Faces de Uma Mulher

  (Orpheline)

Sinopse


Sandra (Adèle Exarchopoulos) é uma jovem se mudando para Paris, que tem um leve toque para o desastre. Karine (Solène Rigot) é uma adolescente que passa por infinitas sucessões de fugas, homens e percalços, porque qualquer coisa é melhor que sua família. Kiki (Vega Cuzytek) é uma criança que vive uma tragédia após ser pega em um jogo de esconde-esconde. Renée (Adèle Haenel) é uma mulher estabelecida, que pensava estar livre do seu passado. Aos poucos, entendemos que essas quatro mulheres representam diferentes lados da mesma pessoa.

Informações


Título no Brasil Faces de Uma Mulher
Título Original Orpheline
Ano Lançamento
Gênero Drama
País de Origem França
Duração111 minutos
Direção
Estreia no Brasil 25/05/2017
Estúdio/Distrib. Mares Filmes
Idade Indicativa 16 anos

Elenco


... Renée
... Sandra
>> Ver todo o Elenco...

Trailer



Comentários


27/05/2017 - Sérgio Sarmento (63 anos)

27/05/2017
Sérgio Sarmento (63 anos)

  Regular
Denunciar
Assisti NO CINEMA, nesta data, quando do lançamento nacional efetuado na tarde de quinta passado. Olha! Este filme não é ruim. Acontece que estou um pouco decepcionado com o veterano diretor Arnaud Des Pallieres. Assisti seu único filme que chegou aos cinemas no Brasil. Que foi o seu Michael Kohlhaas (2013) e com que efetuei um entusiasmado comentário meu, é claro, para o IF em 07.04.2015. Mas este seu novo, como de resto o anterior, não é convencional. É até muito NÃO convencional, pois seu roteiro mostra uma história de trás para frente. Isto ao meu ver se torna de uma complexidade que o espectador custa para acompanhar os acontecimentos. O diretor "joga" na tela, ao longo do filme, quatro atrizes. Sendo que algumas com quase a mesma idade. Como é o caso das duas Adéle. No geral é um filme que busca uma complexa resposta de uma mulher de sua maturidade até seu final que seria o do nascimento. O filme, confesso, ficou devendo aquele algo mais. Seja na sua estrutura cinematográfica até no acabamento natural das lindas e talentosas atrizes que são expostas ao longo do filme. Por isso e maneira alguma posso dar uma nota maior que regular. E até nisso os critérios do site favorecem ao filme. Pois as estrelas são três. O que está muito bom para um filme capenga como é este Faces de Uma Mulher (2016).

31/05/2017 - Henri (47 anos)

31/05/2017
Henri (47 anos)

  Ótimo
Denunciar
Uma mulher sozinha (Orpheline/Órfã, o título original do filme) com suas situações de dificuldade e opressão feminina, contadas de uma maneira não linear, não convencional, com as extremamente talentosas e belas Adéles. E ainda com uma interpretação magistral de Soléne Rigot.

Novo Comentário
Faça seu comentário, mas por favor, siga estas regras:
- Não faça perguntas, faça comentários sobre o filme;
- Não conte o final do filme nem partes importantes para o desfecho (spoiler), mas se necessário marque o texto;
- Seja objetivo e descreva o porquê de sua nota;
- Se você ainda não assistiu ao filme, dê nota "Não vi";
- Não critique outros comentários, apenas faça o seu, sem preconceitos;
- Se você não gosta deste gênero de filme, é melhor não comentar;
- Comentários que descumprirem estas regras, serão excluídos totalmente.

 Agradecemos a colaboração. Bom uso!

O Texto Contém Spoiler? /    
Selecione o texto com "Spoiler" e click aqui.

Nome: Idade:  Nota:


Últimos Visitados

Faces de Uma Mulher (Orpheline)

Copyright © 2021 www.interfilmes.com - Todos os Direitos Reservados. Acesse a Política de Privacidade.