Share on Google+

Operação Dragão

  (Enter the Dragon)
Sinopse Trinta anos depois de sua intempestiva morte, Bruce Lee continua a ser a maior estrela dos filmes de artes marciais. Operação Dragão passa no teste do tempo como o mais amado filme de artes marciais na história. Para seu aniversário de 30 anos, essa aventura emocionante retorna em DVD em uma Edição Dupla apresentando vários comentários hipnotizantes que examinam a vida em família de Lee e suas incríveis conquistas. inclui também a nova retrospectiva do produtor de Operação Dragão Fred Weintraub a respeito da execução desse filme memorável, com novas cenas recentemente descobertas de Lee em ação. Que golpe!

Share on Google+

Informações


Título no Brasil Operação Dragão
Título Original Enter the Dragon
Ano Lançamento
Gênero Ação / Policial / Drama / Suspense
País de Origem Hong Kong / EUA
Duração102 minutos
Direção
Estúdio/Distrib. Warner Home Video
Idade Indicativa 18 anos

Elenco


... Lee
... Roper
>> Ver todo o Elenco...

Trailer



Comentários



  >> Ver todos os Comentários...

13/02/2014 - Cido (41 anos)

  Ótimo
Denunciar
A única coisa que eu acrescentaria ao comentário anterior é que o Chuck Norris também conheceu Bruce Lee em pessoa, contracenou com ele, e também fala dele com muito respeito. O cara era muito bom e foi embora de forma precoce. Uma pena.

14/10/2014 - Moisés Silva (43 anos)

  Regular
Denunciar
O que eu gosto de ver nesse filme são as lutas de kung fu protagonizadas pelo mestre Bruce Lee! Agora quanto ao resto eu diria que o filme é muito irregular com roteiro muito fraco! Só para os fãs de Bruce Lee!

07/01/2015 - Arão (33 anos)

  Péssimo
Denunciar
Com todo respeito a história da vida e a memória do falecido Bruce Lee, concordo plenamente com as criticas feitas ao seus filmes (violência gratuita) e que o mesmo GRITAVA HISTERICAMENTE PARA IMPRESSIONAR, afirmo isso não por ser do contra ou criticar por apenas criticar, e que quiser defender que fale alguma mensagem construtiva de algum dos filmes do próprio. Venceu todos os seus desafiantes por apenas conhecer as artes marciais há mais tempo que os mesmos, enfim foi um produto de marketing para vender filmes de lutas.

10/01/2015 - Rodrigo (22 anos)

  Ótimo
Denunciar
Está passando neste exato momento no canal "maxprime". Sem dúvida um filme descomunal se comparado à filmes congêneres de sua era. Já tive o júbilo de poder assisti-lo diversas vezes, e se me recordo bem, os filmes de Bruce Lee trouxeram tal estilo de filme (artes marciais) ao nível de verossimilhança necessária para igualá-lo a um patamar de veracidade plausível. Antecedentemente em sua grande maioria, contávamos apenas com filmes quiméricos (tal devaneio era até passado à mentalidade do povo ocidental) e justamente Bruce Lee quem conduziu as artes marciais à um nível de adjacência. Numa era de domínio tecnológico, nesse filme, Bruce consegue com tino, ligar disputas marciais, sem qualquer inserção de armas de fogo. Longe de um comportamento descarrilhado em fúria, o filme une concepções clássicas com novas, misturando civilizações ao longo da história. Ao final ocorrem as melhores lutas, inclusive uma luta em retaliação ao templo shaolin. Deixar-se levar por comentários de "pessoas" (se é que foram várias) que foram inaptas e não inferiram qualquer entendimento acerca de tal filme é realmente infrutuoso. Baseado no padrão estilístico de tais comentários negativistas, deduzo que trata-se unicamente de um iludido incapaz de compreender qualquer fundamento exposto nesse filme. Extremamente recomendado.

