Retrato de Uma Jovem em Chamas

  (Portrait de la jeune fille en feu / Portrait of a Lady on Fire)

Sinopse


França 1770. Uma pintora é contratada para fazer o retrato de casamento de uma jovem mulher que acabou de deixar o convento. A jovem é uma noiva relutante, e a artista deve retratá-la em segredo, passando a observá-la ao longo do dia para pintá-la durante a noite. Ambas se aproximam ao longo do tempo e compartilham os últimos momentos de liberdade antes do casamento iminente.

Informações


Título no Brasil Retrato de Uma Jovem em Chamas
Título Original Portrait de la jeune fille en feu / Portrait of a Lady on Fire
Ano Lançamento
Gênero Drama / Épico
País de Origem França
Duração122 minutos
Direção
Estreia no Brasil 09/01/2020
Estúdio/Distrib. Supo Mungam Films
Idade Indicativa 14 anos

Elenco


... Marianne
... Héloïse
>> Ver todo o Elenco...

Trilha Sonora


“Portrait de la jeune fille en feu ”(Bande originale du film)
Para One, Arthur Simonini
“Concerto No. 2 for violin in G minor, Op. 8, RV 315, L'Estate ”Composta por Antonio Vivaldi
Interpretada por La Serenissima, Adrian Chandler (director/violin)

Trailer



Comentários


11/01/2020 - Morgana (28 anos)

11/01/2020
Morgana (28 anos)

  Ótimo
Denunciar
Estupendo filme! De uma sensibilidade enorme... Nos envolve gradativamente. Obra prima que todo mundo devia assistir. As atrizes foram impecáveis. Obs.: achei a pintora a cara da Kristen Stewart.

26/02/2020 - Thalys (28 anos)

26/02/2020
Thalys (28 anos)

  Ótimo
Denunciar
Que filme lindo, sensacional, atuação fantástica. Personagens interagiram da melhor forma possível, além de lindas. Cenário lindo, filmografia vislumbrante. Apaixonei por esse filme, realmente uma obra prima. Roteiro ótimo, perfeito, recomendo.

09/04/2020 - Ric (56 anos)

09/04/2020
Ric (56 anos)

  Ótimo
Denunciar
Realmente um filme impecável, muito sensível, super recomendo!

30/05/2020 - Robson (60 anos)

30/05/2020
Robson (60 anos)

  Ótimo
Denunciar
Tudo certo: drama/romance, atrizes/fotografia/trilha sonora.

02/08/2020 - Rodrigo (28 anos)

02/08/2020
Rodrigo (28 anos)

  Ótimo
Denunciar
Acabei de vê-lo no telecine e creio que a definição mais pertinente seja a de "Um pornô lésbico sem pornô"; antes de ser como réprobo sentenciado, permita-me lhes explicar: o filme é incrivelmente potente em exibir a beleza (e força) feminina a cada instante. Há drama, mas sem falas dramáticas. Isso sem contar os incríveis cenários, excelente direção, filmografia e ainda contando com Vivaldi de trilha sonora! Cada detalhe e costume da época é exibido - quando vi aquela moça limpar a faca no vestido, percebi que estava vendo o filme correto. O primeiro homem a aparecer no filme possui aparência suja e degradante quebrando todo o misticismo e feminilidade (quem notou isso?); O quadro, quanto mais avançava o filme, MENOS se parecia com Héloïse. O filme foca tanto e profundamente nas personagens que começamos a sentir que as conhecemos há muito tempo e quanto mais vemos o quadro, mais ridículo e inverossímil nos parece. O fim foi triste e longe de clichês, e mesmo demonstrando certa covardia perante os olhos de alguns, foi preciso muita coragem em suas atitudes.

17/09/2020 - Moises Silva (49 anos)

17/09/2020
Moises Silva (49 anos)

  Ótimo
Denunciar
Olha! Filme apaixonante mesmo! "Retrato de uma Jovem em Chamas", é simplesmente fantástico e envolvente. Profundo, bucólico, outrora melodramático e cheio de sensibilidade. Um belo e notável filme francês, valorizado pelo ótimo roteiro, direção segura, excepcional elenco e primazia de qualidade. Uma pérola do cinema europeu. A fotografia e trilha sonora? Ambas, maravilhosas!

07/10/2020 - Reinaldo' (75 anos)

07/10/2020
Reinaldo' (75 anos)

  Ótimo
Denunciar
Céline Sciamma deve ser fã do gênero, pois os outros dois filmes dela que assisti (Lírios D’Água e Tomboy) versam sobre o mesmo assunto. Este é irretocável (os outros dois são chatinhos), e eu destaco o lirismo da relação entre as duas – um erotismo poético. Radicalmente diferente de ‘Azul É a Cor Mais Quente’, o filme que levou a Palma de Ouro em Cannes (e projetou as duas atrizes no cenário mundial), prova incontestável de que o público (notadamente o masculino) gosta mesmo é de ver pornografia e nada melhor do que um filme ‘artístico’ para livrá-los da pecha de pornógrafos. Minha conclusão: filmes sobre homossexualidade feminina devem ser dirigidos por mulheres; e, talvez, os que tratam de homossexualidade masculina, por homens.

01/11/2020 - Julio Neto (63 anos)

01/11/2020
Julio Neto (63 anos)

  Ruim
Denunciar
Mais um drama francês caprichado. Com atuações marcantes, poucos personagens, diálogos curtos e cenário praticamente único, esse filme consegue prender tendo um final arrebatador ao som de Vivaldi. Com um fotografia exuberante, essa fita merece ser conferida a qualquer hora do dia.

Novo Comentário
Faça seu comentário, mas por favor, siga estas regras:
- Não faça perguntas, faça comentários sobre o filme;
- Não conte o final do filme nem partes importantes para o desfecho (spoiler), mas se necessário marque o texto;
- Seja objetivo e descreva o porquê de sua nota;
- Se você ainda não assistiu ao filme, dê nota "Não vi";
- Não critique outros comentários, apenas faça o seu, sem preconceitos;
- Se você não gosta deste gênero de filme, é melhor não comentar;
- Comentários que descumprirem estas regras, serão excluídos totalmente.

 Agradecemos a colaboração. Bom uso!

O Texto Contém Spoiler? /    
Selecione o texto com "Spoiler" e click aqui.

Nome: Idade:  Nota:


Últimos Visitados

Retrato de Uma Jovem em Chamas (Portrait de la jeune fille en feu / Portrait of a Lady on Fire)

Copyright © 2021 www.interfilmes.com - Todos os Direitos Reservados. Acesse a Política de Privacidade.