Share on Google+

A Comunidade

  (Kollektivet)
Sinopse Na década de 1970, Erik (Ulrich Thomsen) e Anna (Trine Dyrholm) são um casal de acadêmicos cheio de sonhos. Junto com a filha, Freja, eles montam uma comuna em um elegante bairro de Copenhague para dividir a casa e viver em conjunto com outras pessoas. Querendo estar no centro da história e realizar o sonho de viver em grupo, eles realizam jantares, reuniões e festas. Levados pelo mesmo sonho, um caso de amor abala a pequena comunidade, fazendo com que esse grupo de sonhadores e idealistas acordem para a realidade.

Share on Google+

Informações


Título no Brasil A Comunidade
Título Original Kollektivet
Ano Lançamento
Gênero Drama
País de Origem Dinamarca / Suécia / Países Baixos
Duração111 minutos
Direção
Estreia no Brasil 01/09/2016
Estúdio/Distrib. California Filmes
Idade Indicativa 14 anos

Elenco


... Allon
... Erik
>> Ver todo o Elenco...

Trailer



Comentários


04/09/2016 - OlíviaGoldenrose (52 anos)

  Bom
Denunciar
Bom filme, 'convivência em comunidade X intimidade', paixões... Reconstituição fiel de uma época com ótimas interpretações de todo o variado elenco.

02/10/2016 - Sérgio Sarmento (63 anos)

  Ótimo
Denunciar
Assisti na tarde de ontem, NO CINEMA, quando finalmente tivemos sua estreia em minha (ufa!) cidade. Olha! Filme sensacional. Não é de hoje que adoro, de prazer, o trabalho deste cineasta notável que é o dinamarquês Thomas Vinterberg. Ficou famoso como um dos "fundadores da escola Dogma 95". Grande diretor! Mas polêmico. Poxa! Ele é visceral. Vai fundo nos problemas familiares. Desde Festa em Família (1998). Passando pelo notável e premiado filme A Caça (2012) e já com comentário meu no IF de 12.02.2013. Seu último filme Longe Deste Insensato Mundo (2014) simplesmente. Pasmem! Não apareceu um distribuidora para importar e apresentar o filme NO CINEMA. Com isso fiquei impossibilitado de assistir um filme pelo menos curioso. E que finalmente nos aparece este brilhante A COMUNIDADE (2015). E que não é de 2016 como informa sinopse acima. Mas sim do ano passado. O filme novamente pega um núcleo familiar. Agora composto de três pessoas. Pai, mãe e filha adolescente. E mais agregados que aqui vamos chamar de amigos e uma amante. E formam, com isso, a tal comunidade. É filme notável na medida que o diretor consegue desenvolver na comunidade toda uma problemática social. Criando e estudando, nela própria, as mazelas que o ser humano consegue desenvolver dentro de tudo aquilo. Mesmo sendo o casal de protagonistas o principal desta obra cinematográfica que são os atores veteranos dinamarqueses que são: Ulrich Thomsen que vive Erick (grande interpretação deste cara, mas nada me surpreendeu, pois já conhecia esta figura). Mas principalmente a fascinante, talentosa, bonita, elegante, magnifica atriz (gosto tanto desta senhora que até me perco nos adjetivos, mas totalmente merecedora de tudo isso e mais alguma coisa) que é Trine Dyrholm. Mas para mim e acredito que para o diretor Vinterberg é a filha deles chamada de Freja. Vivida esplendidamente pela jovem atriz adolescente Martha Sofie Wallstrom. É nela. Nesta figura mais humana (de todos naquela casa) que o diretor mostra um carinho, uma perseverança, mas acima de tudo uma esperança, falo naquele caos social (se assim poderemos chamar), vai sair alguém que consiga levar, no futuro, uma coisa bem melhor. Aliás aquele final, com ela na beira daquela água, é eloquente e fala por si só. Por fim gostaria de acrescentar que é filme que não chega ter a polêmica de A Caça (2012). Mas certamente, também, não vai deixar o espectador indiferente pelos temas, sempre e eternamente atuais, que este admirável filme nos apresenta. Ficamos, sim, com tudo aquilo remoendo nossos pensamentos por um longo tempo. E tudo isso, com certeza, nos fará crescer, ainda mais, como seres humanos que somos.

31/10/2016 - Robson (57 anos)

  Ótimo
Denunciar
Boa história, excelentes interpretações dos atores e trilha sonora. Somente o cinema europeu para fazer uma obra sincera sem cair nos tradicionais clichês.

21/11/2016 - Henrique (59 anos)

  Regular
Denunciar
Olha! Não gostei. Achei a história sem profundidade, quase tola e a fotografia bem ruim (talvez fosse proposital?). Valeu pela mensagem (As vezes ser idealista liberal tem seu preço e ai! Adeus estrada de tijolos amarelos rsrs).

26/04/2019 - André Ribas (55 anos)

  Ótimo
Denunciar
Olha, minha percepção foi diferente do comentário acima. Ninguém ali era idealista utópico, pois estavam vivendo e construindo seu ideal de vida coletiva que passaram a acreditar ser possível, dia a dia e a cada dia. Apesar de percalços nada fáceis e não previstos que podem acontecer, e que envolvem desde questões de saúde, do coração e também financeiras, e que quando atinge um, atinge a todos emocionalmente. O filme é sensacional por proporcionar esta visibilidade do que é VIVER coletivamente. O filme também consegue nos transmitir a sensação de que eles sabem que há coisas irreconciliáveis, mas mesmo assim não abrem mão das suas escolhas. Viver em comunidade também não é fácil. Mas eles continuaram! Até onde e quando não sabemos ao final do filme, mas as escolhas individuais de continuarem convivendo ali, prevaleceu. Um baita filme! Quanto à fotografia, assisti em alta resolução, 1080P, revelando cores bonitas sem perda de qualidade, enquadramento de cenas muito bem feitos, tanto nas externas quanto nas internas.

Novo Comentário
Faça seu comentário, mas por favor, siga estas regras:
- Não faça perguntas, faça comentários sobre o filme;
- Não conte o final do filme nem partes importantes para o desfecho, mas se necessário marque o texto;
- Seja objetivo e descreva o porquê de sua nota;
- Se você ainda não assistiu ao filme, dê nota "Não vi";
- Não critique outros comentários, apenas faça o seu, sem preconceitos;
- Se você não gosta deste gênero de filme, é melhor não comentar;
- Comentários que descumprirem estas regras, serão excluídos totalmente.

 Agradecemos a colaboração. Bom uso!

O Texto Contém Spoiter? Sim / Não     Selecione o texto com "Spoiler" e click aqui.

Nome: Idade:  Nota:

Últimos Visitados

A Comunidade (Kollektivet)

Copyright © 2019 www.interfilmes.com - Todos os Direitos Reservados. Acesse a Política de Privacidade.