Share on Google+

Extraordinário

  (Wonder)
Sinopse Filme conta a história de um menino de dez anos chamado Auggie, impedido de frequentar a escola por conta de uma deformidade facial. Começando a quinta série em uma nova escola, ele luta para mostrar aos seus colegas de classe que, apesar das aparências, ele é apenas um garoto comum.

Share on Google+

Informações


Título no Brasil Extraordinário
Título Original Wonder
Ano Lançamento
Gênero Drama
País de Origem EUA / Hong Kong
Duração113 minutos
Direção
Estreia no Brasil 07/12/2017
Estúdio/Distrib. Paris Filmes
Idade Indicativa 10 anos

Elenco


... Auggie
... Nate
>> Ver todo o Elenco...

Trilha Sonora


“THE STARS AND THE MOON ”Composta por Marcelo Zarvos
“SAINTS AMONG US ”Escrita por Theodore Shapiro
>> Ver toda a Trilha Sonora...

Trailer



Comentários


02/12/2017 - Paulo Nobre (60 anos)

  Ótimo
Denunciar
Mais um filme que pode ser visto por toda a família. O cinema estava praticamente lotado com diversas famílias. A história é bonita, passa uma linda mensagem e emociona. O filme é uma adaptação do livro homônimo escrito por R.J. Palacio, que teve o roteiro adaptado por Steve Conrad, Jack Thorne e pelo próprio diretor Stephen Chbosky, que já nos havia brindado, em 2012, com o excelente "As Vantagens de Ser Invisível" (vale também a pena conferir). O "cast" foi muito bem escolhido:Julia Roberts (muito bem como mãe), Owen Wilson (com seu estilo simpático de sempre - Me lembrou sua atuação em Marley & Eu) a bonitinha Izabela Vidovic (cresceu, desde o filme "Linha de Frente", que foi o único que vi com ela) e o irreconhecível Jacob Tremblay, para quem não lembra ele é que atuou nos bons filmes "O Quarto de Jack" de 2015 e "O Sono da Morte" de 2016. O garoto tem futuro. Ou seja, um filme, que eventualmente, pode não agradar algum segmento de público, mas que certamente agrada a maioria. VALE A PENA CONFERIR!

02/12/2017 - Welinton (38 anos)

  Ótimo
Denunciar
Excelente, maravilhoso. Lindo filme tocante passa uma linda mensagem de união, de amor e superação. Julia Robert como sempre perfeita no papel de mãe. Levem a família para assistir, vale muito a pena.

07/12/2017 - Rene (45 anos)

  Ótimo
Denunciar
Filme maravilhoso e emocionante. O filme conta a história de Auggie, uma criança que nasceu com uma deformação facial e tem que lidar com o preconceito, o bullyng, com os medos e a aceitação social. O filme é de uma ternura que nos toca e passa uma linda mensagem que jamais devemos rotular uma pessoa pela aparência, pois o ser humano é muito mais que isso. A direção é por conta de Stephen Chbosky que só tinha feito um filme "As vantagens de ser invisível" e que inclusive não assiste. O elenco está afiadíssimo, Julia Roberts está ótima, Owen Wilson sempre perfeito no papel do homem simples e seu carisma também ajuda, mas o grande destaque do filme é Jacob Tremblay, nossa como trabalha bem esse menino, sensacional. Enfim Wonder é um filme lindo, emocionante e que passa uma linda mensagem, só tendo um coração de pedra para não chorar num filme desse. Sensacional.

10/12/2017 - EddieViana (22 anos)

  Ótimo
Denunciar
O filme é simplesmente incrível. Com um elenco de peso, certamente o filme passa a mensagem que pretende. Uma história bonita, terna, que emociona e cativa. Valeu cada centavo que gastei pagando o ingresso do cinema.

10/12/2017 - Sidney (25 anos)

  Ótimo
Denunciar
Filme bem desenvolvido, é bem clichê mas é muito bom. O mais importante, é que ele é um drama sem ser muito meloso, gostei bastante.

11/12/2017 - Marco (35 anos)

  Ótimo
Denunciar
Filme excelente que prende bastante a atenção, um drama que não é cansativo, recomendo.

11/12/2017 - Daniel de Medeiros (36 anos)

  Ótimo
Denunciar
Deveríamos ter mais filmes assim, história muito boa e uma linda mensagem!

13/12/2017 - Fabiana (28 anos)

  Ótimo
Denunciar
Que filme lindo, superou todas as minhas expectativas! Realmente, extraordinário!

