Share on Google+

A Intrometida

  (The Meddler)
Sinopse Para Marnie Minervini (Susan Sarandon) a maternidade não é um dever, mas sim uma vocação. Mesmo após a recente morte do marido, ela não deixa de ser alegre, sempre mandando mensagens, ligando e aparecendo sem avisar na casa da filha, Lori (Rose Byrne). Almejando algum controle sobre sua vida, principalmente após o término de um relacionamento, lori tenta colocar algumas barreiras para a mãe, mas não adianta em nada já que Marnie segue a filha até Los Angeles e acaba desenvolvendo uma conexão com um policial (J.K. Simmons).

Share on Google+

Informações


Título no Brasil A Intrometida
Título Original The Meddler
Ano Lançamento
Gênero Comédia / Drama
País de Origem EUA
Duração100 minutos
Direção
Estreia no Brasil 04/08/2016
Estúdio/Distrib. Sony Pictures
Idade Indicativa 12 anos

Elenco


... Marnie
... Lori
>> Ver todo o Elenco...

Trilha Sonora


“I Was Here”Escrita por Diane Warren
Interpretada por Beyoncé Knowles (como Beyonce)
“Morning, Shipwreck”Escrita por Lorene Scafaria, Jonathan Sadoff e Adam Brody
Interpretada por The Shortcoats
>> Ver toda a Trilha Sonora...

Trailer



Comentários


09/08/2016 - Sérgio Sarmento (62 anos)

  Ótimo
Denunciar
Assisti NO CINEMA, nesta data, quando da estreia em solo
nacional. Olha! Filme maravilhoso! Chega ser cativante podermos comprovar, certas obras inteligentes, como é este filme visto no dia de hoje. É o segundo filme que dirige esta jovem talentosa roteirista/diretora e atriz norte americana de nome Lorene Scafaria. Assisti o primeiro filme que realizou em 06.09.2012 (resenha no IF nesta data) chamado Procura-se Um Amigo Para o Fim do Mundo (2012). Mas este atual é mais comunicativo, mais direto e fácil de ser assistido. Pois fala de família. De pessoas que estão deslocadas naquele mundo e tentam de uma maneira ou outra sobrevier. De se realocar naquela adversidade surgida em suas vidas. É obra que, ainda, nos fala do choque da perdas de identidades. Em especial da mãe e da filha. Com uma bela trilha musical e que flagrantemente se adéqua aos momentos de necessidades. Temos na faixa sonora até músicas de Beyonce (sem preconceito algum). Portanto músicas no sentido bem pontuais. Ah! É obra progressista, pois fala de casamento entre mulher com mulher. Mas necessito e tenho que falar dos atores. Vemos três como principais. É obra que caí como "uma luva" para a interpretação da excelente atriz Susan Saradon. Que atriz perfeita! Chega ser divina sua atuação. E depois seu personagem ajuda em muito tudo aquilo que nos apresenta a tela grande. Sua presença no filme é brilhante e consome quase 90% da duração da obra. Ficando o restante com a belíssima atriz que chamamos de Rose Byrne e que me lembra muito bem Saradon, há trinta anos, no filme Fome de Viver (1983) quando a veterana atriz estava na maturidade de talento sua beleza estonteante mesmo. Já o sempre ótimo J.K. Simmons faz um papel sensível, carinhoso, mas sobretudo amoroso. Bem diverso ao que realizou em WHIPLASH (2014) quando estava com uma adrenalina a mil. O filme assim como assistimos enobrece uma arte chamada cinema e põe "no chinelo" filmes ridículos como é a grande maioria da produção estadunidense e que assistimos aos montes nos cinemas nacionais. Em especial as românticas e estes filmes comédias e que "no fundo" não passam de coisas ridículas e abjetas de gostos duvidosos. Falo tudo como uma realidade impressionante mesmo, pois vejo tudo que vem de lá, NO CINEMA, e sei que são assim mesmo. Cruz! Credo!

11/09/2016 - Kassio (19 anos)

  Ótimo
Denunciar
Uma ótima história, simples e com bons atores! Um simples entretenimento.

07/10/2016 - Marcio (31 anos)

  Ruim
Denunciar
Vou ser bem direto: Filminho ruimmm. História fraca e chata. Se você gosta de filmes parados e arrastados, talvez goste.

19/10/2016 - Henrique (58 anos)

  Regular
Denunciar
O filme parece ter sido feito exclusivamente para Susan Saradon, o roteiro apesar de ser interessante, pois fala de pessoas que necessitam estar com outras, mesmo que as vezes inconvenientemente, não por acaso o nome do filme é "A intrometida". 90% das cenas é com ela, por ela, para ela etc. E isso me cansou um pouco.

05/11/2016 - Robson (57 anos)

  Bom
Denunciar
Em comparação da média das comédias norte-americanas, esse filme está um degrau acima. Com ótimas atuações de Susan Sarandon, Rose Byrne e J.K. Simmons. A história vai nos levando, sem cansar até o fim.

16/12/2016 - Sandra (40 anos)

  Regular
Denunciar
Normalmente gosto dos filmes com Susan Sarandon e me interessei pela sinopse, mas achei esse filme sem graça. Mostrar Spoiler Mostra uma mulher intrometida por causa da solidão.

09/03/2017 - Marcelo Celo (40 anos)

  Bom
Denunciar
Até o filme é bom recomendo.

07/08/2017 - Paulo Falcone (40 anos)

  Péssimo
Denunciar
Que filminho chato e sem graça. De comédia não tem nada. Acho que quem avaliou positivamente esse filme deve estar avaliando a atriz e não o filme.

29/08/2017 - Alexandre (35 anos)

  Bom
Denunciar
Alguém saberia me dizer qual o nome da música... Na cena da moto? Obrigado.

Novo Comentário
Faça seu comentário, mas por favor, siga estas regras:
- Não faça perguntas, faça comentários sobre o filme;
- Não conte o final do filme nem partes importantes para o desfecho, mas se necessário marque o texto;
- Seja objetivo e descreva o porquê de sua nota;
- Se você ainda não assistiu ao filme, dê nota "Não vi";
- Não critique outros comentários, apenas faça o seu, sem preconceitos;
- Se você não gosta deste gênero de filme, é melhor não comentar;
- Comentários que descumprirem estas regras, serão excluídos totalmente.

 Agradecemos a colaboração. Bom uso!

O Texto Contém Spoiter? Sim / Não     Selecione o texto com "Spoiler" e click aqui.

Nome: Idade:  Nota:

Últimos Visitados

A Intrometida (The Meddler)

Copyright © 2020 www.interfilmes.com - Todos os Direitos Reservados. Acesse a Política de Privacidade.