Share on Google+

Os Cowboys

  (Les cowboys)
Sinopse Alain é um dos pilares da comunidade, junto com a esposa e o casal de filhos. Mas sua filha Kelly, de apenas 16 anos, desaparece e ele se lança no mundo sem desistir de procurá-la. Sua vida normal fica para trás e ele leva consigo o filho, que sacrifica sua juventude pela empreitada.

Share on Google+

Informações


Título no Brasil Os Cowboys
Título Original Les cowboys
Ano Lançamento
Gênero Drama
País de Origem França
Duração104 minutos
Direção
Estreia no Brasil 16/03/2017
Estúdio/Distrib. Bonfilm
Idade Indicativa 12 anos

Elenco


... Alain Balland
... Georges Balland, dit Kid
>> Ver todo o Elenco...

Trilha Sonora


“Tennessee Waltz ”Letra de Redd Stewart
Música de Pee Wee King
Interpretada por François Damiens & Caroline Attal
(p) 2014 Les Productions du Tresor
© 1946 Acuff Rose Music Inc, administre par Chester Music Ltd
pour les territoires du British Commonwealth, de l'Europe continentale, Irlande et Afrique du Sud / Sony ATV Acuff Rose Music Inc.
Avec l'autorisation d'Universal Music Vision, de Campbel Connelly France et de Sony ATV Music Publishing France. Tous droits reserves.
“Hillbilly Highway ”Escrita por Steve Earle, Jimbeau Hinson
Interpretada por Hillbilly Rockers
(p) 2015 Droits Reserves
© 1986 Goldline Music / Warner - Olive Music LLC
Avec l'autorisation de Warner Chappell Music Frane et d'Universal Music Vision
>> Ver toda a Trilha Sonora...

Trailer



Comentários


21/06/2016 - Sérgio Sarmento (62 anos)

  Ótimo
Denunciar
Assisti nesta data, NO CINEMA, dentro do 13º Festival Varilux de Cinema Francês de 2016. É o 13º filme que assisto dentro deste perfeito, é o melhor não tenho duvidas, festival que acontece para os aficionados, como eu DE CINEMA, em solo brasileiro. Pois alcança milhares de espectadores em um pais tão carente de qualquer cultura. Eu disse: Qualquer cultura! Olha! Filme de grande impacto visual. Um dos grandes, da mostra, que até agora assisti. A obra abre de uma maneira absolutamente inusitada. Pois começa mostrando um festival de cultura Country com músicas e cantos, trajes e dança. Uma coisa belíssima mesmo! Mas falado em francês e por conseguinte em um pais europeu chamado França. Coisa de louco mesmo! Mas percebemos que é tão somente uma introdução, pois logo a seguir " a chapa vai esquentar" (desculpem o trocadilho, pois não resisti mesmo). O filme em geral nos fala de família. O filme é sobre a família as causas e consequências da manutenção daquele grupo que deveria permanecer unida. É nisso que o jovem cineasta Thomas Bidegain vai procurar e realizar seu bom filme. A obra se presta para fazer citações sobre as invasões de emigrantes "alienígenas" que "enfestam" a geografia europeia e em especial para com a francesa nos últimos 30 anos. Causando, com isso, uma série de problemas de difícil solução. O filme se passa no começo deste século. Portanto ali já tínhamos o prenuncio de uma coisa que sabidamente iria se alastrar até hoje. Por isso o começo do filme é altamente cativante, mas que logo a seguir iríamos enfrentar uma poderosa guerra no agrupamento da tal família, dos protagonistas, que em principio falei logo acima. O drama do filme gira em torno de dois grandes atores. Um muito conhecido nosso. Falo do belga François Damiens em outro notável desempenho muito elogiável. O cara, em principio totalmente irreconhecível, barbudo e careca faz o papel de pai carinhoso e amoroso. Mas que sofre um grande decepção e parte para um acerto de contas. Já no terceiro quarto de hora aparece um jovem (com mais afinco) ator desconhecido chamado Finnegan Oldfield que "toma as rédeas" do filme e que após isso nos parece um veterano pelo seu desempenho. O termo Os Cawboys me pareceu bem condizente com a aventura que fizeram seus dois protagonistas. Na busca incessante, para preservar o lado familiar, daquelas pessoas envolvidas em tão desgastante jornada. Onde vemos de tudo mesmo. Enfim! É mais um filme que espero o prestigio das pessoas. Pois o nome do filme é por demais convidativo para as pessoas, pouco afeitas, ao bom CINEMA que a França nos manda quase semanalmente. Muito legal tudo isso! Ah! Não poderia deixar de dizer, ao contrario da sinopse, que o filme tem exatos 105 (sempre e eternamente cronometrados por mim) minutos. Até outro comentário (que será VIVA A FRANÇA!) dentro dos filmes do Festival Varilux 2016.

