Share on Google+

Os Pássaros

  (The Birds)
Sinopse Nada iguala Os Pássaros em puro terror quando Alfred Hitchcock liberta seus terríveis amigos numa de suas mais chocantes e memoráveis obras-de-arte. QUando a bela loira Melanie Daniel ('Tippi' Hedren) chega a Bodega Bay perseguindo o solteirão Mitch Brenner (Rod Taylor), ela é inexplicavelmente atacada por uma gaivota. Inesperadamente, milhares de pássaros aparecem na cidade, alimentando-se de crianças e residentes numa terrível série de ataques. Logo Mitch e Melanie estão lutando por sua vidas contra uma força mortal que não pode ser explicada e tão pouco detida, num dos filmes mais horripilantes de natureza sem controle da história de Hollywood.

Share on Google+

Informações


Título no Brasil Os Pássaros
Título Original The Birds
Ano de Lançamento
Gênero Suspense
País de Origem EUA
Duração119 minutos
Direção
Estúdio/Distrib. Universal Pictures

Elenco


... Melanie Daniels
... Annie Hayworth
>> Ver todo o Elenco...


Trilha Sonora


“Rissle-dy, Rossle-dy” (não creditada)
("I married my wife in the month of June")
Derived from the traditional Scottish folk song "The Wee Cooper o'Fife"
Additional
Letra de Evan Hunter
Cantada por the schoolchildren
“Arabesque no. 1 in E”(1888) (não creditada)
Claude Debussy

Trailer



Comentários



  >> Ver todos os Comentários...

24/03/2012 - Higor (13 anos)

38
  Ótimo
Denunciar
É o melhor filme de ataque de animais que eu já assisti. Recomendo que todos assistam muito bom.

04/05/2012 - LaBamba (43 anos)

39
  Ótimo
Denunciar
Muito bom. Como o filme é lindo, como Hitchcock nos faz nos apaixonarmos pelas "suas" loiras. Essa é simplesmente linda, frágil, fútil e mesmo assim, perfeita. Tippi Hedren está muito delicada como Melanie Daniel, muito bem dirigida, apenas achei o personagem masculino muito bobo, mas aí já é outro papo.

07/07/2012 - Isabella (16 anos)

40
  Ótimo
Denunciar
Hitchcock é único e inimitável, esse filme é engraçado e deliciosamente assustador te deixa nervoso, te faz rir, te deixa sem saber o porque de tudo aquilo. Só ele sabe ter essa originalidade e criatividade e essa malicia toda para seus filmes. Assustador e ao mesmo tempo alucinante, frenético e divertido.

31/07/2012 - Daniela (31 anos)

41
  Ótimo
Denunciar
Eu gostei do filme... O suspense... Os personagens ficando paranoicos do porque do comportamento estranho e destrutivo dos pássaros... Cada um tem uma opinião... Desde do cético ao religioso... O que me chamou a
atenção foi a ausência da trilha sonora... Dando lugar ao som dos pássaros furiosos e assassinos... Nota 10... Não menos do que isso este grande mestre o suspense merece de mim.

11/08/2012 - Noilma (47 anos)

42
  Ótimo
Denunciar
Nossa que filmaço, vi e amei, tinha que ser do gênio hitchok, todos os filmes dele são maravilhosos... ...e olha que naquele tempo não tinha a tecnologia de hoje. Amo todos os seus filmes. Como um corpo que cai, o iluminado etc... Valeu.

16/07/2013 - Tete (30 anos)

43
  Ótimo
Denunciar
Muito bom, Alfred o melhor!

22/07/2013 - Paulo R. S. Franco (57 anos)

