Share on Google+

A Conquista do Oeste

  (How the West Was Won)
Sinopse "Henry Fonda, Gregory Peck, Debbie Reynolds, James Stewart e John Wayne estão entre os grandes nomes que estrelam esta saga épica que acompanha uma mesma família em sua jornada através do Oeste durante gerações - marcada por uma espetacular sequência em corredeiras, uma debandada de búfalos e o clássico tiroteiro em um trem. Através de avanços tecnológicos, este vencedor de três Oscar® agora pode ser visto em todo seu esplendor, com imagens totalmente restauradas e áudio Dolby 5.1."

Share on Google+

Informações


Título no Brasil A Conquista do Oeste
Título Original How the West Was Won
Ano Lançamento
Gênero Faroeste
País de Origem EUA
Duração164 minutos
Direção / / /
Estúdio/Distrib. Warner Bros. Pictures

Elenco


... Eve Prescott
... Marshal Lou Ramsey
>> Ver todo o Elenco...

Trilha Sonora


“How the West Was Won”(1962)
Música de Alfred Newman
Letra de Ken Darby
Interpretada por Ken Darby (não creditada)
“Home in the Meadow”(1962)
Letra de Sammy Cahn
Music Adapted by Robert Emmett Dolan (não creditada)
To the traditional 16th-century melody "Greensleeves" (não creditada)
Interpretada por Debbie Reynolds (não creditada), Karl Malden (não creditada), Agnes Moorehead (não creditada) e others
Sung off-screen by a chorus at Intermission
Interpretada por Debbie Reynolds (não creditada), George Peppard (não creditada), Carolyn Jones (não creditada) e children near the end
>> Ver toda a Trilha Sonora...

Trailer



Comentários


24/05/2015 - Moises Silva (44 anos)

  Ótimo
Denunciar
Grandioso filme com elenco vigoroso! Trata-se de uma saga épica simplesmente ESPETACULAR!

16/06/2015 - José Sobrinho (59 anos)

  Ótimo
Denunciar
Um clássico, merecia estar entre os melhores filmes faroeste, recomendo.

29/09/2016 - Sebastião Aparecido Soare (57 anos)

  Ótimo
Denunciar
A Conquista do Oeste é um épico que precisa ser visto por todos que gostam de Cinema. É um grande filme! Envolvente, "classudo", com um elenco maravilhoso, é um daqueles filmes que dificilmente vemos acontecer hoje em dia. Pode ser visto como um drama ou como uma pequena aula de História, mas se torna um espetáculo mesmo quando juntamos as duas visões e reparamos como 4 diretores diferentes conseguem ligar suas ideias de forma brilhante. Um filme Obrigatório.

20/01/2018 - Bolota (70 anos)

  Ótimo
Denunciar
Grandes filmes de faroeste foram feitos, quanto a isso não resta a menor dúvida, temos Era Uma Vez no Oeste, Da Terra Nascem os Homens e diversos outros para provar isso. Mas, talvez, nenhum tenha sido tão ambicioso quanto A Conquista do Oeste, último grande projeto dos estúdios MGM. O ano é 1839 quando a família Prescott começa sua viagem pelo canal de Erie. Durante a jornada, eles conhecem Linus Rawlings (James Stewart) que acaba se encantando pela filha de Zebulon Prescott (Karl Malden) que não gosta muito. No fim, ele acaba salvando-os de uma emboscada e se casa com Eve (Carroll Baker) depois que seus pais falecem. Assim tem início à saga de quatro gerações que irão passar por aventuras pela história americana como a Guerra Civil, a corrida pelo ouro, índios, construção da ferrovia, entre outros acontecimentos. Com uma produção megalomaníaca, A Conquista do Oeste consegue em fielmente reproduzir, através da saga de uma família, os pontos mais importantes da história americana do século XIX e XX. Desde os figurinos, as locações e os diálogos que foram bem representados por um elenco escolhido a dedo e com nomes importantes da época como Henry Fonda, Gregory Peck, John Wayne, James Stewart e Spencer Tracy, esse último como narrador. Utilizando o Cinerama, uma espécie de primórdio do formato tela gigante IMAX, o filme ganha mais profundidade sem precisar do artifício dos óculos usados nos dias de hoje, por intermédio do uso de três câmeras para fotografar a obra e três projetores para exibi-las em cinema especial, com três telas colocadas lado a lado, envelopando o espectador (mais sobre isso em nossa crítica de Deu a Louca no Mundo). Além do mais, ele foi restaurado e completamente digitalizado tendo uma maior nitidez graças à tecnologia da alta definição, que também oferece o filme em formato que “emula” o Cinerama. O projeto conta ainda com a direção de três diretores – Henry Hathaway, George Marshall e John Ford – sendo que Ford dirigiu a sequência em que Linus se torna Capitão na Guerra Civil americana e todo esse arco do filme, incluindo as batalhas e tramoias. Hathaway é o que possui a maior participação, dirigindo ao todo três diferentes arcos, que são: Rios (onde Zebulon falece), Planícies (encontro com os índios) e os Os Fora-da-Lei, último segmento do filme que encerra a saga da família Prescott-Rawlings que sobrevive indo parar em Los Angeles e São Francisco da década de 60, datando assim uma vitória pelo Oeste demais de 80 anos. O filme foi indicado ao Oscar, levando três estatuetas de Melhor Roteiro, Melhor Edição e Melhor Edição de Som. E mais tarde, na década de 70, iria inspirar uma série da emissora ABC de mesmo nome.

27/01/2018 - Zequita (57 anos)

  Ótimo
Denunciar
Roteiro: ótimo Direção: ótima Fotografia: ótima Elenco: ótimo Figurino: ótimo Produção: ótima Som: ótimo Imagem: ótima Que nota leva esse filme?... Deixe-me ver.

Novo Comentário
Faça seu comentário, mas por favor, siga estas regras:
- Não faça perguntas, faça comentários sobre o filme;
- Não conte o final do filme nem partes importantes para o desfecho, mas se necessário marque o texto;
- Seja objetivo e descreva o porquê de sua nota;
- Se você ainda não assistiu ao filme, dê nota "Não vi";
- Não critique outros comentários, apenas faça o seu, sem preconceitos;
- Se você não gosta deste gênero de filme, é melhor não comentar;
- Comentários que descumprirem estas regras, serão excluídos totalmente.

 Agradecemos a colaboração. Bom uso!

O Texto Contém Spoiter? Sim / Não     Selecione o texto com "Spoiler" e click aqui.

Nome: Idade:  Nota:

Últimos Visitados

A Conquista do Oeste (How the West Was Won)

Copyright © 2020 www.interfilmes.com - Todos os Direitos Reservados. Acesse a Política de Privacidade.