Share on Google+

O Sequestro

  (Kidnap)
Sinopse Karla Dyson (Halle Berry) trabalha como garçonete em uma lanchonete e tem a vida voltada para a criação do filho, o pequeno Frankie (Sage Correa). Um dia, ao atender o telefone em um parque, ela descobre que o garoto simplesmente desapareceu. Ao vê-lo sendo colocado dentro de um carro, Karla parte em se encalço em uma busca desesperada, perseguindo os sequestradores em seu próprio automóvel.

Share on Google+

Informações


Título no Brasil O Sequestro
Título Original Kidnap
Ano Lançamento
Gênero Suspense
País de Origem EUA
Duração95 minutos
Direção
Estreia no Brasil 21/09/2017
Estúdio/Distrib. H2O Filmes
Idade Indicativa 12 anos

Elenco


... Karla Dyson
... Frankie
>> Ver todo o Elenco...

Trilha Sonora


“Purple Butterflies ”Escrita por Federico Jusid, Ale Martí, Anele Onyekwere
Interpretada por Raya Yarbrough, Danny Jay & The Pimpampums
Publicada por Metronome MP
“Come, Jambaboo With Me! ”Escrita por Federico Jusid
Interpretada por Adrian Foulkes, Alex Foulkes, Santiago Ibarretxe (como Santi Ibarretxe), Santiago Rapallo & David Herrington
Publicada por Metronome MP
>> Ver toda a Trilha Sonora...

Trailer



Comentários



  >> Ver todos os Comentários...

15/08/2017 - Hartur (29 anos)

  Bom
Denunciar
Halle Berry é uma excelente atriz. O filme é um pouco parecido com Chamada de Emergência, ainda mais por ter a mesma atriz como protagonista. Comparando com muitos filmes de suspense e terror que ultimamente são lançados e que são verdadeiros desastres, esse consegue manter você sempre atento e tem cenas bem produzidas de suspense e ação. Gostei bastante e recomendo.

08/09/2017 - Paulo Nobre (60 anos)

  Ótimo
Denunciar
O filme não apresentou nenhum roteiro inédito, mas foi bem escrito e bem dirigido. Gostei da interpretação da Halle Berry. Ela realmente encarnou uma mãe desesperada, com sangue nos olhos, disposta a tudo e a qualquer coisa para reaver seu filho. As cenas de perseguição na estrada são muito boas. Não achei nenhuma cena desnecessária, talvez só o início, com as fotos do seu filho quando pequenino, pudesse ter sido encurtada. Fora isso o filme tem um timing perfeito. Em relação ao nome dado ao filme aqui no Brasil, creio que seria mais adequado, como em Portugal:"RAPTO". VALE A PENA!

17/09/2017 - Lucas Fera (21 anos)

  Ruim
Denunciar
É tanta coisa errada nesse filme que dá até raiva, então vamos por partes. Halle Berry interpreta uma mãe desesperada atrás de seu filho depois que este foi raptado. Até aí nada demais, uma trama como qualquer outra já vista. O problema é o exagero na atuação de Berry, por mais que ela se esforça e as vezes convence fica à beira do ridículo. Aliás, no filme, ela parece a mulher do Rambo, mas beleza, até dá pra levar. Mostrar Spoiler Aí chegamos na parte em que ela começa a perseguir o carro com os sequestradores. Em um determinado momento, um deles dá um aviso com o braço como querendo dizer para ela sair daquela pista e parar de segui-los, pois caso contrário cortaria o pescoço do garoto. E ela faz isso, porém, logo depois volta a persegui-los, e o que eles fazem? Nada ou seja, dane-se se eles poderiam cortar o garoto, mas ela continua perseguindo eles. Aí vem a parte quando ambos param seus carros. Ela diz que pode pagar a eles, que tem cartões e tudo o mais, mas nem mesmo eles sabem o que querem. E então um dos sequestradores, o homem, tenta matá-la sem sucesso. Dai depois vem a outra sequestradora, a mulher do cara, pra tentar dialogar, ou seja, eles nem combinam direito as coisas, vão de acordo com as emoções; sangue nos olhos. Beleza, ela diz pra Halle seguir o cara pra ver até onde eles vão, isso enquanto a mulher faz a Halle de refém, obrigando-a a dirigir. E então do nada a mulher bate na Halle. Tipo, hãn? Por qual motivo? Elas brigam e Halle joga ela pra fora do carro e o besta do cara la na frente não vê nada. E o que a Halle faz pra fingir que a mulher ainda ta no carro? Veste o casaco da mulher e acena pro cara continuar a andar pra dizer que foi a mesma quem mandou. E enquanto isso ele ameaça jogar o garoto pra fora do carro, e de novo, sem motivo algum. Aí depois de muita furada, em uma cena o cara atropela violentamente uma moça. Nos proximos takes ela só ta fazendo careta com uma dorzinha na perna. Outra parente do Rambo. E depois temos mais perseguições entre ela e o cara, e de novo sem motivo algum. Enfim, são muitas coisas o que vale mesmo é o suspense no final, e só, pois foi muito mal escrito e dirigido.