44
  Ótimo
Denunciar
The Birds, EUA, 1963. Diretor: Alfred Hitchcock. Elenco: Tippi Hedren, Rod Taylor, Jessica Tandy, Suzanne Pleshette, Veronica Cartwright, Charles McGraw, Richard Deacon. Em uma loja de pássaros, uma mulher e um homem têm uma pequena discussão. Depois que ele sai, ela passa a se interessar por ele e resolve procurá-lo na cidadezinha de Bodega Bay, na Costa Norte da Califórnia, onde ele mora com a mãe e uma irmã pré-adolescente, sob o pretexto de levar um casal de pássaros chamado Love Birds, para a irmãzinha dele. A chegada da moça provoca ciúme da mãe do rapaz e de sua ex-namorada. Antes mesmo de desembarcar, ainda na lancha, a moça é atacada por uma gaivota. A partir daí, uma série de ataques, sucessivos e inesperados, de pássaros de todos os tipos vão acontecendo, numa violência crescente, em toda a cidade, inexplicavelmente. Este é um extraordinário suspense, baseado em um conto de Daphne du Maurier. O filme é perfeito, com ótimo desenvolvimento de personagens e interessantes conflitos entre eles, cenas de ação, suspense, romance e humor negro. Tecnicamente o trabalho é irrepreensível e surpreendente. Foram utilizadas aves amestradas, mecânicas e em efeitos de animação. Efeitos especiais maravilhosos numa época em que ainda não existiam os recursos da computação gráfica, tudo sob a supervisão de Ub Iwerks, ex-diretor de animação dos Estúdios Disney. Os créditos de abertura, de autoria de James S. Pollak, são ótimos, com pássaros estilizados cortando a tela. Hitchcock consegue criar um clima de pavor apenas com a movimentação dos pássaros, num suspense espetacular. Uma das melhores seqüências de suspense é a da saída das crianças da escola. Mais uma prova da genialidade do diretor foi o fato de ele optar por não inserir música no filme. A trilha sonora é composta simplesmente de sons emitidos pelos pássaros e pelo bater de suas asas, aumentando, assim, o terror, criando um silêncio de gelar os ossos. Para o cineasta Françoise Truffaut “o cinema foi inventado para que esse tipo de filme pudesse ser feito”. O elenco é atraente. Tippi Hedren (mãe da atriz Melanie Griffith) que, no ano seguinte iria atuar em “Marnie”, do próprio Hitchcock, faz a protagonista. “Os Pássaros” e “Marnie” são os dois melhores trabalhos da carreira da atriz. Rod Taylor, de “A Máquina do Tempo” (1960), faz o advogado por quem a personagem se apaixona. O ator pode ser visto também em “Bastardos Inglórios” (2009) fazendo o papel de Winston Churchill, dirigido por Quentin Tarantino. Jessica Tandy, premiada com o Oscar por seu papel em “Conduzindo Mis Daisy” (1989), faz a mãe do rapaz. Ela pode ser vista também em “Bateries not included” (1978), e em “Cocoon” (1985), ao lado do marido Hume Cronyn. A ex-namorada do rapaz é interpretada por Suzanne Pleshette, que atuou em “O Rei dos Mágicos“ (1958), ao lado de Jerry Lewis, e em “Vinte Quilos de Confusão” (1962), ao lado de Tony Curtis. Veronica Cartwright, que faz a irmã caçula, atuou também em “Invasores de Corpos” (1978), ao lado de Donald Sutherland, “Alien, o Oitavo Passageiro” (1979), “The Right Stuff” (1983) e em “As Bruxas de Eastwick” (1987). Ótima edição nacional em DVD, pela Universal, trazendo o filme na versão widescreen, com som Dolby Digital mono. Traz um longo documentário “All Abouit The Birds”, com entrevistas atuais com: a filha do diretor, o ator Rod Taylor (muito envelhecido), a atriz Tippi Hedrenn, Verônica Cartwright (já adulta), o diretor e crítico Peter Bogdanovich, o roteirista Evan Hunter e outros da equipe. Inclui teste de elenco com a atriz Tippi Hedren contracenando com o ator Martin Balsam (de “Psicose”), o final original em storyboards, cine jornal da época, fotos da produção, filmografias e trailer de cinema. 120 minutos. Nota: 10.0.

05/08/2013 - Miguel (64 anos)

45
  Ótimo
Denunciar
Depois do que o Paulo disse, restaria pouca coisa. Mas a meu ver quem fala mal desse filme realmente não entendeu a mensagem, que é inclusive a favor dos animais. Como negar aos pássaros o direito de agir como agem na história, se eles são tão espezinhados pela raça humana? Espertamente o cineasta trabalha com humanos medíocres, para que eles não tentem roubar a cena, pois os verdadeiros astros são mesmo as aves com o arrepiante suspense da sua sonoplastia. E genial é o desfecho, com os pássaros ganhando dos humanos.

08/08/2013 - Eduardo Rs (46 anos)

46
  Ótimo
Denunciar
Ótimo filme, porém tem um problema, adquiri o blu-ray do filme e o início da dublagem não foi filtrado está cheio de zumbidos só depois de alguns minutos que o filme fica com o som bom a imagem está perfeita mais tinham que dar mancada no áudio, serviço meia boca, eta Brasil!

17/12/2013 - Andre Luis Dias (39 anos)

  Regular
Denunciar
Não achei grande coisa, a imagem do filme é bem feita pela época que foi gravado, mas esperava mais do filme, achei paradão demais, eu não assisto de novo esse filme.

16/02/2014 - Aloizio Andrade (54 anos)

  Ótimo
Denunciar
Vou resumir em poucas palavras: Os Pássaros é uma obra prima e Hitch é o maior diretor de cinema de todos os tempos.

24/02/2014 - Marco (31 anos)

  Ruim
Denunciar
Filme muito parado, dá sono, além de um final fraco.

12/04/2014 - Josmar (46 anos)

  Bom
Denunciar
Só aconteceu dos 52 minutos em diante. Antes desse tempo = MUITO PARADO. Nota 8.

20/04/2014 - Leila (47 anos)

  Regular
Denunciar
O filme é de 1963, está um pouco bobo e ingênuo para os dias atuais. A atuação dos personagens é muito forçada nos gestos e expressões, acho que de acordo com a época. O ator principal, Rod Taylor, era muito bonito. Um dos atores mais bonitos que já vi.

04/07/2014 - Jonhatan (19 anos)

  Péssimo
Denunciar
Mais que filme ruim parado final idiota nem se sabe o motivo de tudo aquilo um dos únicos terror antigo que eu não gostei.

Novo Comentário
Faça seu comentário, mas por favor, siga estas regras:
- Não faça perguntas, faça comentários sobre o filme;
- Não conte o final do filme nem partes importantes para o desfecho, mas se necessário marque o texto;
- Seja objetivo e descreva o porquê de sua nota;
- Se você ainda não assistiu ao filme, dê nota "Não vi";
- Não critique outros comentários, apenas faça o seu, sem preconceitos;
- Se você não gosta deste gênero de filme, é melhor não comentar;
- Comentários que descumprirem estas regras, serão excluídos totalmente.

 Agradecemos a colaboração. Bom uso!

O Texto Contém Spoiter? Sim / Não     Selecione o texto com "Spoiler" e click aqui.

Nome: Idade:  Nota:

Últimos Visitados

Rio, Eu Te Amo (Rio, Eu Te Amo)

Copyright © 2014 www.interfilmes.com - Todos os Direitos Reservados. Acesse a Política de Privacidade.