Share on Google+

Na Estrada

  (On the Road)
Sinopse A história do jovem escritor Sal Paradise, cuja vida é sacudida e inteiramente transformada pela chegada de Dean, um jovem libertário e contagiante, recém-chegado do Oeste com sua namorada Marylou. Juntos, Sal e Dean cruzam os Estados Unidos em busca da última fronteira americana e à procura deles mesmos. Ritmado por sexo, drogas e jazz, o filme é baseado no romance cult de Jack Kerouac que lançou as bases da geração Beat.

Share on Google+

Informações


Título no Brasil Na Estrada
Título Original On the Road
Ano Lançamento
Gênero Aventura / Drama
País de Origem França / Reino Unido / EUA / Brasil
Duração137 minutos
Direção
Estreia no Brasil 13/07/2012
Estúdio/Distrib. PlayArte Pictures

Elenco


... Sal Paradise / Jack Kerouac
... Dean Moriarty / Neal Cassady
>> Ver todo o Elenco...

Trilha Sonora


“Hard to Love What You Kill”Escrita e Interpretada por Jake La Botz
“Don't Explain”Escrita por Billie Holiday e Arthur Herzog Jr.
Interpretada por Tom Sturridge
>> Ver toda a Trilha Sonora...

Trailer



Comentários



  >> Ver todos os Comentários...

14/03/2013 - Lukas (19 anos)

47
  Ótimo
Denunciar
Assisti esse filme ontem em DVD. E devo dizer que, apesar de não ter lido o livro (pretendo um dia lê-lo), o filme é excelente. Trata-se de jovens que querem fugir da mesmice que está sendo a vida para se conhecerem através de viagens para o lugar nenhum e para a curtição da vida de uma maneira inconsequente. Assisti esse filme me lembrando do filme Central do Brasil, outro bom filme dirigido por Walter Salles. Central do Brasil e Na Estrada são os únicos filmes de Walter Salles que já assisti, mas apesar disso já vejo que ele é um diretor de muito renome.

23/04/2013 - Max (33 anos)

48
  Ruim
Denunciar
Tinha uma boa expectativa de assistir a esse filme, e recentemente assisti em DVD, e posso dizer que me decepcionei. Não sou contra de quem tenha gostado do mesmo, e independente que tenha sido baseado na obra de um escritor, o filme não conduz a algum significado qualquer. Como disse anteriormente, nada contra de quem tenha gostado do filme, mas elogios exagerados não seriam por momentos. . . . digamos, nostálgicos?. . . . bem, de qualquer forma, isso é opinião minha, e talvez nada a ver.

24/04/2013 - Luan (22 anos)

49
  Péssimo
Denunciar
Filme muito fraco, sem noção nenhuma.

02/05/2013 - Alexandre (42 anos)

50
  Regular
Denunciar
Esperava mais. Principalmente da Kristen Stewart, cenas sexuais apelativas demais na minha opinião, uma história sem sentido as vezes, a gente fica esperando algo no filme que não vem...

09/05/2013 - Rodrigo (40 anos)

51
  Péssimo
Denunciar
Não consegui assistir até o final. Achei muito chato.

25/05/2013 - Gustavo (22 anos)

52
  Péssimo
Denunciar
Lixo de filme! Não assisti até o final! Horrível.

03/06/2013 - Odair (39 anos)

53
  Péssimo
Denunciar
Filme chato... Sem história coerente... Não consegui assistir o filme todo, tive que passar várias cenas só pra chegar no final... Péssimo. Um lixo!

10/07/2013 - Maria do Carmo (47 anos)

