Share on Google+

Pendular


Sinopse Um jovem casal se muda para um grande galpão industrial abandonado. Uma fita laranja colada no chão divide o espaço em duas partes iguais: à direita o ateliê de escultura dele, à esquerda o estúdio de dança dela. O filme acontece neste ambiente onde arte, performance e intimidade se misturam; e onde os personagens perdem aos poucos a capacidade de distinguir entre seus projetos artísticos, o passado de cada um e sua relação amorosa.

Share on Google+

Informações


Título no Brasil Pendular
Título Original Pendular
Ano Lançamento
Gênero Drama
País de Origem Brasil / Argentina / França
Duração108 minutos
Direção
Estreia no Brasil 21/09/2017
Estúdio/Distrib. Vitrine Filmes
Idade Indicativa 18 anos

Trailer



Comentários


29/09/2017 - Sérgio Sarmento (64 anos)

  Ruim
Denunciar
Assisti NO CINEMA nesta data quando de seu lançamento em minha cidade. Olha! Não gostei do filme! A diretora Julia Murat é de família que adotou O CINEMA como meio de expressar seus anseios culturais. Ela é filha da veterana diretora Lucia Murat (n.1948). Que ultimamente faz uma filmografia mais voltada para retratar o golpe dos militares em associação com o empresariado nacional que ocorreu em 01.04.1964. Uma treva (de escuro mesmo!) que durou até 1985. Mas sua filha começou dirigindo o notável filme Histórias Que Só Existem Quando Lembradas (2011) e que assisti em 04.07.2012 e que realizei um comentário bem sugestivo e empolgado para o site IF nesta data. Mas este Pendular que trata da incomunicabilidade de um casal em uma de suas inúmeras crises conjugais. O filme é arrastado e que "dá nos nervos" da gente. É obra que na real deveria verificar e estudar a NÃO comunicação junto aos seus espectadores. Pois a sonolência é muito grande. Até me pareceu que a diretora tentou se firmar em uma tema muito difícil de ser explorado. Pois o este argumento (história) sempre me pareceu muito difícil para qualquer diretor. Mesmo em os mais experientes. Lembro de cineastas que se deram bem neste quesito. Falo do diretor Woody Allen que trata do tema de uma forma superior e inesquecível. E no passado do lendário, do sensacional, do melhor que foi o diretor sueco Ingmar Bergman (onde o diretor Woody Allen o tem como mentor e retirou (no começo de seus primeiros filme) grandes ensinamentos. Por isso acredito que Julia Murat poderá fazer coisa bem melhor. Após se preparar melhor em um futuro próximo. Por ter um enorme talento. E por isso espero de coração, mesmo!

Novo Comentário
Faça seu comentário, mas por favor, siga estas regras:
- Não faça perguntas, faça comentários sobre o filme;
- Não conte o final do filme nem partes importantes para o desfecho, mas se necessário marque o texto;
- Seja objetivo e descreva o porquê de sua nota;
- Se você ainda não assistiu ao filme, dê nota "Não vi";
- Não critique outros comentários, apenas faça o seu, sem preconceitos;
- Se você não gosta deste gênero de filme, é melhor não comentar;
- Comentários que descumprirem estas regras, serão excluídos totalmente.

 Agradecemos a colaboração. Bom uso!

O Texto Contém Spoiter? Sim / Não     Selecione o texto com "Spoiler" e click aqui.

Nome: Idade:  Nota:

Últimos Visitados

Pendular (Pendular)

Copyright © 2017 www.interfilmes.com - Todos os Direitos Reservados. Acesse a Política de Privacidade.