Share on Google+

O Patriota

  (The Patriot)
Sinopse Benjamin Martin (Mel Gibson) é um herói do violento conflito entre França e Índia. Desde o término da guerra, ele renunciou a luta e resolveu viver em paz com sua família. Mas quando os ingleses levam a guerra da independência americana para dentro de sua casa, Benjamin não vê outra saída a não ser pegar nas armas novamente, desta vez acompanhado por seu filho idealista (Heath Ledger), e liderar uma brava rebelião em uma batalha contra o implacável e equipado exército britânico. Neste processo, ele descobre que o único meio de proteger sua família é lutando pela liberdade da jovem nação.

Share on Google+

Informações


Título no Brasil O Patriota
Título Original The Patriot
Ano Lançamento
Gênero Ação / Drama / Épico / Guerra
País de Origem Alemanha / EUA
Duração165 minutos
Direção
Estúdio/Distrib. Sony Pictures Home Entertainment

Elenco


... Benjamin Martin
... Gabriel Martin
>> Ver todo o Elenco...

Trilha Sonora


“Boney”Traditional
Interpretada por Marquetta L. Goodwine e the Gullah Cunneckshun
“Leanin' on de Lawd Side”Traditional
Interpretada por Marquetta L. Goodwine e the Gullah Cunneckshun
>> Ver toda a Trilha Sonora...

Trailer



Comentários



  >> Ver todos os Comentários...

24/03/2013 - Sem Dúvida (34 anos)

35
  Ótimo
Denunciar
Obra de arte, é longo, mas é sensacional valeu cada minuto.

24/03/2013 - Marcante (33 anos)

36
  Ótimo
Denunciar
É um filme forte.

15/06/2013 - Carlos Leandro (33 anos)

37
  Ótimo
Denunciar
Ótimo filme, mesmo gênero do filme Coração Valente. Uma das melhores atuações de Mel Gibson. Nota 9.

08/07/2013 - Carol (17 anos)

38
  Ótimo
Denunciar
Ótimo filme super recomendado.

16/07/2013 - Alex (21 anos)

39
  Bom
Denunciar
Bom filme vi na globo muitas vezes pena que não se acha nas lojas.

06/10/2013 - Milton (55 anos)

40
  Ótimo
Denunciar
O filme é espetacular. Vale a pena conferir. Ótima performance de Mel Gibson.

23/03/2014 - Mohamed (51 anos)

  Ótimo
Denunciar
Gostei muito, recomendo.

13/04/2014 - Donaldo Coelho da Silva (71 anos)

  Ótimo
Denunciar
Excelente. Atuação marcante de Mel Gibson. Até hoje não consigo entender a forma de combate dos soldados, que se postavam ombro a ombro, na guerra civil americana, de ambos os lados. Longas fileiras, ombro com ombro se formavam de um lado e de outro. Depois de uma certa distância era dada a ordem de disparar e era um tal de cair soldado morto pra tudo quanto é lado. Ou seja, tinha mais chance de vencer quem tivesse mais soldados. E o mais intrigante, ainda, todos se enfrentavam de peito aberto. Parece que, à época, os militares não cavavam trincheiras ou não se protegiam atrás de uma árvore, de uma pedra. Nesse filme, o Patriota, mostra claramente o que estou comentando. Alguém poderia me explicar que tática suicida era essa em que todos se enfrentavam, como disse, de peito aberto.

01/06/2014 - Ruan (40 anos)

  Bom
Denunciar
Esse filme e bom tem um tempão que não passa na globo não sei porque.

09/12/2014 - Robertocarlosm (54 anos)

  Bom
Denunciar
Assisti no canal tnt hd, muito bom, história bem produzida e dirigida, atuações convincentes, cenas de ação muito boas, dublagem nota dez...

11/12/2014 - Tom (37 anos)

  Ótimo
Denunciar
Se vocês procuram um filme ESPETACULAR, fiquem atentos, pois esse é o filme certo... Um dos melhores filmes que eu já assisti pela atuação, filmagem, trilha sonora e principalmente história. Vale a pena ver e rever. Nota: 10.

22/01/2015 - LUIZ2001 (45 anos)

