Share on Google+

007 - Contra o Satânico Dr. No

  (Dr. No)
Sinopse No filme que lançou a saga de James Bond, o Agente 007 (Sean Connery), tem que enfrentar o misterioso Dr. No, um cientista gênio determinado a destruir o programa espacial norte-americano. Correndo contra a contagem regressiva para o desastre, Bond precisa viajar para Jamaica, onde ele encontra a linda Honey Ryder (Ursula Andress) e confronta o vilão megalomaníaco em sua ilha fortaleza.

Share on Google+

Informações


Título no Brasil 007 - Contra o Satânico Dr. No
Título Original Dr. No
Ano Lançamento
Gênero Ação / Aventura / Suspense
País de Origem Reino Unido
Duração110 minutos
Direção
Estúdio/Distrib. Fox Filmes
Idade Indicativa 12 anos

Elenco


... James Bond
... Honey Ryder
>> Ver todo o Elenco...

Trilha Sonora


“Under the Mango Tree” (não creditada)
Composta por Monty Norman
Cantada por Diana Coupland e Sean Connery
CBS Unart Catalog Inc. (BMI)
“Jump Up” (não creditada)
Composta por Monty Norman
CBS Unart Catalog Inc. -BMI
>> Ver toda a Trilha Sonora...

Trailer



Comentários



  >> Ver todos os Comentários...

17/07/2010 - Ivam Teixeira (51 anos)

5
  Bom
Denunciar
O primeiro filme da série já mostra que Sean Connery foi a escolha certa para o papel. Tem Jack Lord, futuro astro da série "Havaí 5-0" e Anthony Dawson, vilão de "Disque M para matar", no elenco. Úrsula Andres está linda e Zena Marshall também. O trio de pistoleiros "cegos", dão um toque de humor negro. Muito bom para iniciar a série.

29/11/2011 - Stuart (21 anos)

6
  Bom
Denunciar
Filme bem interessante! Levando-se em consideração que foi produzido a quase 50 anos, não deixa nenhum pouco a desejar se comparado com filmes atuais do gênero. Bom!

23/11/2012 - Alfredo Fernandes (43 anos)

7
  Ótimo
Denunciar
Filme excelente feito numa época em que adultos iam ao cinema. Hoje, a platéia é formada quase que apenas por adolescentes mais preocupados em comer pipocas. Daí os filmes atuais abusarem da violência gratuita, dos efeitos especiais e do
sexo descompromissado. Daí o baixo nível que se vê, com raras exceções.

04/12/2012 - Lucas Fera (16 anos)

8
  Bom
Denunciar
Bom filme, sendo o primeiro da série "007", ação suficiente para um filme do agente James Bond.

20/12/2012 - Luan (99 anos)

9
  Bom
Denunciar
Um bom começo para série. Com cenas boas de ação, com uma trama interessante e muito bem contada. Ação: Nota 8
Bondgirls: Nota 10 (Ursula Andres é a melhor das bondgirls)
Vilão: Nota 7 (Aparece pouco e não traz tanta ameaça assim).

13/05/2013 - Andre Ribas (45 anos)

10
  Regular
Denunciar
Filme fraco. De baixo orçamento, apenas 1 milhão de dólares (baixíssimo para a época). Quando gastaram 100 mil dólares, o estúdio apavorado já queria cancelar o projeto, pois a ordem era não gastar em praticamente nada... Ninguém sabia no que ia dar, por isso não apostaram muito pouco neste filme. O primeiro ator convidado foi Roger Moore, ator preferido do escritor, mas estava encenando outro filme e por ter orçamento baixo achou que não valia a pena, então sobrou para um novato que aceitou pagamento baixo, coisa que não repetiria mais tarde. Mas agradou e caiu no gosto do público se tornando um sucesso, mesmo sem ter nada demais...

02/07/2013 - Mauro G. (46 anos)

11
  Ótimo
Denunciar
Ótimo Início da Franquia 007, O filme é muito bom, uma excelente diversão, Vale muito a pena. Ótimo.

