Share on Google+

Julho Agosto

  (Juillet août)
Sinopse Só de estarem juntos, a convivência entre adolescentes e adultos pode ser desesperadora. Imaginem em uma viagem familiar. Duas irmãs de 14 e 18 anos dividem as férias entre o sul da França com a mãe grávida em julho e a Grã-Bretanha com o pai solteiro em agosto.

Share on Google+

Informações


Título no Brasil Julho Agosto
Título Original Juillet août
Ano Lançamento
Gênero Comédia / Drama
País de Origem França
Duração96 minutos
Direção
Estreia no Brasil 13/07/2017
Estúdio/Distrib. Cineart Filmes
Idade Indicativa 12 anos

Elenco


... Laura
... Anne Bruant
>> Ver todo o Elenco...

Trailer



Comentários


24/07/2017 - Sérgio Sarmento (63 anos)

  Ótimo
Denunciar
Assisti NO CINEMA, nesta data, quando do lançamento nacional em segunda semana em minha cidade. E nesta em um só horário. Com isso é forçoso dizer que teremos um publico diminuto. Olha! Lamento! É só o que posso fazer, pois é mais um belíssimo filmes e "daqueles que ninguém assisti". Um filme comunicativo, intimista e nos fala de coisas simples. Daí, acredito, que está o seu grande charme que é sua simplicidade. O filme nos fala de família. Neste caso de separação e dai surgindo duas garotas. Uma entrando na fase adulta e outra deixando de ser criança. Fazendo, com isso, um estudo bem sensível das jovem e concomitantemente nos apresenta como é a vida atual dos dois pais separados. Com diálogos bem conhecidos de todos nós. Mas de maneira alguma podemos dizer que são fracos. Ao contrário. Pois seu significado é cativante pelo seu significado. O filme, no meu modo de ver, é em sua maioria centrado nesta estupenda atriz jovem Luna Lou que faz a tal garota que está entrando na fase da puberdade. Ela é bem diferente da irmã mais velha. É desbocada, inserida, gosta de se meter em tudo e com todos. Mas facilmente explicada, no filme, pela sua "troca" de guria para "mulher". Ela é tão importante nesta obra. Pois o diretor Diastéme começa sua obra e termina com ela. Mas tem também uma atriz de 25 anos. E que se passa por uma de 18. Mas o faz muito bem. Falo de Alma Jodorowsky. E tem também a bonita atriz Pascale Arbillot que faz com raro talento a mãe da duas "meninas". E o veterano e excelente ator francês Patrick Chesnais na parte de ser o padrasto. Enfim! É mais um ótimo filme francês. E daqueles intimistas e que só um pais como a França consegue fazer e dar um recado inesquecível. Mas e que novamente vós digo: Ninguém assiste NO CINEMA. Talvez em algum aparelho de televisão. Coisa que pela grandiosidade de seu intimismo até suportaria ser assistido em tal "tela pequena". Mas só assim mesmo!

Novo Comentário
Faça seu comentário, mas por favor, siga estas regras:
- Não faça perguntas, faça comentários sobre o filme;
- Não conte o final do filme nem partes importantes para o desfecho, mas se necessário marque o texto;
- Seja objetivo e descreva o porquê de sua nota;
- Se você ainda não assistiu ao filme, dê nota "Não vi";
- Não critique outros comentários, apenas faça o seu, sem preconceitos;
- Se você não gosta deste gênero de filme, é melhor não comentar;
- Comentários que descumprirem estas regras, serão excluídos totalmente.

 Agradecemos a colaboração. Bom uso!

O Texto Contém Spoiter? Sim / Não     Selecione o texto com "Spoiler" e click aqui.

Nome: Idade:  Nota:

Últimos Visitados

Julho Agosto (Juillet août)

Copyright © 2017 www.interfilmes.com - Todos os Direitos Reservados. Acesse a Política de Privacidade.