Share on Google+

A Tortura do Silêncio

  (I Confess)
Sinopse Tarde em uma noite, Otto confessa ao Padre Michael Logan (Montgomery Clift) que ele matou e roubou um advogado. Enquanto isso, o Inspetor Larrue (Karl Malden) que está a cargo das investigações, descobre duas adolescentes que viram o assassino fugindo do local do crime e indo em direção a Igreja. E, quando Larrue vê o Padre Logan conversando com Ruth Grandfort (Anne Baxter) perto da cena do crime, intima os dois para depor. Ruth fornece um alíbi para o Padre Logan dizendo que eles se encontraram na noite do assassinato e também fala que eles tiveram um caso antes da guerra e que por isso, o advogado os estava chantageando. Padre Logan não pode revelar o segredo da confissão, porém sem nenhuma intenção Ruth forneceu o motivo para o assassinato e o Promotor Willy Robertson (Brian Aheme) vai usar isso para acusar o Padre Logan.

Share on Google+

Informações


Título no Brasil A Tortura do Silêncio
Título Original I Confess
Ano Lançamento
Gênero Policial / Suspense
País de Origem EUA
Duração95 minutos
Direção
Estúdio/Distrib. New-Line

Elenco


... Father Michael Logan
... Ruth Grandfort
>> Ver todo o Elenco...

Trilha Sonora


“Love, Look What You've Done To Me” (não creditada)
Música de Dimitri Tiomkin
Letra de Ned Washington
“Dies Irae” (não creditada)
>> Ver toda a Trilha Sonora...

Trailer



Comentários


21/07/2010 - Ivam Teixeira (51 anos)

1
  Ótimo
Denunciar
O Filme está entre os melhores do mestre do suspense. Montgomery Clift era especialista em personagens atormentados. Anne Baxter muito bem, assim como Karl Malden. Boa fotografia. Prende atenção até o fim. Cinema de classe. Raro hoje em dia.

28/08/2010 - Marcio (30 anos)

2
  Ótimo
Denunciar
Uma grande história, com bastante intriga e suspense. Prende a nossa atenção e não tem enrolação. Excelente filme do grande mestre Hichcock!

30/06/2011 - Luiz Antonio Bezerra (47 anos)

3
  Ótimo
Denunciar
Trata-se demais um dos vários exemplares produzidos pelo mestre do suspense com a trama em torno da figura do falso culpado, cuja inocência será deflagrada no desenrolar da trama. Usando alguns símbolos, Hitchcock faz um paralelo do sofrimento do protagonista, o padre Logan, magnificamente encarnado pelo ator Montgomery Clift, com o de Cristo, assinalando aqui sua formação católica. Vários elementos concorrem para encriminar o padre, a começar pela própria ética de guardar absoluto sigilo sobre a confissão do crime e o uso, por parte do criminoso, de roupas similares à do padre para induzirem evidências contra este. Reparem, nas cenas finais, a contraposição entre uma mulher mastigando uma fruta e a confusão com a fuga do verdadeiro criminoso. Uma obra-prima.

23/07/2012 - Thiago (28 anos)

4
  Ótimo
Denunciar
Assisti ontem com minha namorada e posso dizer, com toda a certeza, que este é um dos melhores filmes de Hitchcock. Aqui, o diretor mais uma vez faz jus ao título de "mestre do suspense", prendendo a atenção do espectador do início ao fim. As atuações dos protagonistas, em especial do talentoso Montgomery Clift, fazem deste filme um verdadeiro clássico.

30/08/2012 - Edinho (46 anos)

5
  Ótimo
Denunciar
Filmaço! Dificilmente vemos algo semelhante hoje em dia.

12/09/2014 - Paulo (37 anos)

  Ótimo
Denunciar
Concordo com o comentário do Edinho logo acima, é muito difícil ver um filme desse nível hoje em dia. O filme é uma obra-prima.

07/05/2015 - Julio Simi Neto (58 anos)

  Ótimo
Denunciar
Esse filme é incrivelmente fantástico. A melhor fase de Hitchcock.

31/05/2015 - Anderocks (40 anos)

  Ótimo
Denunciar
Muito bem produzido. Quebec é um lugar espetacular, depois que você conhece pessoalmente, o lugar fica mais lindo ainda.

02/08/2015 - José Alberto (48 anos)

  Ótimo
Denunciar
Filme maravilhoso. História interessante que prende do início ao fim. Recomendadíssimo. Hitch sempre o melhor!

27/01/2018 - Zequita (57 anos)

  Ótimo
Denunciar
Neste filme Hitchcock demonstra toda a sua maestria em criar situações absolutamente contundentes. Uma história cheia de tensão a animosidade, onde o velho mestre do suspense nos entrega um enredo eletrizante. Com um elenco fabuloso, apresentando Anne Baxter sempre soberba, o intenso Montgomery Clift é o excelente Karl Melden como inspetor. Um filme extraordinário, possivelmente um dos melhores do mestre Hitchcock. Dos 26 filmes que já assistir do mestre Alfred Hitchcock, esse com certeza um dos melhores da série, merecia ser mais bem avaliado e badalado... Nota 10.

Novo Comentário
Faça seu comentário, mas por favor, siga estas regras:
- Não faça perguntas, faça comentários sobre o filme;
- Não conte o final do filme nem partes importantes para o desfecho, mas se necessário marque o texto;
- Seja objetivo e descreva o porquê de sua nota;
- Se você ainda não assistiu ao filme, dê nota "Não vi";
- Não critique outros comentários, apenas faça o seu, sem preconceitos;
- Se você não gosta deste gênero de filme, é melhor não comentar;
- Comentários que descumprirem estas regras, serão excluídos totalmente.

 Agradecemos a colaboração. Bom uso!

O Texto Contém Spoiter? Sim / Não     Selecione o texto com "Spoiler" e click aqui.

Nome: Idade:  Nota:

Últimos Visitados

A Tortura do Silêncio (I Confess)

Copyright © 2019 www.interfilmes.com - Todos os Direitos Reservados. Acesse a Política de Privacidade.