Share on Google+

A Virada

  (Flywheel)
Sinopse Jay Austin quer vender carros usados da pior maneira... e é assim mesmo que ele negocia na sua loja. Promete muito mais do que pode cumprir e faz qualquer coisa para vender um carro. Sua atitude manipuladora se manifesta em todos os seus relacionamentos. Até sua esposa e seu filho sabem que não podem confiar nele. Mas Jay passa a trabalhar na restauração de um modelo clássico conversível e começa a ver que Deus está se esforçando para recupera-lo. Ao encarar a realidade de como ele se comporta de verdade, Jay Austin vive uma grande reviravolta: aprende a honrar a Deus nos negócios, nos relacionamentos, na sua vida toda!

Share on Google+

Informações


Título no Brasil A Virada
Título Original Flywheel
Ano de Lançamento
Gênero Drama
País de Origem EUA
Duração120 minutos
Direção
Estúdio/Distrib. Sony Pictures

Elenco


... Katie's irmã
... Hillary Vail
>> Ver todo o Elenco...

Trilha Sonora


“Flywheel Theme”Escrita e Interpretada por Alex Kendrick
“Everything You Are”Escrita e Interpretada por Mark Willard
featuring drums by Tim Davis

Trailer



Comentários



  >> Ver todos os Comentários...

21/11/2012 - Emerson Costa (26 anos)

234
  Ótimo
Denunciar
QUEM NÃO VIU, NÃO LEIA. Uns dos melhores filmes já produzidos no mundo... SEM SOBRA DE DÚVIDAS e não há alguém que diga o CONTRÁRIO! E o mais impressionante, os atores principais, atores coadjuvantes, diretores, redatores e demais que participaram do filme, são todos membros de uma igreja local nos EUA, na vida real. Um filme com pouco orçamento, produzido para comercialização da igreja local, com pessoas de pouca experiência profissional no ramo cinematográfico, o que surpreendeu as críticas e elogios no mundo, principalmente a Academia Cinematográfica AMERICANA. A história do filme é centrada em Jay Austin, interpretado de maneira genial por Alex Kendrick, que também escreve, dirige e produz o filme. Jay Austin é um pai de família sem comprometimento com Deus e com diversos problemas com sua esposa Judy Austin (Janet Lee Dapper), e filho Toddy Austin (Richie Hunnewell). O filme que relata o dia-a-dia do ser humano, interpretado por Jay Austin, um simples empresário, dono de uma pequena agência de carros usados numa cidade de poucos habitantes nos EUA. Porém suas vendas nunca são sinônimo de bom negócio p/ ambos (comprador x vendedor), pois Jay Austin vende seus carros de maneira desonesta em 100% das vezes p/ cumprir suas metas de vendas e assim dar continuidade no negócio (venda de carros usados). No trabalho Jay Austin dirige sua loja de carros usados de forma corrupta e desleal, enganando as pessoas ingênuas ao vender os carros com o preço acima do justo. É o típico homem que vende carros enganando seus clientes e super faturando seus ganhos e oferecendo carros de qualidade e procedência diferente da realidade. E o pior de tudo, ELE ensina seus dois vendedores a aplicar o mesmo golpe e cobra que os mesmos tenham o mesmo talento para mentir como ele. Sua atitude manipuladora se manifesta em todos os seus relacionamentos. Até sua esposa e seu filho sabem que não podem confiar nele. Porém como toda história real e cotidiana, nem tudo ia bem. Ele não se sentia feliz com a família (esposa e seus filho), pois não era um marido presente e muito menos um pai atencioso com seu único filho. Com problemas no casamento, problemas financeiros, problemas com os pais, e com seu filho, Jay Austin chega a um ponto alto de sua crise. É chegada uma hora em que depois de várias discussões, ele, ao passar os canais de televisão na madrugada é surpreendido com um pastor pregando em um programa televisivo, e aquela mensagem entra em seu coração. A partir desse momento ele começa a rever seus atos, e de seus funcionários na empresa. Jay passa a trabalhar na restauração de um modelo clássico conversível e começa a ver que Deus está se esforçando para recuperá-lo e lhe ajudar nos negócios que não estava nada bom. Ao encarar a realidade de como ele se comporta de verdade, Jay Austin vive uma grande reviravolta: aprende a honrar a Deus nos negócios e as pessoas ao seu redor também, no relacionamento e em sua própria vida! Depois de muita reflexão Jay Austin se arrepende de seus atos e entra em uma busca por redenção. Procurando restaurar seu casamento, seu relacionamento com o filho, e restituir todos aqueles a quem ele “roubou”, Jay embarca em um caminho de perdão por seus erros e pede à Deus uma única chance em sua vida para acertar e reparar seus erros cometidos no passado e assim reeconstruir seu casamento e suas finanças de modo honesto. O filme A virada é o primeiro Longa Metragem produzido por Sherwood Pictures da Sherwood Baptist Church, que são os mesmos produtores do Filme Desafiando os Gigantes. A virada é um sucesso de vendas de uma das maiores lojas On-Line a www.gospelgood.com.br, ficando em segundo lugar entre os produtos mais vendidos da loja.

