Share on Google+

O Violinista que Veio do Mar

  (Ladies in Lavender)
Sinopse Em 1936, na pequena vila de Cornwell, norte da Inglaterra, nem mesmo a iminência da guerra altera o pacato cotidiano dos moradores. Mas quando uma tempestade traz um charmoso, carismático e misterioso jovem na praia da casa das irmãs Ursula e Maggie, o povoado entra em ebulição. O Violinista que Veio do Mar é um encantador e sensível filme romântico sobre o tempo e o momento do amor, com soberbo elenco formado por Judi Dench, Maggie Smith, Daniel Bruhl, Natasha McElhone e belíssima trilha sonora com o grande violinista Joshua Bell.

Share on Google+

Informações


Título no Brasil O Violinista que Veio do Mar
Título Original Ladies in Lavender
Ano Lançamento
Gênero Drama / Musical / Suspense
País de Origem Reino Unido
Duração104 minutos
Direção
Estúdio/Distrib. Imagem Filmes

Elenco


... Ursula
... Janet
>> Ver todo o Elenco...

Trilha Sonora


“Since Father Did a Broadcast on the BBC ”Escrita por Robert Rutherford (como Rutherford) e Elliot
Interpretada por Arthur Askey with The BBC Dance Orchestra
“Frühlingslied Op.62 6 ”(1842) (como Spring Song)
Escrita por Felix Mendelssohn-Bartholdy (como Felix Mendelssohn)
>> Ver toda a Trilha Sonora...

Trailer



Comentários


17/05/2008 - Antonini

1
  Ótimo
Denunciar
Simplesmente perfeito e envolvemente. Ursula demonstra um amor puro e verdadeiro pelo rapaz. Envolvente!

13/04/2009 - Antonio Marcos Siqueira

2
  Ótimo
Denunciar
Simplesmente fantástico, somente duas mulheres com a experiência de judi e maggie para passar tanto sentimento.

10/09/2009 - Ana Vargas (35 anos)

3
  Ótimo
Denunciar
Encantador e com atuações perfeitas. Sugiro a todos os que gostam de filmes que possuem magia e encantamento, ou seja, o que o cinema deve ter na minha opinião.

17/09/2009 - Ivan (36 anos)

4
  Ótimo
Denunciar
Sensível e brilhante! Filme romântico, mas sem as baboseiras das comediazinhas românticas atuais. Muito bonito o amor maduro e impossível de Ursula pelo jovem.

01/03/2010 - Tomás (16 anos)

5
  Ótimo
Denunciar
Filme incrível. Atuação maravilhosa de todo o elenco, uma história muito bonita e bem contada. Maravilhoso.

17/03/2010 - Anelice (50 anos)

6
  Ótimo
Denunciar
Sensivelmente lindo, delicado. Fala de um amor atemporal, singelo, puro. Belíssimo filme. Atuações impecáveis, sem contar o magnífico e "virtuose" Joshua Bell ao violino. Vale a pena ver e rever.

13/06/2010 - Samuel (54 anos)

7
  Bom
Denunciar
Um filme que faz falta em nossos dias. Não vivemos só de "realidades". Sonhar também faz bem, e não nos custa ver esse filme quase "água com açúcar". O contraste entre a idade dos personagens é instigante.

01/11/2010 - Graziela (36 anos)

8
  Ótimo
Denunciar
Um filme maravilhoso e sensível, com ótima trilha sonora... Simplesmente maravilhoso!

01/11/2010 - Thayane (19 anos)

9
  Ótimo
Denunciar
Filme lindo demais! Uma história linda e muito sensível! Amei o roteiro! E o que são as atuações de Maggie Smith e Judi Dench?! Simplesmente fantásticas! Dá para ver o amor nos olhos da Ursula. Não é qualquer ator que consegue passar tanto sentimento e realismo pelo olhar.

02/11/2010 - Terezinha (54 anos)

10
  Ótimo
Denunciar
É um daqueles filmes em que a gente participa inteiramente e intensamente, tamanha é a interpretação da personagem Ursula... O amor é totalmente visível nela, uma paixão de adolescente em uma pessoa madura... Fato que pode acontecer a qualquer um. Enfim, um filme que além da estória, temos as músicas no violino, que é uma benção. Filme muito lindo, recomendado a todos.

06/11/2010 - Karizia (27 anos)

11
  Ótimo
Denunciar
Simplesmente excelente!

23/11/2010 - Lourdes Navarro (70 anos)

12
  Ótimo
Denunciar
Momento prazeroso eu vivi ao assistir este filme, relembrando que o verdadeiro Amor de Ursula por Andrea eu vivi na realidade. Elas foram fiéis ao sentimento de generosidade ao encontrar o rapaz. O filme mostra que o ser humano deve expressar e respeitar seus sentimentos.

