Share on Google+

Aqui é o Meu Lugar

  (This Must Be the Place)
Sinopse Cheyenne é um astro do rock de meia-idade, que mora na Europa. A morte do seu pai, com quem ele não conversava há muito tempo, faz com que Cheyenne volte para Nova York, ele descobre que o pai buscava vingança pela a humilhação que sofreu no passado. Cheyenne decide que vai retomar o caminho de onde o seu pai parou, e iniciará uma jornada, no seu próprio ritmo, por todo o país.

Share on Google+

Informações


Título no Brasil Aqui é o Meu Lugar
Título Original This Must Be the Place
Ano Lançamento
Gênero Comédia / Drama
País de Origem Itália / França / Irlanda
Duração118 minutos
Direção
Estreia no Brasil 27/07/2012
Estúdio/Distrib. Imagem Filmes
Idade Indicativa 12 anos

Elenco


... Cheyenne
... Mary's Mother
>> Ver todo o Elenco...

Trilha Sonora


“Every Single Moment in My Life is a Weary Wait”Escrita por Nino Bruno
Interpretada por David Copley, 'Nino Bruno e le 8 Tracce'
“This Must Be The Place (Naive Melody) edit”Interpretada por Trevor Green
Escrita por David Byrne, Christopher Franz, Jerry Harrison, Tina Weymouth
Index Music, Inc (ASCAP)/ Bleu Disque Music Co (ASCAP)/ Warner Brothers Music Inc
Published 2011 Trevor Green (BMI)
>> Ver toda a Trilha Sonora...

Trailer



Comentários



  >> Ver todos os Comentários...

29/07/2012 - Silvia C (48 anos)

10
  Ótimo
Denunciar
Gostei muito do filme, é um filme diferente, bonito, profundo...

29/07/2012 - Sérgio Sarmento (58 anos)

11
  Ótimo
Denunciar
Assisti nesta tarde NO CINEMA. O filme é bom! Para quem como eu viveu os anos 80 do século passado diria que o filme é uma homenagem ao líder e fundador Robert Smith da banda britânica The Cure. Mas o produto final termina por aí mesmo. Pois é só a caracterização do personagem Cheyenne vivido magistralmente por este bom ator norte-americano chamado SEAN PENN (1960). O cara está muito bem mesmo! Fazendo um certo tipo andrógino que sem dúvida é ele que conduz o filme. Mas o filme é muito mais. Pois nos fala da decadência de um cantor. Que pasmem! Não canta mais. Mas só aplica o seu dinheiro na bolsa de valores. Nos fala da família. É o reencontro do personagem com seu pai e sua mãe e com ele mesmo. Aliás seu encontro com sua mãe diria que é simplesmente sublime. A viagem que faz aos EUA para o encontro com seu pai e após ao Novo México. Para mim são os pontos altos do filme. Concordo que a pequena participação do cantor DAVID BYRNE (1952) dá um plus muito grande para o filme. Enfim é o primeiro filme do diretor italiano a chegar no Brasil. É lógico, pois é seu primeiro filme falado em inglês. O que lamento, pois por este filme vemos que PAOLO SORRENTINO tem muitas qualidades. É outro filme que recomendo para quem tem discernimento cultural. Se o contrário assistir vai achar o filme parado, chato e confuso. O que não tenho dúvidas alguma, pois isso é profundamente lamentável.

21/08/2012 - Sônia (50 anos)

12
  Ótimo
Denunciar
Assisti neste final de semana e amei. A atuação do Sean Penn é fantástica.

15/09/2012 - Fátima Rabello de Sá (57 anos)

13
  Bom
Denunciar
O filme tem momentos bons e outros arrastados. Sean Penn incrível.

23/10/2012 - Renan (22 anos)

14
  Bom
Denunciar
Pelo meu gosto eu daria de regular para fraco, mas isso porque eu não gosto desse tipo de filme, e seja qual filme for, nesse segmento dramático, não vai me agradar. Mas eu vou analisar o filme aqui deixando minhas preferências de lado. Sean Penn está incrível da primeira à última cena. Tem alguns elementos de comédia e uma história interessante. Recomendo muito para quem gosta desse gênero dramático, não vão se decepcionar.