18/09/2017 - Inês (39 anos)

  Bom
Denunciar
Apesar de surreal, é um bom filme. Vale a pena assistir.

23/09/2017 - Rudrigui (35 anos)

  Ótimo
Denunciar
Ótimo Filme! É um filme que tem as mentiras necessárias pra ser filme por isso seu desenvolvimento tem a licença poética garantida pra da era do tudo que tem que da errado em prol da história! Tenso, bem feita as ações de perseguição no carro... Haley ta show de bola igual como naquele filme Ligação de Emergência que também é de sequestro! Nota máxima! Vai com fé que você vai gostar desse filme!

25/09/2017 - Sérgio Sarmento (64 anos)

  Péssimo
Denunciar
Assisti NO CINEMA nesta data quando do lançamento em minha cidade (e acredito nacional) e após passar por uma pré-estreia na outra semana. Olha! Que filme mais "vagabundo" (desculpem!) de ridículo. Cruz credo! (tenho que largar um dos meus aforismos de cara, mesmo). Este filme simplesmente não deveria existir. Pois é muito amador! O diretor espanhol Luis Prieto, apesar de ser um veterano, seus filmes jamais conseguiram penetraram no mercado cinematográfico nacional. Pasmem! É uma produção de 2015. Consegui ler nos créditos finais. A sinopse acima (é claro enviada pelos distribuidores, no Brasil) é mentirosa, portanto. É uma produção modestíssima. E inclusive financiada, em parte, por Halle Berry. Sendo portanto um veiculo para seu estrelismo. Obra que foi um fracasso no mercado norte americana. O que até poderia não afirmar nada. Mas após assistir entendo o "veneno" que isso quer dizer! Adoro mesmo, de coração, há quase 60 anos CINEMA, por isso sempre que posso não saio destas casas maravilhosas de espetáculos. Por isso é muito dolorido para mim falar coisas desabonadoras de qualquer filme. Mesmo de uma coisa detestável como este Sequestro (2015). Mas este é simplesmente horrível de se assistir. Inclusive na sessão que estava. Tinha este cinéfilo (que é coisa muito rara hoje em dia encontrar um) e mais, digamos, 14 pessoas. O que para uma segunda feira é sintomático e serve, com isso, como se fosse uma "casa cheia". Mas não é que por volta de 50 minutos de filme saiu. Pasmem! Três pessoas. Um casal e mais um cara. O que convenhamos, para uma obra deste gênero, chega ser uma enorme (de grande, mesmo) surpresa. Mas enfim, o filme é simplesmente detestável e que deveria ser lançado em disco, no Brasil, ou entrar direto para o Netflix. Assim teria certeza que não veria obra tão desprezível em minha vida. Ah! Desculpem gente! Só mais duas coisinhas. A atriz Halle Berry (que adoro, mesmo) conseguiu uma proeza com este lamentável filme. Pois conseguiu fazer uma obra pior que Mulher Gato (2004) que é claro, assisti em tela grande (NO CINEMA). Lá pelo menos ela estava lindíssima vestindo aqueles seus shortinhos. E com isso dava "uma canja" para os marmanjos e formatava uma atração muito especial. E agora uma palavrinha para os três simpáticos colegas que, ainda, escrevem algo que chama a atenção aqui no site IF e que volta e meia trocamos "figurinhas" via comentários. Sinceramente chama a atenção (minha) uma figura de gosto diferenciado como o Paulo Nobre gostar de obra tão abjeta como é este filme. Já o colega Fera me chamou a atenção que narrou o filme em sua apreciação. Nunca tinha lido coisa igual deste promissor jovem (aliás li só 1/3 de seu sua "escrita escondida" pois não suportei ler o que escreveu). Já o Rudrigui me chamou a atenção, pois colocou uma frase que jamais esperava ler em algum comentário seu (dele) : "Vai com fé que você vai "gostar?!" desse filme"! (Cruz credo! Amigo!) No mais sempre me queiram bem (os três) e se não gostam do meu comentário, só posso responder assim: "Um beijo para vocês, gente amiga!".

