Share on Google+

Laços de Sangue

  (Blood Ties)
Sinopse Nova York, 1974. Chris (Clive Owen), na casa dos cinquenta anos, é liberado por bom comportamento depois de vários anos de prisão. De volta ao "mundo real", encontra Frank (Billy Crudup), seu irmão mais novo, como um promissor policial. Não é apenas a escolha da "carreira" que separa Chris e Frank, mas também uma rivalidade que vem desde a infância e da lembrança da preferência do pai Leo (James Caan) por Chris. Crente de que o irmão mudou, Frank lhe dá uma nova chance: o abriga, encontra um emprego para ele e ainda o ajuda a reconectar-se com seus filhos e sua ex-mulher, Monica (Marion Cotillard). Chris começa uma relação com a bela Natalie (Mila Kunis), mas logo se vê mergulhado mais uma vez no mundo do crime, o que não agradará seu irmão.

Share on Google+

Informações


Título no Brasil Laços de Sangue
Título Original Blood Ties
Ano Lançamento
Gênero Policial / Drama / Suspense
País de Origem França / EUA
Duração127 minutos
Direção
Estúdio/Distrib. California Filmes
Idade Indicativa 16 anos

Elenco


... Chris
... Frank
>> Ver todo o Elenco...

Trailer



Comentários


15/03/2015 - Roberto (35 anos)

  Ótimo
Denunciar
Muito bom! Em tempos de vacas magras, esse longa surpreende. Bem dirigido, mas o diretor também conta com um elenco de peso. Ótimas atuações, Crudup e Owen são ótimos atores. As mulheres se saem muito bem também...

18/03/2015 - Lorival (50 anos)

  Ótimo
Denunciar
Um policial extremamente correto, as cenas de ação na hora certa, o filme de volta ao jogo tem tiros demais, esse com muito menos conseguiu ser melhor.

11/04/2015 - Monteiro (55 anos)

  Ótimo
Denunciar
Filme muito bom, alguém pode achar arrastado, mas é um filme bem dirigido e com elenco de ótimas atuações, principalmente o feminino.

12/04/2015 - Lautner Angelov (22 anos)

  Bom
Denunciar
Laços de Sangue (2013) é uma refilmagem do até bom filme francês Les liens du sang de 2008 que foi estrelado por François Cluzet (Intocáveis - 2011) e por Guillaume Canet... Este que atuou e, agora, dirigi o remake. Não conhecia muitas coisas sobre o trabalho do cineasta, a única coisa que me lembro dele foi atuando como o biógrafo Etienne Boisset em um filme que curto muito que é Vidocq - O Mito de 2001. Mesmo sendo o primeiro filme hollywoodiano do diretor, posso afirmar sem dúvida alguma que o cara mandou muito, mas a tarefa não foi fácil. Blood Ties é um intrigante drama de época que se desenrola nas ruas do Brooklyn num belo retrato de Nova York dos anos 70. Guillaume Canet visivelmente busca referências de filmes americanos tipo gângster e que retratam o "sonho americano", mas ao fim, fica nítida as homenagens que o diretor presta a obras de Ford Coppola, Jerry Schatzberg e, principalmente, ao filme de Martin Scorsese - Caminhos perigosos de 1973. O roteiro deste é assinado pelo bom James Gray, Canet tem uma direção bem segura, ele desenvolve bem as subtramas do filme com certa maestria, toda a ação de seus personagens acarreta em uma reação, ou seja, a obra é cheia de situações que de início são criadas e apenas no final se concluem. O que mais impressiona é a variedade de personagens e a maioria têm em algum momento, aprofundamento, um destaque maior ou no mínimo um maior tempo em cena (há exceções, claro, como a personagem de Mila Kunis e, também, a da Lili Taylor, que é simplesmente deixada de lado e é mal explorada). Bem, tudo isso não seria eficiente e tão positivo caso os atores que o fizessem não tivessem talento ou no mínimo carisma, o que não é o caso. Temos aqui grandes nomes, por exemplo: Clive Owen (em um papel cheio de nuances), Marion Cotillard (esposa do diretor), o bom Billy Crudup e a bela Zoe Saldana... Por ser fã do gênero, não poderia deixar de destacar James Caan, nada mais nada menos que o cara que interpretou o irmão de Al Pacino no EXCELENTE 'O Poderoso Chefão'... Como disse, não foi uma escolha aleatória, Caan não está na obra por acaso... Enfim, adorei isso! Entretanto, vale frisar de antemão ou ALERTAR quem ainda não assistiu Blood Ties (2013) que o filme é MONÓTONO... Na verdade ele é muito, mas muito parado! Não assista se tiveres cansado ou à noite, que a probabilidade de cochilar é quase certa, sabe por que? Porque o filme é lento, empolga somente depois de uns 30 minutos... O segundo ato do filme novamente é massivo, quando a obra se encaminha para o final, falta ritmo novamente... E, por fim, a conclusão, que é um tanto quanto previsível... Bom, mesmo sem inovar ou renovar características do gênero, considero Laços de Sangue um grande filme contemporâneo do gênero, tendo em vista que ultimamente não tem sido lançado muitos com esta temática, pra quem curte ou não, vale a pena. Mesmo diante tantas dificuldades encontradas por Guillaume Canet, atores abandonando o projeto em fase adiantada e problemas na produção, ele entrega uma honrosa obra cinematográfica... Foi na persistência, na garra..."não foi fácil" (palavras do Diretor). Belo filme! NOTA: 8.

24/11/2015 - José Paulo (54 anos)

  Ótimo
Denunciar
Ótimo filme. Um irmão bandido e o outro policial.

Novo Comentário
Faça seu comentário, mas por favor, siga estas regras:
- Não faça perguntas, faça comentários sobre o filme;
- Não conte o final do filme nem partes importantes para o desfecho, mas se necessário marque o texto;
- Seja objetivo e descreva o porquê de sua nota;
- Se você ainda não assistiu ao filme, dê nota "Não vi";
- Não critique outros comentários, apenas faça o seu, sem preconceitos;
- Se você não gosta deste gênero de filme, é melhor não comentar;
- Comentários que descumprirem estas regras, serão excluídos totalmente.

 Agradecemos a colaboração. Bom uso!

O Texto Contém Spoiter? Sim / Não     Selecione o texto com "Spoiler" e click aqui.

Nome: Idade:  Nota:

Últimos Visitados

Laços de Sangue (Blood Ties)

Copyright © 2018 www.interfilmes.com - Todos os Direitos Reservados. Acesse a Política de Privacidade.