12/01/2015 - Marrraccini (25 anos)

  Péssimo
Denunciar
Sobre o comentário acima... Francamente... Criticou bastante os comentários das pessoas que discordavam, más não falou que o colega Arão (33 anos) perguntou: qual a mensagem construtiva deste ou de qualquer de filme de Bruce Lee? Acho que David Carradine foi muito superior nas técnicas de Kung Fu e nem precisa GRITAR HISTERICAMENTE O TEMPO TODO, muito do ENDEUSAMENTO EXAGERADO do seus filmes deve-se ao fato do mesmo ter falecido no auge da fama... Será que Bruce Lee, hoje não seria um Jean-Claude Van Damme (Astro de Artes Marciais que fez bastante sucesso no começo da carreira e hoje está decadente)? Com certeza as pessoas que criticam este filme (não as conheço) mas tem uma mentalidade moderna de quem conhece o verdadeiro fundamento (não-violência) das artes marciais.

16/01/2015 - Seixas (36 anos)

  Péssimo
Denunciar
O filme já começa com o personagem de Bruce Lee (Han ) sendo expulso do templo de Shaolin, por má conduta! É focado em um torneio brutal de Artes Marciais, organizado por Traficantes, qual a mensagem construtiva deste, ou de qualquer outro filme de Bruce Lee? Acho que nenhuma, com todo respeito a memória do mesmo, seus filmes são um festival de gritaria e pancadaria da primeira a última cena. Muito legal a comparação do colega do comentário acima sobre a comparação com Jean-Claude Van-Damme, que quando apareceu (final dos anos 80) e até a metade dos anos 90 foi o grande Astro dos Filmes de Artes Marciais, e hoje está no ostracismo, talvez se Bruce Lee estivesse vivo, será que não estaria ofuscado pela dupla Jackie Chan/Jet Li, cujo os filmes tem conteúdo amplamente superior? Más quem quiser continuar iludido e achar que Bruce Lee foi o grande mestre da Artes Marciais, que fique a vontade, más não fique querendo desmoralizar as pessoas que criticam este filme, pois todos respeitar até as opiniões contrárias as nossas.

16/01/2015 - Seixas (36 anos)

  Péssimo
Denunciar
Acrescentem: todos devemos respeitar as opiniões contrárias as nossas. Valeu.

18/01/2015 - Pinheiro (42 anos)

  Péssimo
Denunciar
Acho que o talvez incomode nos comentários que criticam este filme, que ainda existam pessoas, com personalidade para discordar, do que muitos acreditam ser verdade absoluta... Que Bruce Lee, foi um mestre das Artes Marciais francamente! Um filme que tem como enredo um torneio clandestino, organizado por criminosos (traficantes) em que os lutadores lutam de maneira brutal, não denigre a imagem das Artes Marciais? Conheço várias pessoas que assistiram este filme, e durante muito tempo achavam que as Artes Marciais, são sinônimo de violência, más depois de pesquisarem sobre o tema, viram que é diferente deste filme, e que as Artes Marciais, pregam a tolerância e respeito pelo próximo, coisa que infelizmente as "viúvas" de Bruce Lee, não mostraram ter pelas pessoas que não admiram o mesmo.

31/01/2015 - Marcos (25 anos)

  Ótimo
Denunciar
Excelente! Como sempre, mestre Lee trazendo veracidade ao uso das artes marciais, bem diferente dos filmes caricaturados chineses com vôos, pisando na água, acrobacias no ar, era luta ou show circense? Não me faça rir vai, artes marciais e seu fundamento de não-violência? O kung-fu foi criado pelos monges para se defenderem de invasores (geralmente bandidos) batendo neles! Para isso o kung-fu foi criado, para bater. Melhor para de ver esses filmes caricaturados e místicos de antigamente com essas baboseiras inventadas, Wushu quer dizer "arte da guerra", inclusive o Kung-Fu foi amplamente utilizado pelos exércitos chineses de antigamente É... Porque guerra é algo muito pacífico né, nenhuma violência ocorre na guerra... Aliás, nunca vi o mestre Lee "gritar", lutadores de karatê também emitem sons intensos, assim como tenistas na hora dos jogos. E uma coisa é não gostar do filme, criticar o filme, agora deturpar o filme inventado que ele foi expulso do templo e falando de não-violência, tenha dó. Filme excelente, não quer violência? Não assista filmes de ação, simples. Vai jogar curling, squash ou frescobol pra se distrair.

