Fome de Poder

  (The Founder)

Sinopse


A história da ascensão do McDonald's. O filme vai retratar como o vendedor Ray Kroc adquiriu um restaurante dos irmãos Richard e Maurice "Mac" McDonald, no sul da Califórnia, e o transformou em um império alimentício que serve cerca de 68 milhões de clientes todos os dias. A trama ainda deve abordar como Kroc conseguiu manobrar a situação de forma que os irmãos perdessem o direito a franquia de fast food.

Informações


Título no Brasil Fome de Poder
Título Original The Founder
Ano Lançamento
Gênero Drama
País de Origem EUA
Duração115 minutos
Direção
Estreia no Brasil 09/03/2017
Estúdio/Distrib. Diamond Films
Idade Indicativa 10 anos

Elenco


... Ray Kroc
... Dick McDonald
>> Ver todo o Elenco...

Trilha Sonora


“Mister Tap Toe ”Escrita por Rich Dehr (como Richard Dehr), Terry Gilkyson, Frank Miller
Interpretada por Doris Day with Paul Weston e his Orchestra e The Norman Luboff Choir
“I'm Not Like I Used To Be ”Escrita por Robert Shad
Interpretada por The Dixieaires
>> Ver toda a Trilha Sonora...

Trailer



Comentários



  >> Ver todos os Comentários...

27/04/2017 - Henrique (59 anos)

27/04/2017
Henrique (59 anos)

  Bom
Denunciar
Que interessante!, conhecer sobre a origem de um dos maiores restaurante fast-food, jamais saberia que um obstinado deteria o nome dos verdadeiros McDonald. Meu filho na sua adolescência, trabalhou no McDonald durante 5 anos e posso assegurar sobre o bom profissionalismo e principalmente a maior contribuição deles para os jovens funcionários são os princípios sobre a organização, pontualidade relacionamento etc. John Lee Hancock um bom diretor (assisti a quase todos os seus filmes, que não são muitos) acertou e Michael Keaton, mesmo não sendo muito seu fã, impressiona na interpretação cínica e obsessiva de Tay Kroc.

04/05/2017 - Robson (57 anos)

04/05/2017
Robson (57 anos)

  Bom
Denunciar
Boa produção que mostra o início e o crescimento do Mac Donald´s. Não deixa de ser também uma história de superação. Vale a pena.

10/06/2017 - Thalys (25 anos)

10/06/2017
Thalys (25 anos)

  Bom
Denunciar
Persistência e muita ganância, o filme mostra um lado negro dos americanos, que é o lucro acima de tudo. Mas tirando nisso é fantástica a história, gostei.

12/06/2017 - Kassio Freitas (20 anos)

12/06/2017
Kassio Freitas (20 anos)

  Bom
Denunciar
Uma história que valia a pena ser contada, interessante, mas faltou algo, não sei dizer o que, mas o filme falta algo que prenda do começo ao fim, mas a história em si é bem contada e os interpretes estão bons em cena.

27/06/2017 - Alessandro (33 anos)

27/06/2017
Alessandro (33 anos)

  Bom
Denunciar
Vale a pena conferir este filme, muito bom!

15/07/2017 - Paulo Nobre (60 anos)

15/07/2017
Paulo Nobre (60 anos)

  Bom
Denunciar
De fato, foi muito interessante ter visto esse filme e poder conhecer a história de como se cria um império. Fiquei surpreso, mas não espantado com o caminho trilhado por Ray Kroc (Michael Keaton), afinal o capitalismo selvagem é isso mesmo. Vale tudo, até vender a própria mãe para se obter sucesso e poder. As interpretações de Michael Keaton, Nick Offerman e John Carroll Lynch forma muito boas. A reconstituição de época, também me agradou muito. E só para constar, detesto esse tipo de "comida" (Junk Food), se dependesse de mim Ray Kroc não teria enriquecido. Mas, americano come mal mesmo, né? Não é à toa que o povo americano possui a maior quantidade de obesos do mundo. O filme VALE A PENA!

18/07/2017 - Scoobysnnax (39 anos)

18/07/2017
Scoobysnnax (39 anos)

  Ótimo
Denunciar
Aêêê cara***! Esse sim é um filme que deveria ter indicações ao Oscar, e de melhor filme especialmente! E até faturar! E olha que os produtores perseveraram por isso, até adiaram a data de lançamento do filme pra ele ter chance de receber indicações. Pra no final... Nada! O duro é saber que umas porcarias de Lalaland e A Chegada receberam mil indicações. Afffff. Mas enfim, o filme empolga, nos mostra lições de empreendedorismo, diversas reflexões enfim. Hoje o Mc é grande, mas se fosse depender dos criadores legítimos, teria sido apenas um botequinho local. Então é legal fazer essa reflexão, de como pode ser diferente o caminhar de uma empresa, de acordo com a ambição, a ousadia de quem está no comando.

22/07/2017 - Rene (45 anos)

22/07/2017
Rene (45 anos)

  Bom
Denunciar
Olha bom filme que mostra o capitalismo imperando e como pessoas podem ser implacáveis para conseguir o que querem. O filme não tem nada espetacular, apenas um bom filme, mas esquecível. É interessante ver como foi o crescimento da franquia e o que Rot Kroc fez para atingir tal fortuna. A atuação de Michael Keaton é convincente, mas no geral é um filme que com o tempo será pouco lembrado.