26/11/2010 - Ana Luiza (12 anos)

13
  Ótimo
Denunciar
É um filme lindo, me impressionou com uma história tão sensível e bem elaborada. Nota 10!

27/01/2011 - Daniela (34 anos)

14
  Ótimo
Denunciar
Lindo e muito sensível.

28/01/2011 - Gilberto (48 anos)

15
  Ótimo
Denunciar
Judi Dench brilhante. De uma sensibilidade ímpar. Um daqueles filmes que deveriam durar cinco horas no mínimo; somente para acrescentar mais músicas de extremo bom gosto aos nossos ouvidos.

19/02/2011 - Ebenezer R dos Santos (55 anos)

16
  Ótimo
Denunciar
Belo filme! Elenco maravilhoso, fotografia, música, tudo conspirando para a favor da sensibilidade da alma! Adorei!

02/04/2011 - Lenora (63 anos)

17
  Ótimo
Denunciar
Lindo! Poético, engraçado... Atrizes maravilhosas.

02/04/2011 - Misseno (30 anos)

18
  Regular
Denunciar
O filme é uma "melosa" e as vezes "monótona" história de amor platônico entre uma senhora por um rapaz violinista. O que salva o filme é o encantador som do violino que permeia o mesmo todo o tempo. Nota 6,5.

04/04/2011 - Antonio (62 anos)

19
  Ótimo
Denunciar
Gostei muito do filme. Atuação belíssima, como sempre, de Judi Dench (como em "Notas Sobre um Escândalo").

19/04/2011 - Marcia (50 anos)

20
  Ótimo
Denunciar
Adorei o filme, achei de uma sensibilidade incrível, realmente fiquei muito emocionada com a história... E a trilha sonora é maravilhosa...

09/05/2011 - KRJ (49 anos)

21
  Ótimo
Denunciar
O título brasileiro não condiz em nada com a sutileza do seu original ("Ladies in Lavender" - uma alusão ao perfume utilizado por muitas mulheres da idade dos personagens). De fato, o filme nos dá uma perspectiva sobre a vida que eu nunca havia pensado: o corpo envelhece, mas a pessoa ainda tem sensações que muitos de nós acreditam só existirem na adolescência. A meu ver, não é do amor de uma senhora de idade por um jovem que o filme trata, mas das sensações de que ela foi privada devido à guerra e que só puderam florescer muitos anos mais tarde de sua vida. E foi isso, em particular, que me tocou bastante.

22/05/2011 - Ana Silvia N Rigo (42 anos)

22
  Ótimo
Denunciar
Simplesmente Maravilhoso. Para amar e para o amor florescer nunca será tarde demais. O vigor, a juventude podem sim fazer despertar sensações e emoções que talvez nunca foram sentidas na adolescência, sejam por privações ou falta de coragem em se entrgar e viver um amor proibido. Hoje, posso dizer: qualquer semelhança da vida real não é mera coincidência com a ficção.

04/06/2011 - Maria Luiza (60 anos)

23
  Ótimo
Denunciar
Assisti hoje pelo telecine e amei, cheguei a me emocionar com a delicadeza e poesia do filme. Tem alguma coisa que nos evoca o passado, de nossa família, da terceira idade, um dejavu... Interpretações magníficas, ótima a cozinheira, deu até vontade de comer torta de sardinha. Esse filme ganhou prêmios? Merecia muitos...

31/07/2011 - Clara (12 anos)

24
  Ótimo
Denunciar
Lindo, maravilhoso. Eu, amo filmes antigos, e me apaixonei por esse. Assisti ele sem querer, pois eu estava mudando de canal e vi ele passando. VALE A PENA! Não tem uma nota existente para esse filme!

30/11/2011 - Roberto Bezerra (54 anos)

25
  Ótimo
Denunciar
Excelente filme. Lindas imagens, músicas incríveis. Um épico que deveria ser visto por todos que apreciam uma película suave e despretensiosa.

01/12/2011 - Gilcimar (41 anos)

26
  Ótimo
Denunciar
O filme foi um espetáculo e muito lindo, quem dera que passasse filmes super educativos como esses! Uma história de amor e gratidão, fantástico, se passasse eu assistiria várias vezes mesmo, amei.

08/12/2011 - Deborah (24 anos)

27
  Bom
Denunciar
Um filme que fala sobre amor e gratidão, e me despertou para um pensamento:" O corpo envelhece, mas a alma não".

21/01/2012 - Cicero Bomfim (44 anos)

28
  Ótimo
Denunciar
Acabei de assistir... A trilha sonora e bárbara...

21/01/2012 - Sueli (62 anos)

29
  Ótimo
Denunciar
Maravilhoso.

23/01/2012 - Marco (56 anos)

30
  Ótimo
Denunciar
Assisti por acaso, e achei um feliz acaso por ver tamanha capacidade de emocionar... Maravilhoso!