11/02/2015 - Astolfo (50 anos)

  Péssimo
Denunciar
Existem filmes de ação, com violência moderada, que tem conteúdo, e não violência gratuita como neste, em que O PERSONAGEM de Bruce Lee, é expulso de um templo Shaolin, se Bruce Lee, fosse mesmo o melhor de todos os tempos teria sido preterido por David Carradine? Talvez os produtores sensatamente tenham percebido que o segundo era melhor ator e lutava melhor, é o seriado é um clássico.

20/05/2015 - Augusto (42 anos)

  Ótimo
Denunciar
Filmes de luta num contexto geral tem um determinado publico no geral que gosta temos que respeitar isso, quem nunca praticou nenhum tipo de defesa pessoal, talvez fique difícil até para avaliar o filme que por sinal e um ótimo filme com boas cenas de luta.

12/06/2015 - Alan Mota (36 anos)

  Ótimo
Denunciar
Um grande clássico. Claro que entenderá assim quem conheceu um pouco do contexto e da importância deste filme para o cinema de ação com artes marciais. Aparentemente raso e com algumas falhas de edição, tem uma história ágil e traz um Bruce Lee focado, com direito a uma interpretação dele mesmo. Nostálgico!

11/04/2017 - Rene (45 anos)

  Ótimo
Denunciar
Clássico do estilo e que consagrou Bruce Lee nos Estados Unidos, é uma pena que o mesmo não pude desfrutar desse sucesso, pois veio a falecer antes do filme ser lançado. Olha o filme marcou uma geração e que seria copiado e aperfeiçoado nas décadas seguintes. O filme tem um estilo que de ação desenfreada e mesmo para quem não gosta de filmes de luta dá para se divertir aqui e poder de ver pela última vez a fantástica década de Bruce Lee. Concordo com o comentário acima quando diz que o filme tem algumas falhas de edição, mas que não chega a comprometer a qualidade do mesmo. Revendo esse filme recentemente em blu-ray e que apesar de não ter uma imagem sensacional, o mesmo disco tem extras bem interessantes sobre a vida de Bruce Lee, principalmente o documentário de 1993 que conta a história desse lutador. Operação dragão marcou a história num estilo que na época era pouco divulgado e hoje pode ser considerado um clássico do cinema de ação e que marcou história.

15/06/2017 - Carlao (56 anos)

  Ótimo
Denunciar
Amo filmes de artes marciais op. Dragão é o clássico dos clássicos.

20/04/2018 - John Lee (50 anos)

