Share on Google+

Conspiração Americana

  (The Conspirator)
Sinopse Na sequência do assassinato de Abraham Lincoln (Gerald Bestrom), sete homens e uma mulher são presos e acusados de conspirar para matar o Presidente, Vice-Presidente e Secretário de Estado. A mulher era Mary Surratt (Robin Wright), proprietária de uma pensão, onde John Wilkes Booth (Toby Kebbell) e outros se reuniram e planejaram os ataques simultâneos. O advogado Frederick Aiken (James McAvoy), de 28 anos, com relutância, concorda em defender Surratt perante um tribunal militar. Aiken percebe que sua cliente pode ser inocente e que ela está sendo usada como isca e como refém, a fim de capturar o conspirador.

Share on Google+

Informações


Título no Brasil Conspiração Americana
Título Original The Conspirator
Ano Lançamento
Gênero Policial / Drama / Épico
País de Origem EUA
Duração122 minutos
Direção
Estreia no Brasil 04/05/2012
Estúdio/Distrib. Imagem Filmes
Idade Indicativa 12 anos

Elenco


... Frederick Aiken
... Mary Surratt
>> Ver todo o Elenco...

Trilha Sonora


“The Children of the Battlefield”Letra e música de James G. Clark
Arranjo de Kelli Horton
Interpretada por Kelli Horton e Justin Long
“All Hail to Our Triumph”"E Pluribus Unum"
Letra e música de Harry Buckline
Arranged e
Interpretada por Curtis Roush
>> Ver toda a Trilha Sonora...

Trailer



Comentários


11/08/2011 - Vinicius (21 anos)

1
  Ótimo
Denunciar
Baita filme, prende a atenção. Muito bom para os estudantes de direito.

16/08/2011 - Dby (35 anos)

2
  Ótimo
Denunciar
Ótimo filme!

27/08/2011 - Eduardo (20 anos)

3
  Ótimo
Denunciar
Excelente filme!

19/09/2011 - Daniel de Medeiros (29 anos)

4
  Bom
Denunciar
Trata-se de um típico Drama. Se você esta atrás de algum tipo de ação nesse filme não vai encontrar. Passado esse alerta vamos ao filme. Um filme baseado em uma história real com um grande elenco e que acrescenta em cultura já que mostra um episódio da história dos E. U.A. História que inclusive desmascara aquele mito de que os EUA foram fundados com base na justiça e na democracia e blá bla blá. Realmente é indicado para a classe jurídica, mas não se resume a isso. É um filme que fala sobre justiça, princípios, sacrifícios e mentiras. É um bom filme, nada de extraordinário, mas um bom filme. Ah, e pra quem se interessou por essa história no canal History Chanel esta passando um documentário "Decifrando Códigos - A morte de Lincon" no qual se confronta a versão mostrada no filme de que o assassino do presidente foi morto. Neste documentário eles mostram várias provas de que Boots não foi morto e ainda viveu por mais 40 anos, de que sua morte foi uma armação orquestrada para dar uma resposta a nação naquele momento e acalmá-la. Quem for ver o filme entenderá que isto é algo bem possível de ter acontecido...

20/02/2012 - Felipe (20 anos)

5
  Regular
Denunciar
Filme com uma história muito boa em mãos mais não fez tudo o que deveria por muitas vezes soa cansativo se você não se identificar com a história vai cair no tédio varias vezes mais acredito que falta um pouco de carisma e um filme que vale mais a pena ver inspirado ou por quem se identifica com história e fatos dessa época.

26/04/2012 - Maria Teresa (30 anos)

6
  Bom
Denunciar
Embora seja dirigido por Robert Redford, Conspiração Americana, não deve agradar, em geral, ao público brasileiro, já que a princípio o filme conta uma passagem da história americana, não muito explorada pelo cinema, ou seja, a guerra civil entre o Norte e Sul do país e o assassinato do presidente Abraham Lincoln. Seria um filme de americanos para americanos. Ocorre que o filme tem um elenco de primeira, especialmente, James McAvoy e Robin Wright (ótima), uma bela reconstituição de época, contudo, o roteiro dá destaque a uma 'aberração' jurídica, já que os conspiradores e assassinos do presidente Lincoln que foram a julgamento eram civis e foram julgados por um tribunal militar! Eu apenas recomendo para quem gosta de filmes sobre tribunais ou é estudante de Direito.

28/04/2012 - Felipe (20 anos)

7
  Ruim
Denunciar
Esse filme é tão tedioso que numa escala de 0 a 10 ele é 12... Odiei a única coisa que prestou pra mim foi evan rachel wood e alexis bledel talentos como james mcavoy justin long a robin wright desperdiçados nesse filme.

