Share on Google+

Provoked - Desejo de Liberdade

  (Provoked: A True Story)
Sinopse "Provoked" é uma história de uma esposa que, depois de sofrer com o marido, revidou. Primeiro contra o marido e depois contra o sistema. Kiranjit Ahluwalia (Aiswarya Rai) chega em sua nova casa cheia de afeto e otimismo com seu marido Deepak (Naveen Andrews). Ela quer continuar seus estudos em Direito conforme sua família prometeu e constituir família. Mas o futuro lhe reservou apenas sofrimento. Quando seu marido alcoólatra lhe bate pela primeira vez, ela mostra remorso. Porém, a violência se torna cada vez mais fácil, e a vida de Kiranjit se torna um verdadeiro inferno. Após 10 anos de matrimônio, cansada da violência constante, ela parte para um ato de desespero que mata Deepak. Ela é então julgada por homicídio premeditado e condenada à prisão perpétua. Na prisão, a perseveranã da submissa Kiranjit é testada a todo instante, mas a mãe de dois filhos já havia sofrido mais do que isto em casa. Ela se alia com a problemática Ronnie (Miranda Richardson), que também revidou contra seu marido.Enquanto Kiranjit se acostuma com a vida atrás das grades, Radha (Nandita Das), uma ativista pelos direitos das mulheres, vê no jornal sobre o caso e resolve agir. Ela utilizará todas suas armas contra o sistema jurídico inglês para conseguir um novo julgamento, que mudará a vida de Kiranjit e de muitas outras mulheres pelo mundo.

Share on Google+

Informações


Título no Brasil Provoked - Desejo de Liberdade
Título Original Provoked: A True Story
Ano de Lançamento
Gênero Drama
País de Origem Reino Unido / Índia
Duração113 minutos
Direção
Estúdio/Distrib. Ocean Filmes

Elenco


... Kiranjit Ahluwalia
... Veronica Scott
>> Ver todo o Elenco...


Trilha Sonora


“Fly Away”Composta por A.R. Rahman
Letra de Karen David
Vocals by Karen David
“Alaap”Composta por A.R. Rahman
Vocals by Runa Rizvi
>> Ver toda a Trilha Sonora...

Trailer



Comentários


13/02/2008 - Mauricio Todeschini

1
  Bom
Denunciar
Todo filme baseado em fatos reais tem algo de bom, especialmente porque nos leva a conclusões no dia a dia. E como a Justiça, em todo o lugar, ainda precisa muito que se aprimorar, e levar em conta que a letra da lei fria não é suficiente, em alguns casos, para levar-se Justiça. Pessoa ainda são condenadas por:
- mentiras banais de testemunhas que não se dão conta que decidem a vida de uma pessoa, como é exemplo o policial que mentiu a mando do chefe acerca do estado de lucidez do criminoso após o crime; e da sogra que perdeu o filho e mesmo sabendo que este espancara a esposa durante anos, mente, como espécie de vingança;
- e muitas vezes pela própria estupidez, falta de inteligência e outros termos que ali se encaixem. No caso, como acontece aos montes, mulheres casam-se com qualquer um ainda que tudo indique que viverão uma vida infeliz. E que, ao invés de separar-se às primeiras surras, continuam vivendo junto. A decisão errada foi preferir matar o marido depois de apanhar 10 anos, respondendo todas as conseqüências judiciais, ao invés de separar-se anteriormente. Se no caso, o marido merecia uma boa lição - a morte sempre é demais, pois ninguém tem direito de tirá-la, salvo Deus -, e era isso que a esposa pretendia, não mediu as conseqüências de que podia matá-lo e viver anos na cadeia. O júri e juiz deveriam ter levado isso em conta para uma pena inicial menos severa que a prisão perpétua, porém, livrar esta mulher de qualquer pena também seria uma injustiça. Ainda que fosse uma ótima e amável pessoa. 7,5 para o filme.

29/04/2008 - Vanessa

2
  Ótimo
Denunciar
No começo eu achei meio estranho ela colocar fogo no marido dela, mas no final do filme que ela relembra o que aconteceu eu penso que ela não queria fazer aquilo. Eu adorei o filme e vou passar o meu trabalho em cima do filme.

10/05/2008 - Carolina

3
  Ótimo
Denunciar
10. A vida como ela é. Com as fragilidades do ser-humano e o seu melhor. Um dos melhores filmes que já vi. Ainda é real.

11/03/2009 - Luiz Ney Barreto

4
  Ótimo
Denunciar
Um grande filme! Com excelente elenco.

23/08/2010 - Carlos (32 anos)

5
  Ótimo
Denunciar
Lindo autentico de uma beleza extraordinária, relatando algo polêmico, não só pela cultura que predomina mais pela violência em que passa as mulheres desse pais. Mais servindo de lição para outras também.

29/11/2010 - Vania (23 anos)

6
  Ótimo
Denunciar
Esse filme é ótimo no começo não estava entendendo muito, foi muito bom.

27/12/2010 - Jacirene (37 anos)

7
  Bom
Denunciar
Muito bom. O filme é bem realista e retrata a realidade de muitas mulheres mundo afora. Vale a pena assistir.

28/05/2011 - Marcos (36 anos)

8
  Ótimo
Denunciar
O filme é uma realidade no mundo inteiro, todos os dias centenas de mulheres são agredidas, mortas e estupradas, são na maioria das vezes tratada como um simples objeto de desejo, como escravas do sexo, etc... Nosso sistema machista ainda fecha os olhos muitas das vezes para este tão sério problema, um basta apenas não basta.

10/06/2011 - Laura (33 anos)

9
  Ótimo
Denunciar
O Filme é muito bom, pois já sofri violência domestica, e sei que não é nada agradável, e esse filme foi quem me incentivou a denunciar... Quem não assistiu assista, vale muito a pena...

Novo Comentário
Faça seu comentário, mas por favor, siga estas regras:
- Não faça perguntas, faça comentários sobre o filme;
- Não conte o final do filme nem partes importantes para o desfecho, mas se necessário marque o texto;
- Seja objetivo e descreva o porquê de sua nota;
- Se você ainda não assistiu ao filme, dê nota "Não vi";
- Não critique outros comentários, apenas faça o seu, sem preconceitos;
- Se você não gosta deste gênero de filme, é melhor não comentar;
- Comentários que descumprirem estas regras, serão excluídos totalmente.

 Agradecemos a colaboração. Bom uso!

O Texto Contém Spoiter? Sim / Não     Selecione o texto com "Spoiler" e click aqui.

Nome: Idade:  Nota:

Últimos Visitados

O Último Amor de Mr. Morgan (Mr. Morgan's Last Love)

Copyright © 2014 www.interfilmes.com - Todos os Direitos Reservados. Acesse a Política de Privacidade.