Share on Google+

Senna. O Brasileiro. O herói. O campeão

  (Senna)
Sinopse Era junho de 1984, um domingo no Grande Prêmio de Mônaco. Enquanto caía uma chuva torrencial, um dos melhores grupos de pilotos da história das corridas automobilísticas se alinhava na pista. Nada menos que seis atuais ou futuros campeões mundiais competiam naquele dia, incluindo o detentor do título Keke Rosberg; um impassível e destemido inglês chamado Nigel Mansell; o bicampeão mundial austríaco Niki Lauda; o confiante bicampeão mundial Nelson Piquet; e o homem chamado de ‘O Professor’, o francês Alain Prost, que na época estava a ponto de ser considerado por muitos o piloto mais completo de todos os tempos. Enquanto isso, na 13a posição do grid, atraindo pouco interesse em seu nada conceituado Toleman, estava um impetuoso jovem piloto em apenas sua sexta corrida de Fórmula 1.

Share on Google+

Informações


Título no Brasil Senna. O Brasileiro. O herói. O campeão
Título Original Senna
Ano Lançamento
Gênero Documentário / Drama
País de Origem Reino Unido / França
Duração106 minutos
Direção
Estreia no Brasil 12/11/2010
Estúdio/Distrib. Universal Pictures

Elenco


... O Próprio
... O Próprio
>> Ver todo o Elenco...

Trilha Sonora


“Requiem”From the motion picture "Collateral"
Escrita e Interpretada por Antonio Pinto
“Interrogatorio”From the motion picture "Cronicas"
Escrita e Interpretada por Antonio Pinto
>> Ver toda a Trilha Sonora...

Trailer



Comentários



  >> Ver todos os Comentários...

20/07/2012 - Arão (35 anos)

45
  Péssimo
Denunciar
Uma coisa eu digo se fossem eleger o filme mais "puxa-saco" de todos os tempos, ficaria empate entre este e "Lula- o filho do Brasil". Pois este retratam os protagonistas, como só tivessem tido só virtudes, e nenhum defeito... Quase no patamar de "deuses". O único Deus que existe está no céu.

02/12/2012 - Aleixo (35 anos)

46
  Péssimo
Denunciar
Se as pessoas pararem para analisar de maneira imparcial/inteligente a F-1 verão que Ayrton Senna é mais idolatrado por ter morrido de maneira trágica na pista, do que pelos seus feitos dentro dela, pois muitos pilotos de histórico muito superior ao de Ayrton Senna:Juan Manuel Fangio (pentacampeão, sendo tetra consecutivo) Alain Prost (tetra campeão) e agora Sebastian Vettel (tri consecutivo) não incluo Schumacher, pois ganhar com uma ferrari daquelas... Qualquer um ganhava. Se Ayrton Senna não tivesse corrido pela Mc Laren estaria passando vergonha, como está hoje o seu sobrinho Bruno Senna na F-1 atualmente.

17/12/2012 - Luis (42 anos)

47
  Péssimo
Denunciar
Concordo com o comentário acima, Senna realmente é mais idolatrado por ter morrido de forma trágica, do que pelos seus resultados dentro da mesma. Mas se Schumacher ganhou todos aqueles campeonatos com uma Ferrari que qualquer ganharia, pode ser... Mas lembro que já havia sido bicampeão com a Benetton em 94/95. Já Ayrton Senna não havia conquistado nenhum título antes de correr pela McLaren, ou seja se Schumacher não foi o melhor de todos os tempos, melhor do que Senna as estátiscas provam isto. Outro motivo para a idolatria exagerada a Senna é a carência de talentos no autombilismo brasileiro atualmente.

28/12/2012 - Roiter (28 anos)

48
  Péssimo
Denunciar
Outra coisa errada neste documentário, foi insinuar que só Ayrton Senna levou o nome do Brasil, para o mundo. Coisa que muito outros atletas já fizeram, como posso citar Zico, que no Japão é muito mais popular que Senna (e eu não torço pelo Flamengo). O Dionisio foi muito feliz ao relatar que a idolatria de Galvão Bueno para Ayrton Senna era a forma de alavancar a audiência da Globo nas corridas das manhãs de Domingo, enquanto nós Brasileiros, continuarmos a viver só de passado (infelizmente) Ayrton Senna seguirá sendo idolatrado exageradamente.

