Share on Google+

Heleno


Sinopse O filme sobre a vida de Heleno de Freitas. Heleno (1920/1959) foi um dos grandes nomes que vestiram a camisa do Botafogo. O jogador, ao mesmo tempo em que apresentava talento nos gramados, exibia charme na noite carioca e impunha polêmica no atrito com adversários. Produção inspirada no livro “Nunca houve um homem como Heleno”, do jornalista Marcos Eduardo Neves.

Share on Google+

Informações


Título no Brasil Heleno
Título Original Heleno
Ano Lançamento
Gênero Drama
País de Origem Brasil
Duração116 minutos
Direção
Estreia no Brasil 30/03/2012
Estúdio/Distrib. Downtown Filmes
Idade Indicativa 14 anos

Elenco


... Heleno de Freitas
... Silvia
... Diamantina
... Edith
... Carlito Rocha
... Team Doctor
... Alberto
... Jornalista
... Bezerra
... Soccer Player
... Dr. Souza Lima
... Cesar
... Juvenal

Trailer



Comentários


07/03/2012 - Edinho (27 anos)

1
  Não vi
Denunciar
Espero que seja ótimo.

24/03/2012 - [BFR] JoeLiToN (19 anos)

2
  Não vi
Denunciar
Ainda não vi, mas estou bastante ansioso para vê-lo, eu como Botafoguense estou animadíssimo pra ver o filme de um de nossos maiores ídolos, Heleno de Freitas, ótimo roteiro e ótimo ator (Rodrigo Santoro).

01/04/2012 - Elvira Akchourin do Nasci (57 anos)

3
  Bom
Denunciar
Rodrigo Santoro está soberbo, Alinne Moraes, linda como sempre e expressiva atriz, a recriação da época, com a fotografia em preto e branco, músicas, figurinos é perfeita. Mas o enredo do filme não se aprofunda, ao não mostrar a infância e adolescência do lendário Heleno de Freitas. O filme é deprimente e fica apenas a impressão de que o talentoso jogador era arrogante e psicologicamente perturbado. Espero que o filme faça sucesso, mas acho difícil agradar ao grande público.

02/04/2012 - Sérgio Sarmento (58 anos)

4
  Ótimo
Denunciar
Assisti nesta tarde NO CINEMA. Que filme maravilhoso! Recomendo entusiasticamente sem
fazer o meu comentário propriamente dito. Olha! É o segundo filme que assisto do diretor Fonseca. Filho do bom escritor Rubem Fonseca (1925). O primeiro que vi foi O Homem do Ano (2003). Com o ator, que não gosto, Murilo Benício (1972) e a atriz, de quem gosto e é também esposa do diretor desde 1997, chamada Claudia Abreu (1970). Um filme que a quase dez anos atrás já apresentava alguma coisa de bom. Mas este HELENO é de longe muito melhor. É um filme triste é cruel. Triste por contar a vida de um jogador que já sabemos, por ler na história, que não foi nada agradável. E cruel por nos mostrar de uma maneira crua e viva a vida que este belo jogador de futebol procurou, por falta de estrutura, levar. Levar e deixar-se destruir aos 39 anos de idade. Portanto e gostaria de firmar. O FILME NÃO É SOBRE FUTEBOL. É na realidade sobre as mazelas do ser humano. No caso está figura sensacional que foi HELENO DE FREITAS (1920/1959). O protagonista é um ator que tenho orgulho por ser brasileiro. Falo do melhor ator de sua geração seu nome RODRIGO SANTORO (1975). De quem acompanho a carreira deste 2001 no filme, que ele simplesmente arrasou, chamado O BICHO DE SETE CABEÇAS da boa diretora LAÍS BODANZKY (1969). Mas o que me deixou feliz é que ele encarnou de maneira radical, por isto ele é um grande ator, a figura de HELENO DE FREITAS. Até no final do filme quando o personagem estava doente e louco. SANTORO emagreceu fisicamente e assustadoramente mesmo. Dando "vida" de todas as maneiras ao "nosso herói". Não poderia deixar de falar é de ALINE MORAES (1982) que faz a esposa de HELENO. Aparece pouco no filme. Mas quando aparece ela simplesmente ilumina a tela do CINEMA por ser uma mulher muito linda, mas acima de tudo uma atriz de raro talento. Completando aquilo que é muito difícil no Cinema Nacional uma mulher linda e talentosa. A atriz ALINE portanto é completa. Ah! Não poderia deixar de falar da beleza de fotografia que é em preto & branco. Uma coisa extremamente necessário, pois tinha que representar um Rio de Janeiro da década de
40 do século passado. Enfim! O filme é um "cala a boca " aos puristas que dizem e escrevem que o brasileiro não sabe fazer bons
filmes. Olha! Esta gente tem mais é que fechar
a boca. Pois simplesmente não conhecem CINEMA. Aliás não conhecem nada! E ficam dando opiniões de coisas que não entendem.

