Share on Google+

Até que a Sorte nos Separe 2


Sinopse Tino (Leandro Hassum) e Jane (Danielle Winits) são salvos da falência pela inesperada herança do Tio Olavinho (Maurício Sherman). O problema é que o testamento traz um pedido incomum: o ricaço deseja que suas cinzas sejam lançadas no Grand Canyon. Aproveitando a viagem, o casal resolve dar uma esticadinha em Las Vegas, a terra dos cassinos, uma tentação para o perdulário Tino.

Share on Google+

Informações


Título no Brasil Até que a Sorte nos Separe 2
Título Original Até que a Sorte nos Separe 2
Ano Lançamento
Gênero Comédia
País de Origem Brasil
Direção
Estreia no Brasil 27/12/2013
Estúdio/Distrib. Downtown / Paris / RioFilme
Idade Indicativa 12 anos

Elenco


... Tino
... Jane
>> Ver todo o Elenco...

Trilha Sonora


“Sexy e I Know It”Escrita por Stefan Gordy, Jamahl Listenbee, Erin Beck, G.M. Robertson e Kenneth Oliver
Interpretada por LMFAO

Trailer



Comentários



  >> Ver todos os Comentários...

20/04/2014 - Thalys (22 anos)

  Regular
Denunciar
Este filme chega a ser ilógico, é duvidoso que um cassino deixe seu cliente gastar 50 milhões assim. Simplesmente sem conteúdo.

02/05/2014 - Michael Nataly (25 anos)

  Regular
Denunciar
Prefiro o 1º. Tem umas partes que são engraçadas, porém outras muitos apelativas e sai um pouco. E também a mudança de atriz matou o filme. Nota.6.0.

04/05/2014 - Domingo Alvarez (47 anos)

  Regular
Denunciar
Gostei imensamente muito menos da primeira parte, embora nesta segunda parte tenha rido às gargalhadas naquela cena quando chegam no motel. Tem muitas piadas, mas as achei bastante fracas e na verdade não conseguiram me fazer rir. Achei a mudança da atriz bastante apropriada, porque Camila Morgado borda o papel de esposa muito melhor do que a Danielle Winits.

28/08/2014 - Marcos Fontes (41 anos)

  Ótimo
Denunciar
Sensacional, não esperava que fosse rir mais do que o primeiro, mas realmente é um pouco melhor, as cenas da descoberta de quem é o Monochaco foi muito hilária, esse filme é ótima diversão e sem ser aquela produção alinhada consegue satisfazer o público. Leandro Hassum aqui está menos "caras e bocas" que o primeiro, talvez por isso tenha ficado tão engraçado; exageros e absurdos à parte o filme é muito bom!

13/09/2014 - Boni (24 anos)

  Bom
Denunciar
A "cartada final" Mostrar Spoiler do Tino no cassino para tentar resolver as cagadas que fez foi muito sem noção pro meu gosto, inclusive pensei em diminuir o conceito do filme para "Regular". Mas como o filme como um todo foi divertido, e apesar dos crichês e furos no enredo me fez rir, não dá pra dizer que o filme não cumpriu com seu papel. Dependendo do seu humor e nível de exigência para comédias, vale a pena conferir.

15/11/2014 - Moises Silva (43 anos)

  Bom
Denunciar
Leandro Hassum é FANTÁSTICO e o filme é SENSACIONAL DEMAIS! Quem diria que o astro Jerry Lewis faria pontinha nessa fita hilariante e divertida! Tão bom quanto o primeiro!

23/11/2014 - Luiz Antonio (66 anos)

  Regular
Denunciar
Comédia regular com algumas cenas sem nexo.

26/11/2014 - Felipe (30 anos)

  Regular
Denunciar
Beeem regular. Achei o primeiro um pouco melhor, mas nada de extraordinário.

15/05/2015 - Bessa38 (76 anos)

  Bom
Denunciar
O ranço e a má vontade, dos (sic) experts em cinema, que somente vêem defeitos e razão para critica, sem dar ao cinema brasileiro, o mesmo tratamento que dão a uma enorme quantidade de porcaria produzida pelos EUA, a quem sempre se inclinam. É uma comédia escrachada, porém, muito bem feita, com CAMILA MORGADO, já agradável em OLGA e o carismático e muito engraçado LEANDRO HASSUM, fazendo-nos desopilar o fígado com suas expressões e frases. Aos que muito criticam, não conhecem ou fazem por esquecidos, que os filmes da dupla JERRY LEWIS e DEAN MARTIN, era no mesmo patamar, ao qual estes (sic) críticos, idolatravam.