01/01/2013 - Monterrey (32 anos)

49
  Péssimo
Denunciar
É de lamentar ao assistir a Fórmula 1, nos tempos de hoje, pois com Felipe Massa, deixando de lutar por vitórias, para ser o fiel escudeiro de Fernando Alonso, na Ferrari, pois a fato de Ayrton Senna, ser o melhor de todos os tempos, apenas somente para os "especialistas" em Fórmula 1 e por questões de patriotada de alguns, pois se Senna fosse mesmo o melhor, seu sobrinho Bruno estaria sendo disputado pelas principais escuderias (Ferrari, Mc Laren, Red Bull) e não dispensado por um ultrapassada Willians, disputando vaga em escuderias nanicas e com grandes chances de ficar sem correr na próxima temporada.

04/01/2013 - Normando (33 anos)

50
  Péssimo
Denunciar
Fracamente Sergio Sarmento! Seja um pouco mais original: ao afirmar que "Senna procurou e conseguiu tirar nosso complexo de vira-latas" isso não é verdade, pois quem verdadeiramente conseguiu isto foi a seleção brasileira foi a vencer a copa do mundo em 1958, derrotando a seleção da Suécia em 1958, e este expressão é de Nelson Rodrigues. Não consigo entender como pessoas, que sequer conviveram com Ayrton Senna o endeusam, como alguém que conheciam de perto, mas como concordo que este endeusamento deve-se há carência de ídolos no Brasil atual.

03/02/2013 - Mauricio (22 anos)

51
  Péssimo
Denunciar
Embora parte da midia, e os ufanistas/sennistas queiram afirmar que Ayrton Senna foi o melhor piloto de todos os tempos, a história já desmente, vamos a ela: o argentino Juan Manuel Fangio foi pentacampeão (1951, 1954, 1955, 1956, 1957) sendo os últimos 4 campeonatos consecutivos, em uma época que era o começo da F-1 em que os carros pareciam caiaques com rodas, sem segurança, e muito menos tecnologia nenhuma, manteve-se como o maior campeão da F-1 por incríveis 46 anos (quase meio século). Sou Brasileiro (cearense) mas sou realista, devermos ser sim patriotas, mas jamais sem perder a noção da realidade, pois se Ayrton Senna fosse mesmo um piloto talentoso com os recursos da Mc Laren (jamais havia conquistado nenhum título antes correr pela mesma) teria sido o maior campeão da história da F-1 derrotando sempre pilotos, verdadeiramente talentosos como Piquet, Prost e Mansell, mas sabemos que isso não aconteceu, já Michael Schumacher, seno apenas um bom piloto, foi bicampeão (1994 1995) correndo pela benetton, e soube aproveitar os recursos tecnológicos da Ferrari para se consagrar (Campeão em 2000, 2001, 2002, 2003, 2004). Ayrton Senna foi apenas um piloto normal, que a rede globo, transformou em ídolo (fictício) para lucrar com audiência nas manhãs de corrida.

04/05/2013 - Aron Leal (48 anos)

52
  Ótimo
Denunciar
Todos os comentários são bem vindos até os que estão criticando acentuadamente por sinal, no entanto o importante da carreira de Airton Senna, não foi na verdade seus títulos, seu jeito de ser, seus desentendimentos com Piquet, Mansel ou Prost, o que marcou foi ver um campeão como Michael Schumacher se emocionar ao ponto de dizer quando já havia ganho 05 títulos mundiais que ninguém jamais saberá onde Airton Senna (se ainda vivo) chegaria, vale lembrar que Schumacher ganhou 07 títulos ou seja 04 a mais que Senna e mesmo assim ficou na dúvida, Senhores vamos ter bom senso na hora de julgar Nosso Campeão, pois carro por carro o Shumacher depois que retornou a Fórmula 1 está parecendo um amador. Senna brilhou pelo SENTIMENTO que ele nos causou de ter um Brasil melhor, de ter Brasil sem tanta injustiça, de ter um Brasil como mais igualdade, SENTIMENTO este que devemos preservar, e todos nós sabemos que até para os RIVAIS dele na fórmula 1 ELE ainda faz muita falta, A VITÓRIA do Nosso Campeão aqui no Brasil terminando com o carro apenas com 02 marchas é igual para se guardar pro resto da vida, considerando todo o respeito que PIQUET e Emerson Fitipaldi tenham que ter.

