Share on Google+

Sangue Negro

  (There Will Be Blood)
Sinopse Sangue Negro é uma obra-prima aclamada pela crítica e considerada um épico americano pelo público, com atuação antológica de Daniel Day-Lewis (vencedor do Oscar 2007 - melhor ator). Daniel Plainview e seu filho são caçadores de petróleo, que perfuram poços na Califórnia no início do século XX. Eles são desafiados por um jovem pastor, Eli Sunday (Paul Dano), cuja ambição pessoal é confrontada por Plainvew. A luta entre os dois é o centro dessa conflitante, trágica e histórica jornada ao abismo da loucura casada pela corrupção, fraude e petróleo. Sangue Negro é um pesadelo épico americano de Paul Thomas Anderson, expelindo fogo, enxofre e maldição das profundezas do inferno. É, acima de tudo, uma obra de arte.

Share on Google+

Informações


Título no Brasil Sangue Negro
Título Original There Will Be Blood
Ano Lançamento
Gênero Drama
País de Origem EUA
Duração158 minutos
Direção
Estreia no Brasil 15/02/2008
Estúdio/Distrib. Buena Vista
Idade Indicativa 14 anos

Elenco


... Daniel Plainview
... Silver Assay Worker
>> Ver todo o Elenco...

Trilha Sonora


“Popcorn Superhet Receiver”Composta por Jonny Greenwood
Interpretada por BBC Concert Orchestra (como The BBC Concert Orchestra)
Conducted by Robert Ziegler
“Violin Concerto in D Major Op.77:3. Vivace Non Troppo”Composta por Johannes Brahms
Interpretada por Berliner Philharmoniker
Conducted by Herbert von Karajan
Solos by Anne-Sophie Mutter (violin) & Antonio Meneses (como António Meneses) (cello)
>> Ver toda a Trilha Sonora...

Trailer



Comentários


15/02/2008 - Michel

1
  Bom
Denunciar
"Porém, ele terá de enfrentar o fato de que o filho começa a simpatizar com trabalhadores socialistas e seus ideais"... Depois de ler isto, tenho certeza de que quem escreveu essa sinopse não assistiu ao filme. Promova seu site, faça você mesmo... Evite copiar informações "tortas".

17/02/2008 - Rodrigo

2
  Ótimo
Denunciar
Ótimo filme com excelente participação (como sempre) de Daniel Day-Lewis. Mostra o que a ganância pode levar o homem.

20/02/2008 - Luiz Neto

3
  Ótimo
Denunciar
Não é a toa as indicações ao oscar 2008 - O filme é uma super produção e muito real.

20/02/2008 - Maria José Speglich

4
  Regular
Denunciar
Realmente quem fez esta sinopse não assistiu o filme, ele como outros filmes que estão concorrendo a Oscar mostra o lado perverso do ser humano. Daniel Day-Lewis realmente da show! Nota 7 pelo filme, 10 para Daniel Day-Lewis.