  Ótimo
Denunciar
Bom dia a todos os amantes das artes marciais. Sinto-me honrado em poder dar meu singelo comentário sobre este filme, pois, como alguns de vocês não só aprecio como sou praticante de Kung Fu estilo Wing Chun desde 1974 onde iniciei meus estudos em Porto Alegre, e, em Tocantins aprendi um pouquinho de Kick Boxing no qual sou apenas um faixa preta 1º Dan. Aprendi um pouquinho, também, de Yoga nas linhas Hatha Yoga, Ashtanga Yoga, Vinyasa Yoga, Kundalini Yoga, Raja Yoga e noções de Iyengar Yoga. E, gostaria de, humildemente, esclarecer que os gritos que Bruce emite são liberações de energia canalizada ( aqui entra outra prática oriental de canalização de energia chamada QUIGONG ou CHI KUNG muito utilizadas no TAI CHI já à mais de três mil anos na China). Também quero esclarecer que, pelo pouco que conheço de artes marciais, Bruce Lee foi o melhor da época e quem sabe de todos os tempos (não idolatro ninguém porque idolatria é pecado, sou cristão e só idolatro a Jesus, mas, honra a quem tem honra né?). Como crítico marcial posso dizer sem titubear que B. Lee foi o melhor dos melhores, incorporou o "espírito do WUSHU" (arte da guerra). Só neste tópico eu poderia, modéstia à parte, escrever um livro sobre "Bruce espiritual", que superou o próprio mestre Yp Man. Agora, se o homem é bom, lógico que tem que dar ibope né gurizada? Bom é pouco, ele era o máximo, nunca haverá outro igual ele. Também lógico que ele não era comunista, era é muito capitalista e dos espertos. E se não fosse o máximo, não teria alunos como os famosos James Coburn, Steve McQuem, James Franciscus, Chuck Norris (Bradock) atualmente pastor evangélico, Jackie Chan e uma infinidade de outros... Jet Li, que respeito muitíssimo, grande técnica em Wushu, sempre que tem oportunidade curva-se diante do eterno mestre Lee. Poucos compreendem o homem Bruce; muitos sem tê-lo conhecido o atacam hoje com críticas infundadas, sem lastro no conhecimento específico. Não podemos criticar o que não conhecemos. Não posso julgar o trabalho de um engenheiro se não entendo de engenharia, e isso serve para as artes marciais. Outra coisa que boas pessoas, porém leigas desconhecem, é que o grande ator de Kill Bil, David Carradine, nunca praticou artes marciais. Ele era apenas ator e precisava de um coreógrafo para lhe ensinar os passos, katis e katas de uma encenação de luta. Hollywood queria um "kung fu" americano, lógico. Bruce Lee nasceu lutando, viveu lutando e treinava doze horas por dia, sabiam disso? Ele acordava de madrugada para lutar com as cadeiras de sua cozinha em sua casa e isso deixava Linda Lee, sua esposa, assustada! Sabiam disso? Outra coisa, uma pessoa que for assistir filme de artes marciais é lógico que vai se deparar com violência, pois o Kung Fu foi criado para isso mesmo, Martial Arts, arte da guerra. Se não aprecia procure um outro gênero de filme, ficção científica de Spielberg por exemplo, sei lá, um romance, etc. Mas, filme bom de kung Fu tem que ter luta, violência e porrada mesmo na turma do mal. No filme ENTER THE DRAGON (1973), clássico no gênero das artes marciais, B. Lee não foi expulso do Templo Shaolim, ele foi cedido pelo monge Grão Mestre para uma missão junto à CIA para investigar desaparecimento de pessoas numa ilha. Agora, ele foi desarmado (proibido uso de armas de fogo neste local) enfrentar campeões de lutas e traficantes perigosos onde o chefe da quadrilha era um monge renegado e além de tudo isso, sua irmã (Angela Mao) foi induzida brutalmente a suicidar com um caco de vidro para não ser estuprada por um bando de safados (entrem no filme gente, sintam a adrenalina, como pessoas que tem coração e sangue nas veias). Com todo esse quadro, convenhamos, seria pedir demais para o ator não ser tão agressivo não é mesmo? Não visualizei nenhuma violência gratuita neste filme. Parabenizo o Marcos pela excelente crítica. Obrigado pessoal. Abraço hetero para todos ksksksks Ps. Minha intenção jamais foi a de contender amigos, foi de esclarecer com amor.

Novo Comentário
Faça seu comentário, mas por favor, siga estas regras:
- Não faça perguntas, faça comentários sobre o filme;
- Não conte o final do filme nem partes importantes para o desfecho, mas se necessário marque o texto;
- Seja objetivo e descreva o porquê de sua nota;
- Se você ainda não assistiu ao filme, dê nota "Não vi";
- Não critique outros comentários, apenas faça o seu, sem preconceitos;
- Se você não gosta deste gênero de filme, é melhor não comentar;
- Comentários que descumprirem estas regras, serão excluídos totalmente.

 Agradecemos a colaboração. Bom uso!

O Texto Contém Spoiter? Sim / Não     Selecione o texto com "Spoiler" e click aqui.

Nome: Idade:  Nota:

Últimos Visitados

Operação Dragão (Enter the Dragon)

Copyright © 2018 www.interfilmes.com - Todos os Direitos Reservados. Acesse a Política de Privacidade.