Share on Google+

Desobediência

  (Disobedience)
Sinopse A fotógrafa Ronit (Rachel Weisz) retorna para a cidade natal pela primeira vez em muitos anos em virtude da morte do pai, um respeitado rabino. Seu afastamento foi bastante abrupto e o reaparecimento é visto com desconfiança na comunidade, mas ela acaba acolhida por um amigo de infância (Alessandro Nivola), para sua surpresa atualmente casado sua paixão de juventude, Esti (Rachel McAdams).

Share on Google+

Informações


Título no Brasil Desobediência
Título Original Disobedience
Ano Lançamento
Gênero Drama
País de Origem Reino Unido / Irlanda / EUA
Duração114 minutos
Direção
Estreia no Brasil 21/06/2018
Estúdio/Distrib. Sony Pictures
Idade Indicativa 14 anos

Elenco


... Rav Krushka
... Dovid Kuperman
>> Ver todo o Elenco...

Trilha Sonora


“The Last Beat ”Escrita por Matthew Herbert
Interpretada por Matthew Herbert (como Herbert)
Publicada por Soundslike Music
All rights administered by Bucks Music Group Limited
(c) 2001 Accidental
“Moving On ”Interpretada por Sarah P
Escrita por Anna Sarra Psalti & Georgios Bakalakos
>> Ver toda a Trilha Sonora...

Trailer



Comentários


27/06/2018 - Alexandre (42 anos)

  Péssimo
Denunciar
Que porcaria de filme nojento é esse!

28/06/2018 - Sérgio Sarmento (64 anos)

  Ótimo
Denunciar
Assisti NO CINEMA, nesta data quando iniciamos a segunda semana de sua estreia no Brasil. Olha! Que filme belíssimo! Em um filme humano, cativante e que nos seduz, para quem tem em realidade, uma cabeça arejada em cultura e discernimento, mas principalmente tolerância mental (da mente pessoal, eu falo de mente sob todos os aspectos). É o terceiro filme que chega AOS CINEMAS do Brasil do diretor Sebastián Lélio. Portanto é o terceiro filme que assisto deste chileno, mas que incrivelmente nasceu na Argentina. Mas esse seu filme DESOBEDIÊNCIA (2017) é o que mais gostei. O cara realmente gosta de fazer filmes curiosos, mas acima de tudo polemizar. Em GLORIA (2013) e com comentário meu, para o site InterFilmes em 01.04.2014, ele arriscou a comentar uma mulher de meia idade em relação a ela, seus homens, seus amores e seu meio. Para realizar finalmente um filme que lhe valeu o Oscar de melhor estrangeiro de 2018 que é Uma Mulher Fantástica (2017) e com comentário meu para o InterFilmes em 07.09.2017. Onde, este filme, procurar relatar a vida de dificuldades que tem uma pessoa trans. Um filme que é bem maravilhoso mesmo por onde ser analisado! Para finalmente nos oferecer neste ano da graça de 2018 uma obra como DESOBEDIÊNCIA (2017). Um filme magnífico! Um filme que exala VIDA, opções de se querer as coisas, o dom, a maneira de nossas escolhas, mas principalmente o livre arbítrio essa coisa maravilhosa que nos foi posta em nossas vidas para nossa DECISÃO. O filme é um todo dentro de nós mesmos! O filme começa com um discurso de liberdade e termina falando da mesma coisa. Mais o mais incrível é quem fala isso, que dá os discursos, são dois rabinos ortodoxos da religião judaica. Mas isso de que a sinopse fala em "amor proibido" é apenas uma coisa ínfima que a obra apresenta em todo aquele contexto maravilhosos. Mas se tudo isso é analisado por uma mentalidade retrógrada, atrasada, faz logo pensar que a obra é "porcaria e nojenta". Coisa típica de pessoas que vivem nas trevas, isso é, onde não tem luz, e que, ainda, duvido se essa criatura assiste realmente um filme, como é esse da minha análise, não vai dizer coisas tão abjetas igual a isso que escrevi logo acima em descaracterizar um grande filme como é esse. Com a participação de duas das atrizes mais lindas e talentosas que fazem CINEMA na atualidade. Falo deste talento britânico que é Rachel Weisz e que aqui funcional igualmente como produtora executiva. E da jovial, da linda e espetacular canadense Rachel McAdams. Aliás, essas duas duas e belas mulheres dão fiança, dão verossimilhança para um grande filme como é o do cineasta chileno Sebastián Lélio. Filmado em cores esmaecidas em uma Londres absolutamente deslumbrante. Fazendo com que tudo que encontramos no filme se tornem ainda mais sedutores. Sejam as mulheres ou a cidade londrina. Enfim e terminando mais um comentário absolutamente verdadeiro (real) mas que procurou, ao mesmo tempo, ser emotivo por tudo aquilo que o diretor nos "fez ver" mas principalmente discutir. Posso categoricamente afirmar que quem tiver "a coragem de assistir" um filme deste gabarito vai sair DO CINEMA com alguns "metros" há mais de sabedoria, mas principalmente, repito o que escrevi acima, de TOLERÂNCIA que seguramente é a coisa que TODOS os seres humanos estão com déficit em seu dia a dia na convivência social. Cruz credo!

11/07/2018 - Robson (59 anos)

  Ótimo
Denunciar
Belo drama muito bem interpretado pelas belas atrizes Rachel Weisz e Rachel MacAdams com tema sensível.

18/07/2018 - Morgana (27 anos)

  Ótimo
Denunciar
Estupendo filme! Quem achou "nojento" revela que não soube apreciar a arte (é que o filme vai muito além de uma ceninha de sexo) e a profundidade do tema. Filme muito bem elaborado! Recomendo!

02/08/2018 - Mama (15 anos)

  Péssimo
Denunciar
Que filme ruimruimmm ruimmm.

Novo Comentário
Faça seu comentário, mas por favor, siga estas regras:
- Não faça perguntas, faça comentários sobre o filme;
- Não conte o final do filme nem partes importantes para o desfecho, mas se necessário marque o texto;
- Seja objetivo e descreva o porquê de sua nota;
- Se você ainda não assistiu ao filme, dê nota "Não vi";
- Não critique outros comentários, apenas faça o seu, sem preconceitos;
- Se você não gosta deste gênero de filme, é melhor não comentar;
- Comentários que descumprirem estas regras, serão excluídos totalmente.

 Agradecemos a colaboração. Bom uso!

O Texto Contém Spoiter? Sim / Não     Selecione o texto com "Spoiler" e click aqui.

Nome: Idade:  Nota:

Últimos Visitados

Desobediência (Disobedience)

Copyright © 2018 www.interfilmes.com - Todos os Direitos Reservados. Acesse a Política de Privacidade.