22/02/2008 - Guerreiro Parmezam

5
  Ótimo
Denunciar
Taí um concorrente de peso ao Oscar deste ano. Bastava ver somente o trailer do filme, para nos assombrarmos com a grandeza interpretativa de Daniel Day Lewis. Sem dúvida e sem meio-termo, o melhor ator vivo do cinema mundial. Segundo o povinho do mean stream, Day-Lewis é meio avesso à tietagem, embora não deixe de aparecer quando sabe que a consagração o espera. Assim, mantendo a fama meio de arredio, meio de bad boy (nem tanto boy), nosso amigo vai dando seus recados e se cansando de repetir sempre a mesma resposta a cerca da mesma pergunta: “como você cria seus personagens?” “Estudando-os”, é sua eterna elucidação. O filme é ele. Ele é o cara. Bem, você já deve ter concluído: o filme é imperdível. Quando lhe perguntaram o porquê de ter aceitado fazer esse filme, ele respondeu sem pensar: “o roteiro, gostei do roteiro.” Just this. A obra reúne os três alicerces de uma produção no mínimo robusta: um bom diretor; um elenco de primeira e uma história que valha a pena ser contada. Estamos na virada do século 19 para o 20, tempo de intensas mudanças tecnológicas e, todas elas, direta ou indiretamente, dependentes da mesma coisa: petróleo. Essa mesma época conhece a maior parte da trajetória de vidas dos “self made-mans”, homens que saíram do nada e, muito mais do que enriquecerem, se tornaram poderosos e produziram profundas mudanças culturais a partir de seus negócios tecnológicos. A fotografia é escura? Sim, é mesmo. Mas, o tema central e ainda mais o roteiro exigem pouca luz. Mais do que coerente, é brilhante (com o perdão literal do paroxismo). Há uma quase ausência de mulheres? Há mesmo, por um simples motivo: num mundo hostil e selvagem, do ponto de vista econômico, como aquele não havia espaço para historinhas de amor. Naquele mundo, se alguém queria uma coisa, deveria tomá-la. Portanto, dentro daquele contexto, as mulheres inevitavelmente quase sempre assumiam uma postura passiva. Adorei a resposta do (jovem) diretor do filme, P. Anderson: “no set, a maioria do staff era composta por mulheres.” Pronto e ponto. Vá preparado para um espetáculo raro. Os closes, as seqüência, enfim tudo. Como já disse o filme é Daniel Plainview. Você reparou que até o personagem tem o nome “do cara”? Os primeiros 10 minutos de silêncio já vão dando uma pista da inspiração de Day-Lewis no cinema mudo. Já as últimas cenas, onde o conquistador e o pastor – ambos businessmans – põem a limpo suas diferenças do passado e suas necessidades do presente, é de um primor teatral capaz de fazer esses atorzinhos que existem hoje, que não passam de um rostinho andrógino, mudar de carreira, caso eles tenham um mínimo de bom senso. O filme, como qualquer grande obra, faz um diálogo inevitável entre passado e presente. Mas isso, eu deixo a audiência inteligente descobrir.

24/02/2008 - Juarecy Jr.

6
  Péssimo
Denunciar
Um dos piores que já assisti, sinceramente não consigo entender como uma produção tão ruim como essa possa estar concorrendo ao Oscar desse ano. Apesar do filme ter personagens fortes, o mesmo não explica o motivo da atuação destes, pois a história é muito vaga, sem graça, confusa e sem sentido. Algumas partes não dá pra entender e mesmo com o desenrolar do filme não se explicam algumas questões e atitudes dos personagens. A atuação do ator mirim não poderia ser pior, o garoto simplesmente parece uma múmia no filme, dando a impressão de que está ali como figurante e sem experiência nenhuma em frente às câmeras. Tudo isso poderia ser relevado se o filme pelo menos te prendesse a atenção, mas a história é muito fraca, monótona e longa, chegando a te dar sono e pressa para que o mesmo acabe logo. Enfim, uma droga de filme!

27/02/2008 - Carloseyc

7
  Ruim
Denunciar
Lembra muito uma música sem refrão... No finalzinho o pico mais alto é o barulho da agulha voltando pro repouso nos antigos discos de vinil... Todas as criticas favoráveis a este filme se limitarão a interpretação do ator principal... Num filme com SEM estória morníssima. Este ano o Oscar foi mesmo estranho, só faltava dar o Oscar de coadjuvante para a arma do matador em "onde os fracos não tem vez", esta sim uma interpretação de primeira... Da arma é lógico. Assista os 10 minutos iniciais, finais ou mediais, a avaliação destes minutos serão a sua avaliação do filme.

16/03/2008 - Mayara

8
  Péssimo
Denunciar
Duas horas e meia de um filme totalmente PARADO! Até agora ainda não sei qual a essência do filme... O que o diretor queria mostrar para nós. O filme acaba quando você menos espera... E ao fundo você escuta as outras pessoas da sala de cinema que você esta berrando: Que filme horrível! Alguém entendeu o filme? Se existisse nota pior que péssimo eu daria...

24/03/2008 - Jones

9
  Péssimo
Denunciar
Perdi 2 horas e meia da minha vida assistindo a esse rascunho mal acabado de filme, o filme é um lixo, muito monótono, se vocês não querem ter um decepção como eu não assistam, não baixem, não aluguem, Na minha opinião o Grande vencedor do Oscar 2008 deveria ter sido o filme Juno muito melhor que os seus 2 concorrentes No contry for PORCARIA! E esse filme tosco sangue negro.

