Meu Pai

  (The Father)

Sinopse


Anthony tem 81 anos de idade. Ele mora sozinho em seu apartamento em Londres e recusa todos os cuidadores que sua filha, Anne, tenta impor a ele. No entanto, isso se torna uma necessidade maior quando ela resolve se mudar para Paris com um homem que conheceu há pouco, e não poderá estar com o pai todo dia. A partir disso, fatos estranhos começam a acontecer: um desconhecido diz que aquele é o seu apartamento e Anne se contradiz. Nada mais faz sentido na cabeça de Anthony. Estaria ele enlouquecendo, ou seria um plano de sua filha para o tirar de casa?

Informações


Título no Brasil Meu Pai
Título Original The Father
Ano Lançamento
Gênero Drama
País de Origem Reino Unido / França
Duração97 minutos
Direção
Estreia no Brasil 08/04/2021
Estúdio/Distrib. California Filmes

Elenco


... Anne
... Anthony
>> Ver todo o Elenco...

Trilha Sonora


“King Arthur, or The British Worthy (1691) / Act 3 - What Power art thou? ”Composta por Henry Purcell
Interpretada por Andreas Scholl
“Les Pêcheurs de Perles - Je crois entendre encore ”Composta por Georges Bizet
Interpretada por Cyrille Dubois

Trailer



Comentários


31/03/2021 - Nilson Jr. (57 anos)

31/03/2021
Nilson Jr. (57 anos)

  Ótimo
Denunciar
Anthony Hopkins e Olivia Colman dão um show de interpretações, muito sensíveis. Uma abordagem do Alzheimer na visão do doente, a obra nos prende em seus loopings temporais, nos fazendo questionar a realidade o tempo todo junto com seu protagonista. Indicado ao Oscar 2021.

23/04/2021 - Daniel de Medeiros (39 anos)

23/04/2021
Daniel de Medeiros (39 anos)

  Regular
Denunciar
Achei de regular pra bom. A grande sacada do filme é que o telespectador tem a mesma perspectiva do protagonista, que é uma pessoa idosa sofrendo com problemas de memória. Isso é muito interessante. É um filme num ritmo bem lento, mas de muita sensibilidade.

01/05/2021 - Salgueiro (47 anos)

01/05/2021
Salgueiro (47 anos)

  Ótimo
Denunciar
Que Obra-prima cinematográfica. Belíssimo. Atores e atrizes brilhantes. Meu pai que roteiro. Que história. Que fotografia. Música mais original, impossível. O filme Nos faz pensar o quanto a perda da memória é implacável. O quanto tempo é cruel. Agem, ambos, sem nenhum remorso. De doer o nosso espírito. A nossa alma. As lágrimas por si, na reta final do filme, escorriam pelos meus olhos. Anthony Hopkins e Olivia Colman, sem comentários. Consagrados pelas belas histórias e belos filmes. Meu Pai. Esse filme meu marcou. Meu Pai. Recomendo esse filme. Meu Pai.

01/05/2021 - Daryl (38 anos)

01/05/2021
Daryl (38 anos)

  Ruim
Denunciar
Achei o filme bem chato, não via a hora de acabar. Mas a interpretação do Hopkins está esplêndida! Mereceu o Oscar.

02/05/2021 - Rafael (55 anos)

02/05/2021
Rafael (55 anos)

  Ótimo
Denunciar
Oscar 2021 = Anthony Hopkins. (O resto é esquecível. ).

09/05/2021 - Lucas Fera (24 anos)

09/05/2021
Lucas Fera (24 anos)

  Ótimo
Denunciar
Filme que bota o espectador no ponto de vista de uma pessoa com demência; que já não mais consegue distinguir o que é verdadeiro do que não é. Mostrar Spoiler Um idoso com problemas não resolvidos do passado - leia-se sombras - arquiteta uma vida inexistente e quase que esquizofrênica baseado em questões internas manifestadas de forma inquieta. Anthony Hopkins entrega sua melhor atuação até então que até se esquece de si mesmo, como o próprio personagem perante às situações.

12/05/2021 - Sandra (44 anos)

12/05/2021
Sandra (44 anos)

  Regular
Denunciar
Filme muito monótono, mas que me deixou curiosa Mostrar Spoiler para saber se ele estava sendo vítima ou se realmente era esquecimento. Muito triste a pessoa que passa por esta situação. Achei que ficaram algumas brechas na história

23/05/2021 - Prpdamiao (74 anos)

23/05/2021
Prpdamiao (74 anos)

  Ótimo
Denunciar
O roteiro do diretor Florian Zeller e Christopher Hampton, baseado em uma peça de Zeller, premiado com o Oscar, é simplesmente primoroso. Acompanhamos, com um nó na garganta, os pontos de vista de alguém acometido de Alzheimer. Maravilhosa a ideia do relógio sempre presente a mostrar a passagem inexorável do tempo em nossas vidas. Um filme magnífico, protagonizado por um extraordinário Anthony Hopkins, talvez, o que não é pouco ( basta lembrar O Silêncio dos Inocentes, Vestígios do Dia, Nixon ), em seu melhor trabalho. E Olivia Colman? Que atrizaça. Só os olhares de Colman valem o filme. Hopkins ganhou o merecido Oscar de Ator, Olivia merecia ganhar o seu, de melhor atriz coadjuvante.

14/10/2021 - Otávio (40 anos)

14/10/2021
Otávio (40 anos)

  Bom
Denunciar
Filme muito parado, mas envolvente quando você mergulha na história, mostrando o lado de uma pessoa que luta e sofre de Alzheimer.

Novo Comentário
Faça seu comentário, mas por favor, siga estas regras:
- Não faça perguntas, faça comentários sobre o filme;
- Não conte o final do filme nem partes importantes para o desfecho (spoiler), mas se necessário marque o texto;
- Seja objetivo e descreva o porquê de sua nota;
- Se você ainda não assistiu ao filme, dê nota "Não vi";
- Não critique outros comentários, apenas faça o seu, sem preconceitos;
- Se você não gosta deste gênero de filme, é melhor não comentar;
- Comentários que descumprirem estas regras, serão excluídos totalmente.

 Agradecemos a colaboração. Bom uso!

O Texto Contém Spoiler? /    
Selecione o texto com "Spoiler" e click aqui.

Nome: Idade:  Nota:


Últimos Visitados

Meu Pai (The Father)

Copyright © 2021 www.interfilmes.com - Todos os Direitos Reservados. Acesse a Política de Privacidade.