2001, Uma Odisseia no Espaço

  (2001: A Space Odyssey / Journey Beyond the Stars)

Sinopse


Uma Odisséia no Espaço é uma contagem regressiva para o futuro, o mapa para o destino da humanidade, uma indagação para o infinito. Ele é fascinante, vencedor do Oscar® de Melhores Efeitos Especiais (1968), mostra o drama entre a máquina e o homem envolto em música e movimento, um trabalho tão influente que Steven Spielberg o comparou com o Big Bang dos produtores de sua geração. Talvez seja o maior trabalho do diretor Stanley Kubric (que escreveu o roteiro junto com Arthur C. Clarke) que ainda inspira e fascina inúmeras gerações. Para começar sua viagem pelo futuro, Kubric visita nosso passado ancestral, então salta milênios (em um dos maiores cortes já concebidos) para o espaço colonizado onde o astronauta Bowman (Keir Dullea) entra realmente no universo, talvez até mesmo para a imortalidade. Abra a porta HAL. Deixe o medo e o mistério da aventura invadir você.

Informações


Título no Brasil 2001, Uma Odisseia no Espaço
Título Original 2001: A Space Odyssey / Journey Beyond the Stars
Ano Lançamento
Gênero Aventura / Ficção
País de Origem Reino Unido / EUA
Duração149 minutos
Direção
Estúdio/Distrib. Warner Home
Idade Indicativa Livre

Elenco


... Dr. Dave Bowman
... Dr. Frank Poole
>> Ver todo o Elenco...

Trilha Sonora


“Gayane Ballet Suite -- Gayane's Adagio ”(1941-2)
Música de Aram Khachaturyan
Interpretada por Leningrad Philharmonic Orchestra (como the Leningrad Philharmonic Orchestra)
Conductor Gennadi Rozhdestvensky
Courtesy Deutsche Grammophon
“Atmospheres ”(1961)
Música de György Ligeti
Interpretada por Southwest German Radio Orchestra (como the Southwest German Radio Orchestra)
Conductor Ernest Bour
>> Ver toda a Trilha Sonora...

Trailer



Comentários


22/08/2007 - Rafael Lemos

22/08/2007
Rafael Lemos

1
  Ruim
Denunciar
Tem gente que valoriza demais o Kubrick, eu o acho um diretor bastante comum e limitado. De seus filmes, somente "De olhos bem fechados" vale realmente a pena. Este filme tem cenas bonitas, o espaço está muito bem filmado, assim como as naves. A música se encaixa perfeitamente, e tem também uma viagem interplanetária quando o PC da nave está com defeito que mais parece uma viagem de LSD - propositalmente, claro. Por todas essas inovações, ele não recebe minha pior nota aqui. Porem, só isso que se salva; o filme é longo demais, se tornando cansativo. Sua história é bastante pobre, nenhum ator faz bem o seu papel.

25/09/2007 - Ryckardo

25/09/2007
Ryckardo

2
  Péssimo
Denunciar
Não achei nada de bom nesse filme, um filme extremamente comum, muito ruim, além do que eu odeio ficção cientifica, quando eu assisti pensei que era um filme e na realidade, é um documentário...

02/10/2007 - Cezar

02/10/2007
Cezar

3
  Ótimo
Denunciar
Como cada filme de Stanley Kubrick é único, este também. Da história às músicas, tudo é muito bem amarrado. Um filme pra pensar e dar o que falar. Quase 40 anos depois continua atual. As questões que levanta são pertinentes. Não é um filme fácil, requer atenção e um pouco de disponibilidade para apreciar e tirar proveito.

18/01/2008 - Alexandre Mello

18/01/2008
Alexandre Mello

4
  Ótimo
Denunciar
Este filme é extraordinário! Merece ser visto e revisto sempre, sempre. Aula de cinema, roteiro, fotografia, enquadramento e relação com a filosofia. Belíssimo!

28/02/2008 - Ana Paula

28/02/2008
Ana Paula

5
  Regular
Denunciar
Bom é um filme que todos tem de assistir uma vez pelo menos... Pra conhecer... Afinal... É um clássico e é do gênio Stanley Kubrick... Mas deve ser levado alguns pontos em questões... Primeiro... Esse tipo de filme não visa agradar o publico... E sim mostrar um ponto de vista... Que na minha opinião foi mostrado de forma brilhante... Embora um pouco cansativo... Afinal ficar minutos vendo uma tela preta... Ou uma nave boiando no espaço é bem cansativo... Mas a mensagem que ele passa... Da evolução do ser e coisas assim... É muito boa... Fora que é um dos primeiros... Se não o primeiro filme que mostra a maquina se rebelando contra o homem... Um ponto muito abordado em filmes de grande sucesso como matrix e etc... Deve ser levado em consideração também... A época em que o filme foi feito... Hoje é fácil falar "afe isso ganho melhor efeito especial?" mas pra época... É brilhante... Só um gênio como o Kubrick mesmo para faze-lo.

26/03/2008 - Newton Teixeira de Souza

26/03/2008
Newton Teixeira de Souza

6
  Bom
Denunciar
Este filme eu o assisti cerca de 2 a 3 anos após seu lançamento quando o mesmo voltou à tela, em São Paulo. É filme que realmente entretém o telespectador. É atraente pelas valsas de Johann Sebastian Bach sincronizadas bem nas passagens da película e dando às pessoas um estado de alívio; liberdade ao Homem, constatando que há possibilidade futura de viajarmos pelo espaço afora, bem distante, além de ter mostrado as idéias de Darwin quanto à nossa possível origem antes de atingirmos o atual estado de ser humano (o que não me convence tal teoria). Prefiro dizer que foram os macacos que nos imitaram na época quando ocupávamos o mesmo espaço...

04/07/2008 - Caio

04/07/2008
Caio

7
  Regular
Denunciar
Não é tudo que dizem, mas é um filme regular. É uma mistura de música e imagens com uma sintonia perfeita.

06/07/2008 - Rômulo Marques

06/07/2008
Rômulo Marques

8
  Ótimo
Denunciar
Como já foi dito por Spielberg, esse filme é o big bang! É inegável a ótica e as previsões que se concretizaram nesse filme, que foi feito 1 ano ANTES do Homem pousar na lua. Já o vi umas dezenas de vezes, desde 76, e levei vários anos para entendê-lo. Nem sei se o autor queria que entendêssemos ou se queria, como os monólitos do filme, só estimular nossa inteligência para o que foge do trivial. ESTUPENDO. Já li o livro outras tantas vezes e vou passar meu VHS para DVD para tê-lo p sempre! OBRA PRIMA.

03/09/2008 - Fulano da Silva

03/09/2008
Fulano da Silva

9
  Ótimo
Denunciar
Gosto desse filme por sua visão ousada do futuro: kubrick não se resumiu a mostrar um futuro cheio de tecnologias mirabolantes, com na maioria dos filmes de ficção cientifica, mas foi além disso e mostrou um futuro no qual nos não precisaremos mais delas.

12/09/2008 - Danieljr

12/09/2008
Danieljr

10
  Ótimo
Denunciar
Filme ótimo, até hoje não se sabe como o diretor conseguiu fazer tais efeitos especiais naquela época! Só critica esse filme quem não tem uma visão ampla o mesmo! Gostei muito interessante! Nota 11.

06/10/2008 - Cassilda

06/10/2008
Cassilda

11
  Não vi
Denunciar
Uma odisséia no espaço sem ver já achei chato.

17/10/2008 - Paulp

17/10/2008
Paulp

12
  Ótimo
Denunciar
Quem acha esse filme péssimo, ruim ou coisa parecida é porque tem na sua cabeça, meio (0,5) neurônio, e mesmo assim com problemas. O filme é para quem admira o bom cinema e gosta de pensar.