03/03/2017 - Donaldo Coelho da Silva (74 anos)

  Não vi
Denunciar
Ótimo comentário, grande Sarmento. Vou ver, sem dúvida nenhuma. Forte abraço.

10/03/2017 - Henrique (59 anos)

  Bom
Denunciar
Os Cowboys sai um pouco dos padrões franceses, e assim mesmo me agradou. Tem um enredo envolvente e nervoso, François Damiens (do maravilhoso A Família Bélier) esta ótimo como um pai casca dura, em busca de sua filha que fugiu de casa. Achei que o ritmo diminui com a saída dele (não gosto de contar o filme rsrsr), mas nada que comprometa esse bom e quase um road movie.

10/03/2017 - Nilson Jr. (53 anos)

  Ruim
Denunciar
O filme tenta passar uma comovente mensagem, mas acaba ressaltando a visão fechada em relação ao islamismo. Na França, tem-se configurado uma das situações mais delicadas em relação à imigração árabe. A xenofobia se dissemina após os atentados de 11 de setembro nos Estados Unidos e se acentua atualmente devido à série de ataques terroristas efetuados pelo Estado Islâmico em Paris, ao mesmo tempo em que a islamofobia cresce devido à alta aceitação da Frente Nacional francesa, partido de extrema-direita e xenófobo. Um roteiro com ponto de vista confuso e obscuro, repetitivo e sem se aprofundar em questões mais importantes durante os saltos temporais ( quais os motivos levaram a menina a fugir com um jihadista, a separação, etc... ). Não darei péssimo porque existem referências muito piores.

12/04/2017 - Sérgio Sarmento (63 anos)

  Ótimo
Denunciar
Assisti, ou melhor, revi NO CINEMA, nesta data, quando de sua estreia acontecido em minha cidade na data de 06.04. Na realidade hoje é o último dia do filme por aqui. Obra que definitivamente não foi prestigiada pelas pessoas. Possivelmente não agradou pelo título em si, pelo tema árido que nos fala, ou até, me desculpem quem se sentir ofendido, pelo pouco alcance intelectual do povo de minha cidade. Olha! Alguma coisa aconteceu de muito grave por não haver um prestigio com obra tão boa da melhores do ano passado e deste. Pois trata de família, separação, solidariedade, fuga e xenofobismo em uma nação que há séculos vem patrocinando liberdades de todos sentidos e modos que viermos analisar, como é, sem dúvida, a francesa. O filme é muito inteligente! Diria mais. É premonitório na medida que seu começo é de 1994 em uma França já com problemas de imigração com os povos árabes que "invadem" uma França sem preparo aparente e passam a criar problemas muito do grande. A coisa começa a não ter soluções quando do desaparecimento de uma menina francesa para o lado da comunidade islâmica. E principalmente quando da procura do seu pai, por ela, naquele mundo totalmente diferente da sociedade francesa até então conhecida. O filme procura mostrar de uma forma certeira a imigração totalmente desnorteada dos árabes para a França ao longo de 18 anos. E com isso criando serias dificuldades para uma sociedade que não estava nada preparada para receber aquela horda de elementos famintos e miseráveis. É claro que a sociedade francesa de um modo geral não tinha condições em prestigiar tudo aquilo. O Filme trata do 11 de setembro a ataques terroristas em Londres. Até ali Paris não tinha sido visitada pelos "homens bombas" típicos de elementos infiltrados nestas comunidades árabes. Mas por isso e mais alguma coisa a xenofobia é enorme em solo francês. Mas o pior de tudo é que estes governos frouxos que vem governando a França nos últimos anos em especial Chirac, Sarkozy e Holland só realizaram bobagens (para não dizer outra coisa). E com isso estão dando chance para a ultra direita vencer as próximas eleições em 23 abril com a candidata Marins LE PEN. Enfim! O filme nos conduz a interagir com ele. Sobre sua política atual de um pais tão memorável como é a França. Portanto, e me repetindo, diria que estamos diante de um filme memorável e didático sobre vários ângulos que possamos analisar. Sou forçado a dizer para todos vocês: E TENHO DITO!

Novo Comentário
Faça seu comentário, mas por favor, siga estas regras:
- Não faça perguntas, faça comentários sobre o filme;
- Não conte o final do filme nem partes importantes para o desfecho, mas se necessário marque o texto;
- Seja objetivo e descreva o porquê de sua nota;
- Se você ainda não assistiu ao filme, dê nota "Não vi";
- Não critique outros comentários, apenas faça o seu, sem preconceitos;
- Se você não gosta deste gênero de filme, é melhor não comentar;
- Comentários que descumprirem estas regras, serão excluídos totalmente.

 Agradecemos a colaboração. Bom uso!

O Texto Contém Spoiter? Sim / Não     Selecione o texto com "Spoiler" e click aqui.

Nome: Idade:  Nota:

Últimos Visitados

Os Cowboys (Les cowboys)

Copyright © 2017 www.interfilmes.com - Todos os Direitos Reservados. Acesse a Política de Privacidade.