Share on Google+

A Bela Que Dorme

  (Bella addormentata)
Sinopse O filme faz uma exploração multifacetada da complexa questão da eutanásia, em resposta ao famoso e controverso caso de Eluana Englaro na Itália. Um senador tem de decidir se quer aprovar uma lei que vai contra a sua consciência e a linha de seu partido, enquanto sua filha Maria, uma ativista de um movimento pró-vida, protesta na porta da clínica na qual Eluana está sendo tratada. Ao lado de seu irmão, Roberto é um militante laico, um opositor por quem Maria se apaixona. Em outra parte, uma grande atriz procura por sua fé e um milagre para salvar a filha, que está em coma irreversível há anos, e por quem ela sacrificou sua relação com o outro filho. Por fim, a desesperada Rossa quer morrer, mas um jovem médico chamado Pallido opõe-se radicalmente ao seu suicídio. Essas histórias convergentes são conectadas por uma reflexão sobre o sentido da vida.

Share on Google+

Informações


Título no Brasil A Bela Que Dorme
Título Original Bella addormentata
Ano Lançamento
Gênero Drama
País de Origem Itália / França
Duração115 minutos
Direção
Estreia no Brasil 05/07/2013
Estúdio/Distrib. California Filmes

Elenco


... Uliano Beffardi
... Divina Madre
>> Ver todo o Elenco...

Trilha Sonora


“Abdulmajid”Escrita por Philip Glass, David Bowie e Brian Eno
Interpretada por the American Composers Orchestra

Trailer



Comentários


07/10/2013 - Sérgio Sarmento (60 anos)

1
  Ótimo
Denunciar
Assisti nesta tarde NO CINEMA quando finalmente estreio em minha cidade. Olha! Filme maravilhoso! Filme complexo! É filme triste! Mas com tudo isso é filme que devemos ter uma boa carga de conhecimento. Vou além dizendo que devemos ter principalmente o conhecimento das obras cinematográficas do veterano diretor italiano Marco Bellochio (1939). O filme atual, como os outros do diretor, é bem político. Mas de maneira alguma é coisa direta. Pois ele usa para falar assim através da alegoria. Mas na fachada do belo filme vemos uma discussão da eutanásia. E que, ainda, nos alcança ao falar de culpa, solidão, desespero, ciúme, suicídio, ausência de carinho de diálogo, religião. Doação da própria vida. Temos gente do contra do a favor. Mas sem ser maniqueista! O político entra em cena com um senador da república com crise de consciência. Se vota ou não pela morte assistida. E para completar vemos muito na tela o premier Silvio Berlusconi. Que a partir da crise de 2008 esteve muito na imprensa italiana. Tudo isso vemos em 115 minutos de filme. O diretor italiano jamais toma partido de que lado fica em todo esse drama. Deixa para o espectador escolher qual o seu lado melhor. Qual o caminho a seguir. É filme onde quem " manda " são as mulheres. Pois é através dela que vemos as melhores atuações. Cito tão somente a magnífica Alba Rohrwacher que faz o papel de Maria a filha do senador. Isabelle Huppert em outro desempenho encantador. Maya Sansa como a viciada e preste ao suicídio. Ela é absolutamente primorosa! Dos atores só indicarei o veterano Toni Servillo que é um espetáculo como senador. Enfim! É filme que é totalmente pronto para discussão. Aliás é mais uma obra do diretor que procura fazer a gente pensar. Olha aqui! O homem até parece "vinho" pois quanto mais "velho" melhor fica. Que coisa boa mesmo!

16/11/2014 - Bessa38 (76 anos)

  Ruim
Denunciar
Um filme muito fragmentado, não leva absolutamente a nada. Confesso minha total ignorância, porém, já vi filmes e mais filmes, abordando o mesmo tema, e nunca vi tamanha besteira. Uma lástima. O nome do filme deveria ser "ao celular", devido o uso abusivo deste complemento.

15/02/2015 - Milly (32 anos)

  Ruim
Denunciar
Assisti boa parte dele e desisti, simplesmente não me interessei mais pela estória. Se você ler a sinopse vai achar legar e querer assistir, mas a forma como o filme é conduzido, é chato e totalmente desconexo. Tem que querer muito assimilar e enxergar a proposta da sinopse, senão você acaba desistindo na metade, como eu fiz.

25/06/2015 - Odair (42 anos)

  Regular
Denunciar
Achei o tema interessante e polêmico! Mas o filme infelizmente se perde no decorrer da história, ficando "chato", só vale por algumas cenas dramáticas... Regular apenas...

Novo Comentário
Faça seu comentário, mas por favor, siga estas regras:
- Não faça perguntas, faça comentários sobre o filme;
- Não conte o final do filme nem partes importantes para o desfecho, mas se necessário marque o texto;
- Seja objetivo e descreva o porquê de sua nota;
- Se você ainda não assistiu ao filme, dê nota "Não vi";
- Não critique outros comentários, apenas faça o seu, sem preconceitos;
- Se você não gosta deste gênero de filme, é melhor não comentar;
- Comentários que descumprirem estas regras, serão excluídos totalmente.

 Agradecemos a colaboração. Bom uso!

O Texto Contém Spoiter? Sim / Não     Selecione o texto com "Spoiler" e click aqui.

Nome: Idade:  Nota:

Últimos Visitados

A Bela Que Dorme (Bella addormentata)

Copyright © 2019 www.interfilmes.com - Todos os Direitos Reservados. Acesse a Política de Privacidade.