Share on Google+

Doutor Jivago

  (Doctor Zhivago)
Sinopse Considerado um dos cem mais importantes filmes da história do cinema mundial, chega agora a versão definitiva de um verdadeiro clássico: Dr. Jivago. Vencedor de cinco Oscar® incluindo o de Melhor Trilha Sonora composta por Maurice Jarre, Dr. Jivago é um dos mais belos filmes dirigidos por David Lean (Lawrence da Arábia ), contando a história de um amor impossível entre o jovem médico Iury Jivago (Omar Sharif) e a bela Lara (Julie Christie), uma paixão que atravessa uma revolução e uma guerra mundial. Um filme apaixonante, com imagens memoráveis, como a da revolução russa nas ruas de San Petersburg, a travessia de trem pelos Montes Urais, e as incontáveis cenas de batalhas pela Europa durante a Segunda Guerra Mundial.

Share on Google+

Informações


Título no Brasil Doutor Jivago
Título Original Doctor Zhivago
Ano de Lançamento
Gênero Épico
País de Origem EUA / Itália / Reino Unido
Duração197 minutos
Direção
Estúdio/Distrib. Warner Home Video
Idade Indicativa 12 anos

Elenco


... Yuri
... Lara
>> Ver todo o Elenco...

Trilha Sonora


“Prelude in G minor, Op.23-5”(1901) (não creditada)
Composta por Sergei Rachmaninoff
“The Internationale”Letra de Eugène Pottier
Música de Pierre De Geyter
[
Cantada por crowd in the street]

Trailer



Comentários



  >> Ver todos os Comentários...

24/01/2013 - Sonora Santos (54 anos)

133
  Ótimo
Denunciar
Assisti aos 20 e poucos anos, desde então nunca esqueci de tudo. O filme é perfeito! Gostaria de assisti-lo novamente!

29/01/2013 - Andrea (45 anos)

134
  Ótimo
Denunciar
Assisti aos 18 anos, e estou sempre assistindo. Amo filmes antigos, são maravilhoso... Este em questão é lindo, amei.

01/05/2013 - Rose (60 anos)

135
  Ótimo
Denunciar
Escutei o Tema de Lara, pela primeira vez quando tinha 12 anos. Desde então, sou louca por ela. Tempos depois, descobri que era o tema do filme Dr. Jivago. ERA O ANO DE 1966, daí pra frente não sosseguei enquanto não assisti ao filme. Só em 1972, consegui vê-lo. Quase morri de emoção. Resumindo, tive 3 filhas e desde a primeira quis botar o nome de Lara, mas meu marido ficava reclamando, e botava outro nome. Até que depois de 11 anos tive a terceira, e ela se chama LARA. A minha Lara. Tenho até o disco original do filme, com o Tema de Lara, e até Tema de Lara cantado em português.

20/05/2013 - Capitao Kirk (52 anos)

136
  Ótimo
Denunciar
Como relatei sobre outro filme, num universo de Dez, este pertence neste espaço, além de sua trilha inesquecível.

28/05/2013 - José Ribamar (57 anos)

137
  Ótimo
Denunciar
Filme romântico apesar de retratar um pouco a revolução Russa. Mas quem não teve na sua vida uma Lara ou um dr jivago.

10/06/2013 - Flávio Zampieri (57 anos)

138
  Ótimo
Denunciar
O filme é simplesmente MARAVILHOSO! Direção, elenco e trilha sonora fantásticas. Assisti apenas 12 vezes e me emocionei em todas elas.

30/06/2013 - Maria Antonieta (70 anos)

139
  Ótimo
Denunciar
Acabo devê-lo na RTP MEMÓRIA. Vi-o, há muitos anos no Trindade, no Porto. MARAVILHOSO... Tenho 70 anos e embora deixasse de ir ao cinema, valeu a pena rever este filme encantador. Bom tema e excelente representação Muito obrigada.

