Era Uma Vez em Nova York

  (The Immigrant)

Sinopse


Em 1920, as irmãs polonesas Magda e Ewa Cybulski (Marion Cotillard) partem em direção a Nova Iorque, em busca de uma vida melhor. Mas, assim que chegam, Magda fica doente e Ewa, sem ter a quem recorrer, acaba nas mãos do cafetão Bruno (Joaquin Phoenix), que a explora em uma rede de prostituição. A chegada de Orlando (Jeremy Renner), mágico e primo de Bruno, mostra um novo amor e um novo caminho para Ewa, mas o ciúme do cafetão acaba despertando uma tragédia.

Informações


Título no Brasil Era Uma Vez em Nova York
Título Original The Immigrant
Ano Lançamento
Gênero Drama / Romance
País de Origem EUA
Duração120 minutos
Direção
Estreia no Brasil 11/09/2014
Estúdio/Distrib. Europa Filmes
Idade Indicativa 14 anos

Elenco


... Ewa Cybulska
... Bruno Weiss
>> Ver todo o Elenco...

Trilha Sonora


“Buffalo Girls”Traditional
Interpretada por The Morrie Morrison Orchestra
Arranjo de Morrie Morrison
“A Rag Time Episode”Interpretada por Fred Van Eps
>> Ver toda a Trilha Sonora...

Trailer



Comentários


26/01/2014 - Sarah (22 anos)

26/01/2014
Sarah (22 anos)

  Não vi
Denunciar
O nome da personagem da Marion Cotillard é Ewa, e não Sonia!

01/03/2014 - Vanin (18 anos)

01/03/2014
Vanin (18 anos)

  Não vi
Denunciar
Deve ser bom este filme, os atores são bons deste filme.

03/05/2014 - Eduardo B. de Morais Lima (17 anos)

03/05/2014
Eduardo B. de Morais Lima (17 anos)

  Bom
Denunciar
Bom o filem até, apesar da história ser mostrada de forma bem chocante, a situação pela qual a personagem passou, a trama até que não mostra cenas tão impróprias quanto aparenta, e é triste, isso já digo... Enfim, nota 7...

24/06/2014 - Hélmiton (53 anos)

24/06/2014
Hélmiton (53 anos)

  Bom
Denunciar
Bom filme, merecia um final melhor,

23/08/2014 - Gherald (23 anos)

23/08/2014
Gherald (23 anos)

  Bom
Denunciar
Hum bom filme. Atores excelentes. Gostei.

24/08/2014 - Ecson Castello (50 anos)

24/08/2014
Ecson Castello (50 anos)

  Bom
Denunciar
Assisti ao filme. Achei bastante interessante. Recomendo.

01/09/2014 - Sylvia Lopes (33 anos)

01/09/2014
Sylvia Lopes (33 anos)

  Regular
Denunciar
THE IMMIGRANT não passa de uma promessa. Promete uma grande história, boas atuações e uma trama marcante. É um drama de época com todos os elementos para ser notável, mas que não alcança esse objetivo. Com boa fotografia, direção de arte, elenco de ponta e competentes interpretações, o roteiro deixou muito a desejar. Joaquin Phoenix e Marion Cotillard carregam o filme nas costas, e o fazem muito bem, mas o enredo não ajuda. As agruras de uma imigrante no país conhecido como sendo “das oportunidades” chocam e prendem a atenção, mas não são suficientes para nos fazer sofrer junto com a protagonista. As ocasiões em que ela necessita vender seu corpo para obter algum dinheiro são mal exploradas, fazendo com que o público apenas imagine o que possa acontecer. Em diversas cenas, Marion Cotillard mais parece uma atriz mexicana que só sabe chorar. Nem a beleza sutil da francesa foi bem aproveitada, assim como a doença de sua irmã e a insinuação do romance com um mágico. Fatos que poderiam ter sido grandiosos e interessantes foram mal trabalhados. THE IMMIGRANT é filme pra ser visto apenas uma vez. Seu desfecho é o ápice da decepção de uma obra que parecia promissora. Esperava mais...