10/11/2008 - Tanto Faz

10/11/2008
Tanto Faz

13
  Ótimo
Denunciar
Para resumir: o melhor de sci-fi. Esse foi um filme que nunca me saiu da memória pelo choque tive ao vê-lo - ainda posso fechar os olhos e ouvir a respiração do astronauta caindo no espaço infinito. Sou novo, em meio de tantos filmes recheados de super-efeitos especiais supérfluos, o de Kubrick me marcou profundamente pela história e como os fatos são contados, o campo infinito de interpretação que o diretor nos dá, assim como nos filmes de Lynch. Enfim, ver esse filme é um momento de paz e reflexão, longe de ser cansativo. Tenho-o no meu computador... E espero nunca me separar dele.

15/11/2008 - Sérgio

15/11/2008
Sérgio

14
  Ótimo
Denunciar
Todo filme é produto de um contexto e uma época. Esse filme é ótimo, foi revolucionário e inovador. Depois dele veio muita coisa em matéria de ficção e os mais jovens devem levar isso em consideração. E quem perde tempo escrevendo aqui que não gosta de ficção científica, tenha dó né? O que está fazendo aqui?

21/11/2008 - SuperNerd

21/11/2008
SuperNerd

15
  Ruim
Denunciar
O filme passa a ser complicado do meio para o final, alais um final surrealista, bastante confuso. Mas apesar disso tem uma excelente fotografia, além de gerar um clima de suspense no espectador, mais o desfecho poderia ser bem mais elaborado. Às vezes concluir um roteiro dando margens a várias interpretações pode trazer uma perda de encantamento do filme sobre que assiste.

26/01/2009 - Paulo Muller

26/01/2009
Paulo Muller

16
  Ótimo
Denunciar
Sobre tudo, acho que o filme, nos traz uma reflexão sobre o tempo, e a sua realidade (relativa). Nossa existência e sua finalidade, o propósito de estarmos vivos. Remete-nos a uma realidade que não nos é conhecida e deixa-nos perplexos diante de tanta grandeza e diversidade do universo.

23/02/2009 - Adriana

23/02/2009
Adriana

17
  Ótimo
Denunciar
Este filme e um espetaculo de ficção científica! E maravilhoso.

28/02/2009 - Meire

28/02/2009
Meire

18
  Ótimo
Denunciar
Este realmente é um filme magnífico. Muito rico e a trilha sonora é sem comentários. É espantoso imaginar a mente de um cara que consegue imaginar algo dessa grandeza, com essa qualidade. É sem sombra de duvidas um filme que fica na memória, e quem assiste deveria pensar melhor no que é uma história dessa, se não gosta vai assistir novelinha das 17:00h. O filme é complexo, mas não que seja de difícil entendimento, ele é encantador, despertador, fascinante. Todos que fizeram parte desta obra estão de parabéns. Para aqueles que dizem não gostar, eu realmente recomendo que meditem um pouco na sua existência e no que é o mundo em que vivem.

31/03/2009 - Adriano

31/03/2009
Adriano

19
  Ótimo
Denunciar
Sim... Brilhante! Por que? Simples: A qualidade do tema, fotografia, sincronismo, efeitos especiais revolucionários (lembre-se o filme é de 1968), trilha sonora perfeita, direção, produção, maquiagem e além disso um roteiro intrigante e de profundo cunho filosófico, inteligência artificial, seres extraterrestres (sem mostrar um sequer),evolução humana, e toda a visão futurista característica do filme. Com certeza esqueci algo:a revolução da máquina e o respeito pelas leis da física O final é ímpar. O que significa? O homem descobre que o monólito foi o alvorecer de sua inteligência esta estimulada pelos monólitos. É "convidado" a conhecer esses seres sem corpo nem rosto. Qual o melhor ambiente para receber um terráqueo? Algo familiar, certo? Bem, essa é a estratégia! O astronauta é levado a um ambiente familiar (quarto de hotel) e é conduzido à morte (natural para um mortal) e ao renascimento. O feto é a vida. Ao olhar para a terra dá-nos a impressão de que ela é muito jovem comparada com a outra civilização. Somos um bebê ainda! Stevan Spilberg tem razão: 2001-UMA ODIOSÉIA NO ESPAÇO É O BIG BANG DOS FILMES DO GÊNERO.

03/04/2009 - Rafaelle

03/04/2009
Rafaelle

20
  Bom
Denunciar
Muito interessante estou fazendo um trabalho sobre esse filme.

27/04/2009 - Fabio (36 anos)

27/04/2009
Fabio (36 anos)

21
  Ótimo
Denunciar
Maravilhoso! Esse filme retrata a ficção de uma forma diferente em sua postura. Existem grandes cenas, poucos diálogos e uma qualidade cinematográfica esplêndida. As vezes parece uma fábula de tão puro e intrigante que o mesmo nos passa. Clássico sem dúvida não percam esse filme e não assistam uma ou duas vezes em períodos de espaço vejam muitas vezes.

02/06/2009 - André (16 anos)

02/06/2009
André (16 anos)

22
  Ótimo
Denunciar
Obra-prima! Genial!

13/06/2009 - Lucas Marasca (15 anos)

13/06/2009
Lucas Marasca (15 anos)

23
  Ótimo
Denunciar
Um espetáculo visual.

15/07/2009 - Luiz Carlos (38 anos)

15/07/2009
Luiz Carlos (38 anos)

24
  Ótimo
Denunciar
Eu vi esse filme quando tinha uns 13anos, gostei na época e ainda gosto muito dele, genial, espetacular.

19/07/2009 - Rodrigo (19 anos)

19/07/2009
Rodrigo (19 anos)

25
  Péssimo
Denunciar
Eu sempre adorei filmes de ficção científica e de clássicos... Porém este clássico de ficção científica é um filme muito ruim! Eu não gostei porque o filme é muita enrolação à toa. Pode ser que em 1968 tenha sido um bom filme porque os efeitos especiais são bons pra época, mas o filme enrola o tempo inteiro! Por isso ele é tão comprido e chato!

30/07/2009 - Celso (54 anos)

30/07/2009
Celso (54 anos)

26
  Péssimo
Denunciar
Achei um filme sem pé nem cabeça... Além de chato e final sem graça!

10/08/2009 - Soriano (50 anos)

10/08/2009
Soriano (50 anos)

27
  Ótimo
Denunciar
O filme pode ser visto por muitos, mas seu conteúdo é para poucos. Com esforço dá até para entender; com maturidade dá para interpretar. Nota 11.

25/08/2009 - Beatriz (11 anos)

25/08/2009
Beatriz (11 anos)

28
  Ótimo
Denunciar
Esse filme é muito legal, com esse filme podemos saber coisas do passa do é ótimo.

12/09/2009 - Augusto (15 anos)

12/09/2009
Augusto (15 anos)

29
  Ótimo
Denunciar
Perfeito. Um dos melhores filmes de todos os tempos. Fantástico. Dele se pode tirar inúmeras interpretações distintas. Está longe de ser só enganação, é um filme inteligentíssimo, complexo, e principalmente um espetáculo para os olhos e ouvidos. O final é brilhante, psicodélico, fantasioso, mágico. A cena do bebê - estrela é simplesmente ma-ra-vi-lho-sa.

06/10/2009 - Fx (21 anos)

06/10/2009
Fx (21 anos)

30
  Ótimo
Denunciar
Stanley Kubric realmente ultrapassou os limites da ficção com este filme. Caprichou tanto na filmagem em todos os aspectos que este filme não quis ser o melhor filme de ficção. Este quis ser algo mais... Surreal, emblemático, misterioso, arte afinal. A cena dos macacos e do HAL9000 certamente são profundamente marcantes, bem-feitos e originais. Um filme que é imune a comparações com outros filmes de ficção.

11/10/2009 - André (27 anos)

11/10/2009
André (27 anos)

31
  Ótimo
Denunciar
Simplesmente não encontrei palavras para descrever. Este filme mexe com sentimentos profundos do ser humano. Certamente nem o próprio diretor imaginaria conseguir tal feito.

13/10/2009 - Hermes Iom (12 anos)

13/10/2009
Hermes Iom (12 anos)

32
  Ótimo
Denunciar
Este filme é o melhor filme de ficção.