01/09/2013 - Otávio (32 anos)

12
  Bom
Denunciar
Adoro os filmes do 007, pois um melhor que o outro.

21/12/2013 - Thor Costa (14 anos)

  Ótimo
Denunciar
Um Filme Realmente bom, para época, UM ESPETÁCULO... Para os olhares cinematográficos de hoje um Clássico, ÉPICO e sem comentários... Efeitos que para o ano que foi feito (1962) foram muito bons... Realmente Fantástico...

02/02/2015 - Mauro (47 anos)

  Ótimo
Denunciar
Quando esse filme foi lançado ninguém imaginava o tamanho do sucesso que faria, Alias sucesso é pouco, Porque o tamanho do sucesso e fama que esse filme conseguiu, Poucos conseguiram, Esse filme além de ser muito bom, Gerou até agora 23 sequências oficiais e 2 filmes não oficiais, e está sendo feita a 24 sequência, Não há quem não conheça o personagem 007 James Bond, nem o ator Sean Connery que interpreta o personagem james Bond, imaginava o que esse filme seria e faria, Até hoje esse filme encanta, e olha que ele foi produzido em 1962, A trilha sonora dessa obra prima também encantou o mundo, a música Tema de james Bond além de ser ótima ficou super famosa, O bordão: O meu nome é Bond... James Bond também ficou muito famoso, Esse filme também gerou muitas imitações, as principais foram com o personagem Matt Helm, um agente secreto como o James Bond, mas o Matt Helm é americano e o james Bond é Inglês, Um outro agente é o Derek Flint um agente americano também, mas houve outros imitadores menores, mas nada chegava aos pés do James Bond original, Esse filme é umas das obras primas da sétima arte, Excelente diversão.

11/08/2015 - Robertocarlosm (55 anos)

  Ruim
Denunciar
Assisti no telecine cult hd, achei bem fraquinho, história mal produzida e mal dirigida, atuações nem um pouco convincentes, cenas de ação mal elaboradas, até a dublagem deixou a desejar, não recomendo.

06/10/2015 - Paulo Falcone (38 anos)

  Ótimo
Denunciar
Um verdadeiro clássico, é claro que para geração que está acostumada com o bombardeio de efeitos especiais e computação gráfica nos filmes de hoje vão se frustrar e criticar ao filme, mas mesmo sendo um filme antigo (1962) feito com baixo orçamento até para os padrões da época o filme é divertido com boas cenas de ação e boas atuações.

13/10/2015 - Rene (43 anos)

  Ótimo
Denunciar
Filme que deu início a uma das franquias mais lucrativas da história do cinema. Apesar do filme ser de 1962 e ainda assim é um ótimo filme de aventura e discordo totalmente do comentário infeliz de Roberto dizendo que esse filme é ruim, o que me gera até um espanto pela idade do colaborador que deve se lembrar do sucesso que fez esse filme, vai entender. O filme tem uma excelente trama que te prende do começo ao fim e a cena de Ursula Andress saindo do mar rumo a costa é antológica e considerado um clássico do cinema. Filmaço para quem entende e conhece um cinema de qualidade.

16/01/2018 - Bolota (70 anos)