13/09/2014 - Sérgio Sarmento (60 anos)

13/09/2014
Sérgio Sarmento (60 anos)

  Regular
Denunciar
Assisti nesta manhã NO CINEMA na tal e necessária sessão especial. Olha! Lamento em dizer que o filme não é bom! O jovem, tem 45 anos, e bom diretor James Gray muito aclamado pela critica profissional. E com toda razão. Pois o cara tenta de uma maneira singular fugir do cinemão industrial americano. E com isso defender, criar e fazer UM CINEMA autoral. Desta feita não foi feliz ao filmar esse dramalhão que se tornou sua obra. Nos últimos dezoito dias assisti três filmes EM CINEMA com a palavra Nova York e com certeza esse é o " menos bom ". Mas a culpa demais um filme a chegar no Brasil com esse nome é da distribuidora Europa Filme. Pois nos colocou " goela abaixo " um título pomposo como esse. O original norte americano é A IMIGRANTE. Um filme academicista, embromado sonolento. Uma coisa de louco mesmo! Discordo amavelmente de quem disse que a francesa Marion Cotillard está bem. Muito antes pelo contrário. Ela simplesmente foi um desperdício de talento. Aliás o filme inteiro é um desperdício de propósitos. Pois a atriz passa o filme inteiro sendo uma " bengala " para o bom ator que é Joaquim Phoenix. Este sim tem uma atuação " não mais " que razoável. Se sobressai bem mais que a bonita e talentosa francesa. Do bom ator Jeremy Renner não vou falar, pois o cara simplesmente é em cena ridículo. O filme se presta muito para ter um clima religioso quando fala em crime, castigo e perdão. Quem pensou em catolicismo: Bingo, pois acertou " na mosca ". O filme é também uma variante do tema. Mas o que tem de bom um filme como esse? Nos mostra que american way of life é uma mentira, pois o que sofrem os imigrantes naquele pais. Tem um produção caprichada. Vemos uma N.Y. Toda feita em laboratórios digitais. Por isso tem uma fotografia em tons sépia. Um cinza escuro muito bonito. E traz junto uma reconstituição de época magnifica. Mas isso é apenas o complemento da coisa. Pois o filme tem que ter um bom roteiro, mas principalmente um segura direção. O CINEMA, ao longo dos anos, me ensinou se temos um bom diretor. Mesmo com um roteiro pífio a coisa se encaixa no seu lugar pela mão firme do cineasta. No encerramento quero deixar claro que é filme para se conferir NO CINEMA. Com certeza! Mesmo na incrível coincidência ( isso é como o cometa Halley que nos aparece de 76 em 76 anos ) de concordar com a dona Sylvia Lopes. Desta vez concordo amavelmente com a senhora dona Sylvia. Até no conceito regular. O que convenhamos é incrível mesmo! Mas acontece, repito, como igualmente o cometa Halley é verdadeiro. E tenho dito!

14/09/2014 - Odair (41 anos)

14/09/2014
Odair (41 anos)

  Regular
Denunciar
Ótima atuação do ator Joaquin Phoenix, mas não basta para segurar o filme, e o final decepcionante, por isso dou só regular.

16/09/2014 - Donovan Leitch (66 anos)

16/09/2014
Donovan Leitch (66 anos)

  Ótimo
Denunciar
EM EXIBIÇÃO O MELHOR FILME DO ANO, até agora. Mais um excelente trabalho de James Gray. Seus filmes são bem herméticos (vide AMANTES e LITLE ODESSA outra obra prima escondida. Preparem-se para sofrer ao assistirem O FILME DO ANO (até agora).