20/11/2009 - Hermes Iom D. N. Jorge (12 anos)

20/11/2009
Hermes Iom D. N. Jorge (12 anos)

33
  Ótimo
Denunciar
O melhor filme de todos os tempos.

14/01/2010 - Caio César (18 anos)

14/01/2010
Caio César (18 anos)

34
  Regular
Denunciar
2001: uma odisséia no espaço não é um filme maravilhoso. Tem sim sua beleza, mas não em relação a história, é um filme cansativo, mas cansativo mesmo, mas vale a pena assistir.

01/02/2010 - Gilberto (65 anos)

01/02/2010
Gilberto (65 anos)

35
  Ótimo
Denunciar
Este filme, um dos maiores clássicos do cinema, sem dúvida é um filme cansativo e monótono, para quem não está preparado para algo sublime, e eterno. Deve ser assistido no cinema em tela grande, sem pressa, com deleite, pois filmes como este, não costumam mais ser produzidos. Uma obra de arte...

03/02/2010 - Blade (32 anos)

03/02/2010
Blade (32 anos)

36
  Ótimo
Denunciar
Com certeza quem assistiu este filme na televisão vai acha-lo monótono e cansativo, pois é sempre exibido com cortes e cópia toda apagada. Sugiro assistir a versão em DVD remasterizada. Assim dá pra ver o quanto este filme é grandioso, uma verdadeira obra de arte que nos faz refletir e pensar que é o verdadeiro sentido da arte cinematográfica. Mais que excelente. Uma obra prima.

25/02/2010 - Matias (41 anos)

25/02/2010
Matias (41 anos)

37
  Ótimo
Denunciar
É a história do homem através do tempo. A cena do homem macaco e o homem moderno quando ambos se deparam com o "monólito" é fantástica. Milhões de anos de evolução não separou o comportamento humano frente ao desconhecido. Para aqueles que não acreditam que o homem foi à lua, dizem que as cenas que vemos foi obra do Kubrick. Assim falou Zarathusta!

08/03/2010 - Gabriel Jaguaribe (16 anos)

08/03/2010
Gabriel Jaguaribe (16 anos)

38
  Ótimo
Denunciar
Quem dá menos de ótimo pra esse filme é aquele povo que cultua blockbusters americanos e não sabem o que é a cultura cinematográfica. O auge da carreira de Kubrick, a melhor ficção científica de todos os tempos. Realmente quem tem QI baixo não vai gostar. Um dos melhores filmes de todos os tempos.

09/03/2010 - Benatti (43 anos)

09/03/2010
Benatti (43 anos)

39
  Ótimo
Denunciar
Era tão pequeno quando minha mãe me levou ao cinema para assistir esse filme, mesmo sem entender muita coisa adorei o filme, como sabemos sem diálogos quase más um espetáculo do começo ao fim, tomei o maior susto da minha vida em certo momento desse filme, sabem qual é... Pois é, Hal 9000 e Proteus VI modelaram meu gosto por filmes!

02/04/2010 - Demétrius Siqueira (23 anos)

02/04/2010
Demétrius Siqueira (23 anos)

40
  Ótimo
Denunciar
Um dos melhores filmes de ficção científica que já assisti.

03/04/2010 - Eli Fernandes de Souza (43 anos)

03/04/2010
Eli Fernandes de Souza (43 anos)

41
  Ótimo
Denunciar
Até agora, incomparável no gênero...

20/04/2010 - Gilmar (21 anos)

20/04/2010
Gilmar (21 anos)

42
  Ótimo
Denunciar
É um filme que mostra a realidade da mudança do homem através do tempo. Os tempos do homem macaco ficaria para trás, e ex que surge um novo homem. O homem moderno com muitas maquinas e equipamentos que podem alcançar a lua. Com diferentes tipos de armamentos que foram capazes de chegar a lua. É mais uma prova de que o homem consegui todos os seus objetivos basta força de vontade e muita tecnologia, estar sempre em busca...

13/05/2010 - Joca (14 anos)

13/05/2010
Joca (14 anos)

43
  Péssimo
Denunciar
Esse filme é uma porcaria. Ele tem 139 minutos e apenas 20 deles são de diálogo! Como é que alguém pode gostar desse filme? Caramba!

23/06/2010 - João (19 anos)

23/06/2010
João (19 anos)

44
  Ótimo
Denunciar
Realmente tenho que concordar com alguns comentários, é realmente um filme que o telespectador comum de cinema não entende. Eu explico. Um monólito negro - que pode ser interpretado como um instrumento de uma forma de vida extraterrestre ou uma própria forma de vida em si - monitora os estágios da evolução humana, desde os primórdios da humanidade até os dias atuais, desde primata a explorador do espaço. Um monólito é encontrado na lua no ano de 1999 transmitindo sinais diretamente para Júpiter, e para la é mandado a nave espacial Discovery no ano de 2001, a missão que levava cientistas até la toma um rumo inesperado quando o computador da nave HAL 9000 sofre um defeito lógico e começa a eliminar a tripulação, o piloto e único sobrevivente Bowman consegue levar a nave ao planeta, entrando em contato com um monólito - quando ocorre todo aquele jogo de cores - um contato com uma forma de vida extraterrestre, que ao se unir a ela vemos claramente os estágios principais do filme, a morte, a vida, e o nascimento. Estas questões são melhor explicadas na continuação 2010 - O ano em que faremos contato, embora não esclareça uma razão filosófica para a origem da humanidade. Um filme que tem um tema realmente complicado. Para alguns trechos do meu comentário utilizei como fonte o livro ¨1001 filmes para ver antes de morrer¨ pela critica Angela Errigo. O filme realmente cai na monotonia em algumas partes, mas é ai que percebemos todos os detalhes que o filme apresenta, tanto nas miniaturas de naves espaciais, nos grandes cenários, no jogo de cores, e maquiagem. O decepcionante foi ver como o gênero ficção continuou em baixa mesmo após o lançamento do filme, que só viria a crescer 9 anos depois, quando outro incrível clássico do gênero, produzido com razoáveis 11 milhões, e rendera 460 milhões em todo mundo, despertaria o interesse dos estúdios em produzir mais filmes do gênero, proporcionando um ¨estouro¨ de filmes do gênero nos anos 1980, me refiro ao clássico de aventura e ficção STAR WARS - EP 4. Stanley Kubrick é realmente um gênio do cinema como diretor, produtor e roteirista. Nota: 10,0.

05/07/2010 - Adeilza Gomes (44 anos)

05/07/2010
Adeilza Gomes (44 anos)

45
  Ótimo
Denunciar
Considerando a magnitude da arte cinematográfica do filme, sinto que não há número que traduza a vivência estética que ele proporciona ao espectador. Ele é um objeto artístico/estético que o torna tão atual e contemporâneo enigmático e provocador de múltiplas leituras e questões.

24/08/2010 - Gilberto (51 anos)

24/08/2010
Gilberto (51 anos)

46
  Ótimo
Denunciar
Este filme foi terminado em 1969. Dizem que Stanley Kubrick participou da farsa da ida do homem para a lua... Foi filmado em 70 mm. Já assisti na década de 70 no cinema, depois em VHS e em DVD. A remasterização para Blu-ray está simplesmente fantástica! Poucos filmes filmados hoje em dia tem esta qualidade de imagem. Obrigatório!

24/10/2010 - Cleiton (17 anos)

24/10/2010
Cleiton (17 anos)

47
  Ótimo
Denunciar
Bom esse filme é um bom filme com algumas conclusões já feitas podemos entender ele e assistindo ele as nossas conclusões ficam ainda mais certa e boa. Vale a pena assistir ele e estudar ele como eu estou estudando ele na matéria de física na escola.

25/10/2010 - Thays (14 anos)

25/10/2010
Thays (14 anos)

48
  Ótimo
Denunciar
Gostei muito.

22/11/2010 - Ricardo (40 anos)

22/11/2010
Ricardo (40 anos)

49
  Ótimo
Denunciar
O filme não é pra qualquer cidadão assistir... Mas o interessante é que a visão do diretor sobre o futuro é muito inteligente. A arte da película é perfeita... Recomendo assistir em alta definição... O final é totalmente viajante... Mas a obra em si é espetacular.