27/03/2008 - Cine

10
  Péssimo
Denunciar
Um lixo o início, o meio e o "fim"...

29/03/2008 - Domenico Jenaro

11
  Ótimo
Denunciar
O filme explora o que Daniel tem de melhor, é conciso, cheio de nuances e atmosferas que não são fáceis de captar para quem está acostumado com filmes do Bruce Willis. O ator mirim só convence quem não sabe que ele é bastardo, não tem nada a ver com o dito pai, é usado e usa as situações a seu favor, um bom homem de negócio. Rouba a cena o falso profeta, com aquele rostinho angelical. Mas as faces dos busines men são cheias de vincos, peles tostadas e maltratadas. Muitos velhos demonstram que o motivo é sempre o poder, não importando mais nada. Ou seja, fiquei admirado com um filme deste calibre ter sido feito por Hollywood, cinismo ou um pequeno toque aos expectadores mais sensíveis? Ah! Sim, a fotografia é escura e parece que a pele dos atores estão sempre embebidas em petróleo. Gostei muito, principalmente nestes tempos de guerra por petróleo (Kwait, Afeganistão, Iraq e atualmente Venezuela).

30/03/2008 - Paloma

12
  Ruim
Denunciar
Quase três horas da minha vida perdida! Não se pode negar a boa atuação dos atores, mas a história altamente monótona, só não fui embora antes o fim, pela esperança do filme melhorar, mas realmente me arrependi de ter optado de assisti até o fim! Não sou nenhuma expert em cinemas, mas quem disser que gostou daquele filme pra mim é só pra dizer que é muito entendido do assunto! Enfim... Se estiverem disposto a assistir esse filme:Coragem!

02/04/2008 - Caio

13
  Bom
Denunciar
O filme é monótono, mas traz um boa reflexão sobre a vida. É um daqueles filmes pra assistir sozinho.

02/04/2008 - Quadro Vivo

14
  Bom
Denunciar
Um filme apenas bom, pois além do final deixar muito a desejar o filme se perde em cenas muito longas e sem fundamento, que se encurtadas tornariam o filme mais atrativo. Mas, a história é boa. Agora, digamos a verdade, o Oscar de melhor ator foi merecido mesmo. Uma interpretação impecável de Daniel Day-Lewis.

10/04/2008 - Riquelme

15
  Não vi
Denunciar
Não tive coragem de ver todo o filme, mas pelo que eu vi, "pedaços" o filme me parece bem bizarro, a história parece ser meio aérea e parada. Eu vi o final e não entendi nada, aquele cara é totalmente louco, matar uma pessoa com um pino de boliche, essa nem o rambo tinha pensado.

12/05/2008 - José Moura

16
  Ruim
Denunciar
Filme médio para ruim. Brincadeira o mesmo concorrer ao Oscar? Concordo que os atores possuem uma ótima participação e uma excelente dramatização, mas este filme serve para aquelas pessoas que possuem insônia. Dormirão rápido pelos momentos sem nexo e sem nenhum objetivo. Não é a toa que o Oscar está cada vez mais se rebaixando.

02/06/2008 - Fabrizio

17
  Ótimo
Denunciar
Bem assisti ao filme e li os comentários, realmente depende do estilo do telespectador, pois trata-se de um filme parado. Mas a grande lição do filme é mostrar os dois lados da ambição. No lado bom a iniciativa e a persistência até atingir seus objetivos e no lado ruim a falta de controle do poder, da riqueza culminando em um caráter totalmente egoísta. Eu creio que é essa lição que o filme quer passar e acho que se aplica muito bem na sociedade desde antigamente como nos tempos atuais.

20/07/2008 - Decio Rocha

18
  Ótimo
Denunciar
O pior de tudo é que o filme é maravilhoso, assim como a atuação de Day Lewis, o tema é incrível, agora o nível do público brasileiro é o que está na maioria dos comentários deste site. Péssimo, bem próprio destes tempos negros de hipocrisia e ignorância.

21/07/2008 - Mari

19
  Regular
Denunciar
Pode até ser um épico como diz a capa do DVD e a atuação de Day Lewis é mesmo ótima, mas achei o filme "seco", parado, não gostei.