01/08/2015 - Lucas Fera (18 anos)

  Regular
Denunciar
O filme, claramente, não é inovador e passa uma mesma mensagem do filme anterior. Tem lá seus momentos, mas não passa disso. Os atores estão simples, nada demais.

07/09/2015 - João Pedro (21 anos)

  Ótimo
Denunciar
Achei o filme sensacional. Engraçado demais, Hassum muito bom comediante. Recomendo DEMAIS a quem não assistiu ainda.

05/11/2015 - Sandro Pimentel (34 anos)

  Regular
Denunciar
Mais do mesmo e bem previsível, mas ainda sim achei as piadas um pouco melhores que o original.

11/05/2016 - Lautner Angelov (23 anos)

  Bom
Denunciar
A melhor coisa desta continuação, sem dúvida, foi a adição da ótima Camila Morgado. Não é de hoje que, em uma continuação, muda um ator ou uma atriz do filme anterior, o que, muitas vezes, acaba não dando muito certo, como por exemplo, a Rachel Weisz - Evelyn dos dois primeiros filmes de A Múmia, e que ficou fora do terceiro... Longe de ser incompetência da Maria Bello que é um boa atriz, mas, certos papéis dão tão certos com uns, e já com outros... Porém, todavia, entretanto, como há exceções, aqui deu muito certo: a maneira como introduziram a Camila foi uma ótima sacada, pois, antes dela aparecer pela primeira vez como Jane - tem todo um suspense -, Tino (Hassum) exclama: - "Você está diferente... É! Está diferente. "; e logo em seguida o diretor Santucci fecha o plano em seu lindíssimo rosto. Achei isso super original e engraçado. E não é só isso! O filme é uma autoparódia: a participação do Marcius Melhem - parceiro de outrora de Hassum em Os Caras de Pau - é muito próxima da participação do Simon Pegg no filme solo do Nick Frost: Ritmo Cubano. Ainda tem algumas participações especiais, como a do Anderson "The Spider" Silva, e de outras "pessoas famosas", tais como Oprah e Johnny Depp, rs. Ah, e o Hassum está mais contido aqui, em outras palavras, sua atuação não está tão exagerada, porque a maioria das piadas envolvem seu personagem em situações inusitadas, elas não partem propriamente dele, ou seja, ele não tem que improvisar, apenas atuar nas preestabelecidas. Enfim, essa continuação não trouxe nada de novo, a não ser a localidade - já que passa em Las Vegas -, tirando isso, é praticamente a mesma história, passa as mesmas mensagens e lições do filme anterior. Em minha concepção, Até que a Sorte nos Separe é uma espécie de Se Beber, Não Case à moda brasileira, pois ambos têm a mesma estrutura, a mesma história, e apenas algumas mudanças em suas respectivas continuações... Se valorizamos tanto esta franquia americana, por que não valorizarmos a nossa? Nesse sentido, acho que falta um pouco de patriotismo de nossa parte, algo que sobra nas produções americanas, e que tanto criticamos. Vamos valorizar um pouquinho mais as nossas produções pessoal, porque nem tudo o que vem de lá, é bom, e nem tudo o que surge daqui, é ruim. Pensem nisso.

08/06/2016 - Sara (34 anos)

  Bom
Denunciar
Muito engraçado... Só me desapontou a troca da atriz que interpreta a Jane, a Danielle Winits conseguiu ser mais espontânea e pitoresca, sem falar que tinha muita química com o Hassum, faziam o casal perfeito.

15/10/2016 - Sandra (39 anos)

  Regular
Denunciar
Tem partes que senti raiva das idiotices do Tino. Filme razoável.

Novo Comentário
Faça seu comentário, mas por favor, siga estas regras:
- Não faça perguntas, faça comentários sobre o filme;
- Não conte o final do filme nem partes importantes para o desfecho, mas se necessário marque o texto;
- Seja objetivo e descreva o porquê de sua nota;
- Se você ainda não assistiu ao filme, dê nota "Não vi";
- Não critique outros comentários, apenas faça o seu, sem preconceitos;
- Se você não gosta deste gênero de filme, é melhor não comentar;
- Comentários que descumprirem estas regras, serão excluídos totalmente.

 Agradecemos a colaboração. Bom uso!

O Texto Contém Spoiter? Sim / Não     Selecione o texto com "Spoiler" e click aqui.

Nome: Idade:  Nota:

Últimos Visitados

Até que a Sorte nos Separe 2 (Até que a Sorte nos Separe 2)

Copyright © 2016 www.interfilmes.com - Todos os Direitos Reservados. Acesse a Política de Privacidade.