13/12/2017 - Renata (40 anos)

  Ótimo
Denunciar
O filme é mesmo extraordinário! Impossível não se emocionar, aquele filme que você não sente a hora passar e prepare os lenços.

15/12/2017 - Arouca (36 anos)

  Ótimo
Denunciar
Excelente. Chorei, me identifiquei, vibrei e torci, não apenas por Auggie, mas por toda sua família. Retrata, ainda, a verdadeira amizade, a redenção. A exibição deveria ser obrigatória nas escolas e colégios de ensino fundamental.

15/12/2017 - Igor D (36 anos)

  Ótimo
Denunciar
Quando for assistir esse filme, não pense em um dos melhores filmes da sua vida simplesmente porque as pessoas aqui e em muitos lugares estão falando bem. Não espere um filme que fique toda hora fazendo o protagonista de vítima, etc. É um filme com uma história simples, que pode e acontece por aí, mostra a história desse garoto de vários pontos de vista, do sofrido até a vitória. Um filme com um desenrolar muito interessante, não cansa nem nada. Me lembrou e muito filmes dos anos 80 e 90, onde apenas uma boa história bem contada já fazia o filme ser sensacional. Recomendo, tem muitos momentos emocionantes, mas não é nada forçado. Um filme onde você simplesmente presta atenção na vida de todos os envolvidos. Filme simples e bem feito. Merece uma excelente nota por trazer de volta algo que o cinema anda bem carente, a boa história e muito bem contada.

17/12/2017 - Leonardo (29 anos)

  Ótimo
Denunciar
Maravilhoso. Atuações belíssimas. Que talento tem esse Jacob Tremblay! Assista e se emocione.

19/12/2017 - Rafael (37 anos)

  Ótimo
Denunciar
Filme maravilhoso. Fui com minha esposa e minhas filhas de 6 e 10 anos e a história serviu como aprendizado... Para todos nós! Extraordinário!

20/12/2017 - Sérgio Sarmento (64 anos)

  Bom
Denunciar
Assisti NO CINEMA, nesta data, quando, já, no "apagar das luzes" de sua segunda semana de sucesso no Brasil. Olha! Filme simpático, bom de se assistir, mas que não podemos nos enganar. É filme feito "sob encomenda" para emocionar a todos. E consegue, sim! Com roteiro/direção do bom diretor Stephen Chboski. É o segundo filme dele. Pois o primeiro foi o inesquecível, retumbante e magistral As Vantagens de Ser Invisível (2012). E mostrando que já estava por aqui no site IF e realizei um dos mais emotivos (apesar de todos que escrevo procuro ser assim, mas alguns consigo mais que outros) comentários em 22.10.2012. Já ali, em 2012, o diretor Chbosky nos brindava com uma excelente direção de atores jovens. E esse Extraordinário (2017) só confirma seu talento em atores novos. Convenhamos, os jovens atores, é o que de melhor tem o filme em pauta. Nem vou falar do centro do filme que é Jacob Tremblay. Mas principalmente desta jovem linda, talentosa e de 16 anos. E que conhecemos como Izabela Vidovic ela faz um papel de uma irmã sensível. Principalmente quando o roteiro coloca seu personagem como filha esquecida e em um segundo plano de uma família onde há tão somente dois filhos. É o segundo filme que "pinta" dela nas telas DE CINEMA neste Brasil. O primeiro foi Linha de Frente (2013) (e que igualmente tem minha resenha para o site IF de 09.12.2013) onde ela era filha do ator Jason Statham. Mas também tenho necessidade em citar o garoto Noah Jupe que faz um talentoso Jack Will. Enfim, é filme que não merece minha prolixidade. Pois o bom mesmo é curtir mais um filme que tem como objetividade maior fornecer uma obra cinematográfica moldada tão somente na emoção. Coisa que não vejo como ruim. Muito antes pelo contrário! Pois O CINEMA tem necessidades de obras deste quilate para agradar um grande publico, sedento por um tipo de programa assim.

22/12/2017 - Fernando Dma (37 anos)

  Regular
Denunciar
MINHA OPINIÃO (provavelmente será diferente da sua... Da maioria...) :
O Filme é razoável. É bem humano, traduz os dissabores da vida social em pessoas em situação de exposição e risco de bullying. Mas não é TUDO ISSO que a mídia e a critica tem dito. Vale a pena assistir, mas não vá esperando assistir um 'top 30' principalmente se for um cinéfilo, como a maioria que escreve e que também lê aqui no Interfilmes.

04/01/2018 - Danielle (32 anos)

  Ótimo
Denunciar
Maravilhoso... Vale a pena assistir! 32.