29/07/2008 - Marcus

20
  Ótimo
Denunciar
É um filme para assistir em casa, pois é longo e basicamente um documentário da história americana transformado em drama, pra quem lê e assiste muitos filmes vai gostar, quem e anti-capitalista e anti-americano esqueça. OBS: O ator que faz os irmãos gêmeos merecia ser indicado para o Oscar de ator coadjuvante.

29/07/2008 - André

21
  Bom
Denunciar
O filme é legal! Conta bem a disputa pelo petróleo, mas... Eu esperava mais desse filme!

29/07/2008 - Montanari

22
  Ruim
Denunciar
Assisti ao filme e achei muito fraco... Tem muita coisa melhor pra ver por ai e olha que até filme nacional e melhor que isso... O filme e muito Longo, muito chato e tem crueldade desnecessária...

04/08/2008 - Leo

23
  Regular
Denunciar
Um filme até que interessante, mas e meio chato.

10/08/2008 - Sharlene

24
  Ruim
Denunciar
No começo até gostei. O filme não precisaria ser agitado para ser interessante, mas se houvessem diálogos inteligentes. É cansativo, mas o pior sobre o filme é que não tem uma essência. Quando a gente pensa que o personagem principal está refletindo sobre seus atos, percebemos que isso só se agrava e nada muda. Então o filme consegue apenas transmitir uma mensagem pronta de crueldade, sem nos estimular nenhuma reflexão. Resumindo: não nos acrescenta quase nada.

12/08/2008 - Luiz

25
  Ruim
Denunciar
Filme muito fraco, esperava mais não, assista não vale a pena!

13/08/2008 - Fabio

26
  Ótimo
Denunciar
Respeito a opinião anterior, mas discordo. Paul Thomas Anderson Consegue dar profundidade a todos os personagens, principalmente aos diálogos entre eles. O filme é um primor. Ao contrario de muitos não acho o filme cansativo. Ele tem começo meio e fim, e isso é muito deficiente me Hollywood nos dias de hoje. Falar da parte técnica do filme e da atuação de Daniel Day Lewis seria cair em clichês e redundâncias: São absolutamente fantásticos. A mensagem do filme é clara: como o dinheiro, a ganância por riquezas transformam uma pessoa! Daniel Planview é um homem simples no começo, caridos, um pai amoroso que aos poucos vai definhando e se tornando negro como o petróleo que tanto valoriza. Outro acert de Anderson foi colocar, logo depois do diálogo entre Planview e seu filho, onde o primeiro já tomado pelo ouro negro rejeita o filho adotivo, uma cena de planview e o filho brincando e demonstrando pleno afeto. E notavel na mesma cena, a mudança de Planview, tanto em comportamento, cor, postura etc. Recomendadissimo! Por tudo, um filme brilhante!

17/08/2008 - Pé Esquerdo

27
  Ótimo
Denunciar
O filme é longo? É. É lento? É. Não tem grandes viradas? Com certeza, não. Mas, pelo amor de Deus: era para ser assim. Por que a idéia que temos de filme bom é: tragédia, pancadaria, luta, sexo, grande virada e final surpreendente? O que esse quase documentário mostra é a crueza com que seus personagens precisam lidar com seus problemas e qualquer empecilho que possa vir a atrapalhar os seus negócios, ou a evolução destes. Não vou tecer comentários acerca do protagonista, pois parece que o Day-Lewis recebe alguma entidade e deixa de ser ele mesmo ao interpretar seus personagens (o que ele faz neste filme e em Gangues de NY é assustador). O final, com o personagem Plainview exterminando o sonso a que teve que submeter-se anteriormente, é fantástico. E ainda demonstra que não há tempo em sua vida para remorsos, para historinhas românticas paralelas. Ele acabou com o cara e pronto. Seu sangue estava negro. Vi duas vezes.