05/05/2012 - Sérgio Sarmento (58 anos)

8
  Ótimo
Denunciar
Assisti nesta tarde NO CINEMA quando do seu lançamento a nível nacional. Olha! Que drama sensacional. É daqueles filmes que não se realizam mais. Só uma figura como o mestre ROBERT REDFORD (1936) para fazer uma obra como vimos pela tarde. É um filme que fala sobre Estado de Direito, sobre VIDA, mas principalmente sobre LIBERDADE. Bem! Tudo isso eu assistia em filmes no tempo da ditadura militar e em tempos onde a liberdade era pouco nos EUA. Falo nos tempo de Richard Nixon (1913/1994) 37 presidente americano e de Ronald Reagan (1913/2004) o 40 presidente americano. Por mais paradoxal que possa parecer, para os menos avisados. Foi em uma época de pouca. Mas pouca liberdade é que assistíamos grandes filmes sobre o problema de liberdades. O grande filme que falava nisso e completo, com liberdade de imprensa, foi TODOS OS HOMENS DO PRESIDENTE (1976). Mas e o filme atual? Que não é tão atual assim, pois é de 2010. Pensava que jamais seria lançado em CINEMA no pais. O diretor e produtor REDFORD faz um apanhado do seculo 19 na história de seu pais para falar do tema instigante como esse. Não vou falar de sinopse, pois quem me lê já sabe. Só quero destacar a interpretação do britânico JAMES McAVOY (1979). De ROBIN WRIGHT ( 1966). E da linda e talentosa EVAN RACHEL WOOD (1987). Para não falar de todos. Aliás tenho uma tese que foi admiravelmente confirmada nesse filme. Quando o diretor é bom o elenco rende. Mesmo sendo um ator ruim. Tem comentários acima. Mais de um que recomenda para estudantes de Direito e afins. Discordo em gênero, número e grau. O filme é para quem intende da "coisa" para quem AMA O CINEMA. Mas principalmente quem AMA o ESTADO DE DIREITO e NOSSAS LIBERDADES. Só mais duas "coisinhas". A obra em questão é daquelas que não devemos só olhar. Mas sim ver analisando suas diversas nuances. Seus detalhes no contexto que um diretor engajado como REDFORD coloca na sua "arte de filmar". E em segundo lugar gostaria de dizer que o filme é um dos melhores que assisti no CINEMA nesse ano da graça de 2012. E isso que já assisti mais de 100. Vejam bem! Mais de 100 obras NO CINEMA! Uma Nota? 10+1.

29/08/2012 - Roberval Taylor (36 anos)

9
  Ótimo
Denunciar
Muito Bom Filme!

11/09/2012 - Gutierre (21 anos)

10
  Ótimo
Denunciar
Muito bom... História excelente...

25/09/2012 - Mário Lobo Piller (36 anos)

11
  Bom
Denunciar
Gostei do filme e ainda por ser uma história verídica.

15/10/2012 - JM Filmes (40 anos)

12
  Ótimo
Denunciar
Ótimo filme, porém, faltou algumas verdades.

26/04/2013 - Maria do Carmo (46 anos)

13
  Ótimo
Denunciar
Filme de primeira, elenco de primeira e atuações de primeira. Destaco, sem dúvida o britânico James McAvoy e a norte-america Robin Wright. Incorporaram os personagens de uma maneira excelente. Ele como o advogado que terá que enfrentar uma dura causa em que o próprio acredita (apesar das outras pessoas ao redor acharem o contrário). E ela, como mãe do principal acusado tendo que agir com seu coração materno e ao mesmo tempo racional, a meu ver, uma coisa difícil de se fazer. E a Robin passou perfeitamente esse papel para o telespectador, a meu ver. Uma obra-prima de filme, na minha opinião. Destaco a cena final que foi filmada de cima quando da saída do advogado do presídio para fora. Achei essa cena sensacional! Filme espetacular. Com certeza, daqui há algum tempo, vou assisti-lo novamente.

11/10/2014 - Eduardo B. de Morais Lima (17 anos)

  Bom
Denunciar
Olha, é bom esse filme, o legal é que não ficou o tempo todo parado, sempre tinha alguma cena que prendesse a atenção do espectador, e no final, nossa, te deixa com raiva, isso já digo... Enfim, nota 7...

08/07/2015 - Gustavo Elger (28 anos)

  Bom
Denunciar
Robert Redford realiza um filme bancado pela The American filme Company, empresa que financia projetos de cunho histórico dos EUA. Aqui, não apresenta um trabalho irregular. Pelo contrário. É um bom filme, ainda mais se analisarmos com a ótica da paranoia americana em que os fins justificam os meios. No roteiro, Lincoln foi assassinado e o desejo por justiça incendeia a recente nação unida depois de uma guerra civil violenta. O processo de acusação de uma senhora dona de uma pensão simplesmente por ela ter hospedado em sua casa alguns conspiradores e da relação de seu filho com o fato a tornam mais um bode expiatório no fogo de uma "justiça" sem meios de defesa. Para quem gosta de filmes de tribunal ou estuda Direito vai ter um bom proveito do longa-metragem. Porém... A fotografia incomoda pra caramba. A distribuidora nacional (Imagem Filmes) tem problema com todos seus DVD's lançados por aqui: a compressão dos dados é péssima.

Novo Comentário
Faça seu comentário, mas por favor, siga estas regras:
- Não faça perguntas, faça comentários sobre o filme;
- Não conte o final do filme nem partes importantes para o desfecho, mas se necessário marque o texto;
- Seja objetivo e descreva o porquê de sua nota;
- Se você ainda não assistiu ao filme, dê nota "Não vi";
- Não critique outros comentários, apenas faça o seu, sem preconceitos;
- Se você não gosta deste gênero de filme, é melhor não comentar;
- Comentários que descumprirem estas regras, serão excluídos totalmente.

 Agradecemos a colaboração. Bom uso!

O Texto Contém Spoiter? Sim / Não     Selecione o texto com "Spoiler" e click aqui.

Nome: Idade:  Nota:

Últimos Visitados

Conspiração Americana (The Conspirator)

Copyright © 2019 www.interfilmes.com - Todos os Direitos Reservados. Acesse a Política de Privacidade.