04/04/2012 - Lucia Miranda (53 anos)

5
  Não vi
Denunciar
... Parabéns àqueles que podem e puderam, assistir Heleno na telona, eu que aqui vivo em Campo Grande, capital do estado do Mato Grosso do Sul, com três redes cinematográficas de exibição de filmes e eu disse TRÊS, não tenho como assistir no presente momento porque não entrou o presente lançamento em nenhuma delas e assim como Confiar, já sei que terei de esperar mais alguns tantos meses para ver, se quiser, em DVD, quando tiver. Que tristeza ansiarmos tanto por algo que não podemos ter, creio, devido a algumas politicagens dentro dessa organização que estipula o quê e aonde assistir. Mazelas do nosso desgovernado país!

09/04/2012 - Antônio Carlos - Toco (31 anos)

6
  Ótimo
Denunciar
Uma biografia muito triste e deprimente, fiquei chateado com o final desse grande jogador, mas que pareceu-me bipolar e muito louco, merecia uma atenção maior da família e amigos, mas que infelizmente teve o final que teve. O Rodrigo Santoro atuou de forma brilhante e as maquiagens foram perfeitas, belo filme!

10/04/2012 - Thiago Marques Moraes (25 anos)

7
  Ótimo
Denunciar
Que filme maravilhoso, história linda e fenomenal de um grande JOGADOR DO BOTAFOGO. Muito bom mesmo, HELENO VIVE.

16/04/2012 - Sérgio Sarmento (58 anos)

8
  Ótimo
Denunciar
Assisti nesta tarde NO CINEMA pela segunda vez. A primeira vez foi pela excitação. A segunda pela contemplação. Contemplação pela
afirmação deste belo diretor chamado José Henrique Fonseca. Que realizou um filme muito superior ao primeiro chamado O Homem do Ano. Contemplação pela linda trilha sonora
dos anos 40 e 50 do século passado. Contemplação pela linda fotografia em preto e
branco que deixa o Rio de Janeiro mais belo
como nunca. E com isso faz um reconstituição de época primorosa. Contemplação por dar vida
a uma das figuras mais especial da história
do futebol brasileiro. Uma pessoa que jogava
muito bem, mas era um demente fora dos gramados. Uma pessoa que de maneira alguma pensava no amanhã mas sim no agora. Por isso
viveu pouco. Mas um pouco que para ele foi
muito. Contemplação por trazer de volta a nossas telas de cinema uma linda atriz colombiana que conheci em PANTALEÃO E AS VISITADORAS (2000) e O AMOR NOS TEMPOS DO CÓLERA. Mas bah! Que filme ruim. Seu nome:
ANGIE CEPEDA (1974). Contemplação pela beleza e o talento de ALINE MORAIS. Que atriz! E contemplação pelo nosso maior ator. Categoria
internacional. Um cara que de maneira alguma
é inferior a qualquer outro grande ator de
qualquer outro pais. Falo do grande RODRIGO SANTORO. Que faz HELENO. Mostrando toda sua
grandeza. Ele já no final da vida de seu personagem. Quando doente. Louco. Resultado da sífilis que tomou conta de seu cérebro. Ele fica magro. Muito magro. Para demonstrar toda a verdade de seu personagem. Contemplação por encontrar na assistência da
sessão que assistia um senhor Pasmem! Carioca
e que nasceu em 1930 e torcedor do rival Vasco da Gama. É claro que perguntei se Heleno de Freitas era aquela bola mesmo. Já que o homem tinha visto ele jogar. Ele confirmou e disse mais. Confirmou que o filme
era todo verdade. Olha! Aqueles cinco minutos
de conversa deu luz a várias lagunas que tinha na minhas ideias. Foi com certeza a maior contemplação que tive de HELENO. Conversa com alguém que infelizmente não perguntei o seu nome. Ah! Foi igualmente uma
homenagem para dona Lucia Miranda do comentário 5. Que acredito não vai assistir
o filme NO CINEMA. Mas por favor assista em DVD. Que não é grande coisa. Pois cinema em
televisão deploro. Mas mesmo assim este filme
tem que ser visto de qualquer maneira.

