Share on Google+

Professor Marston e as Mulheres-Maravilhas

  (Professor Marston and the Wonder Women)
Sinopse A não-convencional vida de Wiliam Marston (Luke Evans), psicólogo e inventor de Harvard que ajudou a tornar real o Detector de Mentiras e que também criou a Mulher-Maravilha, personagem dos quadrinhos, em 1941. Marston mantinha uma relação polígama envolvendo sua esposa Elizabeth Marston (Rebecca Hall), psicóloga e inventora, e Olive Byrne (Bella Heathcote), uma ex-aluna que virou acadêmica. Essa relação e os ideais feministas das duas mulheres foram essenciais para a criação da personagem.

Share on Google+

Informações


Título no Brasil Professor Marston e as Mulheres-Maravilhas
Título Original Professor Marston and the Wonder Women
Ano Lançamento
Gênero Drama
País de Origem EUA
Duração108 minutos
Direção
Estreia no Brasil 14/12/2017
Estúdio/Distrib. Sony Pictures
Idade Indicativa 16 anos

Elenco


... William Moulton Marston
... Elizabeth Marston
>> Ver todo o Elenco...

Trilha Sonora


“The Speakeasy ”Escrita por Tom Howe
Interpretada por Jill Barber & Tom Howe
“Streams ”Escrita e Interpretada por Tom Howe
>> Ver toda a Trilha Sonora...

Trailer



Comentários


19/12/2017 - Sérgio Sarmento (64 anos)

  Ótimo
Denunciar
Assisti NO CINEMA, nesta data, quando de sua estreia nacional efetivado na ultima quinta. Olha! Que filme bonito, cativante e convidativo de se ver. É a maior (bela) surpresa cinematográfica do ano em curso. E isso tem um peso maior tento em vista que neste ano da graça de 2017 já assisti "quase" cinco centenas de filmes. Em um filme que nos fala da origem da Mulher Maravilha. É realmente isso! Mas para nossa alegria o filme é muito mais que isso. Nunca li nada a respeito da história que fala o filme. Mas o filme é devido ao enorme sucesso e que fala sobre as aventuras desta heroína das HQs. E se realizou um filme com a temática inédita. E com direção de uma diretora e de nome Angela Robinson. Baseado em fatos verdadeiros. A obra mostra um casal de professores em pleno ano de 1926 e, juntamente, com uma assistente de laboratório e na formação do que seria, para eles, de um trio de amor e sexo. Passado quase um século disso tudo a coisa já seria muito avançado. Imaginem naquela época. E o mais curioso é que deste relacionamento surgi em destaque, já nos anos 1940, a famosa e linda HQs da Mulher Maravilha. Portanto a coisa é surpreendente, pois fala de uma maneira muito real dos acontecimentos que levaram a formação da super heroína. Portanto quem idealizou e deu vida a Mulher Maravilha foi um professor e psicólogo, de formação intelectual na Universidade Harvard, William Marston juntamente com sua mulher e também doutorando da mesma Universidade que é Elizabeth Marston e juntando-se a eles uma colaboradora de nome Olive Byrne. O filme, com isso, se assenta em três notáveis personagens. Papeis estes vividos por, pela ordem, Luke Evans, Rebecca Hall e pela novata e brilhante Bella Heathcote. A obra ao contrario que se possa imaginar, não é machista (por ser criada por um homem) e sim feminista. O próprio professor, que dizia sempre em suas aulas, que era a mulher que dominava todas as situações. E que os homens seriam mais um instrumento de apoio para elas. É claro que sempre se falou (até a exaustão), no filme, das "quatro palavras mágicas" como a: dominação, indução, submissão e conformidade e que seria isso que moveria toda nossa relação pessoal e interpessoal. O filme não é só maravilhoso pela didática impressa para todos que querem aprender e discutir alguma coisa. É muito linda pela fotografia (uma reconstituição primorosa dos anos 1920 até 1947). E com isso cresce a direção de arte de uma maneira geral. Os atores são primorosos. Mas tenho que dizer quem faz um grande trabalho é a talentosa e linda britânica Rebecca Hall (sempre adorei muitas mulheres DE CINEMA e ao longo de minha vida de cinéfilo, a Rebecca Hall certamente sempre colocaria "na fila" uma das melhores). O filme também será inesquecível, pois é dentro dele que assisti a declaração de amor mais notável DO ANO. E o curioso (não é de um homem para uma mulher ou vice versa) mas é dado entre duas mulheres. No caso da atriz Rebecca Hall para Bella Heathcote. Sensacional, mesmo! E no fina do filme é mostrado as fotografias dos personagens originais. Formando um belíssimo e lindo mosaico de duas velhas simpáticas e determinadas. Enfim, é mais uma obra cinematográfica que ninguém assiste NO CINEMA. Digo isso, pois na sessão (poucas na minha cidade diga-se de passagem) tinha eu e mais três pessoas (ou seriam testemunhas?) dentro DO CINEMA.

29/04/2018 - Kassio (20 anos)

  Ruim
Denunciar
Um filme interessante, mas não diz a que vem. Uma pena esperava muito dele.

04/10/2018 - Diana (44 anos)

  Ótimo
Denunciar
Fantástico! A internet deturpa demais as escolhas das pessoas, especialmente das mulheres; histórias como esta precisam ser espalhadas.

11/11/2018 - Sandra (41 anos)

  Bom
Denunciar
É um filme instigante e para mim valeu a pena conferir.

Novo Comentário
Faça seu comentário, mas por favor, siga estas regras:
- Não faça perguntas, faça comentários sobre o filme;
- Não conte o final do filme nem partes importantes para o desfecho, mas se necessário marque o texto;
- Seja objetivo e descreva o porquê de sua nota;
- Se você ainda não assistiu ao filme, dê nota "Não vi";
- Não critique outros comentários, apenas faça o seu, sem preconceitos;
- Se você não gosta deste gênero de filme, é melhor não comentar;
- Comentários que descumprirem estas regras, serão excluídos totalmente.

 Agradecemos a colaboração. Bom uso!

O Texto Contém Spoiter? Sim / Não     Selecione o texto com "Spoiler" e click aqui.

Nome: Idade:  Nota:

Últimos Visitados

Professor Marston e as Mulheres-Maravilhas (Professor Marston and the Wonder Women)

Copyright © 2018 www.interfilmes.com - Todos os Direitos Reservados. Acesse a Política de Privacidade.