e recomendo...

06/01/2011 - Ibirajara Carvalho (54 anos)

20
  Ótimo
Denunciar
Nota 1000. Pelo filme e pelo cartaz exepcional, que retrata uma possível aliança do I Reich e a Igreja católica, que fez vistas grossas para as atrocidades cometida pelos nazistas. "Preservando assim a vida de alguns padres em detrimento de milhões de vidas humanas". Segundo palavras do próprio Papa Pio XI.

02/06/2011 - Margarete (41 anos)

21
  Ótimo
Denunciar
Filme excelente! Provoca uma reflexão sobre a omissão de cristãos tanto católicos quanto protestantes diante do holocausto.

21/12/2011 - Antonio (34 anos)

22
  Bom
Denunciar
Algumas pessoas aqui têm postado comentários sem o mínimo conhecimento de história. Alguns devem ter lido aquele famoso livro "O Papa de Hitler" e tomaram esse livro como o único verdadeiro estudo sobre essa relação Catolicismo x Nazismo. Alguém aqui chegou a utilizar a expressão apoio do catolicismo ao nazismo. Nem o estudiosos críticos do catolicismo ousaram utilizar essa expressão, pois o que se discute é que o catolicismo silenciou ao não assumir uma postura de denunciadora do Nazismo. E se a Igreja tivesse tomado essa atitude, Hitler respeitosamente iria ouvir a Igreja Católica e não iria mais matar judeus. Que inocência. Eis a questão amigos, o silencio da Igreja e não apoio, o que é bem diferente.

31/12/2011 - Ali Aka (50 anos)

23
  Ótimo
Denunciar
Minha cara Margarete, a história através desse filme, traz à tona um assunto que todo católico deveria saber: A FRAQUEZA, OMISSÃO e a PERVERSIDADE amoral daqueles que supostamente se auto intitulam de herdeiros de Deus. O filme atesta de maneira corajosa que o nazismo e a hipocrisia do Vaticano são uma afronta a verdadeira fé em Jesus Cristo. Valeu Costas-Gravas, valeu!

11/04/2012 - Mauro Cavalcante (50 anos)

24
  Ótimo
Denunciar
Excelente filme, nele poderemos observar a perplexidade do mundo diante da barbárie Nazista, a igreja católica que nada podia diante da fúria ``Ariana``, sob pena de ter também seus fieis alemães, austríacos e italianos, em maus lençóis fazer. Observaremos também que os americanos também se comovem diante do sofrimento Judeu, mas também pouco podiam fazer em face da distância que os separavam. Finalmente, esse filme serve para informar ao mundo que o povo alemão em sua grande maioria, desconhecia o Holocausto e sua atrocidades ou não acreditavam que poderia ser verdade.

11/04/2012 - Paulo Andre (35 anos)

25
  Ótimo
Denunciar
Tudo que Hitler gostaria naquele momento, era que a Igreja Católica manifestasse opinião contrária aos seus projetos de eugenia na europa. Com certeza a igreja seria a próxima da fila, além de ficarem com o Vaticano. Isso seria um suicídio coletivo.

24/04/2012 - Ailto Santana (52 anos)

26
  Bom
Denunciar
Filme muito bom, tipo que quando termina continua rodando na sua cabeça. Não foi só o catolicismo, o mundo se calou.

29/06/2012 - Victor (17 anos)

27
  Bom
Denunciar
Muito bom, mostra um lado pouco explorado da história e alguns outros aspectos a serem analisados, mostrados de maneira não tão explícita.

03/03/2013 - Rita (22 anos)

28
  Bom
Denunciar
No que toca ao lado alemão está excelente, pois mostrou o lado do desconhecimento alemão face ao regime Nazi (Genocídio). É verdade, o Mundo calou-se, mas também me lembro de situações semelhantes e mais recentes, como o Genocídio no Ruanda. Quanto ao papel do Vaticano, o filme não foi justo e falhou nesse ponto, estereotipando a Igreja Católica. Pio XII tanto foi elogiado como criticado face à sua atitude perante o nazismo e Holocausto durante um crítico tempo (silêncio)... Aconselho a fazerem primeiro uma pesquisa acerca deste Papa e do que o Mundo e o povo Judeu diz ou disse acerca dele.

09/06/2013 - Rodrigo (55 anos)

29
  Não vi
Denunciar
Buscava informações sobre o filme e encontrei o site. Não o vi. Apenas para informação dos demais, todos sabiam das leis raciais nazistas em 1936 e ficaram admirados com o progresso da Alemanha. Churchill sabia dos campos e tinha bombardeiros, Stalin sabia dos campos e tinha bombardeiros. O Vaticano estava cercado pelos nazistas e foi justamente um S que convenceu Hitler a não destruí-lo. O que poderia falar ou fazer o papa Pio XI? Os que criticam o Vaticano acham que ele poderiam fazer algum milagre? Como convencer Churchill, que afirmou ser natural que uma civilização mais forte destrua a outra? Disse isso muito antes de Hitler. Aos leigos sugiro, leiam mais. Quanto ao filme, gosto de Costa Gravas, mas não sei se é fiel à História que li em algumas dezenas de livros.

15/04/2014 - Andréa Nicolau (18 anos)

  Ótimo
Denunciar
Sim é um ótimo filme chorei junto muito triste, mas que trata da realidade.

Novo Comentário
Faça seu comentário, mas por favor, siga estas regras:
- Não faça perguntas, faça comentários sobre o filme;
- Não conte o final do filme nem partes importantes para o desfecho, mas se necessário marque o texto;
- Seja objetivo e descreva o porquê de sua nota;
- Se você ainda não assistiu ao filme, dê nota "Não vi";
- Não critique outros comentários, apenas faça o seu, sem preconceitos;
- Se você não gosta deste gênero de filme, é melhor não comentar;
- Comentários que descumprirem estas regras, serão excluídos totalmente.

 Agradecemos a colaboração. Bom uso!

O Texto Contém Spoiter? Sim / Não     Selecione o texto com "Spoiler" e click aqui.

Nome: Idade:  Nota:

Últimos Visitados

Livrai-nos do Mal (Deliver Us from Evil)

Copyright © 2014 www.interfilmes.com - Todos os Direitos Reservados. Acesse a Política de Privacidade.