Oslo, 31 de Agosto

  (Oslo, 31. august)

Sinopse


Anders está se recuperando do vício em drogas numa clínica de reabilitação em Oslo. No dia 30 de agosto ele ganha a permissão para sair da casa de tratamento, visitar seu amigo Thomas e ir em uma entrevista de emprego no centro da cidade. Durante seu dia e noite na cidade, Anders será confrontado com seus erros do passado e irá refletir sobre sua própria existência.

Informações


Título no Brasil Oslo, 31 de Agosto
Título Original Oslo, 31. august
Ano Lançamento
Gênero Drama
País de Origem Noruega
Duração95 minutos
Direção
Estreia no Brasil 29/05/2014
Estúdio/Distrib. Lume Filmes
Idade Indicativa 16 anos

Trilha Sonora


“Patch To Lucy”Escrita por E. Skodvin/O. Totland
Interpretada por Deaf Center
© 2005 Type Records
“I've Been Losing You”Escrita por Pål Waaktaar
Interpretada por A-Ha
© 1986 Warner Bros. Records / Sony ATV Publishing
>> Ver toda a Trilha Sonora...

Trailer



Comentários


14/06/2014 - Sérgio Sarmento (60 anos)

14/06/2014
Sérgio Sarmento (60 anos)

  Ótimo
Denunciar
Assisti nesta tarde/noite NO CINEMA quando de sua estreia em minha cidade. Antes demais nada quero saudar a importação de um filme vindo de uma pais que dificilmente consegue entrar no mercado brasileiro através do cinema comercial. Portanto fala aqui um cara que assisti vários filmes por ano. E um produção norueguesa é muito difícil ser assistido no pais. As barreiras são muitas. E depois ninguém assiste filmes de artes vindo da Europa do norte. Claro que EU não vale dizer! Ou alguém dúvida de minha afirmativa? Acredito que não! Mas chega de conversa e vamos para a critica propriamente dita. Olha! Filme maravilhoso! Filme assombroso! Filme triste! Filme intimista! O filme é uma obra de arte! Com sinceridade não consigo me afastar destas cinco afirmativas que é ao mesmo tempo adjetivos contundentes sobre o filme. A obra nos mostra o inferno que será a vida de um viciado em drogas pesada em uma cidade de OSLO linda e maravilhosa. A capital da Noruega nunca esteve tão linda como neste último dia de verão naquele ano. O filme, ainda, mostra uma jornada interior de alguém que viu literalmente o capeta e voltou. E que de uma maneira ou outra procura não voltar a ver o diabo de forma alguma. E é nisso exatamente que o diretor Joaquim Trier procura em 90 (sempre contados por mim) minutos contar a vida dramática de seu personagem principal. As vezes olhando ele com um carinho e em outros momentos sendo implacável com sua conduta. Mas não nos enganamos o filme é grande também pelo talento deste jovem ator Anders Danielsen. O cara simplesmente faz um notável viciado que tenta se recuperar e voltar ao mundo real. Grande obra cinematográfica sem qualquer favor algum. Um dos grande do ano!

Novo Comentário
Faça seu comentário, mas por favor, siga estas regras:
- Não faça perguntas, faça comentários sobre o filme;
- Não conte o final do filme nem partes importantes para o desfecho (spoiler), mas se necessário marque o texto;
- Seja objetivo e descreva o porquê de sua nota;
- Se você ainda não assistiu ao filme, dê nota "Não vi";
- Não critique outros comentários, apenas faça o seu, sem preconceitos;
- Se você não gosta deste gênero de filme, é melhor não comentar;
- Comentários que descumprirem estas regras, serão excluídos totalmente.

 Agradecemos a colaboração. Bom uso!

O Texto Contém Spoiler? /    
Selecione o texto com "Spoiler" e click aqui.

Nome: Idade:  Nota:


Últimos Visitados

Oslo, 31 de Agosto (Oslo, 31. august)

Copyright © 2022 www.interfilmes.com - Todos os Direitos Reservados. Acesse a Política de Privacidade.