26/09/2017 - Lucas Fera (21 anos)

  Não vi
Denunciar
Ora, é um prazer receber uma resposta sua, Sérgio Sarmento. Diga-me, amigo, porquê não terminou de ler meu comentário inteiro? Sei que falei muito do que não gostei, porém, creio que você poderia se identificar tamanho absurdo que foi este filme. E claro, sempre te quero bem, aqui somos todos "parceiro de Cinema". Um grande abraço.

26/09/2017 - Paulo Nobre (60 anos)

  Não vi
Denunciar
Graaande SARMENTO. Como Lucas Fera mencionou acima é sempre uma honra ser citado por você. Em relação ao filme percebi que a minha opinião, para esse filme, foi diferente da sua e do grande Lucas Fera e coincidiu com a do grande Rudrigui. Mas, imagine se no mundo todos gostassem de azul, que aliás adoro, resolvessem apenas usar azul. Iria cansar a vista de todo mundo e ficaria sem graça. Nós, que vemos muitos filmes, você apenas no cinema eu em todas as mídias possíveis e imagináveis temos maior PROBABILIDADE (adoro essa palavra) de discordar. Querido Sarmento, aceito o beijo e retribuo, complementando com um grande abraço.

27/09/2017 - Lucas Fera (21 anos)

  Não vi
Denunciar
Obrigado por me citar também, Paulo Nobre. Com certeza você está certo. Uns gostam, outros não, vida que segue. Quanto ao Sérgio, as vezes divergimos opiniões mesmo. Aliás, to esperando uma resposta dele também. Grande abraço.

28/09/2017 - Ulysses (56 anos)

  Ótimo
Denunciar
Simplesmente maravilhoso. Só isso. Sensacional, vale a pena você não vai se arrepender.

30/09/2017 - Nilson Jr. (53 anos)

  Bom
Denunciar
Estão lá todos os clichês, manipulações, roteiro simples e falhas técnicas dos filmes "B", mas existe uma dinâmica entre vítima e sequestradores que prende o telespectador o tempo todo, inclusive inserindo a agonia e desespero da personagem nessa interação. Cumpre dignamente sua pretensão, apenas divertir.

01/10/2017 - Ademar Mateus (46 anos)

  Péssimo
Denunciar
Kkkk o engraçado e ver halle barry pagando mico nesse filminho sem vergonha. Sem palavras.

04/10/2017 - Welinton (37 anos)

  Ruim
Denunciar
Halls Barry até que se esforça, mas o filme é bem chato. Uma perseguição que nunca chega ao fim muito confuso longo e chato.

14/10/2017 - EddieViana (22 anos)

  Ótimo
Denunciar
Sinceramente, não entendo as pessoas chamando o filme de confuso. Muitíssimo pelo contrário: achei o filme incrível. Uma perseguição desenfreada do início ao fim. A película te deixa nervosa, te faz sentir o que a protagonista está sentindo. O filme não dá brecha pra enrolação: antes mesmo dos seus 20 minutos, o filme já está em plena ação. Hally Berry entrega uma atuação maravilhosa, que convence e que realmente nos faz pensar que estamos olhando para uma mãe desesperada, que faria qualquer coisa para ter seu filho em suas mãos. Um ótimo divertimento. Nada digo de um Oscar, mas com certeza um excelente passatempo.

07/11/2017 - Kassio Freitas (20 anos)

  Regular
Denunciar
Tive outra percepção após ler os comentários haha realmente Halle exagera nas caras e bocas (já havia percebido), mas o pior mesmo é o roteiro sem pé nem cabeça, com furos gritantes. A História da perseguição se alonga demais, os sequestradores são patéticos e as motivações deles pouco exploradas e divulgadas. Este filme lembra muito o Chamada de Emergencia que ela fez a alguns anos, seguia na mesma linha, de perseguições, carros, casa abandonada, kkk quanta criatividade.

Novo Comentário
Faça seu comentário, mas por favor, siga estas regras:
- Não faça perguntas, faça comentários sobre o filme;
- Não conte o final do filme nem partes importantes para o desfecho, mas se necessário marque o texto;
- Seja objetivo e descreva o porquê de sua nota;
- Se você ainda não assistiu ao filme, dê nota "Não vi";
- Não critique outros comentários, apenas faça o seu, sem preconceitos;
- Se você não gosta deste gênero de filme, é melhor não comentar;
- Comentários que descumprirem estas regras, serão excluídos totalmente.

 Agradecemos a colaboração. Bom uso!

O Texto Contém Spoiter? Sim / Não     Selecione o texto com "Spoiler" e click aqui.

Nome: Idade:  Nota:

Últimos Visitados

O Sequestro (Kidnap)

Copyright © 2017 www.interfilmes.com - Todos os Direitos Reservados. Acesse a Política de Privacidade.