Share on Google+

A Última Caçada

  (The Last Hunt)
Sinopse No início de 1880, poucos milhares de buffalos americanos restaram no Nordeste Americano, cujo rebanho com milhões de animais havia alimentado com sua carne e aquecido com sua pele toda a civilização indígena americana, durante séculos. Charlie Gilson (Robert Taylor) é um caçador profissional que parte em busca e caça dos últimos búfalos, e seu caminho vruza com Sandy McKenzie (Stewart Granger), este também caçador mas simpatizante dos índios que odeiam Charlie.

Share on Google+

Informações


Título no Brasil A Última Caçada
Título Original The Last Hunt
Ano de Lançamento
Gênero Faroeste
País de Origem EUA
Duração108 minutos
Direção
Estúdio/Distrib. Spectra Filmes

Elenco


... Charlie Gilson
... Sandy McKenzie
>> Ver todo o Elenco...


Trailer



Comentários


15/03/2009 - Wilson

1
  Regular
Denunciar
Faroeste clássico, sem muita ação. Nota 6,0.

01/07/2010 - Daniel (21 anos)

2
  Bom
Denunciar
Bom filme!

31/12/2011 - Sandor (44 anos)

3
  Regular
Denunciar
As cenas da matança dos búfalos torna o filme insuportável para quem gosta de animais. O filme poderia ser melhor. Os atores são ótimos, além da bela Debra Paget.

04/12/2012 - Tiburcio Ferreira (49 anos)

4
  Ótimo
Denunciar
Este filme tem tudo de bom.

19/04/2013 - Alfredo Fernandes (43 anos)

5
  Ótimo
Denunciar
Filme excelente. A matança dos búfalos aconteceu e deve ser mostrado porque exprime uma realidade deplorável.

03/04/2014 - Donaldo Coelho da Silva (71 anos)

  Ótimo
Denunciar
Como disse o Senhor Sandor: " a matança de búfalos torna o filme insuportável". Alguém poderia me esclarecer se essa matança realmente aconteceu, mesmo porque, pelo código de ética que os produtores de filmes adota (pelo menos na atualidade), é proibido maltratar ou matar animis em nome da arte, aliado, ainda ao fato, de que a população desses animais à época da realização do filme já era muito pequena. Realmente, me lembro muito bem, as cenas de abates dos búfalos (vividas pelo ator Robert Taylor) são muito reais e chocantes como disse o Senhor Sandor. Vi o filme, há anos, e gostei muito. Se o nosso crítico maior, Senhor Sarmento, tiver visto o filme talvez ele possa me esclarecer.

05/04/2014 - Sérgio Sarmento (60 anos)

  Ótimo
Denunciar
Assisti na noite de 04.04.2014 na televisão de minha casa. E de meu acervo de quase 2.000 DVDs que possuo. Olha, Donaldo do comentário logo acima do meu, tive que rever novamente este filme que assisti pela primeira vez nos anos sessenta do século passado, para responder sua pergunta. Digo de cara que é um bom faroeste! O diretor Richard Brooks é daqueles cineastas que só engrandeceram uma arte chamada CINEMA. Falecido em 1992 com 80 anos. Desenvolveu uma filmografia espetacular pois dirigiu em todos os gêneros. Ao que parece só não assisti uma comédia deste mestre da sétima arte. Este A Última Caçada é seu primeiro faroeste. Mas foi tão mal nas bilheterias que só em 1966 realizou outro. Que para mim é um clássico do gênero Western chamado OS PROFISSIONAIS. Donaldo não sei da onde tiraram a ideia que o diretor Brooks e sua equipe mataram vários búfalos. Isto não é verdade! O filme na real quer mostrar o grande erro da nossa civilização na matança desenfreada destes animais. Pelos índios e os caçadores " brancos ". Logo no começo o filme nos diz ( está escrito ali) que em 1853 tinha em solo norte americano 60 milhões de búfalos. E 30 anos após quando é vivido a história do filme tem somente, pasmem! 3 mil! É isso mesmo 3 mil cabeças de búfalos em todo o território norte americano. Filmado totalmente no Parque Estadual CUSTER na Dakota do Sul. No governo do senhor Joe Foss. E os abates que houve foi totalmente de animais que deveriam ser abatidos. E o mais importante. Com a supervisão de experientes funcionários daquela bela reserva florestal. É filme que conta com dois grandes atores americanos. Onde vemos um Robert Taylor em seus 45 anos. Personagem que o filme conta como o último caçador de búfalos. É em verdade pessoa que o seu tempo já tinha passado. Dai aquela ultima cena mostrada sua que era bem triste por sinal. Temos ainda um ator britânico chamado Stewart Granger que mostrava ou representava uma pessoa bem atualizada. E a linda atriz Debra Paget no frescor de seus 23 nos. Portanto e terminando Donaldo. O filme se defrontarmos com os outros do diretor é até menor. Mas para este critico ficou como um dos belos faroestes de denuncia que assisti no século passado. E hoje revendo mostra que de maneira alguma é ultrapassado. Nos mais Donaldo, forte abraço, e tenho certeza que nos veremos em outros comentários aqui no site InterFilmes.