01/12/2010 - Allan (15 anos)

01/12/2010
Allan (15 anos)

50
  Ruim
Denunciar
É ruim não tem nada a ver filme o filme tem cultura, mas não faz sentido.

15/02/2011 - Maria Silveira Borges (43 anos)

15/02/2011
Maria Silveira Borges (43 anos)

51
  Bom
Denunciar
O filme é pra quem estuda. É sim muito interessante.

15/03/2011 - Kaue (22 anos)

15/03/2011
Kaue (22 anos)

52
  Péssimo
Denunciar
Não curti. Assisti até o final. Mas é brega do início ao fim. Talvez na época tenha feito sucesso pelos efeitos especiais (que visto de hoje é podre né, pior que amador) e o roteiro nada a ver muito confuso.

16/03/2011 - Larissa (19 anos)

16/03/2011
Larissa (19 anos)

53
  Péssimo
Denunciar
Eu vi o filme até o final e não gostei muito não, é meio parado meio sem graça, pode até ter ganhado o oscar, mas não gostei não!

20/03/2011 - Deborah (35 anos)

20/03/2011
Deborah (35 anos)

54
  Ótimo
Denunciar
Um dos poucos filmes que utilizam pouco diálogo e dizem mais do que muitos cheios de "falas". As cenas por si só explicam. A cena dos homens pré-históricos é demais: é como se fosse A Guerra do Fogo" numa versão light para menores... Stanley já fez seu nome a partir desse filme tão legal... Para o pessoal que não gostou recomendo assistir mais uma vez: eu também achei estranho quando assisti pela primeira vez.

23/04/2011 - Elvira Akchourin Nascimen (56 anos)

23/04/2011
Elvira Akchourin Nascimen (56 anos)

55
  Ótimo
Denunciar
Vi o filme, após ler o livro, e notei qualidades em ambos. A fotografia é marcante, a trilha sonora, inesquecível (com destaque para "Assim falou Zaratustra", de Richard Strauss), os efeitos especiais muito bem utilizados: desde o osso atirado ao ar pelos homens das cavernas até as imagens futurísticas. Um delicioso mergulho no futuro da humanidade.

21/06/2011 - Teodoro (36 anos)

21/06/2011
Teodoro (36 anos)

56
  Ruim
Denunciar
Me decepcionei levei 36 anos para assisti-lo e me arrependi, pois o filme é lento e confuso tem pouquíssimas falas os efeitos são péssimos e aqueles macacos me irritaram muito se quiser ver macaco gritando vou no zoológico sou fã e de jornada nas estrelas e star war esses sim merecem títulos principalmente jornada nas estrelas aquela fala na abertura emociona e intriga o título teria que ser e 2001 uma odisseia muito brega e lenta.

12/09/2011 - David Matos (19 anos)

12/09/2011
David Matos (19 anos)

57
  Ótimo
Denunciar
Ainda lembro-me desse belo filme quando eu assistir pela primeira vez ^^ ótimo. .

22/10/2011 - Istefanni (15 anos)

22/10/2011
Istefanni (15 anos)

58
  Ruim
Denunciar
Uma porcaria assisti na escola que coisa ridícula e aqueles macacos então nada vê!

30/10/2011 - O Cara ! (23 anos)

30/10/2011
O Cara ! (23 anos)

59
  Péssimo
Denunciar
Que que isso, ainda tem gente que tem coragem de chamar isso de obra prima, um filme totalmente fácil de ser entendido, um filme obvio que qualquer criança de 10 anos entende. Muito fraquinho, além de não surpreender em nada, é apenas um filme totalmente patético e fácil de ser sacado. Logo no começo eu já tinha entendido esse filme, bizarro isso. !

08/12/2011 - Bruno (15 anos)

08/12/2011
Bruno (15 anos)

60
  Péssimo
Denunciar
Filme sem sentido, confuso e entediante. Talvez na época tenha sido como uma revolução, mas no mundo atual é um filme que não gera muito impacto nas pessoas. Péssimo filme, não recomendo.

03/01/2012 - Eder Domingos (40 anos)

03/01/2012
Eder Domingos (40 anos)

61
  Bom
Denunciar
Confesso que não entendi o filme em sua totalidade, mas depois de visitar alguns blogs sobre cinema clássico e me informar sobre o momento em que o filme foi produzido, sobre os autores do roteiro e seus pensamentos fiquei mais inteirado do filme, mais ainda sim preciso vê-lo novamente, é bem estimulante e intrigante pelo que pude perceber dá margem pra muita resenha! Considerei como um bom filme, após vê-lo novamente possa até mudar minha avaliação.

26/01/2012 - Julio Neto (50 anos)

26/01/2012
Julio Neto (50 anos)

62
  Ótimo
Denunciar
Pobres jovens de hoje que não entenderam nada sobre esse clássico de Kubrick. Um filme genial lançado nos anos 60 que além da ótima produção, mostrou ao publico daquela época que o computador seria no seculo XXI o comandante e o usuário o seu escravo.

13/04/2012 - Thaís (34 anos)

13/04/2012
Thaís (34 anos)

63
  Péssimo
Denunciar
É muito fácil compreender esse filme, então é realmente patético ver os "intelectualóides de plantão" dizendo que quem não gosta é porque não entendeu. Quem não gosta, não gosta porque o filme é muito cansativo, muito chato! Muitos conseguiriam passar a mesma mensagem em um filme mais dinâmico, mais interessante. Colocam esse filme num pedestal por nada! Filme chato, cansativo, sacal!

23/04/2012 - Ralph (38 anos)

23/04/2012
Ralph (38 anos)

64
  Péssimo
Denunciar
É um filme que ficou psicodélico, sem pé nem cabeça, é preciso ler o livro 2001 do Arthur C. Clark, que foi escrito simultaneamente, esclarecendo vários pontos, os monólitos, as naves de diversos países, munidas com armas nucleares (ninguém sabe disso a não ser se leu o livro), enfim o filme é palha para se comprar o livro, na minha opinião.

01/05/2012 - Maestro (38 anos)

01/05/2012
Maestro (38 anos)

65
  Ótimo
Denunciar
Perfeição e Insanidade típicos dos filmes de Stanley Kubrick.

02/05/2012 - Bruno Redfield (18 anos)

02/05/2012
Bruno Redfield (18 anos)

66
  Bom
Denunciar
Assisti ele recentemente, como fã do Kubrick ainda acredito que sua obra mais fantástica é Nascido Para Matar, por ser tão atual e por relatar uma realidade em que ainda vivemos. Mais tive minha experiência assistindo pela primeira vez este filme, discordo de quem disse que os efeitos especiais estavam desgastados eu ainda me impressionei com muitas coisas, principalmente, todo o contexto da fotografia, belíssima, o contraste de cores, realmente não é um filme pra "massa" é muito filosófico, mas pelo que compreendi ele retrata toda a evolução da humanidade, desde da aurora até a modernidade futurística em que estamos em início, a metáfora da placa preta que significava o fim do tempo, para o renascimento de uma nova era, composta de uma humanidade mais evoluída, misturada a toda a realidade reproduzida impecavelmente, como exemplo o espaço não ter barulho o que de fato é uma verdade. Fazem deste filme uma obra a se pensar.

07/06/2012 - Felipe Angiolucci (20 anos)

07/06/2012
Felipe Angiolucci (20 anos)

67
  Ótimo
Denunciar
O filme é lento e cansativo, muito parado, ainda mais pra nossa época em que tudo é muito mais dinâmico. Porém o filme é sensacional, pois ele não nos da algo mastigado e pronto pra ser compreendido, ele é como um livro em branco, só com imagens onde cada um, com sua maneira de ver o mundo, da uma interpretação. Assistam!