22/08/2017 - Julio Simi Neto (60 anos)

22/08/2017
Julio Simi Neto (60 anos)

  Bom
Denunciar
Todos nós sabemos que americano não é "santinho" porém sabemos também que eles tem visão, cheiro de negócios, são persistentes e acreditam. Enfim, aula de incentivo, por isso hoje os EUA é os EUA mesmo com o Trump e o Brasil do Lula é o Brasil do Temer. Belo filme e interpretação mais uma vez surpreendente de Michael Keaton.

12/11/2017 - Felipe (26 anos)

12/11/2017
Felipe (26 anos)

  Ótimo
Denunciar
Ótimo filme. Prende a atenção do início ao fim. É um filme bastante inspirador. Vale a pena assistir!

29/12/2017 - Sidney (26 anos)

29/12/2017
Sidney (26 anos)

  Bom
Denunciar
Achei Fome de Poder muito bom, pelo lado cinematográfico tem pontos positivos, pela boa atuação de Michel Keaton, por ser um filme que lhe entretém e não fica tão cansativo. Pelo lado histórico, não é preciso repetir o que aconteceu, o filme mostra bem isso.

09/01/2018 - Marcelo (32 anos)

09/01/2018
Marcelo (32 anos)

  Ótimo
Denunciar
Muito bom o filme, e a escolha do ator principal foi perfeita!

21/03/2019 - Frank (63 anos)

21/03/2019
Frank (63 anos)

  Ótimo
Denunciar
Claro que existem alguns aspectos negativos de comportamento social, típicos do ser humano, em todo crescimento vertiginoso de grandes empreendimentos e de grandes fortunas. Porém, um pouco diferente do que vem sendo cultuado por ideologias manipuladoras, cujo resultado prático é a disseminação da pobreza e da miséria, ambição é por em prática aquilo que levou a espécie humana a deixar de habitar as árvores, as cavernas, e, finalmente, os paupérrimos casebres. Já a ganância é a completa perda do controle sobre a ambição, é a vontade intensa e permanente de possuir e de ganhar muito mais do que os demais. Persistência é uma palavra definida como pessoas que não desistem dos seus objetivos. Ser persistente é o maior passo para o sucesso, mas ela nem sempre é uma vocação inerente do indivíduo. Boa parte das pessoas têm dificuldades em acreditar em si mesmas e enfrentar os desafios que a vida impõe. Contudo, essa capacidade de persistir pode ser desenvolvida e também pode ser aprimorada por aqueles que já a possuem. Não basta ser determinada se uma pessoa não possui algumas outras qualidades de um bom líder, ou não está cercada de pessoas que possuem os mesmos desejos que os seus. O sucesso é algo relativo, mas o tamanho dele é diretamente proporcional ao quão persistente a pessoa for. Num país que, por sua cultura e formação educacional deficientes, costuma gerar milhões de fracassados, não é de estranhar que o filme com o título de “The Founder” (O Fundador), com a má versão em “brasileirês” de ‘Fome de Poder’, não seja bem visto por boa parte da população, embora tenha muitos admiradores, como eu. O Brasil também tem empreendedores de sucesso com histórias interessantíssimas. O fato é que é quase impossível a este país não ter crises econômicas e financeiras constantes sem uma grande quantidade de empreendedores como o que são narrados no filme “The Founder”. O cinema brasileiro, por exemplo, poderia produzir dezenas de filmes parecidos com o “The Founder”. Todavia, suas produções, a maioria delas financiada com dinheiro público e com muito de maniqueísmo por detrás, criam uma eterna e permanente dependência do Estado, um retrato do que acontece com boa parte da população carente, com pouca ambição e persistência próprias.

16/12/2019 - Allan CZ (23 anos)

16/12/2019
Allan CZ (23 anos)

  Bom
Denunciar
Filme interessante, que aborda o surgimento de uma das principais empresas do planeta e ensina sobre a realidade do mundo dos negócios.

05/11/2020 - Anderocks (45 anos)

05/11/2020
Anderocks (45 anos)

  Ótimo
Denunciar
"Homem primata, capitalismo selvagem..." Titãs. Roteiro muito bem conduzido.O mundo dos grandes negócios não é para amadores.

Novo Comentário
Faça seu comentário, mas por favor, siga estas regras:
- Não faça perguntas, faça comentários sobre o filme;
- Não conte o final do filme nem partes importantes para o desfecho (spoiler), mas se necessário marque o texto;
- Seja objetivo e descreva o porquê de sua nota;
- Se você ainda não assistiu ao filme, dê nota "Não vi";
- Não critique outros comentários, apenas faça o seu, sem preconceitos;
- Se você não gosta deste gênero de filme, é melhor não comentar;
- Comentários que descumprirem estas regras, serão excluídos totalmente.

 Agradecemos a colaboração. Bom uso!

O Texto Contém Spoiler? /    
Selecione o texto com "Spoiler" e click aqui.

Nome: Idade:  Nota:


Últimos Visitados

Fome de Poder (The Founder)

Copyright © 2021 www.interfilmes.com - Todos os Direitos Reservados. Acesse a Política de Privacidade.