18/08/2008 - Nailor

28
  Ruim
Denunciar
Um filme muito longo, chato!

30/08/2008 - Jales Pinheiro do Amaral

29
  Bom
Denunciar
Sangue Negro é a prova de que nem todo filme festejado pela crítica pode ser considerado ótimo. É um bom filme, com certeza, mas está longe de se tornar um clássico como li em várias críticas. O filme tinha mesmo tudo para se tornar um clássico. Os dois Oscar que ganhou este ano foram mais que merecidos. A fotografia é perfeita e a atuação de Daniel Day Lewis é o de melhor que há no filme. E a ótima atuação de Paul Dano merecia pelo menos uma indicação da Academia. O filme tem uma grande história, mas a opção do diretor por fazer um "filme de arte" comprometeu o resultado final. O início, onde por cerca de 16 minutos não há um só diálogo, é um teste à paciência de qualquer um. Eu diria que é um bom filme que tem momentos marcantes, com algumas cenas memoráveis, mas não é tudo aquilo que a maioria dos críticos diz ser. Nota 7,0.

07/09/2008 - Vera

30
  Ótimo
Denunciar
Maravilhoso! Acho incrível estas pessoas que acharam o filme ruim, não sabem nada de cinema. Nem vi a hora passar. Maravilhoso!

14/09/2008 - Joilson

31
  Péssimo
Denunciar
Muito ruim! São duas horas e meia de nada com nada.

22/09/2008 - Carla

32
  Ótimo
Denunciar
O filme é espetacular, é um pouco parado, mas o silêncio diz muito nesse filme, atores maravilhosos, gostei muito de eli sunday (paul dano) sem contar nos 15 minutos do menu principal, onde mostra todo o trabalho de pesquisa com fotos antigas e atuais do filme, mereceu a indicação do Oscar, vale a pena assistir.

22/09/2008 - Gabi

33
  Péssimo
Denunciar
Ai filme péssimo... Muito parado, e quando acaba você pergunta... Já acabou? Nem percam tempo.

03/10/2008 - Gilson

34
  Péssimo
Denunciar
Ô Guerreiro, fala sério. Esse filme é mito ruim. Só assisti até a metade e ainda queria meu dinheiro de volta. NÃO PERCAM TEMPO. São duas horas e meia de chatice.

05/10/2008 - Ordones

35
  Péssimo
Denunciar
Uma história fascinante contada por um incompetente. Quando se narra uma biografia, o mínimo que se espera são informações mais bem estruturadas das personagens. Um final patético, incompleto e frustrante. Como a história é realmente fascinante vou ter que pesquisar sobre Daniel Planview.

28/10/2008 - Paula

36
  Bom
Denunciar
Para distração e entretenimento não seria um filme que eu adoraria, mas no aspecto histórico, informativo, é um filme riquíssimo, mostra como começou a ser explorado petróleo, que para muitos países é algo que influência e muito na economia, não de alguns, mas se formos pensar, hoje para quase tudo precisamos do petróleo. Pudemos perceber a ferrenha concorrência é hoje entendo o porque a exploração do petróleo é de competência da união, iria ser um caos, se qualquer um pudesse explorá-lo, por ser um ser um bem valiosíssimo. Contudo concordo com alguns colegas acima que a história é fascinante e poderia ter sido melhor explorada.

14/11/2008 - Thiago Mello

37
  Péssimo
Denunciar
Perdi 2 horas da minha vida! Nota 0. Horrível.

18/11/2008 - Sulivan

38
  Regular
Denunciar
O filme não é dos melhores!

23/11/2008 - Rosane

39
  Ótimo
Denunciar
O filme é muito forte, duro, cruel e brutal! Fiquei estarrecida com algumas cenas, mas não posso deixar de destacar a direção competente de Paul Thomas Anderson e a interpretação visceral do ator Daniel Day-Lewis, que merecidamente, ganhou todos os prêmios da temporada! Seu personagem é maquiavélico e chega a assustar! Não é uma história fácil de acompanhar e muito menos de digerir principalmente o seu final, mas acho que vale a pena ser visto porque, infelizmente, a realidade não é muito diferente do que vemos na tela, durante as 2:40h de projeção. Mas se preparem!

21/12/2008 - Richardson

40
  Ótimo
Denunciar
Sou minerador em Minas Gerais, assisti ao filme. Curiosamente o que se passa no filme é a realidade da vida mineira no quesito trapaça. Adorei a desculpa das codornas para a prospecção do terreno do sitiante. Adorei também a fotografia do filme, é demais. É um filme inteligente, apesar do minerador ser ambicioso, ele é antes demais nada, empreendedor. Coloquei em prática algumas de suas lições e estou me saindo bem. Ótimo filme. Recomendo.