16/04/2012 - Maria Teresa (30 anos)

9
  Ótimo
Denunciar
Garotas, não se deixem enganar, porque, Heleno não é um filme sobre o futebol ou sobre a carreira de um jogador de futebol. Trata-se mais de um filme sobre a insanidade de um homem... Heleno de Freitas sabia que viera ao mundo a passeio e que nascera para mij*r (é válido o termo pejorativo) em todo o mundo, isso que explica tanta arrogância, prepotência em relação aos colegas de clube e a sua relação com as mulheres a quem ele tratava como um simples brinquedinho sexual. O filme é uma bela viagem pelo Rio de Janeiro na década de 40, graças a uma primorosa fotografia. Rodrigo Santoro é a alma do filme, especialmente, o Heleno de Freitas já decrépito pela sífilis. O filme seria perfeito: a produção visual, a fotografia, a maravilhosa trilha sonora, o figurino se não fosse a montagem, a meu ver, considerei ora desnecessários ora cansativos aqueles "flashbacks" que iam-e-vinham dentro de uma mesma narrativa temporal. Fora isso, o filme é excelente. Não deixe de ver.

29/07/2012 - Paulo Mello (44 anos)

10
  Ótimo
Denunciar
Ótimo filme, atuação perfeita do Rodrigo Santoro, assistam que o filme é maravilhoso.

04/08/2012 - Jales Pinheiro do Amaral (38 anos)

11
  Bom
Denunciar
Eu nem gosto de futebol, mas gostei do filme, até porque o foco é na figura do jogador Heleno de Freitas e não no esporte. O filme só incomoda um pouco por ser previsível. Sua história já foi contada muitas vezes no cinema e é sempre à mesma coisa, o sujeito alcança o sucesso, se torna arrogante, acaba entrando em declínio e depois tenta recuperar a glória perdida. Apesar disso o filme acabou sendo melhor do que eu esperava, graças aos talentos envolvidos na sua realização.

24/08/2012 - Roberval Taylor (36 anos)

12
  Ótimo
Denunciar
Filmaço! Sem mais palavras.

29/08/2012 - Giba Luna Jr. (47 anos)

13
  Ótimo
Denunciar
Grande filme, vale a pena conferir!

24/09/2012 - Danielle (32 anos)

14
  Ruim
Denunciar
Filme fraco, cansativo até mandar parar... Nossa dormi que ronquei. Devagar quase parando. Se tiver problema de insônia, assista que você vai dormir feito anjo!

30/12/2012 - Alfredo Cintra Jr (45 anos)

15
  Bom
Denunciar
Belo filme, bem montado, atores perfeitos, um filme nota 7.

01/07/2013 - Adriana (25 anos)

16
  Ótimo
Denunciar
Filme excelente! Adorei cada minuto, apesar de triste e com um final deprimente, vale a pena assistir.

17/07/2013 - Adelar (49 anos)

17
  Ótimo
Denunciar
Excelente filme nacional ambientado em dois momentos da vida perturbada de Heleno de Freitas, no sanatório em seu final de Vida e no auge de sua carreira com todo seu glamour. Elenco afiado principalmente Rodrigo Santoro que teve oportunidade de mostrar todo o seu talento como ator, belo figurino e fotografia (filme em preto e branco apropriado ao roteiro que retrata os anos 40 e 50). Heleno é mais uma prova que o cinema nacional é bom, basta escolher o roteiro certo e o gênero de filme adequado para explorar o talento, dos atores Brasileiros.

04/01/2015 - Eduardo (17 anos)

  Ótimo
Denunciar
Não vou falar que adorei, mas achei uma produção belíssima... O modo que o filme retrata a vida dele, a época é fantástico.

15/03/2016 - Josi (44 anos)

  Ótimo
Denunciar
Ótimo filme, vale a pena assistir. Rodrigo Santoro perfeito!

Novo Comentário
Faça seu comentário, mas por favor, siga estas regras:
- Não faça perguntas, faça comentários sobre o filme;
- Não conte o final do filme nem partes importantes para o desfecho, mas se necessário marque o texto;
- Seja objetivo e descreva o porquê de sua nota;
- Se você ainda não assistiu ao filme, dê nota "Não vi";
- Não critique outros comentários, apenas faça o seu, sem preconceitos;
- Se você não gosta deste gênero de filme, é melhor não comentar;
- Comentários que descumprirem estas regras, serão excluídos totalmente.

 Agradecemos a colaboração. Bom uso!

O Texto Contém Spoiter? Sim / Não     Selecione o texto com "Spoiler" e click aqui.

Nome: Idade:  Nota:

Últimos Visitados

Heleno (Heleno)

Copyright © 2019 www.interfilmes.com - Todos os Direitos Reservados. Acesse a Política de Privacidade.