Share on Google+

A Ponte

  (The Bridge)
Sinopse A ponte Golden Gate, em São Francisco, é um dos maiores pontos turísticos dos EUA. O que poucos sabem é que o local não atrai somente turistas, mas também suicidas. Tanto que a ponte é o lugar que atrai mais pessoas a fim de se matar. Em 2004, Eric Steel e sua equipe filmou dois pontos da ponte, durante o dia, registrando os últimos momentos de mais de vinte pessoas e impedindo mais algumas de cometer suicídio. O filme também conta com depoimentos de amigos e familiares dessas pessoas.

Share on Google+

Informações


Título no Brasil A Ponte
Título Original The Bridge
Ano de Lançamento
Gênero Documentário
País de Origem Inglaterra / EUA
Duração93 minutos
Direção
Estreia no Brasil 24/08/2007
Estúdio/Distrib. Imagem Filmes
Idade Indicativa 12 anos


Trailer



Comentários



  >> Ver todos os Comentários...

01/03/2010 - MAra (28 anos)

12
  Ótimo
Denunciar
Eu recomendo, é bem forte, mas mostra que as pessoas são mais humanas do que alguns podem aceitar. Não é pra ser um filme de entretenimento, como parece ser pra alguns, não é pra ver comendo pipoca, porque eu jamais conseguiria me imaginar fazer isso, enquanto alguém pula pra morte. É um filme de reflexão, de parar pra pensar... Os takes da ponte, com tanta vida em volta, crianças, casais, turistas em contraste com as versões das familias e as pessoas pulando, é tocante e chocante, me arrepiei em vários momentos. Recomendo pras pessoas que tem coração e para as que não tem, sabe, a grande maioria que pulou tinha coração até demais.

04/10/2010 - Giba (27 anos)

13
  Ótimo
Denunciar
O documentário mostra nada mais que a realidade vivida por muitos, alguns secretamente, outros não. Quem somos nós para julgar problemas e sentimentos alheios, todos temos o direito de viver ou morrer, e cada um escolhe o rumo que a "vida" ira seguir.

10/10/2010 - Dan (24 anos)

14
  Bom
Denunciar
Meu coração se partiu inteiramente... Eu nunca mais fui o mesmo.

12/01/2011 - Mauricio (16 anos)

15
  Ótimo
Denunciar
Ótimo documentário.

11/03/2011 - Luana (31 anos)

16
  Ótimo
Denunciar
Filme inesquecível...

24/07/2011 - Sarah Lee (29 anos)

17
  Ótimo
Denunciar
Os idiotas são aqueles que não tem coragem de admitir seus erros e fracassos. Há quem admite por demais, tomando pra si toda tristeza e desesperança a ponto de não querer mais viver. São pessoas que não encontram ajuda porque seus familiares, amigos, vizinhos e conhecidos estão tão preocupados com futilidades, que não percebem o sofrimento alheio. Depois que seu ente querido se mata, vem o desespero, tarde demais pra lamentar. E há os idiotas que julgam os suicidas e este filme. Eu posso falar sem medo que já fui uma suicida, não em potencial, de chegar a tirar, mas cheguei no estágio de desejar a morte deja como ela viesse. Graças ao bom Deus, eu consegui me reerguer novamente, e hoje estou aqui, e quero ajudar quem passa por isso. Filme ótimo e recomendo.

13/12/2011 - Leonardo (23 anos)

18
  Bom
Denunciar
É um filme bastante triste, chocante e perturbador. Infelizmente tenho que concordar em partes com o comentário nº 11.

03/01/2012 - Naiane (22 anos)

19
  Bom
Denunciar
Se eu pulasse da ponte não morreria acho... Me identifiquei com ele.

08/03/2012 - Anderson (26 anos)

20
  Ótimo
Denunciar
O filme abre a reflexão sobre o suicida, porém concordo o comentário nº11 e fico imaginando, como deixaram ocorrer muitos daqueles suicídios e não fizeram nada. Pela natureza filosofica do filme dou Nota máxima, pela frieza e da produção dou nota zero.

28/05/2012 - Andressa (30 anos)

21
  Bom
Denunciar
Pelo realismo das cenas ótimo. Mas é um documentário que te deixa no chão, chocante.

16/06/2012 - Daniel Veras (31 anos)

22
  Péssimo
Denunciar
Pequena pergunta: Por que o cara não filmou ele salvando a galera? Por que filmar a galera se matando? ZERO pra essa porcaria. Além de chocante é estúpido.

02/09/2012 - Sigme (50 anos)

23
  Bom
Denunciar
A ideia. A ideia é... Esse documentário foi feito pra mostrar as AUTORIDADES da cidade a morte anunciada. E que sempre vai ter pessoas pra fazer isso na PONTE EUTANÁSIA.

23/09/2012 - Vanessa Poison (19 anos)

24
  Ótimo
Denunciar
O princípio do filme era relatar suicídios e não salvar vidas. É como quando um biólogo grava um esquilo sendo comido por uma cobra. Ele não se grava salvando o esquilo. Não é um documentário sobre intervenção, redenção e heroísmo. E sim, é muito bem feito para o seu propósito. Recomendo.

06/06/2013 - Wellington (22 anos)

25
  Ótimo
Denunciar
Documentário simplesmente fantástico. Aos ignorantes, pergunto: se até mesmo os familiares julgaram que a salvação para aquelas pessoas era a morte, porque a produção iria impedir?

28/12/2013 - Aninha (35 anos)

  Regular
Denunciar
Chorei do começo ao fim. Chocante. A vida realmente é misteriosa uns querendo se matar outros lutando para viver. Acho que muitos poderiam ser salvos se tivessem um ombro amigo de verdade, aposto que pediram ajuda e os que fingiram ser amigos lhe viraram as costas. Não se esqueçam o melhor amigo é Deus. Já passei por isso e graças a Deus tirei essa ideia da cabeça. A pessoas que nascem com o espirito triste e que acham que são inúteis como por exemplo o Gene do filme. A vida é maravilhosa e temos apenas uma. Viva. A vida é bela.

Novo Comentário
Faça seu comentário, mas por favor, siga estas regras:
- Não faça perguntas, faça comentários sobre o filme;
- Não conte o final do filme nem partes importantes para o desfecho, mas se necessário marque o texto;
- Seja objetivo e descreva o porquê de sua nota;
- Se você ainda não assistiu ao filme, dê nota "Não vi";
- Não critique outros comentários, apenas faça o seu, sem preconceitos;
- Se você não gosta deste gênero de filme, é melhor não comentar;
- Comentários que descumprirem estas regras, serão excluídos totalmente.

 Agradecemos a colaboração. Bom uso!

O Texto Contém Spoiter? Sim / Não     Selecione o texto com "Spoiler" e click aqui.

Nome: Idade:  Nota:

Últimos Visitados

O Grande Hotel Budapeste (The Grand Budapest Hotel)

Copyright © 2014 www.interfilmes.com - Todos os Direitos Reservados. Acesse a Política de Privacidade.