06/01/2018 - Kassio (20 anos)

  Ótimo
Denunciar
Lindo, mágico, aconchegante, enfim vários adjetivos o compõe, apesar de clichê ao extremo, o filme acompanha momentos da vida do garoto que tocam a qualquer um, emocionante. Nunca havia se emocionado num filme como esse, experiência incrível.

22/01/2018 - Sergio Caldas (57 anos)

  Ótimo
Denunciar
O filme é ótimo e merece toda a prolixidade das considerações do mestre Sarmento... Que mais uma vez esgotou o assunto, não obstante considerar desnecessários maiores digressões... Coisas de críticos geniais da cinematografia mundial.

27/01/2018 - Nilson Jr. (53 anos)

  Bom
Denunciar
Um filme bom, consegue passar a mensagem principal, o alerta sobre o "bulling" dentro e fora do ambiente estudantil, mostrando como lidar com esse mal de forma delicadae que muitas vezes as crianças são o reflexo de seus pais e o preconceito pode começar dentro de casa, mas não consegue fugir dos clichês, que nesse caso, torna o filme mais leve e menos angustiante. A história lembra um pouco a de Marcas do destino (1985), protagonizada por Rocky (Eric Stoltz), um adolescente também com um tipo raro de deformidade facial que enfrenta todo tipo de preconceito ao ingressar na escola. Ao contrário da produção oitentista, baseada em fatos reais, a trama de Extraordinário é inteiramente ficcional, embora a inspiração tenha surgido de uma experiência da autora.

01/02/2018 - Mauro Garcia (27 anos)

  Ótimo
Denunciar
Realmente um filme Muito Bonito de se assistir; chorei bastante.

03/02/2018 - Braz (44 anos)

  Bom
Denunciar
A história trata de um menino extraordinário, não de um filme extraordinário. Achei que o diretor se perdeu no meio da película, que iniciou querendo uma coisa e finalizou com algo diferente do planejado. Como a maioria, igualmente recomendo - uma sessão da tarde que não podemos perder.

05/02/2018 - Felipe (32 anos)

  Bom
Denunciar
O filme tem história muito triste que se parece verídico mais não é, achei um bom drama com tema que merece ser notado para o publico jovem.

13/02/2018 - Robson (58 anos)

  Ótimo
Denunciar
História comovente, muito bem dirigida, com boas interpretações, principalmente das crianças. Também nos traz bela mensagem de amizade e tolerância.

17/02/2018 - Rob (24 anos)

  Bom
Denunciar
Bem bom. Com uma excelente mensagem (Seja gentil), ótimas atuações e é bem fiel ao livro.

21/03/2018 - Papik (35 anos)

  Ótimo
Denunciar
Gostei do filme. Senti pena do garotinho o tempo todo, porque criança é cruel, não tem autocensura. Se a outra pessoa tiver um defeito, ela vai encarar e muitos vão zombar, não vão nem querer saber. Ótima escolha de Julia Roberts e Owen Wilson como pais do Auggie (Jacob Trembley).

07/04/2018 - Lucas (42 anos)

  Ótimo
Denunciar
Filme é realmente muito! Uma lição de superação.

19/04/2018 - Marcelo Celo (41 anos)

  Bom
Denunciar
Filme é bacana recomendo.

03/05/2018 - Julio Simi Neto (61 anos)

  Regular
Denunciar
"Extraordinário" é um filme que pelo seu trailer já se sabe o que vai acontecer do início ao fim. Um filme previsível. Porém, ao conferi-lo seu roteiro muda onde então não só foca o problema do menino, o que torna então ser interessante. Enfim, o filme é legal, tem uma bela mensagem e foi feito para a família assistir.

31/05/2018 - Lucas Fera (21 anos)

