Share on Google+

Quase Dois Irmãos


Sinopse A relação de dois amigos, Miguel e Jorge, que começa nos anos 50. O primeiro é branco, filho de um jornalista apaixonado por samba. O segundo, negro, filho de um importante compositor do morro. Por conta do pai, Miguel conhece o morro - e Jorge - ainda criança. Um reencontro só acontece nos anos 70, quando Miguel - preso político - vai parar no presídio de Ilha Grande, onde Jorge está preso por assaltar um banco. Segundo Lúcia, a recém-implementada Lei de Segurança Nacional esvaziava o caráter político de militantes de esquerda e os encarcerava junto a prisioneiros comuns. Os chamados subversivos, como Miguel, criaram normas de comportamento para toda a cadeia - proibindo relações homossexuais, uso de maconha etc. Com o tempo, a barra presa, e a única é a construção de um muro, separando presos políticos de comuns. Do lado apolítico, a disputa pelo poder provoca um racha, e o aparecimentos da Falange Vermelha. Que no futuro viria a se chamar Comando Vermelho.

Share on Google+

Informações


Título no Brasil Quase Dois Irmãos
Título Original Quase Dois Irmãos
Ano de Lançamento
Gênero Drama
País de Origem Brasil / Chile / França
Duração102 minutos
Direção
Estúdio/Distrib. Imovision

Elenco


... Miguel (anos 70)
... Jorginho (anos 70)
>> Ver todo o Elenco...

Trailer



Comentários



  >> Ver todos os Comentários...

04/04/2009 - Thallita

10
  Ótimo
Denunciar
Gostei muito do filme... Ele nos mostra a realidade...

01/09/2009 - Geraldinho Alves (51 anos)

11
  Ótimo
Denunciar
O filme usa um pensamento central: "Existem duas vidas, a que sonhamos e a que vivemos.". Eu acrescento uma terceira via: "...A vida que lembramos.". A maioria de nós vive da memória, imaginando mil possibilidades não vividas. Imagens que habitam a fantasia. Filme Nota 10 pelo valor histórico. E Nota 11 pelo que me fez lembrar dos anos 70 e 80.

01/09/2009 - Maria Cristina Nogueira (37 anos)

12
  Ótimo
Denunciar
Assisti ontem. Adorei. O filme retrata a realidade oculta. A vontade de poucos num mundo mais justo.

02/09/2009 - André Carvalho (41 anos)

13
  Ótimo
Denunciar
Realmente não vejo como ser breve ao comentar
o filme. É lamentável não ter acontecido uma divulgação maior por conta dos envolvidos e idealizadores desta produção magnífica, espetacular e acima de tudo, mas tudo mesmo, uma aula de história. Para essa geração mais jovem que pouco acompanhou ou viu algo sobre "ditadura militar" é algo assim impagável... E mais... O nascimento da "falange vermelha" é sensacional. É sobretudo um pequeno retrato de como as autoridades desse "país",deixaram chegar ao ponto que chegamos hoje - uma violência disparada, gratuita e distribuída e o que é pior organizada. Era fácil reprimir as pessoas e aterroriza-las, mais foi difícil conter o avanço do crime organizado até os dias de hoje! Acho esse filme um retrato fiel do Brasil de ontem, de hoje e do Brasil
que ainda podemos mudar... Somando esforços coletivos de toda uma sociedade, acabaremos com essa mesma sociedade que não enxerga ser tão injusta, desigual, intolerante e egoísta! Foi essa sociedade "brilhante" que a ditadura
conseguiu construir: "ordem, progresso, mas sem desenvolvimento sócio-econômico-cultural"! Torçamos juntos para que esse filme se reprise em diversos meios de comunicação e seja amplamente divulgado, é um show de "HISTÓRIA DO Brasil"! Parabéns à todos!

15/09/2009 - Maria Helena Coelho Peixo (50 anos)

14
  Ótimo
Denunciar
O filme mostra uma realidade que somente aquelas pessoas cheias de 'ideal socialista' são capazes de entender. Insere o telespectador nas raízes da violência, sem esquecer o quão traiçoeiro é o destino. Muito educativo, pois retrata um momento da nossa história; apesar de negativo!