21/09/2014 - Ítalo Farias (26 anos)

21/09/2014
Ítalo Farias (26 anos)

  Regular
Denunciar
A verdade é que o filme passa longe de entregar o que promete. Os bons momentos da trama se perdem no mar de marasmo em que a obra permanece na maior parte do tempo. A trama ultrapassa em muitos momentos a fronteira do entediante. O amigo Donovan que comentou acima se deixou influenciar pela crítica feita pela Folha de São Paulo (de autoria de Sérgio Alpendre) que classificou esse filme como o filme do ano. Esse filme está longe de ser o melhor do ano. Aliás, se fomos dar ouvidos a tudo que a Folha de São Paulo publica em relação à Cinema assistiremos muita coisa ruim e deixaremos de apreciar muitas belas obras em razão do gosto "peculiar" dos críticos que lá escrevem.

09/02/2015 - Maria do Carmo (48 anos)

09/02/2015
Maria do Carmo (48 anos)

  Bom
Denunciar
Achei o filme bom e justifico porque: Gostei da fotografia, da retratação da época e da filmagem densa e escura. Das interpretações gostei muito da atuação do ótimo ator Joaquin Phoenix. Gostei também da francesa Marion Cotillard. Jeremy Renner com poucas aparições poderia ter feito uma grande atuação, pois, conheço atores que, mesmo com poucas aparições em filmes, se saem muito bem. Posso citar dois exemplos de filmes que assisti atualmente e de que gostei muito das mínimas atuações: uma foi da jovem atriz Chloë Grace Moretz em O Protetor e a outra foi da veterana Robin Wright em O Homem Mais Procurado. Ambas tiveram poucas aparições e grandes atuações. O que não foi o caso de Jeremy Renner nessa película em questão. Ele não foi feliz em sua atuação, a meu ver. Quem leva o filme, na minha opinião, é Joaquin Phoenix e Marion Cotillard também. Mas, Joaquin carrega mais o filme, a meu ver. Talvez o diretor não tenha conseguido explorar mais a história e porisso o filme não ficou muito bom. Sou muito amante do cinema e não poderia dar um regular, pois, como citei acima, gostei da fotografia e do clima de inverno denso e escuro muito bons. Mas é filme que não assistiria novamente, pois tem um clima triste e negativo. Poderia ter sido melhor... Que pena hein...

14/01/2016 - Julio Simi Neto (59 anos)

14/01/2016
Julio Simi Neto (59 anos)

  Ruim
Denunciar
Apesar de bons atores e um empenho na medida de Marion Cotillard, esperava mais desse filme. Enfim, uma obra que faltou sal.

03/09/2016 - Bessa38 (78 anos)

03/09/2016
Bessa38 (78 anos)

  Ruim
Denunciar
Um filme, que peca como dizem nossos amigos, pelo título, nada a ver. Excetuando-se a música, que achei bastante sutil e de acordo com o clima, e a fotografia, que nos passa uma cidade nos moldes de 1920. A história, é banal, já foi contada inúmeras vezes pelo cinema, e o enredo não é bem alinhavado, e fazem deste um filme, que esperamos pelo final logo. Nada a deixar para o futuro, ou para a história do cinema, propriamente dito.

Novo Comentário
Faça seu comentário, mas por favor, siga estas regras:
- Não faça perguntas, faça comentários sobre o filme;
- Não conte o final do filme nem partes importantes para o desfecho (spoiler), mas se necessário marque o texto;
- Seja objetivo e descreva o porquê de sua nota;
- Se você ainda não assistiu ao filme, dê nota "Não vi";
- Não critique outros comentários, apenas faça o seu, sem preconceitos;
- Se você não gosta deste gênero de filme, é melhor não comentar;
- Comentários que descumprirem estas regras, serão excluídos totalmente.

 Agradecemos a colaboração. Bom uso!

O Texto Contém Spoiler? /    
Selecione o texto com "Spoiler" e click aqui.

Nome: Idade:  Nota:


Últimos Visitados

Era Uma Vez em Nova York (The Immigrant)

Copyright © 2021 www.interfilmes.com - Todos os Direitos Reservados. Acesse a Política de Privacidade.