  Regular
Denunciar
Me decepcionei. É aquilo de criar muita expectativa por causa das notas boas e depois quebrar a cara. Muita gente vai me criticar por não me entender, mas paciência. Hoje em dia a maioria tem preguiça de pensar. Bom, tem momentos emocionantes e os atores são ótimos. Principalmente o Jacob. Entretanto, o filme aborda a realidade de forma superficial e ilusória como se não fosse tão ruim passar por aquilo, e no fim, tudo acaba em clichê. Veja bem, na vida real o garoto sofreria bem mais do que apenas apelidos e comentários de mau gosto. Mostrar Spoiler O filme simplesmente aborda mais a aceitação em torno da deformação dele do que da personalidade, do caráter. É mais ou menos um "vamos ser bonzinho com ele, já que tem uma deformação". Os personagens são muito mimados. É mostrados alguns problemas através ponto de vista de cada um em relação à vida do Auggie e o mesmo é posto como o causador deles, mais uma vez o tratando como se não fosse uma pessoa normal, ou seja, o foco é em sua deformação do que a bondade; humanidade. Uma finge que é filha única porque a mãe mima mais o filho, outra deixa de ser amiga da menina só porquê estava com medinho de perder a popularidade porque era amiga de um garoto deformado e isso era uma novidade para os outros, afinal, "nossa, uma pessoa com um problema físico, nunca vi na minha vida". Pois é. No fim, o malvado principal é expulso e logo fica arrependido; os demais se tornam amiguinhos não porque Auggie é um garoto legal, mas porque ele tem a deformação e merece atenção por causa disso. Outra coisa: puta que pariu, o filme todo é sobre o garoto deformado e quando aparece um cachorro doente em 1-2 minutos e vocês ficam preocupados com isso? Quanto drama. Todo mundo morre algum dia. Como disse um camarada daqui, vale a pena ver por causa das cenas fofas, mas nada demais.

23/06/2018 - Ademar Mateus (47 anos)

  Ótimo
Denunciar
Filme muito emocionante com ótimas atuações recomendadíssimo.

12/08/2018 - Maurício (37 anos)

  Bom
Denunciar
Bastante tocante, mas a complexidade do tema poderia abordar o tema mais profundo, e não apenas na questão de amizades e inimizades em um mísero ano da infância. Mas é um bom filme, todos vão chorar em algum momento, mas com muitos clichês para este fim.

09/09/2018 - Sandra (41 anos)

  Ótimo
Denunciar
Filme previsível, mas emocionante. Não é o melhor filme do gênero, mas acredito que dificilmente alguém não vai gostar.

09/09/2018 - Sandra (41 anos)

  Ótimo
Denunciar
Achei o diferencial, que é bem interessante do filme, abordar o acontecimento, o ponto de vista e os sentimentos de quase todos os personagens em relação ao garoto.

10/10/2018 - Danielgulmine (37 anos)

  Regular
Denunciar
REGULAR, REGULAR, REGULAR! É um filme que passa uma mensagem bacana, ainda mais em tempos em que o assunto "bullying" está tão na moda. A interpretação do jovem ator Jacob e dos demais foi boa, mas não vejo nada muito além da estória de superação de um menino com deficiência estética que vence o preconceito e "bulling" na escola. Um filme que deve ser visto sim, mas não concordo com a nota atual 4,6. Vi em duas partes, pois dormi na metade. :(

20/10/2018 - Giba Luna Jr. (53 anos)

  Bom
Denunciar
Não é minha preferência, mas filme é bacana, podem assistir sem medo!

30/01/2019 - Ademar Mateus (47 anos)

  Ótimo
Denunciar
Ótimo filme tinha assistido na versão mais curta onde o filme acabava quando ele estava no ônibus indo em um acampamento. Mais agora a versão prolongada e bem melhor nota mil.

07/02/2019 - Alvarodickinson (40 anos)

  Ótimo
Denunciar
Muito bom, acabei de assistir. Uma quase versão moderna e leve do clássico, Conta Comigo, dos anos 80s. E um convite a reflexão sobre os pequenos. E se você não assiste certos filmes por que acha que não vai suportar (já vi acontecer no filme sobre autismo com jet lee), não se preocupe. Este não vai te trazer dor ou pesar algum. Pelo contrário.

21/02/2019 - Kiko (24 anos)

  Ótimo
Denunciar
Achei o filme espetacular. Logicamente que é bastante triste, porém em si traz muita inspiração e lição de vida. Nota 10.

Novo Comentário
Faça seu comentário, mas por favor, siga estas regras:
- Não faça perguntas, faça comentários sobre o filme;
- Não conte o final do filme nem partes importantes para o desfecho, mas se necessário marque o texto;
- Seja objetivo e descreva o porquê de sua nota;
- Se você ainda não assistiu ao filme, dê nota "Não vi";
- Não critique outros comentários, apenas faça o seu, sem preconceitos;
- Se você não gosta deste gênero de filme, é melhor não comentar;
- Comentários que descumprirem estas regras, serão excluídos totalmente.

 Agradecemos a colaboração. Bom uso!

O Texto Contém Spoiter? Sim / Não     Selecione o texto com "Spoiler" e click aqui.

Nome: Idade:  Nota:

Últimos Visitados

Extraordinário (Wonder)

Copyright © 2018 www.interfilmes.com - Todos os Direitos Reservados. Acesse a Política de Privacidade.