Share on Google+

O Mestre Dos Gênios

  (Genius)
Sinopse Biografia de Max Perkins, um dos editores literários mais famosos do mundo. Apostando em jovens talentos, ele descobriu nomes fundamentais da literatura como F. Scott Fitzgerald, Ernest Hemingway e Thomas Wolfe. O filme acompanha a vida pessoal e Perkins e sua relação complicada com os escritores, cujas obras foram fortemente influenciadas pelo trabalho do editor.

Share on Google+

Informações


Título no Brasil O Mestre Dos Gênios
Título Original Genius
Ano Lançamento
Gênero Drama
País de Origem Reino Unido / EUA
Duração104 minutos
Direção
Estreia no Brasil 20/10/2016
Estúdio/Distrib. Diamond Films
Idade Indicativa 12 anos

Elenco


... Max Perkins
... Thomas Wolfe
>> Ver todo o Elenco...

Trilha Sonora


“Flow Gently Sweet Afton”(Sottish traditional)
Composta por Jonathan E. Spillman
(1873)

Trailer



Comentários


24/10/2016 - Sérgio Sarmento (63 anos)

  Ótimo
Denunciar
Assisti NO CINEMA, nesta data, quando do lançamento nacional ocorrido em 20.10 passado. Olha! Mesmo se passado todo ele nos EUA é daqueles filmes memoráveis com todo aquele clima britânico. É obra que se inicia em 1929, em Nova York, em plena recessão americana, baseada em fatos reais, e que nos fala de uma maneira adorável e cativante de um editor, de livros, genial (sem trocadilhos com o título do filme) chamado Maxwell Evarts Perkins e vivido esplendidamente (como sempre) por este ator britânico e maravilhoso que é Colin Firth. Lamento que se levou alguns anos para aparecer uma cinebiografia deste cidadão que influenciou autores importante do meio literário estadunidense e por extensão mundial. Já tive o prazer de ler inúmeros livros destes autores, abaixo, mas jamais imaginei que Max Perkins ajudou, modificou os livros e foi editor de autores como: Pasmem! Thomas Wolfe que no filme é vivido pelo excelente ator londrino Jude Law. Igualmente editor de um F. Scott Fitzgerald e defendido, no filme, por Guy Pearce e, ainda, editor do grande Ernest Hemingway e no filme atual pelo ator Dominic West. Quanto das atrizes é imperioso falar desta australiana que adoro que é Nicole Kidman e que na obra faz o papel de senhora Wolfe. Não custa dizer que ela está maravilhosamente bem. Pois para aguentar aquela "mala" de seu marido, escritor Thomas Wolfe, tem que ser muito boa para isso. Já Laura Linney, como sempre maravilhosa, representa a mulher do editor Max Perkins e funciona como uma legitima, colaboradora, esposa e mãe daquela prole feminina e muito simpáticas de assombrar a todos. Com uma belíssima reconstituição de época onde desponta uma cidade como N.Y. De "cair o queixo" com aquela fotografia em cinza e beirando um branco e preto "linderrimo". Enfim! Só lamento que é filme PARA POUCOS, isto é, ninguém assiste mesmo. Provando uma tese que tenho desde que conheço CINEMA. Isto há mais de cinquenta anos. O brasileiro vai pouco ao cinema. E quando vai só assiste coisa ruim. E o pior que isso, não muda mesmo. Isso só confirma todo meu lamento!

25/10/2016 - Nilson Jr. (52 anos)

  Bom
Denunciar
Qualquer criação literária é um tema bastante complexo para tratar em cinema, mas o filme não se limita a biografia do grande editor Max Perkins e sim a grande ligação entre Perkins e o escritor Tom Wolfe ( muito bem interpretado por Jude Law, mostrando o atormentado e arrebatado escritor, quase no limiar de desequilíbrio mental ).O enredo é mediano, um tanto aborrecido e pouco informativo, mas retrata também muito bem as vezes que o sucesso e a fama turvam a visão para aquilo que realmente importa e para aqueles que nos são próximos. Foi o caso de Wolfe, cujo o trabalho para o sucesso e a fama o absorveu deixando a sua mulher de lado ( vivida por uma Nicole Kidman parecendo um peixe fora dágua ).

24/11/2016 - Francisco Junior (39 anos)

  Ótimo
Denunciar
História real, um filme poético e brilhante! Com atuações perfeitas e emocionantes dos atores Colin Firth e Jude Law! Uma grata surpresa nesse ano de 2016! FILMAÇO!

24/12/2016 - Henrique (59 anos)

  Ótimo
Denunciar
Por conhecer apenas o básico sobre literatura, estava com receio de não gostar, mas o filme é realmente brilhante. Uma bela história sobre a cumplicidade de dois personagens tão diferentes um do outro, impressionante reconstituição de época e interpretações pungentes de duas feras do cinema.

27/12/2016 - Paulo Nobre (59 anos)

  Regular
Denunciar
Graças a esse filme pude adquirir um pouco mais de cultura literária. Sempre ouvi falar e até li alguns livros desses gênios da literatura: F. Scott Fitzgerald, Ernest Hemingway e Thomas Wolfe, mas nunca imaginaria que existiria por trás deles a figura de um editor tão forte, a saber Max Perkins. Isso mostra a minha ignorância literária, não sabia que foi um dos mais famosos editores do mundo. Em relação o filme achei a narrativa um pouco lenta e arrastada, por isso classifiquei como REGULAR. E gosto não se discute!

09/04/2017 - Sandra (40 anos)

  Ruim
Denunciar
Pensei que seria um ótimo filme, mas achei chato e sem graça em quase todo filme. Não recomendo.

Novo Comentário
Faça seu comentário, mas por favor, siga estas regras:
- Não faça perguntas, faça comentários sobre o filme;
- Não conte o final do filme nem partes importantes para o desfecho, mas se necessário marque o texto;
- Seja objetivo e descreva o porquê de sua nota;
- Se você ainda não assistiu ao filme, dê nota "Não vi";
- Não critique outros comentários, apenas faça o seu, sem preconceitos;
- Se você não gosta deste gênero de filme, é melhor não comentar;
- Comentários que descumprirem estas regras, serão excluídos totalmente.

 Agradecemos a colaboração. Bom uso!

O Texto Contém Spoiter? Sim / Não     Selecione o texto com "Spoiler" e click aqui.

Nome: Idade:  Nota:

Últimos Visitados

O Mestre Dos Gênios (Genius)

Copyright © 2019 www.interfilmes.com - Todos os Direitos Reservados. Acesse a Política de Privacidade.