54
  Regular
Denunciar
Sinceramente, não gostei. A meu ver o filme é uma apologia às drogas, ao sexo desenfreado, a vagabundagem, enfim, a coisas que não acrescentam nada de bom pra minha vida. O filme não tem luz, só trevas. Elenco estelar, Kirsten Dunst, Viggo Mortensen, Amy Adams, Terrence Howard e Kristen Stewart. Essa última com uma performance boa, mas muito vulgarizada. Sem puritanismo, mas, acho, que pra mim foi um pouco demais. Não tinha necessidade de tantos excessos, a meu ver. A cena "homoafetiva", na minha opinião, é bizarra. Acho que, assim como as outras cenas de sexo, não tinha necessidade. Fiquei procurando um sentido positivo para a história e não consegui encontrar. Analisando superficialmente se passa numa época pós segunda guerra mundial onde jovens à frente do seu tempo querem provar o que? Que estão em desacordo com as normas da sociedade local e saem viajando pelos Estados Unidos e México a procura de uma identidade? Mas que identidade? Uma identidade que se resume em drogas, sexo, roubo, suicídio e tudo que é negativo para nossa vida? Sinceramente, meus amigos, não entendi e não consigo de modo algum concordar com esse tipo de comportamento. O personagem Dean era um tipo super adorado por todos, homens e mulheres. Mas, a meu ver, não passava de um perdido, sem noção e muito doidão. Película muito longa que poderia ser mais sucinta, na minha opinião. Vou dizer o que gostei: Da retratação da época e da fotografia. Por isso dou regular. Respeito todas as opiniões aqui colocadas (principalmente a do meu colega, o Sr. Sergio Sarmento - 59 anos), mas não posso deixar de colocar o meu ponto de vista. Lamentável, pois esperava muito mais.

21/08/2013 - Lu (30 anos)

55
  Ruim
Denunciar
Filme cansativo e não prende. Não consegui nem mesmo ver o filme todo de tão ruim. Não recomendo!

26/09/2013 - Samuel (23 anos)

56
  Péssimo
Denunciar
Um dos piores filmes que já vi, sem graça, repetitivo, entediante. O mais difícil é acreditar que foi feito pelo mesmo cara que dirigiu os excelentes "Central do Brasil" (1998) e "Abril Despedaçado" (2001). Aconselho não perder tempo e procurar outro filme.

23/10/2013 - Lindomar (36 anos)

57
  Péssimo
Denunciar
Esse filme é ruim de doer! Nem se quer aguentei assistir 30 min. Que roteiro chato e entediante, não aluguem ou assista este filme!

24/11/2013 - Diego/RS (36 anos)

  Regular
Denunciar
Como grande fã de Kerouac (e obviamente de "On the road") tinha curiosidade, mas ao mesmo tempo um certo receio de ver o filme... É o tipo de livro impossível de se transpor para a tela, mas dentro dessa impossibilidade achei que ficou bom (dei o "regular", considerando a escala disponível aqui, pois nesse caso o voto "bom" não se encaixaria, seria para um filme muito bom mesmo e o ótimo para filmaços, obras-primas, etc). Como não criei expectativa, acabei gostando... Mas vale ressaltar que quem nunca leu o livro certamente não vai estar "em sintonia" com a ideia do filme e provavelmente não vai aprovar...

03/02/2014 - Emanoel Bastos (35 anos)

  Bom
Denunciar
O filme no todo não é ruim, é cansativo, mas vale a pena ver o conjunto todo, boas atuações, paisagens etc.

06/05/2014 - Dan Shepard (26 anos)

  Bom
Denunciar
Fans de crepúsculo não curtiram nada esse filme, já era de se esperar. É um bom filme!

29/06/2015 - MARCOS.70 (72 anos)

  Regular
Denunciar
Walter Salles viajou na maionese neste filme, de 1950 o filme tem apenas o maravilhoso Hudson com painel de madeira. Em 49/50 ainda não haviam surgido Elvis Presley (1954) menos ainda os Beatles (1960) que revolucionariam os costumes da juventude sacudindo os seus corpos sensuais até então represados por uma moral hipócrita do pós guerra. O sexo e a maconha só viria liberar total com o advento de Woodstock (1969), bons tempos porquê tudo acontecia sem violência ou maldade. O filme aborda o período de plena

Novo Comentário
Faça seu comentário, mas por favor, siga estas regras:
- Não faça perguntas, faça comentários sobre o filme;
- Não conte o final do filme nem partes importantes para o desfecho, mas se necessário marque o texto;
- Seja objetivo e descreva o porquê de sua nota;
- Se você ainda não assistiu ao filme, dê nota "Não vi";
- Não critique outros comentários, apenas faça o seu, sem preconceitos;
- Se você não gosta deste gênero de filme, é melhor não comentar;
- Comentários que descumprirem estas regras, serão excluídos totalmente.

 Agradecemos a colaboração. Bom uso!

O Texto Contém Spoiter? Sim / Não     Selecione o texto com "Spoiler" e click aqui.

Nome: Idade:  Nota:

Últimos Visitados

Na Estrada (On the Road)

Copyright © 2019 www.interfilmes.com - Todos os Direitos Reservados. Acesse a Política de Privacidade.