31/12/2008 - Kirk Maik

41
  Ótimo
Denunciar
Eu gostei achei muito bom.

19/01/2009 - Alexandre

42
  Ótimo
Denunciar
O filme pode ser longo, cansativo, sem grandes viradas, mas pelo amor de deus, a atuação desse ator é magistral! Não é a toa que ele ganhou o oscar! Muito bom mesmo! Se você gosta de ver boas atuações, o filme é uma aula.

23/01/2009 - Bernardo

43
  Regular
Denunciar
Outro produtor que merecia tomar uma coça com gato morto, até o gato urinar petróleo. Como pode alguém pegar um tema riquíssimo como este e adaptar uma história tão fraca com personagens tão apagados, filme para mim tem que ter tema e história, quem viu gangs de New York com o mesmo ator sabe do que estou falando. Outra coisa filme tem que ter mulher na parada nem que seja uma se não fica insosso. Filme qdº e bom da vontade de ver de novo nem que seja daqui a um ano não e o caso de Sangue Negro. Pelo valor informativo nota 10, mas no geral 6.

28/01/2009 - Flavia

44
  Péssimo
Denunciar
Concordo com o comentário 43 quando diz que o filme é longo, cansativo sem grandes viradas... Só não tem nada d magistral e oscar nem sempre vão para quem merece mesmo! Não percam seu tempo.

06/02/2009 - Anderson Neres

45
  Bom
Denunciar
Ótima interpretação do Daniel day-lewis e a direção segura de Paul thomas anderson que aliás já tinha mostrado ser um grande diretor nos anteriores, Magnolia e Boogie Nigths, vale a pena ver mais esta obra prima, boa trilha sonora, excelente fotografia e é um filme que fala sobre poder, religião e família, foge um pouco daquelas produções arrasta-quarteirões, por isso talvez a frustração do expectador.

25/02/2009 - Renan

46
  Ruim
Denunciar
O filme e para aqueles intelectuais que ficam vendo detalhes, exemplo: como o ator posiciona as sobrancelhas em certas cenas. Se o choro foi o mais real possível. Mais para os leigos como eu foi uma porcaria, cochilei pelo menos umas 4 vezes e mesmo se não tivesse, não teria entendido nada, o filme não te prende. Vi em alguns blogs como o melhor de 2008, mais sinceramente foram 2 horas e meia perdida da minha vida.

13/03/2009 - Kuki

47
  Ruim
Denunciar
História enrolada e sem nada que prenda a sua atenção.

13/03/2009 - Adilio

48
  Bom
Denunciar
Gostei muito da historia do petróleo na época que não existi tecnologia.

19/03/2009 - Fernando Augusto

49
  Bom
Denunciar
Boas interpretações num filme que trata da ganância do homem e no que ele pode se tornar em virtude disso. Mas de fato, se arrasta por demais, e o final não agrada tanto. No geral dou 7,0.

12/04/2009 - Augusto

50
  Bom
Denunciar
Muito bom filme. É um drama parado, que no meio dá sono, é. Porém as interpretações do genial veterano Daniel Day Lewis e do jovem super competente Paul Dano, seguram o filme. O tema muito bem tratado, a direção é excelente, a fotografia. Mas, falando em termos "leigos" como uns disseram aí, é um filme chato, porém com conteúdo e bem interessante em algumas partes, se você procura um bom filme, cá está, se procura tiroteio e morte, com nada mais a oferecer, vá procurar em outra freguesia.

14/04/2009 - Victória

51
  Ótimo
Denunciar
Filme excelente! Assisti em uma das minhas aulas de história. Meu professor fez a indicação e nós alunos de certa forma nos interessamos pelo enredo. Farei uma prova amanhã, onde constará uma questão sobre o enredo, sob a visão histórica, do filme. Recomendo!

10/05/2009 - Nathy (23 anos)

52
  Ruim
Denunciar
Super chato, não gostei.

05/06/2009 - Péricles (25 anos)

53
  Péssimo
Denunciar
O filme tem uma proposta, mas o que vi é um drama sem qualidade, que nem Daniel Day Lewis conseguiu salvar. Um porcaria!

