Share on Google+

Ao Despertar da Paixão

  (Jubal)
Sinopse Jubal Troop (Gelnn Ford) é um vaqueiro que viaja sozinho pelo campos. Um dia, cansado pela jornada, rola por uma montanha. Desmaiado, ele é encontrado pelo bondoso Shab Horgan (Ernest Borgnine). Que o lvea para sua fazenda e lhe oferece emprego. Imediatamente, isso desperta a inveja de Pinky (Rod Steiger), um vaqueiro que trabalha na fazedna e sente uma grande atração por Mae, (Valerie French), a linda e jovem esposa de Shab. Os problemas logo começam a aparecer quando Mae tenta seduzir Jubal, e principalmente as atenções de Mae. As coisas esquenteam ainda mais quando Jubal é promovido a capataz da fazenda e Pinky e um bando de pistoleiros, tentam expulsar um grupo de pioneiros que está acampado nas terras de Shab. A esta situação altamente explosiva, sejunta Reb (Charles Bronson), um misteriosos viajante que é contratado por Jubal. Agora, cabe a Reb e Jubal, enfrentarem o ódio de Pinky e devolverem a paz à fazenda.

Share on Google+

Informações


Título no Brasil Ao Despertar da Paixão
Título Original Jubal
Ano Lançamento
Gênero Drama / Faroeste
País de Origem EUA
Duração100 minutos
Direção
Estúdio/Distrib. New-Line

Elenco


... Jubal Troop
... Shep Horgan
... 'Pinky' Pinkum
... Mae Horgan
... Naomi Hoktor
... Shem Hoktor
... Sam - Horgan Rider
... Reb Haislipp
... Carson - Horgan Rider
... McCoy - Bar 8 Rider
... Dr. Grant
... Ranch Owner (não creditado)
... One of the Tolliver Boys (não creditado)
... Charity Hoktor (não creditado)
... Jim Tolliver (não creditado)
... One of the Tolliver Boys (não creditado)
... Bayne (não creditado)
... Jake Slavin (não creditado)
... Bit Part (não creditado)
... Matt (não creditado)
... Cookie (não creditado)

Trilha Sonora


“Beautiful Dreamer” (não creditada)
Escrita por Stephen Foster
Played by Shep on the player piano

Trailer



Comentários


11/11/2007 - George B. Da Silva

1
  Ótimo
Denunciar
Um dos melhores westerns dos anos 50.

04/05/2008 - Alfredo Fernandes

2
  Ótimo
Denunciar
Um western de verdade. Imperdível.

10/07/2008 - Vinicius

3
  Ótimo
Denunciar
Tem uma estrutura novelesca. Mas é excelente! Uma frase do filme o resume: "Deus deve ter se arrependido de ter inventado gente". As pessoas deveriam assistir mais westerns, pra ver que eles não são necessariamente vazios e que falam de um mundo real, em que pessoas dominam, são submissas, tramam, fazem e acontecem, dominando populações quase inteiras (como os chefões comuns em cidades pequenas) ou mesmo se acovardam e se omitem diante das injustiças que acontecem diuturnamente.

16/11/2008 - Rodrigo-Uberaba

4
  Ótimo
Denunciar
Não tenho mais a acrescentar, muito bom, acredito que deva ter feito muito sucesso na época, como eu estava legendando em casa para minha avó, pois o DVD não era legendado, esta obra do WESTERN, pude prestar atenção afinco no diálogo, nas atuções e no cenário, e ver como era o Ernest Borgnine e o Charles Bronson, sem contar o Rod Steiger, que fez o filme junto com o Schwarzenneger, Fim dos Dias. E outra o nome do personagem do Ernest é Shep e não Shab, como está na sinopse.

16/02/2009 - Francisco Lopes

5
  Bom
Denunciar
O filme é muito interessante pela força do personagem de Glenn Ford e de seu envolvimento com a mulher do patrão (Valerie French), além do choque com a vilania de Pinky (Rod Steiger). Direção segura e personagens convincentes. Um faroeste que vale conhecer e, infelizmente, parece ser pouco famoso.

16/07/2009 - Jurandir Bernardes de Lim (64 anos)

6
  Bom
Denunciar
Faroeste digno de apreciação por todos os seus sustentados métodos de produção como; uma boa trama, um excelente desenrolar, magníficas interpretações de Brgnine, Steiger, Ford e Valerie Franch. Uma trama densa e recheada de passagens de fórum psicológicos que seguram o telespectador em cada segundo de sua exibição. Mais uma vez parabéns à direção segura e perfeita de Delmer Daves.

02/01/2012 - Nelson Tadeu Costa (65 anos)

7
  Ótimo
Denunciar
Mais um faroeste com a incomparável qualidade hollywoodiana. Performances fantásticas de Glenn Ford, Erneste Borgine, Valerie French e demais atores. Período dourado do cinema americano e mais uma trama eletrizante nesse grande filme dos anos 50.

05/11/2012 - ´Tarcísio Rodrigues Nunes (68 anos)

8
  Ótimo
Denunciar
Sábado, 03/11/12, tive o prazer de assistir esse
filme que considero um dos melhores do gênero em um canal de televisão. Como eu gostaria de tê-lo em minha pequena coleção. Ótimo.

06/11/2013 - Bartolomeu P. Borges (59 anos)

9
  Ótimo
Denunciar
Uma grata surpresa para quem aprecia faroestes. Mescla drama com romance, um filme que merece ser visto, porque prende o espectador desde o início até o final. Ótima história, fotografia e interpretação de grandes atores.

Novo Comentário
Faça seu comentário, mas por favor, siga estas regras:
- Não faça perguntas, faça comentários sobre o filme;
- Não conte o final do filme nem partes importantes para o desfecho, mas se necessário marque o texto;
- Seja objetivo e descreva o porquê de sua nota;
- Se você ainda não assistiu ao filme, dê nota "Não vi";
- Não critique outros comentários, apenas faça o seu, sem preconceitos;
- Se você não gosta deste gênero de filme, é melhor não comentar;
- Comentários que descumprirem estas regras, serão excluídos totalmente.

 Agradecemos a colaboração. Bom uso!

O Texto Contém Spoiter? Sim / Não     Selecione o texto com "Spoiler" e click aqui.

Nome: Idade:  Nota:

Últimos Visitados

Ao Despertar da Paixão (Jubal)

Copyright © 2019 www.interfilmes.com - Todos os Direitos Reservados. Acesse a Política de Privacidade.