  Regular
Denunciar
UMA PATRIOTADA INFANTIL, ISSO SIM... Um ex-guerreiro, célebre pela competência e impiedade, torna-se um fazendeiro pacífico, viúvo e pai de vários filhos, até que, em 1776, se vê forçado a voltar ao campo de batalha na tentativa de proteger o filho Gabriel, que se havia engajado. Este ponto de partida de 'O Patriota' conviria como uma luva a um Clint Eastwood, mas quis o destino que acabasse com Roland Emmerich, realizador que tem feito carreira no ramo dos filmes patrióticos. Ou seja, é melhor renunciar, antes que a projeção comece, a qualquer pretensão de ver um espetáculo à altura do evento que o motiva. A concessão e os apelos sentimentais serão frequentes: "O Patriota" existe para agradar. Basta observar os primeiros planos dos diversos personagens secundários. Quando alguém pronuncia uma frase de efeito, automaticamente o filme salta para um primeiro plano. Se um mocinho diz algo heróico, vemos uma mocinha ostentando uma expressão de incontida admiração. Etc. É quase impossível ver "O Patriota" sem lembrar das famosas experiências de Pavlov com seus cães: o filme é uma clicheria. Dito isso, estamos longe da paranoia espacial de "Independence Day", por exemplo. Quando Mel Gibson, aliás Benjamin Martin, decide voltar aos campos de batalha, o que está em jogo é a Guerra da Independência dos EUA, talvez o acontecimento político mais importante do século 18, ao lado de Revolução Francesa. Ainda que Emmerich reduza essa epopeia a um misto de sanguinolência e fábula infantil, resta ali a relevância do fato propriamente dito. E mesmo que os personagens sejam reduzidos a sua expressão mínima, algo de tocante e de humano permanece intacto. Estamos diante de uma versão dessa guerra adaptada sobretudo ao gosto infantil (de certo ponto de vista, as crianças são os verdadeiros protagonistas da trama), onde massacres atrozes são misturados a cenas sentimentais, de modo a provocar um equilíbrio capaz de não afugentar o público mais sensível (nesse particular, o papel da música melosa de John Williams não é pequeno). À parte isso, "O Patriota" é um filme com uma única ideia de direção, mas ela é boa e se mostra logo nas primeiras cenas. Ali, Ben exercita seus precários dotes de marceneiro na inútil tentativa de fabricar uma cadeira de balanço que se aguente por mais de cinco segundos. Trata-se de uma bela observação sobre este homem, ex-temível guerreiro, que hoje procura encontrar seu equilíbrio na confecção de um objeto que, de certo modo, sintetiza seu ideal de segurança tranquila, mas ao mesmo tempo denuncia o quanto ele pode ser frágil (passemos pelo primeiro plano em que a filha menor o recrimina quando Ben, irado, arrebenta os restos de uma cadeira _ é o prefácio de uma série de primeiros planos idiotas). À parte isso, é preciso dar crédito ao roteiro de Robert Rodat, que consegue construir um bom vilão, na pessoa de Tavington (Jason Isaacs), coronel britânico, o que ajuda a manter o interesse pelo desfecho da trama. E ainda que a presença de um francês, o major Jean Villeneuve (Tcheky Karyo), tenha basicamente a função de agradar a um mercado que resiste bravamente à invasão do filme americano. Vale a resistência, já que um terno abraço selará a amizade entre Ben e Jean, com este último pronunciando a frase que define o filme como uma patriotada intercontinental: "Viva a liberdade". Por fim, "O Patriota" pode criar a falsa ideia de que, tivesse Mel Gibson entrado antes na guerra, ela seria mais rápida e branda. Na ótica do filme, isso conta pouco: o que se impõe aqui é da ordem da fábula infantil.

16/06/2015 - Rene (43 anos)

  Ótimo
Denunciar
Discordo totalmente do comentário acima elaborado pelo caro Luiz2001, o filme está longe de ser uma fábula infantil, bem se ver que não manja muito de cinema. O filme é belíssimo, com uma fotografia de encher os olhos, trilha sonora incrível e não é a toa que o filme levou três indicações ao oscar (melhor trilha sonora, melhor som e melhor fotografia). As cenas de batalha são de tirar o fôlego e Mel Gibson está ótimo no papel de Benjamin Martin. O filme tem cenas emocionantes e a relação que Benjamim constrói com os filhos é de emocionar. Jason Issacs que faz o vilão do filme está perfeito ao ponto de irritar o espectador e fazer com que torcemos por sua morte, temos ainda a participação de Heath Ledger no início de carreira e que está muito bem no papel. O filme apesar de longo nos prende do começo ao fim, me lembro de ter visto no cinema em sua estreia em julho de 2000 e amei esse filme. Recentemente adquiri a edição desse filme em blu-ray e vale frisar que o mesmo tem uma belíssima qualidade de imagem e som. Enfim "O Patriota" é um dos grandes filmes da primeira década dos anos 2000 e vale a pena sempre ser revisto.

07/10/2015 - Sandro Pimentel (34 anos)

  Ótimo
Denunciar
Não tão bom quanto "Coração Valente", mas mesmo assim é excelente...

19/02/2017 - Carla (32 anos)

  Ótimo
Denunciar
Para um filme ser visto mais de uma vez, é porque vale a pena... E devo ter assistido umas dez rsrs Filme maravilhoso, ótimas atuações, fotografia, roteiro. Acho que é igual ou superior a Coração Valente, mas prende do início ao fim.

Novo Comentário
Faça seu comentário, mas por favor, siga estas regras:
- Não faça perguntas, faça comentários sobre o filme;
- Não conte o final do filme nem partes importantes para o desfecho, mas se necessário marque o texto;
- Seja objetivo e descreva o porquê de sua nota;
- Se você ainda não assistiu ao filme, dê nota "Não vi";
- Não critique outros comentários, apenas faça o seu, sem preconceitos;
- Se você não gosta deste gênero de filme, é melhor não comentar;
- Comentários que descumprirem estas regras, serão excluídos totalmente.

 Agradecemos a colaboração. Bom uso!

O Texto Contém Spoiter? Sim / Não     Selecione o texto com "Spoiler" e click aqui.

Nome: Idade:  Nota:

Últimos Visitados

O Patriota (The Patriot)

Copyright © 2018 www.interfilmes.com - Todos os Direitos Reservados. Acesse a Política de Privacidade.