03/07/2009 - Guilherme (12 anos)

54
  Ótimo
Denunciar
Um filme com Daniel Day Lewis é maravilhoso assisti no cinema e adorei muito bom excelente!

02/09/2009 - Joanita (20 anos)

55
  Regular
Denunciar
O filme é interessante, pois mostra até onde a ambição humana pode chegar. Quanto mais filmes que mostre a realidade humana melhor!

07/09/2009 - Rodrigo (29 anos)

56
  Péssimo
Denunciar
Péssimo!

17/09/2009 - Raul Gonçalves (14 anos)

57
  Ótimo
Denunciar
O melhor filme de 2007/2008. A direção de Paul Tomas Anderson é excelente. A maravilhosa atuação de Daniel Day Lewis tira o fôlego de qualquer um. Uma história maravilhosa que te prende a cada minuto e que na maioria das vezes usa para isso, a forte e pesada personalidade do personagem principal e do drama pesado e extremamente bem construído. Maravilhoso, desde a primeira cena até o marcante final. Nota 10.

15/10/2009 - Rodrigo X. M. (20 anos)

58
  Bom
Denunciar
Um bom filme. Poderia ter sido melhor se não fosse o final decepcionante. O melhor do filme é a atuação inesquecível de Daniel Day-Lewis e todo o seu aspecto técnico, como trilha sonora e fotografia.

10/11/2009 - Bernardo (24 anos)

59
  Ótimo
Denunciar
Um dos melhores filmes que já vi e, sem dúvida, a melhor atuação que já vi na vida (Daniel Day-Lewis). É maçante sim, mas acredito que compensa pelo capricho e pela história interessante. Assisti no cinema e tenho vontade de ver de novo. Só não o faço, pois tive uma experiência tão marcante vendo esse filme no escuro do cinema, com o som forte, que vê-lo em casa seria sem graça.

10/12/2009 - AfegaO (30 anos)

60
  Ótimo
Denunciar
Fala sério, como podem não gostar desse filme? Muito bom.

13/01/2010 - Marcos (34 anos)

61
  Ótimo
Denunciar
Ótimo filme, ótimas interpretações.

20/02/2010 - Rafael (42 anos)

62
  Ótimo
Denunciar
A interpretação de Daniel Day-Lewis já é garantia de excelência do filme, apesar do mesmo ser meio parado. Isso nem importância tem, tamanha é a estória narrada. Através do filme ficaremos sabendo da dificuldade dos primeiros exploradores de petróleo na América e a que ponto chegavam para conseguir seus objetivos gananciosos.

19/03/2010 - Paula A.P. (28 anos)

63
  Ótimo
Denunciar
Adorei o filme e retrata a riqueza do petróleo, tive o privilégio de assistir esse filme em um curso sobre a área de petróleo. Muito bom. Campos dos Goytacazes-RJ.

28/04/2010 - Jullyana (17 anos)

64
  Ótimo
Denunciar
Filme maravilhoso assisti no cursinho de petróleo e gás, amei, e esse ator maravilhoso que interpretou maravilhosamente bem Daniel [Day-lewis] amei.

12/05/2010 - Carine (27 anos)

65
  Bom
Denunciar
Realmente o Daniel Day-Lewis mereceu o prêmio de melhor ator, pois sua atuação foi brilhante, bem diferente dos outros personagens dele. O filme é bom, mas não ótimo, o desfecho no final é decepcionante, sendo que o propósito do filme é uma coisa e acontecem outras...

14/06/2010 - Clara (46 anos)

66
  Bom
Denunciar
Conheço o dono de uma construtora em SP que é cópia fiel do protagonista. Dinheiro, Dinheiro, Dinheiro...

17/06/2010 - Heliane Rodrigues (21 anos)

67
  Ótimo
Denunciar
Muito bom este filme!

23/09/2010 - Anne (35 anos)

68
  Regular
Denunciar
Achei bem cansativo o filme. Não gostei.

14/10/2010 - Willian (27 anos)

69
  Ótimo
Denunciar
Acabei de assistir. Adorei. Concordo com os demais, a atuação do Daniel Day-Lewis foi perfeita. Recomendo.