08/04/2014 - Donaldo Coelho da Silva (71 anos)

  Ótimo
Denunciar
Obrigado, Senhor Sarmento, o senhor é o melhor. Pensando bem, algum búfalo deve ter sido sacrificado. O jogo de câmaras (com diversas posicionadas em locais diferente) passou a impressão de que realmente aconteceu a matança comentada pelo Senhor Sandor. Mas, Senhor Sarmento, estou sentindo que estou ficando velho mesmo. Nos tempos áureos do farwest, em Holywwood, quem não sabia montar um cavalo ou sacar uma arma ficava fora, literalmente, de cena. Sou ou somos (?) de um tempo em que o nome do ator Jack Palance aparecia nos créditos como Walter Jack Palance (Os Brutos também Amam). Charles Bronson era Charles Buchinsky. Terence Hill começou no cinema italiano (era italiano) no filme A Grande Estrada Azul. Tony Curtis era Anthony Curtis. Este fez uma pontinha (soldado) juntamente com com Rock Hudson (chefe índio que foi morto logo no segundo ataque), no filme Winchester 73. Por outro lado, tivemos a sorte de ver excelentes filmes de "farwest" como se dizia antigamente. E olhe que os grandes diretores desse tipo de filme estão quase todos mortos, mas deixaram um legado que jamais será esquecido. Nomes como John Ford, Howard Hawks, Antony Mann, Sam Peckinpah, Richard Brooks, William Wyler, John Huston, Robert Aldrich, etc. Etc. Acho que dessa turma antiga sobraram Clint Westwood e Kevin Kostner (este só fez o maravilhoso Dança com Lobos). Mas, tive o prazer de ver filmes maravilhosos como Sete Homens e Um Destino, Dança com Lobos, Josey Wales, Era uma vez no Oeste, Winchester 73. Meu Ódio será tua Herança. Aquela cena da matança no final do filme nunca mais foi filmada daquela forma. Peckinpah usou e abusou, bem abusado, da câmara lenta (invenção dele), com sangue esguichando prá tudo quanto é lado. Outra cena que entrou para a história do "farwest" foi a protagonizada por Terence Hill no filme Meu nome é Ninguém. Me refiro à cena em que ele humilha aquele cowboy sacando o revolver rapidamente e estapeando o cara dele. Alias, essa cena foi feita anteriormente pelo mesmo Hill em um dos filmes Trinity. Tenho esse filme gravado e quando passo começo a rir e todos aqui em casa dizem que a cena não tem graça. Como não? Hilariante. Outra cena muito bem feita foi aquela do filme o Tesouro de Sierra Madre onde o grande Humphrey Bogart, no México, em estado de penúria, por duas vezes, chegou junto ao Sr. Huston, que fazia o papel de um ricaço americano, todo de terno branco e com um charutão na boca, e o Bogart sem olhar para o rosto dele lhe pedia uma ajuda para um conterrâneo americano. Na segunda vez, levou bronca e foi descartado. Já lhe ajudei duas vezes, vá procurar outro que possa lhe ajudar. Vou terminando, Senhor Sarmento, a gente poderia ficar dias comentando esse maravilhoso gênero de filme que não volta mais. Que saudade.

08/04/2014 - Donaldo Coelho da Silva (71 anos)

  Ótimo
Denunciar
Senhor Sarmento, Terence Hill começou no cinema italiano como Mario Girotti.

25/04/2014 - Paulo R Oliveira (45 anos)

  Bom
Denunciar
Bom e desenrolado faroeste, boa história, não e chato, vale ter ou ver tenho em minha coleção. RECOMENDO!

26/08/2014 - Julio Simi Neto (57 anos)

  Bom
Denunciar
Americano gosta de matar tudo que vê pela frente e no cinema não foi diferente, pobres bufalos. Mesmo assim, vale a pena conferir esse filme dirigido por Richard Brooks.

Novo Comentário
Faça seu comentário, mas por favor, siga estas regras:
- Não faça perguntas, faça comentários sobre o filme;
- Não conte o final do filme nem partes importantes para o desfecho, mas se necessário marque o texto;
- Seja objetivo e descreva o porquê de sua nota;
- Se você ainda não assistiu ao filme, dê nota "Não vi";
- Não critique outros comentários, apenas faça o seu, sem preconceitos;
- Se você não gosta deste gênero de filme, é melhor não comentar;
- Comentários que descumprirem estas regras, serão excluídos totalmente.

 Agradecemos a colaboração. Bom uso!

O Texto Contém Spoiter? Sim / Não     Selecione o texto com "Spoiler" e click aqui.

Nome: Idade:  Nota:

Últimos Visitados

O Homem das Multidões (O Homem das Multidões)

Copyright © 2014 www.interfilmes.com - Todos os Direitos Reservados. Acesse a Política de Privacidade.