13/06/2012 - Cri-Crítico (44 anos)

13/06/2012
Cri-Crítico (44 anos)

68
  Péssimo
Denunciar
É incrível: Certos filmes são tão aclamados, elogiados, elevados a categoria de clássicos imperdíveis e quando você vai conferir... Que tristeza... É o caso desta mais uma porcaria de Kubrick. Pense em um filme chato; agora multiplique por cem; adicione nonsense e surrealismo em doses cavalares e pronto: Tens a descrição do 'grande clássico da sci-fi'. Quase sem diálogos, quase sem ação, tudo muito 'paradão', monótono, chato (cenas de naves boiando no espaço sideral que duram longos minutos, isso sem falar nas telas pretas por irritantes minutos) e o que é pior: roteiro sem pé nem cabeça, daqueles que você sai do cinema sem entender bulufas e outros espectadores sem entender patavinas. Recomendo apenas para quem sofre de insônia:Depois de dez minutos já se está dormindo, com certeza. Esse Kubrick era usuário de drogas? (se o era eu não sei, mas que fez um monte delas com certeza) Nota 2,1.

04/07/2012 - Manxa (58 anos)

04/07/2012
Manxa (58 anos)

69
  Ótimo
Denunciar
Fenomenal! É como se fizéssemos (literalmente) junto com kubrick, uma viagem pelo espaço. Fotografia primorosa. Antecipa, no final dos anos 60, várias tecnologias que fomos descobrir somente a partir dos anos 90/2000. Uma obra prima em todos os sentidos (a trilha sonora já ficou para a história). Stanley kubrick foi e, sempre será, um gênio.

23/07/2012 - Vinícius (13 anos)

23/07/2012
Vinícius (13 anos)

70
  Ótimo
Denunciar
Simplesmente genial! Esse filme é tão profundo, tão incrível, a cena inicial dos macacos é brilhante, Kubrick é um dos maiores diretores da história do cinema com toda a certeza! Filme maravilhoso!

11/08/2012 - Alexandre (43 anos)

11/08/2012
Alexandre (43 anos)

71
  Péssimo
Denunciar
Caramba, que porcaria de filme, o diretor que fez essa droga devia estar muito maconhado, maconha pura! Doido doido e chato pacas.

02/09/2012 - Carlos (25 anos)

02/09/2012
Carlos (25 anos)

72
  Ótimo
Denunciar
Engraçado, o melhor filme desse diretor, o único que presta na verdade, porque esse apesar de cenas enroladas que o diretor gosta de fazer pra parecer poético, este tem mais história que os outros filmes dele, este tem história e apesar de roubar um pouco de metrópoles, ele criou tremenda originalidade, não há nenhum filme de ficção científica que não roube ideias desse, ou de metrópoles, ou de alien, ou do mais atual Donnie Darko. Entendo que certas pessoas não gostem por ser arrastado e difícil compreensão, mas não entendo porque dizer que este é inferior a outros filmes desse diretor. Mesmo sem entender algumas coisas, eu gosto muito desse filme. Aliás, é engraçado porque tem coisas que parecem não ter sentido, mas tem, só é difícil de entender, diferente de outros filmes de kubrick que não tem nada para entender pelo menos eu acho. E neste kubrick mostrou que não precisa de mulher pelada toda hora como foi o caso de laranja mecânica, não é apelação que faz um filme, e sim uma boa história e uma boa direção que saiba conduzi-la.

23/09/2012 - Roberto (44 anos)

23/09/2012
Roberto (44 anos)

73
  Ótimo
Denunciar
Um filme que foi e será sempre emblemático, por nos fazer pensar. Os efeitos especiais de naves e da viagem do protagonista pelo espaço e pelo tempo, acima da velocidade da luz, aliam-se ao problema complexo de como um computador poderia matar um ser humano, se ele foi programado justamente por um homem. E mais, ao assassinar uma pessoa, ele se torna impelido a matar outras. O significado desse problema é, por si só, motivo para esse filme ser o maior de todos os tempos que já se fizeram na história do cinema, em particular, da ficção científica do mais alto grau de sofisticação.

28/10/2012 - Diego/RS (35 anos)

28/10/2012
Diego/RS (35 anos)

74
  Ótimo
Denunciar
Vi quando era criança e não lembrava de quase nada... Fui rever hoje, depois de "velho", meio com medo, pois não sou um grande fã de Kubrick (não, não achei Laranja Mecânica grande coisa e nem O iluminado...)... Mas dessa vez tirei o chapéu! É realmente uma obra-prima... Claro, é um filme de 1968, então quem espera grandes efeitos (e ação) talvez se decepcione, mas o que resta imortalizado do filme é a sua grande sacada (e o seu final épico).

02/11/2012 - Marcelo (22 anos)

02/11/2012
Marcelo (22 anos)

75
  Bom
Denunciar
Plena sincronia, muito bom... Porém Kubrick já fez melhores obras-primas.

18/12/2012 - Francisco (22 anos)

18/12/2012
Francisco (22 anos)

76
  Regular
Denunciar
Compensa assistir por ser um clássico, a trilha sonora é espetacular, os efeitos eram bons para a época, mas para os dias de hoje são toscos, o filme peca nos poucos e cansativos diálogos, além de não ter nada de interessante na história que é fraca, e os personagens são pessoas sem carisma e sem personalidade, até o robô chamado Hal transmite mais emoções do que os humanos do filme, talvez fosse o intuito dos produtores transmitirem uma mensagem com o filme, mas ao fazer isso tornaram o filme entediante, ou talvez tenha apenas sido falta de criatividade na história.

18/12/2012 - Thiago (34 anos)

18/12/2012
Thiago (34 anos)

77
  Péssimo
Denunciar
Só vendo pra crer realmente esse filme é o lixo dos lixos, teria vergonha de fazer um lixo desses, que não se pode nem chamar de filme nota 0!

27/12/2012 - Milena de Paiva (32 anos)

27/12/2012
Milena de Paiva (32 anos)

78
  Ótimo
Denunciar
Aqueles amigos que classificaram "2001 - Uma Odisseia no Espaço" de "péssimo" eu acho que eles assistiram outro filme ou não entendem nada de cinema. Enfim, um diretor que soube produzir em 1968 um filme de ficção extraído da obra literária de Arthur C. Clarke com efeitos de qualidade avançada para época, além de enaltecer o silencio do espaço sideral ao som da valsa de Straus, sem falar do destaque que Kubrick deu para o computador Hall, não é para qualquer hum assistir mesmo.

30/12/2012 - Mac (42 anos)

30/12/2012
Mac (42 anos)

79
  Ótimo
Denunciar
Para se compreender o filme 2001 recomendo assisti-lo em cópia remasterizada, assim pode-se ver toda a beleza fotográfica e sonora desta obra-prima do cinema. A versão apresentada na TV aberta algum tempo atrás, além de estar editada, apresentava som abafado e cores desbotadas. Stanley kubrick transportou de forma brilhante para este filme todo o conceito do livro de Arthur C. Clark. Uma visão de nossas origens e evolução, onde predomina o conceito de que o poder de percepção da mente humana aumenta a cada ciclo de tempo, este, determinado por um estranho alinhamento entre a terra, o sol e a nossa galáxia. Este filme não envelheceu nada, continua moderno e atual. Excelente.

07/01/2013 - João Melo (47 anos)

07/01/2013
João Melo (47 anos)

80
  Ótimo
Denunciar
Este filme na minha opinião é dos melhores que conheço. Uma história muito bem feita, equilibrada, realística e complexa. Com efeitos de alto nível, mostrando-se nas cenas externas que o som não se propaga no espaço. Com cenas dramáticas no conserto da antena da nave, através da respiração dentro dos trajes e nave de resgate.

10/01/2013 - Rodrigo (37 anos)

10/01/2013
Rodrigo (37 anos)

81
  Ótimo
Denunciar
O maior clássico dos clássicos da ficção cientifica, tão bom quanto o livro, e vou explicar: filme longo e estranho para a época, com efeitos inovadores que posteriormente inspiraram vários outros na mesma linha como Star Wars. Filme com história interessante de onde se tiraram varias reflexões a serem estudadas por intelectuais e cientistas. Filme seminal que redefiniu o gênero ficção cientifica. E eu poderia ficar puxando o saco para mais varias palavras, mas só vendo pra apreciar, claro, se for cinéfilo que manja mesmo do assunto.