  Ótimo
Denunciar
"My name is Bond, James Bond"... Uma frase que nos apresenta a um dos mais importantes personagens da história do cinema, e que daria vida a franquia mais estável e duradoura da história do cinema. Ambientado nos livros de Ian Flemming, 007 nos apresenta um espião britânico diferente de tudo o que já havíamos visto no cinema: inteligente, audacioso, destemido, galanteador, frio... Um personagem que teve sua personificação pelas mãos do brilhante Sean Connery, que literalmente passou para as telas tudo o que o Espião James Bond deveria ser, e se transformou, até os dias de hoje, no maior 007 da história da franquia. A abertura do filme com a trilha sonora que se tornaria um clássico na história do cinema, e é claro a caminha de Bond somada ao tiro na tela, impactaram de maneira mais do que positiva, tanto ao público, como a crítica. A história se passa no período da Guerra Fria, e nos apresenta um espião britânico pronto a combater as ameaças comunistas, e é claro, sempre apto a seduzir belas mulheres, outro detalhe que notabilizaria o personagem durante os 24 filmes da franquia. Nesse filme James Bond é enviado a Jamaica para desvendar o desaparecimento de um Agente Britânico, e de sua assistente, chegando lá, ele acaba se envolvendo em uma grande conspiração, e descobre que um chinês dono de uma Ilha local, pode ser o responsável, não só pelos sumiços, como também por um plano que coloca o mundo em risco. Nesse filme conhecemos o primeiro algoz de James Bond, a estrutura do MI-6, e uma organização que seria responsável pelas grandes conspirações no mundo: a Spectre. Sean Connery tem uma brilhante atuação no filme, como já disse anteriormente, mas ele não brilha sozinho, o filme todo tem uma estrutura muito interessante, o trabalho de direção é perfeito, e as cenas de ação são muito bem elaboradas, e o elenco de apoio não deixa a desejar, e nesse ponto devemos dar destaque a primeira Bond Girl: Ursula Andrews, e ao primeiro vilão da franquia: Joseph Wiseman, o Satânico Dr. No, que é apenas uma pequena parte de uma grandiosa organização criminosa. E falando em Dr. No, o suspense feito em torno do personagem foi um trunfo do filme, já que sua identidade só fora revelada no momento certo, o que deu um ar de suspense e mistério ao temido vilão, que consegue se impor até pela voz, na cena em que ele questiona um de seus seguidores sobre o porque Bond ainda vive. E quando ele finalmente aparece, não nos decepciona, com suas mãos artificiais, toda a sua malícia e frieza, vemos ali, um vilão que certamente amaríamos odiar. O desfecho da obra é perfeito, e as locações foram muito bem escolhidas, tal como as cenas, tanto de ação, quanto de suspense, que são feitas com muita destreza. Em resumo, esse primeiro filme da franquia 007, é um filme obrigatório para qualquer cinéfilo, e com certeza, merece ser visto e apreciado, como toda essa fantástica franquia. Nota: 10.

14/02/2018 - Zequita (57 anos)

  Ótimo
Denunciar
Criado pelo escritor Ian Fleming em 1953, o agente secreto 007 tornou-se febre no Reino Unido e em todo mundo. No entanto, sua primeira aparição nas telas de cinema só aconteceria em 1962, após passagens por séries de televisão e filmes feitos diretamente para a própria TV. O que os produtores Albert R. Broccoli e Harry Saltzman não sabiam era que, ao decidir levar o sedutor agente britânico para o cinema, estavam criando também uma das mais amadas, duradouras e lucrativas franquias da história da sétima arte. Com Terence Young na direção, a icônica trilha sonora composta por Monty Norman e Sean Connery no papel do astuto agente, nascia à lenda James Bond. Adaptado para o cinema a seis mãos por Richard Mailbaum, Johanna Harwood e Berkely Mather, “007 Contra o Satânico Dr. No” traz o agente secreto James Bond (Sean Connery) durante a investigação do desaparecimento de um colega do serviço secreto britânico na Jamaica. Com a ajuda do cidadão local Quarrel (John Kitzmuller) e da jovem Honey Ryder (Ursula Andress), ele acaba descobrindo a ilha onde se esconde o temido Dr. No (Joseph Wiseman), um cientista de descendência germânico-chinesa extremamente inteligente que utiliza a radiação da região para desenvolver armas extremamente poderosas
Nota 10.

Novo Comentário
Faça seu comentário, mas por favor, siga estas regras:
- Não faça perguntas, faça comentários sobre o filme;
- Não conte o final do filme nem partes importantes para o desfecho, mas se necessário marque o texto;
- Seja objetivo e descreva o porquê de sua nota;
- Se você ainda não assistiu ao filme, dê nota "Não vi";
- Não critique outros comentários, apenas faça o seu, sem preconceitos;
- Se você não gosta deste gênero de filme, é melhor não comentar;
- Comentários que descumprirem estas regras, serão excluídos totalmente.

 Agradecemos a colaboração. Bom uso!

O Texto Contém Spoiter? Sim / Não     Selecione o texto com "Spoiler" e click aqui.

Nome: Idade:  Nota:

Últimos Visitados

007 - Contra o Satânico Dr. No (Dr. No)

Copyright © 2019 www.interfilmes.com - Todos os Direitos Reservados. Acesse a Política de Privacidade.