02/07/2013 - Julia (31 anos)

140
  Regular
Denunciar
Eu colocaria o filme bom e ruim, em partes definidas. Bom: os atores, a trilha sonora, o cenário de guerra (o que não foi à toa que recebeu Oscar nessas características). Ruim: quanto ao enredo, quanto à figura da infidelidade dos dois, um homem que é casado, tem filhos e se relaciona com uma mulher que já passou por outros relacionamentos conturbados também. Isso acontecia com menos intensidade que hoje, pois hoje as pessoas casam e descasam com a maior facilidade do mundo, achando que encontrará alguém perfeito para satisfazer-se. Não existe amores perfeitos, porque imperfeitos todos somos. O que deve existir é um relacionamento sério e respeitoso com aquele com quem convivemos. O que não quer dizer que Lara e o Jivago não sentiram amor verdadeiro, pois, isso acontece quando não ainda experimentaram o amor antes mesmo. Mesmo assim, não aprovo essa ideia de grandes amores depois que já existe um relacionamento, principalmente se existe um relacionamento saudável com seu parceiro e ter filhos com este. No caso de Lara já foi mais complicado devido ao primeiro relacionamento ser conturbado e o segundo ter desaparecido, em meio a uma época em que toda mulher dependia de seus maridos para sobrevivência ou ter conseguido trabalhos pequenos como auxiliares (enfermeira, secretária, etc) para sobreviver. Um amor de verdade não é retratado no filme, mas apenas um amor de início, uma paixão fulminante. São poucos os filmes que retratam como é um amor de verdade, não egoísta e não desesperado.

02/07/2013 - Julia (31 anos)

141
  Regular
Denunciar
Não me recordo o nome do filme, mas sim dos atores. Edward Norton era um médico bom e sua esposa bela, que era a atriz Naomi Wats. Esse filme é bem chatinho, muito parado, e não gostei da performance dos personagens, apesar deles já demonstrarem atuar melhor em outros filmes. Porém, este filme é um exemplo de amor verdadeiro, pois o que Norton fez por sua esposa é mais do que paixão e amor de início. Esse é o verdadeiro amor, diferente do que eu quis dizer sobre o Dr. Jivago x Lara.

10/11/2013 - Jose Macedo (58 anos)

142
  Ótimo
Denunciar
Eu adorei este filmes é um clássico do cinema nota 10.

24/03/2014 - Maria Lucia (65 anos)

  Ótimo
Denunciar
Este filme foi o melhor filme da minha vida eu não esqueço, eu vi este filme a 49 anos muito lindo!

24/03/2014 - Maria Lucia (65 anos)

  Ótimo
Denunciar
Este filme foi o melhor que já vi atores maravilhosos, música linda e figurino lindo eu sou apaixonada por este filme.

06/09/2014 - Abel Barros (54 anos)

  Ótimo
Denunciar
O melhor filme que já assisti. De coração! Inclusive tenho o DVD e vez ou outra, assisto.

25/09/2014 - João Clodomir Ramos (61 anos)

  Ótimo
Denunciar
Filme que marcou minha adolescência e minha juventude, sou nascido em 1953, vi o filme a primeira vez em 1966. Por toda minha vida tenho cantado Tema de Lara, principalmente com meus filhos e agora netinhos. Tenho o Filme Dr Jivago, o livro Dr Jivago e a música Tema de Lara. Sou apaixonado pelo filme, cenário, história, figurino, época, enfim o melhor filme que já vi. Abraços a todos os fãs dessa película maravilhosa.

04/10/2014 - Jivago Souto (23 anos)

  Ótimo
Denunciar
Vou carregar a história deste filme por toda vida, pois foi ele que inspirou meu nome dando origem a um nome um tanto diferente par os padrões que vivemos, mas ainda assim prefiro meu nome Jivago do que um Rafael ou Filipe da vida.

Novo Comentário
Faça seu comentário, mas por favor, siga estas regras:
- Não faça perguntas, faça comentários sobre o filme;
- Não conte o final do filme nem partes importantes para o desfecho, mas se necessário marque o texto;
- Seja objetivo e descreva o porquê de sua nota;
- Se você ainda não assistiu ao filme, dê nota "Não vi";
- Não critique outros comentários, apenas faça o seu, sem preconceitos;
- Se você não gosta deste gênero de filme, é melhor não comentar;
- Comentários que descumprirem estas regras, serão excluídos totalmente.

 Agradecemos a colaboração. Bom uso!

O Texto Contém Spoiter? Sim / Não     Selecione o texto com "Spoiler" e click aqui.

Nome: Idade:  Nota:

Últimos Visitados

Um Novo Dueto (Une autre vie)

Copyright © 2014 www.interfilmes.com - Todos os Direitos Reservados. Acesse a Política de Privacidade.