16/01/2013 - Antonio (65 anos)

16/01/2013
Antonio (65 anos)

82
  Ótimo
Denunciar
Melhor filme de SyFi de todos os tempos com efeitos fantásticos para época e para quem sabe alguma coisa de física e aerodinâmica... Antecipou muitas das invenções hoje em uso é um filme para pessoas ilustradas e inteligentes. Inclusive tenho uma copia em BluRay e sempre assisto em tela de 90 polegadas.

17/01/2013 - Caio Alves (26 anos)

17/01/2013
Caio Alves (26 anos)

83
  Ótimo
Denunciar
Filme muito bom para quem gosta de verdade de ficção, não é para os fracos, simplesmente indiscritivel...

03/02/2013 - Camila (37 anos)

03/02/2013
Camila (37 anos)

84
  Ótimo
Denunciar
Realmente não é qualquer um que vai entender esse filme. Mas pra mim esse filme é sublime!único... Kubrick na minha opinião era e continua sendo superior á todos os diretores. O cara tinha uma sensibilidade rara que nenhum outro diretor possui. MAGNÍFICO! E em blu ray então... É de cair o queixo! Lindo!

05/04/2013 - Humberto (56 anos)

05/04/2013
Humberto (56 anos)

85
  Ótimo
Denunciar
Um verdadeiro clássico que completa em 2013 seus 45 anos de vida. Parabéns kubrick.

14/04/2013 - Guilherme (15 anos)

14/04/2013
Guilherme (15 anos)

86
  Ótimo
Denunciar
2001 é um filme atemporal é uma opera, um poema, uma pintura, uma sinfonia, filme de gênio!

07/05/2013 - Rafael (22 anos)

07/05/2013
Rafael (22 anos)

87
  Ótimo
Denunciar
A melhor e mais complexa obra de Stanley Kubrick.

15/08/2013 - Will (37 anos)

15/08/2013
Will (37 anos)

88
  Ótimo
Denunciar
O filme que inspirou a NASA a fazer a farsa do Homem na Lua.

18/08/2013 - Miguel (40 anos)

18/08/2013
Miguel (40 anos)

89
  Bom
Denunciar
Eu acredito que o homem nunca foi a lua.

08/09/2013 - Cleiton (24 anos)

08/09/2013
Cleiton (24 anos)

90
  Ótimo
Denunciar
Um filme que os diálogos são poucos e começam após os 30 minutos, não possui uma grande história, conta com poucos personagens, mas mesmo assim ele é espetacular! A beleza deste filme está nos efeitos especiais que foram feitos em 1968! A fotografia é belíssima. Kubrick conseguiu fazer um filme que é uma verdadeira obra de arte. É perfeita a junção das imagens do espaço de Kubrick com a música de Strauss. Aqueles que dão nota zero para este filme, lamento muito e acho que deviam repensar um pouco sobre o filme. Antes os filmes de ficção cientifica não tinham nenhum valor, até que este filme veio e "abriu as portas" para todos os outros clássicos que seguiram como a saga Guerra nas estrelas. Por tudo isto, "2001 uma odisseia no espaço" É UM DOS FILMES MAIS IMPORTANTES DE TODOS OS TEMPOS.

15/09/2013 - Ralf (29 anos)

15/09/2013
Ralf (29 anos)

91
  Regular
Denunciar
Começo até empolgante, boas imagens, bons efeitos, sons e o "silêncio espacial" ficaram fantásticos. Porém o enredo em si não é empolgante, sendo bastante monótono, perdendo-se muito tempo em cenas simples... O final então nem se fala... Talvez assistindo umas 200x dê pra entender!

20/10/2013 - AlissonMCZ (27 anos)

20/10/2013
AlissonMCZ (27 anos)

92
  Regular
Denunciar
Acho que esse filme é pra quem tem uma gosto refinado e um que. I. Elevado, devido ao grande número de comentários positivos, sem contar com as músicas clássicas e os gemidos dos espíritos, minutos sem parar. Esse filme retrata concepção do homem sobre a exploração espacial nos anos 60. No tocante ao conteúdo, deixou muito a desejar. Enfim, muito difícil avaliar um filme que foi produzido há muito tempo atrás. Se eu tivesse assistido no momento em que foi lançado, minha nota seria 10. Mas, como estamos no final de 2013, minha nota é 5.

04/11/2013 - Adilson (30 anos)

04/11/2013
Adilson (30 anos)

93
  Ótimo
Denunciar
Já adquiri e assisti esse filme há algum tempo (2 anos aproximadamente) e faz parte da coleção. FILMAÇO! Agora analisando os comentários aqui é simples: as notas "bom"e "ótimo" são expressadas de maneira inteligente e sensata, isso sim só faz jus ao que o filme realmente representou e representa... Longe de ser qualquer filme, longe de ser pra qualquer um!

11/01/2014 - Tomate_Assassino (21 anos)

11/01/2014
Tomate_Assassino (21 anos)

  Regular
Denunciar
Cochilei 2 vezes durante o filme tão sonolento que é, inclusive na segunda cochilada quando acordei, estava na mesma cena. Filme quase não tem diálogos, você nem entende muito bem o que se passa no filme, afinal os roteiristas estavam bêbados quando fizeram este filme. Mas é muito bom na parte cinematográfica, talvez por isso o seu sucesso.

16/01/2014 - Heitor (21 anos)

16/01/2014
Heitor (21 anos)

  Regular
Denunciar
Na década de 60 o pessoal achava que no séc. 21 a viagem ao espaço seria fácil, talvez nem no séc. 30... Mas acredito que o caminho são as viagens não tripuladas...

29/01/2014 - Marvin PDQ (36 anos)

29/01/2014
Marvin PDQ (36 anos)

  Regular
Denunciar
Tem um monte de gente se achando inteligente e intelectual, achando o filme ótimo etc... Mas que no fundo não entenderam o sentido do filme... E não tem como entender mesmo, pois não é muito claro, não tem fatos para sustentar... Admitam que o filme é confuso e dá margem para algumas ou nenhuma interpretação... Achei regular...

19/02/2014 - Josmar (46 anos)

19/02/2014
Josmar (46 anos)

  Ruim
Denunciar
Questão de gosto... Eu detestei esse filme, longo chato e cansativo.

31/03/2014 - Eurico (44 anos)

31/03/2014
Eurico (44 anos)

  Ótimo
Denunciar
Esse filme é uma obra-prima do cinema. O problema é que ele não responde algumas indagações. Bom, e daí? Quem disse que o objetivo do filme é esclarecer tudo nos mínimos detalhes? A obra literária na qual o filme é baseado não esclarece! Tem pessoas que não aceitam esse tipo de enredo, que não entrega tudo mastigadinho e digerido para o espectador, e aí “cai de pau” no filme, no diretor, no roteirista. Existem elementos até de filosofia nessa produção. Tratando-se de uma ficção científica desse nível, considero prudente evitar essa “armadilha” de querer tudo respondido. A primeira parte do filme que mostra nossos ancestrais, olha, se eu não soubesse que aquilo foi montado, diria que foi exatamente daquele jeito que aconteceu. O filme traz uma carga de veracidade impressionante. Agora, se quem assistiu ao filme exige respostas e se decepcionou porque esperava um contundente desfecho final que não aconteceu, então sugiro a leitura dos livros 2010: Uma Odisseia no Espaço 2 (que serviu de base para a produção do filme 2010: O Ano Em Que Faremos Contato); 2061: Uma Odisseia no Espaço 3; 3001: A Odisseia Final, todos do escritor Arthur C. Clarke, ou então esperem que os dois últimos virem filmes. Discordo completamente de quem diz que é preciso ser intelectual ou ter QI elevado para assistir/entender o filme. Não sou intelectual e não tenho QI elevado, mas gente, venhamos e convenhamos, é preciso ter uma bagagem mínima de conhecimento para se entender determinadas coisas. Usando de um exemplo exagerado, se eu fosse uma pessoa que cursou apenas 60% do ensino fundamental escolar (até mais ou menos a 5ª série) e soubesse do mundo somente pela TV aberta (Faustão, novelas, Silvio Santos, filmes, Show da Fé, futebol, Jornal Nacional, CQC, BBB, vez em quando TV Cultura, TV Escola só por acidente), e fosse assistir ao filme pela primeira vez, naquela parte inicial que mostra nossos ancestrais até o final da sequência, quando acontece aquele salto de milênios para o futuro no espaço, provavelmente eu indagaria: “mas que diabos esses macacos estão fazendo no filme?” Faltaria o conhecimento mínimo pra entender que os macacos somos nós, que são nossas origens de acordo com estudos científicos. Finalizo dizendo que, na minha opinião, foram duas das maiores injustiças da história do Oscar: 1) o filme não concorrer na categoria de melhor filme (o vencedor foi o musical Oliver!); 2) Stanley Kubrick não receber a estatueta de melhor diretor (perdeu para Carol Reed, que dirigiu o musical Oliver!).