12/10/2009 - Silvia (30 anos)

15
  Ótimo
Denunciar
Excelente filme! Acho que sua maior preciosidade está em escancarar a balela da tão propalada igualdade em nosso país, especialmente no que se refere a raça. Vocês perceberam que, não à toa, todos os presos políticos eram brancos? Preso político negro... Nem pensar... Surra nele! Questões de gênero também estão postas ali pra gente pensar... Enfim, quais as discussões políticas estamos afim de enfrentar e pautar em nossos discursos? O que convém? Até onde estamos dispostos a "abrir as entranhas" de organização social? Parabéns à direção, produção e elenco!

03/02/2010 - Néa Miranda (44 anos)

16
  Ótimo
Denunciar
Excelente filme! Valeu a pena assistir, ele nos mostra uma dura realidade!

31/05/2010 - Sabrina (22 anos)

17
  Bom
Denunciar
Eu achei o filme bom, nos alertando ainda mais para os problemas que convivemos em todo canto do Brasil. Nos faz pensar como as duas partes, como preso político e como preso comum. Faz denúncias com as quais para nós já estão se tornando normais, e não as denunciamos e nem cobramos um meio de resolver. Fica um alerta.

15/11/2010 - Karolyne Mariza (14 anos)

18
  Ótimo
Denunciar
O filme relata os fatos do dia-a-dia. A Violência no Brasil piora cada dia mais, é complicado, logo no século 21.

24/11/2010 - Ana Cláudia (20 anos)

19
  Regular
Denunciar
Contraditório. Uma palavra traduz tudo! Na essência eles lutavam por igualdade nos direitos mais Miguel e Jorginho agiram como ditadores ao torturar um pobre e inocente gato. Fiquei chocada com a cena. O outro prisioneiro tinha todo o direito de ter um gato para fazer companhia já que ele estava separado da família. Se o leite era do coletivo o cara podia fazer o que quisesse com a parte dele, ninguém era prejudicado ficando com menos leite por causa do gato a não ser ele mesmo. Realmente muito contraditório já que lutavam por um ideal, mas ou mesmo tempo privavam outros seres de fazer uso dos objetivos.

14/12/2010 - Francisco Paulo (56 anos)

20
  Ótimo
Denunciar
Fico feliz em ver um Filme nosso tão Bom. Caco Ciocler e Flávio Bauraqui dando um show, dirigido por essa Diretora talentosa chamada Lucia Murat. Recomendo a quem ainda não viu. Ia me esquecendo, ainda tem Marieta Severo no Elenco.

26/01/2012 - Eddydovidiga (33 anos)

21
  Ótimo
Denunciar
Esse filme foi show de bola... Parabéns a diretora e a todos do elenco... Um filme sensacional... Mostrando que para se fazer um ótimo filme não há a necessidade de se gastar muito... Só acho que fizeram injustiça com o "tota"" espancaram o cara só porque o relógio do caco ciocler sumiu.

18/03/2012 - Carlos Campos (33 anos)

22
  Ótimo
Denunciar
Depois de ver o péssimo "400 contra 1", decidi rever este filme, cujo o tema central gira em torno da mesma coisa, mas é muito, muito melhor.

17/08/2012 - Jac (31 anos)

23
  Ótimo
Denunciar
Muito bom, recomendo demais!

11/02/2014 - Paulo Meiras (49 anos)

  Regular
Denunciar
Não é tudo o que falam não. Um tanto esquemático, desperdiça um bom assunto.

Novo Comentário
Faça seu comentário, mas por favor, siga estas regras:
- Não faça perguntas, faça comentários sobre o filme;
- Não conte o final do filme nem partes importantes para o desfecho, mas se necessário marque o texto;
- Seja objetivo e descreva o porquê de sua nota;
- Se você ainda não assistiu ao filme, dê nota "Não vi";
- Não critique outros comentários, apenas faça o seu, sem preconceitos;
- Se você não gosta deste gênero de filme, é melhor não comentar;
- Comentários que descumprirem estas regras, serão excluídos totalmente.

 Agradecemos a colaboração. Bom uso!

O Texto Contém Spoiter? Sim / Não     Selecione o texto com "Spoiler" e click aqui.

Nome: Idade:  Nota:

Últimos Visitados

Ventos de Agosto (Ventos de Agosto)

Copyright © 2014 www.interfilmes.com - Todos os Direitos Reservados. Acesse a Política de Privacidade.