03/12/2012 - Eduardo (22 anos)

235
  Ótimo
Denunciar
Filme fantástico, uma lição de vida e demonstração do grande poder de Deus. Recomendo a você que está desmotivado e sem saídas, Deus quer a sua vitória, mas você precisa ser fiel a ele.

08/12/2012 - Aline (10 anos)

236
  Ótimo
Denunciar
Amei o filme! Muito lindo!

15/12/2012 - Francisco (36 anos)

237
  Ótimo
Denunciar
Muito bom filme.

02/01/2013 - Márcio (30 anos)

238
  Bom
Denunciar
É um filme que nos ajuda a lembrar que precisamos sempre reavaliar as nossas atitudes, ver se estas estão de acordo com as leis de Deus, que são as leis da vida. Isso vale para qualquer religião ou crença.

20/02/2013 - Diná (44 anos)

239
  Ótimo
Denunciar
Filme excelente! Mostra de forma clara o comportamento e resultado na vida do vendedor de carro antes sem Deus e depois com Deus no controle de tudo! Mostra o quanto Deus trabalha ao nosso favor quando estamos dispostos a andar em seus preceitos!

15/04/2013 - Marina (59 anos)

240
  Ótimo
Denunciar
Adorei amei, tudo que eu, comentar vai ser pouco gente é uma aula maravilhoso assistam por favor.

16/04/2013 - Tanilo (20 anos)

241
  Ótimo
Denunciar
Ótimo filme! Ótima mensagem. Que nos deixa mais próximos de Deus. E mensagem. Que Deus quer que todos veja. Não tem atores famosos, não tem imagens com muita qualidade. Mais tem a mensagem de Deus pra cada um de nós. Recomendo a todos.

17/06/2013 - Sarah (18 anos)

242
  Bom
Denunciar
O filme é bom eu gostei.

03/07/2013 - Evelyn (26 anos)

243
  Ótimo
Denunciar
Filme simples, mas de grande profundidade. Assista sem preconceitos, você vai se surpreender!

04/07/2013 - Vinny (17 anos)

244
  Ótimo
Denunciar
Muito bom. Nos trás uma mensagem muito positiva de que nada nas nossas vidas da certo se não tivermos Deus em primeiro lugar. Gostei!

08/07/2013 - Eduardo B. de Morais Lima (16 anos)

245
  Ótimo
Denunciar
Olha, filme muito bom, nos faz pensar em como agimos da mesma maneira que o personagem age, e que temos que repensar e muitas vezes mudar o que não conseguimos mudar... Enfim, uma lição de vida, nota 8...

10/07/2013 - Lilian (24 anos)

246
  Ótimo
Denunciar
Lindo filme, nos faz refletir sobre as nossas atitudes e mostra que tudo com Deus é melhor!

03/10/2013 - T.v. (11 anos)

247
  Ótimo
Denunciar
Eu gostei muito porque nos ensina a ser honesto como nosso próximo.

23/10/2014 - Ferfvbnkjd (23 anos)

  Ótimo
Denunciar
Abrigada pelo filme.

Novo Comentário
Faça seu comentário, mas por favor, siga estas regras:
- Não faça perguntas, faça comentários sobre o filme;
- Não conte o final do filme nem partes importantes para o desfecho, mas se necessário marque o texto;
- Seja objetivo e descreva o porquê de sua nota;
- Se você ainda não assistiu ao filme, dê nota "Não vi";
- Não critique outros comentários, apenas faça o seu, sem preconceitos;
- Se você não gosta deste gênero de filme, é melhor não comentar;
- Comentários que descumprirem estas regras, serão excluídos totalmente.

 Agradecemos a colaboração. Bom uso!

O Texto Contém Spoiter? Sim / Não     Selecione o texto com "Spoiler" e click aqui.

Nome: Idade:  Nota:

Últimos Visitados

Livrai-nos do Mal (Deliver Us from Evil)

Copyright © 2014 www.interfilmes.com - Todos os Direitos Reservados. Acesse a Política de Privacidade.