05/12/2012 - Ricardo Motta (42 anos)

15
  Ótimo
Denunciar
Filmão! Atuação magistral de Sean Penn e a mensagem final simplesmente genial. Vale a pena!

12/12/2012 - Ivy (25 anos)

16
  Bom
Denunciar
Sean Penn está só o pó parece o Pedro de Lara KKK.

18/12/2012 - Santiago (35 anos)

17
  Ótimo
Denunciar
Excelente filme. Roteiro fantástico, trilha sonora impecável, fotografia primorosa. Mistura drama com momentos de humor e ironia, tratando de assuntos importantes e satirizando banalidades humanas. Fala sobre relações humanas sem ser piegas ou melodramático. Filmão!

24/12/2012 - Julio Neto (56 anos)

18
  Bom
Denunciar
"Aqui é meu Lugar" é um título estranho, mas quando o filme termina você logo vai entender porque do título. Enfim, é uma fita legal com toques de humor e a interpretação do Sean Peen é imperdível, provando que está ótima fase.

29/12/2012 - Isabelle (42 anos)

19
  Regular
Denunciar
Apesar do evidente esforço de composição do excelente Sean Penn e do efeito (visual) interessante, Cheyenne está meio para "Eduardo mãos-de-tesoura"... O roteiro é um tanto óbvio, pouco inspirado (quantas vezes o cinema não já revisitou esses mesmos temas...) Não funciona como road movie, é superficial na abordagem à questão semita e do holocausto, assim como é óbvio, beirando o piegas, quanto às relações familiares. Boa música, não há dúvida, fotografia competente, algumas boas atuações, alguns personagens estereotipados... Dispensável.

01/02/2013 - Odair (39 anos)

20
  Regular
Denunciar
Assisti ontem, e concordo com a opinião acima, filme regular, boa música, boa imagem, e só. Atuação estereotipada de Sean Penn e pouca profundidade nas questões do holocausto... Meia boca...

04/03/2013 - Alexandre (39 anos)

21
  Péssimo
Denunciar
O filme é um lixo.

31/03/2013 - Realista (35 anos)

22
  Péssimo
Denunciar
Um lixo! Sean Pen fala como se fosse uma senhora idosa de 70 anos e não como o Ozzy Osborne, no qual ele pretendia imitar. O filme tenta ser sério, mas cai várias vezes na comédia tola ou filme de viagens, com excesso de trilha sonora típica de filme para adolescente.

04/05/2013 - Rafael (45 anos)

23
  Ruim
Denunciar
Com exceção da ótima fotografia, o filme é um tédio só. Sou fã de Sean Penn, mas seu papel de um velho roqueiro não agradou, lembrando muito o vocalista do The Cure, mas com uns 70 e poucos anos, ficando mais parecido com uma Dragg Queen idosa, e ainda percorrer os Estados Unidos atrás de um velho nazista, ora foi o fim.

29/12/2016 - Felipe Hudh (31 anos)

  Ótimo
Denunciar
Que filme incrível e belo. Me lembrou um pouco a história do livro \ filme "O Dossiê Odessa" do Frederick Forsyth. Embora o filme não tenha lá tanta ação, possui belas paisagens e mudanças de tema na medida em que ele vai viajando e conhecendo pessoas. Sean Penn leva muito bem o papel, sem a menor dúvida merecia o Oscar por sua brilhante atuação de rockeiro sexualmente não binário. Nota 10!

Novo Comentário
Faça seu comentário, mas por favor, siga estas regras:
- Não faça perguntas, faça comentários sobre o filme;
- Não conte o final do filme nem partes importantes para o desfecho, mas se necessário marque o texto;
- Seja objetivo e descreva o porquê de sua nota;
- Se você ainda não assistiu ao filme, dê nota "Não vi";
- Não critique outros comentários, apenas faça o seu, sem preconceitos;
- Se você não gosta deste gênero de filme, é melhor não comentar;
- Comentários que descumprirem estas regras, serão excluídos totalmente.

 Agradecemos a colaboração. Bom uso!

O Texto Contém Spoiter? Sim / Não     Selecione o texto com "Spoiler" e click aqui.

Nome: Idade:  Nota:

Últimos Visitados

Aqui é o Meu Lugar (This Must Be the Place)

Copyright © 2020 www.interfilmes.com - Todos os Direitos Reservados. Acesse a Política de Privacidade.