27/02/2012 - Ana (33 anos)

31
  Ótimo
Denunciar
Lindo! A música toca a alma e lembra-nos da plenitude de ser vivente com toda a beleza da harmonia. Vale a pena assisti-lo.

09/03/2012 - Silvana (43 anos)

32
  Ótimo
Denunciar
Ótimo filme, bom elenco a conclusão é que a velhice é uma prisão de um espirito jovem, como no caso da personagem Ursula.

19/04/2012 - Sandra (39 anos)

33
  Ótimo
Denunciar
MARAVILHOSO! Sensível, tocante, profundo. Bem, as atrizes são bárbaras e foi o que me fez fixar no canal e assistir, pois nunca havia ouvido falar no filme (nem no seu título original). Acho que a mensagem é: Somos seres dotados de uma imensa capacidade de amar, não importa quando e como exacerbaremos esse amor... Ele virá, profundo, tocante, verdadeiro.

19/04/2012 - Marisilda (56 anos)

34
  Ótimo
Denunciar
Lindo, a paisagem da cornuália, as músicas, enfim uma viagem de sonhos.

16/07/2012 - Vitor Hugo (26 anos)

35
  Ótimo
Denunciar
Lindo muito emocionante nos leva há um sentimento que as vezes fica obscuro nos dias de hoje, excelente.

19/07/2012 - Jackie (40 anos)

36
  Regular
Denunciar
Entendi a sensibilidade do filme, mas o recebi com uma visão bastante diferente, onde houve doação da parte das senhoras, mas não percebi a dele. E quanto o amor não ter idade e ser despertado pelo, dito acima, vigor da juventude, confesso que me tocou o sentimento de pena, de vida não vivida. Me permiti falar, pois críticas verdadeiras não podem aceitar só elogios. Espero que entendam meu ponto de vista. Mas as músicas entoadas pelo violino e o tipo de vida burlesco que os moradores levam naquela cidadezinha encantaram minha alma.

23/07/2012 - Maria do Carmo (46 anos)

37
  Ótimo
Denunciar
O Filme é maravilhoso. Me emocionei e me sensibilizei pela história. Elenco excelente. Destaques para Judi Dench e Maggie Smith, estão impecáveis, como sempre. Me tocou o sentimento de amor que uma das senhoras teve no filme. Penso que, a pessoa que nunca amou na vida e, de repente, se vê envolvida por esse sentimento mesmo a uma certa altura de sua existência, é muito bonito. Mas, ao mesmo tempo, é triste quando não é correspondido. Nesse sentido fui empática com a personagem. Me tocou muito a cena em que ela descobre que ele foi embora sem avisá-las e começa a chorar e, a Judi Dench foi brilhante nesse momento. Chorei nas cenas em que o violino é tocado pelo rapaz. A meu ver, o som desse instrumento é muito tocante, pois, é um som que vem para embalar a nossa alma. Realmente, amei esse filme. A região em que foi filmada (Região da Cornuária - Norte da Inglaterra) é muito bonita. E por isso, a fotografia ficou maravilhosa. Daqui a algum tempo vou querer assistir de novo. Recomendo para quem gosta do gênero.

02/08/2013 - Igor Jeff (36 anos)

38
  Ótimo
Denunciar
O Filme é maravilhoso, sensacional. Ele retrata que não existe barreiras para o Amor ao próximo e ao seu talento no violino, o ponto G do filme! Repito maravilhoso!

08/03/2014 - Nanci (61 anos)

  Ótimo
Denunciar
O filme é uma joia rara de sensibilidade! Desempenhos magistrais das grandes atrizes inglesas, linda fotografia e uma trilha sonora
primorosa. Um filme para se ver, rever e transmitir!

07/07/2014 - Flávia (50 anos)

  Ótimo
Denunciar
Filme maravilhoso, sensível demais. Amei as interpretações das atrizes protagonistas, mas como comentou outra pessoa, nossa alma sempre jovem fica aprisionada dentro de um corpo envelhecido. Chorei muito!

Novo Comentário
Faça seu comentário, mas por favor, siga estas regras:
- Não faça perguntas, faça comentários sobre o filme;
- Não conte o final do filme nem partes importantes para o desfecho, mas se necessário marque o texto;
- Seja objetivo e descreva o porquê de sua nota;
- Se você ainda não assistiu ao filme, dê nota "Não vi";
- Não critique outros comentários, apenas faça o seu, sem preconceitos;
- Se você não gosta deste gênero de filme, é melhor não comentar;
- Comentários que descumprirem estas regras, serão excluídos totalmente.

 Agradecemos a colaboração. Bom uso!

O Texto Contém Spoiter? Sim / Não     Selecione o texto com "Spoiler" e click aqui.

Nome: Idade:  Nota:

Últimos Visitados

O Violinista que Veio do Mar (Ladies in Lavender)

Copyright © 2020 www.interfilmes.com - Todos os Direitos Reservados. Acesse a Política de Privacidade.