Share on Google+

Em Paris

  (Dans Paris)
Sinopse Paul está deprimido por ter se separado de Anna e volta para Paris, onde vai morar com o pai divorciado e o irmão mais novo, Jonathan. Enquanto o despreocupado irmão e o sempre alegre e companheiro pai tentam em vão reanimá-lo, só uma visita de sua mãe parece lhe trazer a alegria de volta. Quando um dia Paul fica em casa e se entrosa e conversa com uma das namoradas do irmão, ele começa a pensar que, enquanto as coisas não saem como planejadas, é sempre possível encontrar algum motivo para viver.

Share on Google+

Informações


Título no Brasil Em Paris
Título Original Dans Paris
Ano Lançamento
Gênero Drama / Romance
País de Origem França / Portugal
Duração92 minutos
Direção
Estreia no Brasil 28/12/2007
Estúdio/Distrib. Imovision

Elenco


... Paul
... Jonathan
>> Ver todo o Elenco...

Trilha Sonora


“Avant la haine”Música e Letra de Alex Beaupain
Interpretada por Romain Duris e Joana Preiss
“Flavor”Escrita por Van Cauwengerge e Wielemans
Interpretada por Girls in Hawaii
>> Ver toda a Trilha Sonora...

Trailer



Comentários



  >> Ver todos os Comentários...

22/01/2008 - Bia

3
  Bom
Denunciar
Um roteiro não linear, como já era de se esperar. Vale a pena por alguns diálogos durante o filme e pela incrível atuação de Louis Garrel, altamente sensual. Recomendo.

18/05/2008 - Monica

4
  Ótimo
Denunciar
Nunca assisti a um filme em que a relação entre pai e filhos fosse tão bem elaborada e com tal sensibilidade. Como mulher, fiquei encantada. Vale a pena assistir.

20/07/2008 - Jorge

5
  Ótimo
Denunciar
Para quem não percebeu... Em Paris é uma adaptação bem livre e de acordo com a crônica cinematográfica francesa de Franny & Zoey, clássico da literatura norte-americana de J. D. Sallinger... Todos os elementos do livro estão ali... até o próprio livro aparece em uma das cenas... Engraçado nenhuma resenha ter notado isto!

21/07/2008 - Ligia

6
  Ótimo
Denunciar
Definitivamente não é um filme para os espectadores dos filmes à la hollywood... O que me deixou mais encantada (além da graça de louis garrel) foi a sensibilidade dos diálogos, o autor, para mim, conseguiu verbalizar o que é o amor erótico, fraterno e paterno. Um filme decente no meio de muito lixo americano.

02/08/2008 - Humberto

7
  Bom
Denunciar
Além dos oportunos comentários já efetuados, vale ressaltar a mensagem da estória do lobo e do coelho: "não faça para o outro aquilo que você. Não quiser que faça para você". Por ela a humanidade viveria melhor. Um filme de aparência idiota, mas com grandes mensagens!

28/09/2008 - Leonardo

8
  Ótimo
Denunciar
Muito bom o filme! Principalmente nas relações interpessoais que são mostradas nele: relações entre pai e filho, problemas de divórcio e o caso amoroso terminado resultando na depressão de um das personagens. O autor quis de fato evidenciar o amor e a vivência familiar através desse filme que trás muitas reflexões.

19/01/2009 - Ana Cecília Dantas

9
  Ótimo
Denunciar
O melhor filme que vi em 2008. Mais do que sensível, inteligente... E a cena do telefone... É por essas e outras que cinema vale a pena. Emocionante!

16/03/2009 - Woody

10
  Péssimo
Denunciar
O filme é ruim, eu tenho vídeo locadora e comprei no impulso, pois sempre faço pesquisa antes, mas neste caso acreditei que o filme fosse bom pelos atores e pela sinope, bem é um fiasco total, tratei de tirar rapidinho de lançamento e coloquei em um canto onde ninguém vê, e se me perguntam se é bom, dou aquela mesma resposta de sempre "Ainda não vi" e fico pensando na pobre criatura que acaba de levar gato por lebre. O filme é sem noção, horrível, a fotografia é ruim, não tem um motivo, as vezes me pergunto porque é que fazem coisas tão ruins.

08/08/2009 - André (45 anos)

11
  Ótimo
Denunciar
O filme é o que há. E a cena do telefone... Já vi três vezes - em seis meses.

20/12/2009 - Roger (27 anos)

12
  Bom
Denunciar
Não concordo com os comentários anteriores, O vi duas vezes, pode ser que ele não tenha muita ação, mas é um ótimo filme.

08/05/2010 - Ina (20 anos)

13
  Ótimo
Denunciar
Ah, filmes franceses são para poucos e bons!

23/05/2010 - Rogério (45 anos)

14
  Ótimo
Denunciar
Grande filme. Para iniciados...

28/10/2010 - Moacir (46 anos)

15
  Ótimo
Denunciar
Filme sensível, poético e de grande plasticidade; um poema conduzido por imagens rasuradas reforçadas por Diálogos cortantes e precisos. É puro cinema arte da melhor safra! A tradição do cinema francês (Godard, Resnais, Jeunet, Bienix etc. ) em grande estilo. Filme para chorar.

29/10/2010 - Stephanie Venecci (13 anos)

16
  Ótimo
Denunciar
O filme pode ser um pouco monótono, mas é ótimo. Só quem gosta de filme francês consegue apreciar esse tipo de longa. E idade mental também.

29/04/2012 - Farofa (21 anos)

17
  Ótimo
Denunciar
QUEM NÃO VIU, NÃO LEIA. Bem ao estilo de Christophe Honoré, este filme é sensibilíssimo e muito doce. Gostei bastante, especialmente do rapport entre a personagem de Louis Garrel e o espectador. Penso que as circunstâncias da depressão de Paul deveriam ser mais bem trabalhadas; acho que ficou um pouco superficial, faltando uma história mais profunda aí (espero não ter dado spoiler do filme...). Contudo, no geral, o filme é muito bom.

Novo Comentário
Faça seu comentário, mas por favor, siga estas regras:
- Não faça perguntas, faça comentários sobre o filme;
- Não conte o final do filme nem partes importantes para o desfecho, mas se necessário marque o texto;
- Seja objetivo e descreva o porquê de sua nota;
- Se você ainda não assistiu ao filme, dê nota "Não vi";
- Não critique outros comentários, apenas faça o seu, sem preconceitos;
- Se você não gosta deste gênero de filme, é melhor não comentar;
- Comentários que descumprirem estas regras, serão excluídos totalmente.

 Agradecemos a colaboração. Bom uso!

O Texto Contém Spoiter? Sim / Não     Selecione o texto com "Spoiler" e click aqui.

Nome: Idade:  Nota:

Últimos Visitados

Em Paris (Dans Paris)

Copyright © 2018 www.interfilmes.com - Todos os Direitos Reservados. Acesse a Política de Privacidade.