Share on Google+

Até que a Sorte nos Separe


Informações


Título no Brasil Até que a Sorte nos Separe
Título Original Até que a Sorte nos Separe
Ano de Lançamento
Gênero Comédia
País de Origem Brasil
Duração104 minutos
Direção
Estreia no Brasil 05/10/2012
Estúdio/Distrib. Paris Filmes / Downtown Filmes / RioFilme
Idade Indicativa 12 anos

Trilha Sonora


“Maniac”Escrita por Dennis Matkosky e Michael Sembello
“O Pobre”Escrita por Leo Jaime (como Léo Jaime) e Herbert Vianna
>> Ver toda a Trilha Sonora...

Trailer



Comentários



  >> Ver todos os Comentários...

06/06/2013 - Augusto (50 anos)

83
  Bom
Denunciar
Bom filme. Eu pelo menos dei muitas risadas. O Hassum é fantástico e praticamente carrega o filme nas costas. O restante do elenco é sofrível. A Winits é canastrona e tem péssima dicção, aliás o áudio do filme é bem ruinzinho. O final carrega no tom lamechas de novelão. Quem procura apenas uma boa diversão eu recomendo.

12/06/2013 - Ênnio Rodrigues (23 anos)

84
  Ruim
Denunciar
A história é fraca. O Leandro é engraçado, mas nesse filme apelaram muito, as palhaçadas dele chega em muitos momentos ser infantis demais.

09/07/2013 - Ricardo (33 anos)

85
  Péssimo
Denunciar
Sou amante de produções brasileiras. Mas este filme é péssimo. Não tem graça nenhuma, a história e forçada demais. Estilo zorra total!

11/07/2013 - Aline (29 anos)

86
  Ruim
Denunciar
Não consegui terminar de assistir, achei fraco demais, chato demais... Muito fraco!

25/07/2013 - Lucas (28 anos)

87
  Regular
Denunciar
Se não tive o que fazer você pode perder alguns minutos com esse filme, dei 2 risadas, mas da para assistir, pena que o ator principal é muito caricata, chega a ser forçado ao extremo para parecer engraçado.

09/08/2013 - Marcos Fontes (40 anos)

88
  Bom
Denunciar
É um bom filme de se assistir, gostei, achei bem legal a história e no final ganha a família.

20/08/2013 - Otávio (32 anos)

89
  Bom
Denunciar
Dinheiro compra tudo, mas não compra sua dignidade.

25/12/2013 - Joey W. (28 anos)

  Ruim
Denunciar
Nada a ver a história ele ganha 100 milhões e torra tudo e fica pobre, parece que todo pobre que fica rico faz isso na vida real, é mais uma comédia estilo Zora Total, filme típico da Sessão da tarde :(

29/12/2013 - Eduardo (12 anos)

  Ótimo
Denunciar
Um filme muito bom, estou louco para olhar o 2.

02/01/2014 - Edu (31 anos)

  Ótimo
Denunciar
O melhor filme brasileiro dos últimos tempos.

03/01/2014 - Ailton (20 anos)

  Ótimo
Denunciar
Filme é muito bom, eu ri o tempo todo. Recomendo demais, podem assistir sem medo!

11/01/2014 - Vinícius (19 anos)

  Ótimo
Denunciar
E mais uma vez o cinema nacional dando show. Gostei demais do filme, uma história muito bem feita e o melhor, engraçadíssima! Nota 1000.

24/01/2014 - Rodrigo (24 anos)

  Ruim
Denunciar
Filme é fraco só Leandro Hassum que salvou um pouco, porque o resto do elenco não souberam atuar nem mesmo a Danielle Winits. Só da mesmo para dar um sorriso amarelo porque gargalhada não dá!

08/04/2014 - Boni (24 anos)

  Bom
Denunciar
Eu curti. História bem elaborada, apesar de não ser engraçada o tempo todo. O Hassum é um gênio, mandou bem demais!

19/04/2014 - Deivid Deckmann (19 anos)

  Ótimo
Denunciar
Achei maneiro até: D.

Novo Comentário
Faça seu comentário, mas por favor, siga estas regras:
- Não faça perguntas, faça comentários sobre o filme;
- Não conte o final do filme nem partes importantes para o desfecho, mas se necessário marque o texto;
- Seja objetivo e descreva o porquê de sua nota;
- Se você ainda não assistiu ao filme, dê nota "Não vi";
- Não critique outros comentários, apenas faça o seu, sem preconceitos;
- Se você não gosta deste gênero de filme, é melhor não comentar;
- Comentários que descumprirem estas regras, serão excluídos totalmente.

 Agradecemos a colaboração. Bom uso!

O Texto Contém Spoiter? Sim / Não     Selecione o texto com "Spoiler" e click aqui.

Nome: Idade:  Nota:

Últimos Visitados

Até que a Sorte nos Separe (Até que a Sorte nos Separe)

Copyright © 2014 www.interfilmes.com - Todos os Direitos Reservados. Acesse a Política de Privacidade.