23/06/2013 - José Carlos Souza Amorim (58 anos)

53
  Não vi
Denunciar
Senna é considerado o maior piloto de todos os tempos por um conjunto, melhor acertador de carros com uma perfeita sintonia entre piloto e engenheiros, senhor das pistas molhadas, superar deficiência do carro (vitória no Brasil com apenas 2 marchas), seu perfeccionismo, carisma e um verdadeiro ídolo nacional no pais do futebol e mundialmente especialmente no Japão e acima de tudo muito preocupado com os seus semelhantes se tornando imortal através do Instituto que leva o seu nome e tanto bem esta fazendo a este país.

18/01/2014 - Astolfo (45 anos)

  Péssimo
Denunciar
Conhecendo á história do automobilismo, sendo analisada de maneira lúcida e imparcial cheguei as seguintes conclusões: Ayrton Senna foi mais ídolo por ter morrido de maneira trágica dentro dela, do que pelos os seus feitos dentro da mesma, pois se não tivesse morrido, e continuasse a correr sem ganhar campeonato algum seria um piloto considerado um piloto normal, e não um semideus, pois o mesmo foi um produto criado pela Rede Globo, através de seu "narrador" Galvão Bueno para gerar audiência para a emissora. Um outro exemplo: Anderson Silva no UFC, pois a cada vitória Galvão berrava: "Anderson Silva do Brasil" exatamente como berrava "Ayrton Senna do Brasil" quando este ganhava alguma corrida, ou seja a Rede Globo em busca de ibope mostrava Ayrton Senna e Anderson Silva como se fossem mais talentosos do que realmente eram, e alienavam as pessoas a idolatrarem os mesmos como heróis nacionais, sendo (falsamente) os melhores em suas respectivas modalidades. Vamos acordar para realidade pessoal.

04/05/2014 - Renan (22 anos)

  Ótimo
Denunciar
Ótimo filme, por mostrar o verdadeiro lado da F1, todo os bastidores e tal, como a rixa dele com Prost foi usada como marketing. Mas uma coisa que me chamou atenção no filme, apesar de gostar dele é que ele tem estrutura de história de cinema mesmo, e não documentário. Você tem o mocinho, os vilões (talvez um erro do filme, todos ali eram pessoas e Senna nunca foi santo, mas o filme tenta a todo momento mostrar Prost como vilão, se ferrando e depois a redenção final, no enterro de Senna), o filme tem cenas de "ação" - as corridas - intercaladas com o drama dos bastidores, e os momentos de lazer, igual a um filme roteirizado. Não vou entrar no mérito se Senna foi tudo isso, mas o filme é excelente sim.

08/03/2015 - Anderocks (40 anos)

  Bom
Denunciar
No geral, para quem é fã, está bom, mas o que prejudicou (muito) seu lado pessoal foram dois: namorar uma certa "rainha do marketing" e ser muito amigo de um dublê de narrador que não entende absolutamente nada do esporte. Aos poucos, vou parando de ver f-1 porque não temos ninguém em condições de brigar por título e aguentar o "vomitório" do narrador titular do prim-plim... No mais, belas imagens.

08/04/2015 - Makson (29 anos)

  Ótimo
Denunciar
Documentário que trata Senna como o herói nacional que ele foi em ricos detalhes. Quem é grande fã na certa vai se emocionar e adorar.

06/08/2015 - Thiago André (26 anos)

  Ótimo
Denunciar
Simplesmente determinado há vencer é o que define este campeão e grandes princípios! Excelente Filme!

14/08/2017 - Robson (58 anos)

  Ótimo
Denunciar
O Documentário consegue nos mostrar um pouco dos bastidores da Fórmula 1, a politicagem que existia na época, a rivalidade de Senna com Prost, enfim, consegue prender até o fim e com muita emoção.

Novo Comentário
Faça seu comentário, mas por favor, siga estas regras:
- Não faça perguntas, faça comentários sobre o filme;
- Não conte o final do filme nem partes importantes para o desfecho, mas se necessário marque o texto;
- Seja objetivo e descreva o porquê de sua nota;
- Se você ainda não assistiu ao filme, dê nota "Não vi";
- Não critique outros comentários, apenas faça o seu, sem preconceitos;
- Se você não gosta deste gênero de filme, é melhor não comentar;
- Comentários que descumprirem estas regras, serão excluídos totalmente.

 Agradecemos a colaboração. Bom uso!

O Texto Contém Spoiter? Sim / Não     Selecione o texto com "Spoiler" e click aqui.

Nome: Idade:  Nota:

Últimos Visitados

Senna. O Brasileiro. O herói. O campeão (Senna)

Copyright © 2018 www.interfilmes.com - Todos os Direitos Reservados. Acesse a Política de Privacidade.