01/04/2014 - Aline (25 anos)

01/04/2014
Aline (25 anos)

  Ótimo
Denunciar
O Kubrick é um diretor muito controverso. O cinema de hoje é para as pessoas não tentarem entender. Simplesmente, os fatos são jogados na sua cara, pra que você não tenha que pensar muito e de primeira entender o que se passa. Mas 2001, feito há tantos anos atrás, até hoje causa controvérsia e discussão. Sem dúvida, é o melhor filme de viagem espacial possível, não há outro igual. Ele mostra um futuro no qual o ser humano é tão desprovido de sentimentos que chegamos a certo ponto, sentir pena das máquinas. A trilha sonora é incrível, os efeitos então, pra aquela época, inimagináveis. Sem dúvida esse é o Cidadão Kane da viagem espacial, e o Kubrick deveria ter ganho o Oscar por esse filme tão maravilhoso e surpreendente. Infelizmente, o reconhecimento dele só veio anos mais tarde. Nota over 8.000 pra esse filme!

04/04/2014 - Aloizio (54 anos)

04/04/2014
Aloizio (54 anos)

  Ótimo
Denunciar
Kubrick foi um gênio, 2001 é o maior de todos os tempos, é espetacular, extraordinário, excepcional, o filme dos filmes. Se este filme não tivesse sido feito, a invenção do cinema não teria tido nenhuma utilidade, ninguém jamais fez ou fará coisa igual. Nota 1000, ou melhor, nota 2001.

05/05/2014 - Decio Amadio (61 anos)

05/05/2014
Decio Amadio (61 anos)

  Ótimo
Denunciar
Nota máxima para esse filme que bem poderia ter sido realizado nos dias de hoje, tal sua atualidade em relação à transversalidade dos temas abordados, tais como a ciência, a tecnologia, o desejo humano de desvendar novos mistérios e a sua condição finita. Como realização, apesar de algumas cenas serem datadas pelo cenário da época, tais com o ônibus espacial da PANAN, tornam-se mais saborosas exatamente pelo que Kubrick imaginava que poderia ocorrer no futuro. A música e os efeitos especiais definiram um padrão "cinemascope" deslumbrante, como no "ballet" da grande astronave no espaço e a Valsa Danúbio Azul como tema musical. Certamente, junto com Blade Runnner e Macunaíma, foi o filme que mais assisti na vida. Além da cena antológica do desligamento do computador HAL 9000, há outra que mostra a solidão total do astronauta e ao fundo Gayane Ballet Suite escrita por Aram Khachaturyan.

29/05/2014 - Osmar (57 anos)

29/05/2014
Osmar (57 anos)

  Ruim
Denunciar
Muito nome, p pouco filme... Nota 4,5... Muito chato...

19/10/2014 - Luciano Gandolphi (34 anos)

19/10/2014
Luciano Gandolphi (34 anos)

  Ruim
Denunciar
Não gostei do filme, achei muito cansativo, parado, com muitos efeitos sonoros desnecessários e inclusive alguns irritantes, os efeitos visuais são ótimos (pela época que o filme foi feito) mas também em certos pontos são exagerados e cansativos, enquanto a trilha sonora achei muito boa, assim como a fotografia, enfim, não assistiria novamente.

01/11/2014 - Gilcinema (41 anos)

01/11/2014
Gilcinema (41 anos)

  Ótimo
Denunciar
O que dizer desta obra-prima? Uma produção de 1968, sem os efeitos especiais utilizados atualmente, mas que deixa no chinelo muito filme de ficção do Séc. XXI. Naquela época se reforçava a falta de tecnologia com criatividade, bons roteiro e excelentes atuações. E para quem diz que o filme é parado, melhor ir assistir Velozes & Furiosos - este filme não é para qualquer QI.

03/01/2015 - Thyslei (23 anos)

03/01/2015
Thyslei (23 anos)

  Bom
Denunciar
Carregado o filme, teve momentos que optei por dar uma bela adiantada, então fui perdendo a história e falas do filme, para evitar o ritmo, bem no todo o filme é muito avançado, já que foi feito em uma época ainda nova no estudo espacial, os efeitos também foram bons, mas o filme na minha avaliação não passa de bom.

26/01/2015 - Gustavo (18 anos)

26/01/2015
Gustavo (18 anos)

  Péssimo
Denunciar
Se você tem insônia, assista esse filme que você fica com sono rapidinho, filme muito chato, poucos diálogos, história que não empolga em nenhum momento, não sei como podem chamar isso de obra-prima, simplesmente horrível, única coisa que gostei foram dos efeitos especiais porque o resto é terrível, nota 3.

27/02/2015 - Rodrigowra (30 anos)

27/02/2015
Rodrigowra (30 anos)

  Péssimo
Denunciar
Filme excelente para que tem problemas de insônia...

03/07/2015 - Alexandre Blanco (46 anos)

03/07/2015
Alexandre Blanco (46 anos)

  Péssimo
Denunciar
Brother, sinceramente, adoro filmes, mas esse aí dormi viu, longo e CHATO, mas muito chato, sem pé nem cabeça, filme para se passar no hospício. Dormi e acordei umas 3 vezes, nunca mais assisto ele.

21/02/2016 - Getúlio (45 anos)

21/02/2016
Getúlio (45 anos)

  Péssimo
Denunciar
Esse desgraçado do Stanley Kubrick só me faz passar raiva e perder tempo, esse desprezível me fez passar quase 4 horas para ver um lixo desse. Esse foi o pior filme que eu já vi em toda minha vida... Também vindo desse diretor de porcaria o que eu poderia ter esperado. Pra mim o Stanley Kubrick consegue ser pior que o diretor "Ed Wood", porque nem ele foi capaz de fazer um filme tão ruim como esse.

02/03/2016 - Luiz A. L. Barros (52 anos)

02/03/2016
Luiz A. L. Barros (52 anos)

  Ótimo
Denunciar
O filme é muito interessante, pretende antever a transformação do homem macaco do passado no super homem do futuro, conforme se observa depois que David Bormann é "sugado" pelo monólito, ele se transforma num se atemporal, nota-se que quando ele se vê no dormitório o local exibe na verdade dois estilos arquitetônicos diferentes (barroco e neoclássico) porém harmônicos, quando o astronauta entra no banheiro, muito bem equipado por sinal, notamos a ausência do vaso sanitário, dando a entender que no futuro iremos superar nossas necessidades fisiológicas, o filme demonstra ainda que no futuro poderemos atingir poderes ou condições inimagináveis.

01/05/2016 - Paulo R. Stival (38 anos)

01/05/2016
Paulo R. Stival (38 anos)

  Regular
Denunciar
Filme de ficção com ótimos efeitos pra época e excelente trilha sonora, no entanto a longa ausência de diálogos torna o filme as vezes cansativo e monótono.

