Share on Google+

O Banquete


Sinopse Neste banquete, onde jogos de poder e erotismo estão colocados à mesa, a vida dos convidados serão transformadas para sempre. Entre eles está o poderoso editor de uma revista, que celebra seu aniversário de casamento. Ele pode ser preso nesta noite, já que escreveu uma carta aberta com graves denúncias contra o presidente do país.

Share on Google+

Informações


Título no Brasil O Banquete
Título Original O Banquete
Ano Lançamento
Gênero Drama
País de Origem Brasil
Duração104 minutos
Direção
Estreia no Brasil 13/09/2018
Estúdio/Distrib. Imovision
Idade Indicativa 14 anos

Elenco


... Mauro
... Plínio
>> Ver todo o Elenco...

Trailer



Comentários


14/09/2018 - Sérgio Sarmento (64 anos)

  Ótimo
Denunciar
Assisti NO CINEMA nesta data quando de seu lançamento oficial ocorrido nacionalmente no dia de ontem. Olha! É mais um filme nacional realizado e da melhor qualidade. A diretora Daniela Thomas se recuperou de seu filme logo anterior e que foi o polêmico e curioso VAZANTE (2016) e que realizei mais um dos meus comentários singularmente pesquisados para o InterFilmes em 13.11.2017. Seu filme atual O BANQUETE (2017) não deixa de ser polêmico. Mas é igualmente corrosivo, sarcástico, debochado e com tudo isso não posso dar uma nota melhor que excelente. Para esse escriba, que vos escreve, confesso que até senti um pouco de raiva da diretora ao realizar um filme como é esse Banquete (2017). Pois seu filme anterior foi "torpedeado" por pessoas da dita esquerda festiva ou caviar nacionalmente (principalmente no Festival de Cinema de Brasília de 2017 onde "até pedras" foram jogadas na diretora Daniela (cruz credo). Neste filme que ela não precisa muito bem sua época. Mas com certeza e apostando diria que é o começo dos anos 1990 (pois aparecem celulares de tão grande parecia "um torpedo". Onde em um só cenário, o filme é como um teatro filmado, se passando todo ele em uma ampla sala "de jantar" e que no final, pelos créditos, consegui vislumbrar o os agradecimentos ao Hotel Maksoud Plaza (então foi lá!). Pois bem! É nesse lindo e convidativo cenário que a diretora Daniela (é dela o roteiro juntamente com as falas de Beto Amaral, um contumaz colaborador da senhora diretora) coloca seus atores todos eles de esquerda e até um representante do povão que é o garçom. Pois todos estas pessoas fazem coisas de ruborizar qualquer espectador que os vejam. E isso incluem uma série de coisas. Como suas frustações, arrependimentos, compaixões e complexo de culpa. É nítida a impressão que nos dá é que a direção do filme faz até improvisações com aquelas pessoas (atores). Posso afirmar tudo isso e na medida que podemos notar o empenho em representar o de uma excelente atriz como é Drica Moraes. Mas principalmente da notável atriz MARIANA LIMA (que trabalho primoroso tem essa atriz, perfeito). Mas tenho que destacar uma atriz que NÃO LEMBRO dela em outro filme. Falo de Fabiana Gugli que super interpreta sua personagem Maria. Enfim e em sendo definitivo! Posso dizer que o filme da senhora diretora Daniela Thomaz e um espetáculo a parte. E que é mais uma obra notável e que DEFINITIVAMENTE o espectador brasileiro não tomará conhecimento algum. CRUZ CREDO!

Novo Comentário
Faça seu comentário, mas por favor, siga estas regras:
- Não faça perguntas, faça comentários sobre o filme;
- Não conte o final do filme nem partes importantes para o desfecho, mas se necessário marque o texto;
- Seja objetivo e descreva o porquê de sua nota;
- Se você ainda não assistiu ao filme, dê nota "Não vi";
- Não critique outros comentários, apenas faça o seu, sem preconceitos;
- Se você não gosta deste gênero de filme, é melhor não comentar;
- Comentários que descumprirem estas regras, serão excluídos totalmente.

 Agradecemos a colaboração. Bom uso!

O Texto Contém Spoiter? Sim / Não     Selecione o texto com "Spoiler" e click aqui.

Nome: Idade:  Nota:

Últimos Visitados

O Banquete (O Banquete)

Copyright © 2018 www.interfilmes.com - Todos os Direitos Reservados. Acesse a Política de Privacidade.