07/07/2016 - Lautner Angelov (23 anos)

07/07/2016
Lautner Angelov (23 anos)

  Ótimo
Denunciar
2001 – Uma Odisseia no Espaço é psicodélico e atemporal – e portanto uma indagação para o infinito; para diversas gerações. Em outras palavras é um marco desta arte tão apaixonante. Os efeitos, para a época, excepcionais, ainda hoje surpreende. Propositalmente lento, prospecta ao público apreciar nuances, questionamentos, e percebe-se com isso, forte áurea filosófica nas suas entrelinhas. Não obstante, nunca o espaço foi filmado de maneira tão sublime – de encanto e maravilhamento ao desconhecido. Não é apenas o melhor filme de ficção científica, mas também é um dos melhores filmes de todos os tempos. Indubitavelmente, uma obra-prima, que define Kubrick como um diretor MUITO além de sua época. Excelente!

02/12/2016 - Valério (50 anos)

02/12/2016
Valério (50 anos)

  Bom
Denunciar
Filme meio confuso, mas deu pra entender que realmente não estamos sozinhos nesse universo.

18/12/2016 - Elbert Inacio Sousa (15 anos)

18/12/2016
Elbert Inacio Sousa (15 anos)

  Não vi
Denunciar
"2001: Uma Odisseia No Espaço" (1968), um filme muito bem aclamado de críticas, de prêmios, de reconhecimento ao publico e de reconhecimento ao diretor. Mas quer saber minha crítica? Eu odiei! Eu fico puto da vida quando me entrego 100% pra assistir um filme de 2:30 como esse (longo) e quando chega à 1:00 eu não entendo nada! Eu já assisti filmes longos como "Os Pássaros" (1963) e "O Bebê de Rosemary" (1968) que não é somente porque são de terror e sim porque "criam o clima" entende? Eu realmente estava disposto à assistir esse clássico, mas não deu infelizmente! Como vi em um comentário sobre o mesmo; só tem nome. (E olha que esse diretor fez filmes magníficos como "De Olhos Bem Fechados" (1999).

20/01/2017 - Tobias (23 anos)

20/01/2017
Tobias (23 anos)

  Ótimo
Denunciar
O filme transpassa seu tempo de tela, pois fica em sua mente para ser digerido e discutido! Excelente!

20/03/2017 - Kassio Freitas (19 anos)

20/03/2017
Kassio Freitas (19 anos)

  Péssimo
Denunciar
Mais um filme superestimado, mas é chato! Cansativo, numa história estranha e que não leva a nada, roteiro chato, gosto do diretor e aprecio suas Idéias transgressoras, mas aqui não rolou!

15/01/2018 - Bolota (70 anos)

15/01/2018
Bolota (70 anos)

  Ótimo
Denunciar
O filme é perfeito em todos os aspectos. Fotografia, efeitos, trilha sonora (talvez uma das melhores da história do cinema). Mas ainda assim é um filme monótono demais que acaba nos dando sono, principalmente por vivermos numa época em que a tecnologia apresentada la, não nos impressiona (o pior é que o filme não pede muita ação, ele não poderia ser de outro jeito mesmo! Não da pra julgar kubrick)
cara stanley kubrick é inacreditável, depois que assisti pela primeira vez esse filme eu pensei caramba, isso completamente diferente de tudo que já vi na vida, a forma como ele conduz é de uma maestria de invejar qualquer um, Kubrick é muito paciente ele sabe o momento certo de dar um corte. Tem uma cena nesse filme numa conversa o cara simplesmente para a câmera filme de um único plano e booom... Temos uma obra de arte, acho que ele fazia as cenas pesando assim quando as pessoas assistirem: "vejam ai o que é cinema" Em alguns momentos Kubrick conseguia ser maior que o próprio filme em si. QUEM CRETICA ESTE FILME, NÃO ENTENDE NADA DE CINEMA E DA SETIMA ARTE... Ta certo que este diretor tem um senso de loucura em seus filmes.

30/01/2018 - Zequita (57 anos)

30/01/2018
Zequita (57 anos)

  Ótimo
Denunciar
Kubrick era perfeccionista, arrogante, de poucos amigos, mas também um gênio inesquecível do cinema, e 2001: Uma Odisséia no Espaço é sua melhor obra de sua pequena e brilhante filmografia. Apenas ele poderia fazer um filme onde não há o certo e o errado, apenas o complexo em um lugar onde não há nem ar, mas uma bela e sincronizada sinfonia. A combinação perfeita de imagem, som, história, atuação e personagens marcantes. Prepare-se para o turbilhão de informações e curta a vontade, pois nossa equipe, quase em sua totalidade, recomenda 2001 como uma boa pedida. Nota 10.

12/05/2018 - Eduardo Cardoso (36 anos)

12/05/2018
Eduardo Cardoso (36 anos)

  Ótimo
Denunciar
Esse filme é absolutamente sensacional, se você pensar que ele foi feito em 1968... É impressionantemente bem feito... A estória é mó viagem! A molecada de hoje com certeza vai dormir tentando ver essa longa viagem pelo espaço, mas quem curte clássicos antigos e ficção científica PRECISA ver 2001! Essencial!

29/07/2018 - Ewerton (24 anos)

29/07/2018
Ewerton (24 anos)

  Regular
Denunciar
Visualmente o filme é belo, mas é muito devagar. 50% do filme simplesmente contemplamos o nada, dá vontade de dizer: Stanley meu filho, adiante esse negócio.

20/10/2018 - FabioKubrick (39 anos)

20/10/2018
FabioKubrick (39 anos)

  Ótimo
Denunciar
Na minha humilde opinião, esse é o melhor filme já feito!

07/10/2020 - Mauro . G. (53 anos)

07/10/2020
Mauro . G. (53 anos)

  Bom
Denunciar
Esse filme é um clássico, sem duvidas, um ótimo filme de Ficção científica, Mas tem um grave defeito: Tem muita pouca ação, Ok, A produção é explendorosa, brilhante, o Filme tem excelentes Efeitos especiais, Mas não é o suficiente para tornar o Filme super emocionante, Mesmo assim, vale a pena assistir esse Filme, Mesmo que seja pela produção e pelos Efeitos visuais, Mas poderia ter sido feito de outra maneira, menso lento, Mais agitado, com mais ação, Ficaria bem melhor.

17/01/2021 - Alexandre Blanco (51 anos)

17/01/2021
Alexandre Blanco (51 anos)

  Péssimo
Denunciar
Prepare a maconha mofada pra assisir a esta porcaria. Que filme ridículo. Quase 4 horas sem nenhum diálogo e dormi por umas 4 vezes, olha nunca mais passo nem perto desse lixo.

28/10/2021 - Davi Cosmo (33 anos)

28/10/2021
Davi Cosmo (33 anos)

  Ótimo
Denunciar
Uma "viagem". É assim que este filme pode ser definido. Fiquei impressionado com os efeitos especiais que foram espetaculares para a época e impressionam até hoje. Achei o começo e o final do filme confuso, mas depois de muita pesquisa consegui entender mais. A trama central, a disputa entre o super robô HAL e o humano, achei incrível. É um excelente clássico, vale a pena assistir!

Novo Comentário
Faça seu comentário, mas por favor, siga estas regras:
- Não faça perguntas, faça comentários sobre o filme;
- Não conte o final do filme nem partes importantes para o desfecho (spoiler), mas se necessário marque o texto;
- Seja objetivo e descreva o porquê de sua nota;
- Se você ainda não assistiu ao filme, dê nota "Não vi";
- Não critique outros comentários, apenas faça o seu, sem preconceitos;
- Se você não gosta deste gênero de filme, é melhor não comentar;
- Comentários que descumprirem estas regras, serão excluídos totalmente.

 Agradecemos a colaboração. Bom uso!

O Texto Contém Spoiler? /    
Selecione o texto com "Spoiler" e click aqui.

Nome: Idade:  Nota:




Últimos Visitados

2001, Uma Odisseia no Espaço (2001: A Space Odyssey / Journey Beyond the Stars)

Copyright © 2022 www.interfilmes.com - Todos os Direitos Reservados. Acesse a Política de Privacidade.