03/12/2010 - Papik (25 anos)

70
  Regular
Denunciar
O Daniel Day-Lewis está ótimo nesse filme, mas o filme em si é maçante e fiquei torcendo para que acabasse logo. Não gostei.

04/07/2011 - Gabriel (14 anos)

71
  Péssimo
Denunciar
Horrível mesmo.

10/08/2011 - Fatima Guerra (57 anos)

72
  Ótimo
Denunciar
O filme retrata o que há demais profundo no ser humano quando este é submetido a estres e junto deste à ambição pessoal. Muito humano, adorei.

15/08/2011 - Giovani Moreles (47 anos)

73
  Ótimo
Denunciar
Excelente!

18/08/2011 - Leandro Pauanelli da Silv (29 anos)

74
  Ótimo
Denunciar
Uma obra prima! Daniel day-lewis e paul thomas anderson escracham na face o ser humano no seu estado máximo de ambição. Um filme forte e real.

22/09/2011 - Lelei Matão (48 anos)

75
  Ótimo
Denunciar
Excelente filme, só está faltando o nome de Paul Dano no elenco ele sem dúvidas é um excelente ator.

28/09/2011 - Aapons (51 anos)

76
  Bom
Denunciar
Bom, muito bom mesmo. Daniel Day-Lewis dá um show de interpretação. Gostei apesar de ser um pouco cansativo, parado. Não deixe de assisitir, pois vale a pena.

15/11/2011 - Manoel Lopes (54 anos)

77
  Ótimo
Denunciar
O ainda jovem diretor Paul Thomas Anderson realizou aqui um trabalho muito maduro. A temática do filme, na qual a ganância é o vetor do empreendedorismo ao mesmo tempo construtivo e destrutivo, foi muito bem trabalhada na construção do personagem principal por Daniel Day-Lewis, em uma atuação magistral que não poderia mesmo deixar de ganhar o Oscar de melhor ator. Só para vê-lo já vale muito a pena assistir este filme. A fotografia e a maneira como o diretor mantém o expectador interessado na história enquanto vai conhecendo os personagens e construído uma visão de uma época da corrida do petróleo na Califórnia, também tornam este um filme obrigatório para os cinéfilos.

29/12/2011 - Benedito (49 anos)

78
  Ótimo
Denunciar
Diretor e ator espetaculares. Roteiro da própria civilização americana, cruel. Interesseira. Um clássico de todos os tempos. Perdeu o Oscar, vai entender, para um filme que a brutalidade e violência predomina.

08/08/2012 - Alessander (29 anos)

79
  Ótimo
Denunciar
Perfeito... Esse filme merecia o Oscar de melhor filme do ano e Daniel Day-Lewis chega a perfeição na interpretação Daniel Plainview e Paul Dano (Eli Sunday) mostra todo o seu talento e esse veio pra ficar... Parabéns.

09/10/2012 - Gabriel (15 anos)

80
  Péssimo
Denunciar
Como podem gostar dessa porcaria.

13/01/2013 - Christiane (12 anos)

81
  Regular
Denunciar
Não gostei...

31/01/2013 - Caique (19 anos)

82
  Regular
Denunciar
Não gostei.

17/02/2013 - Leonardo (16 anos)

83
  Ótimo
Denunciar
Um épico, com certeza o melhor filme da década não consigo parar de ver, sem falar na grandiosa atuação de D. D. Lewis. As crianças que vem aqui dar nota baixa devem ser relevadas, pois não entendem nada do que é cinema, para eles "os vingadores" e um bom filme.

21/04/2013 - Anderocks (38 anos)

84
  Bom
Denunciar
Vale a pena... Mais com 2 horas de duração seria melhor.

24/05/2013 - J.Ricardo (35 anos)

85
  Bom
Denunciar
É um filme bom. Mas meio enrolada a história. Se fosse contada em 90 minutos teria o mesmo efeito. Mas gostei do filme.

16/10/2013 - Lorena (30 anos)

86
  Ótimo
Denunciar
O filme conta uma história interessante e acho que merecia alguns minutos a mais acrescentado para poder explicar melhor certos detalhes. É claro que, para os fãs de Luan Santana e filmes de Transformers e companhia ilimitada, jamais saberá apreciar um filme como este.

14/02/2014 - João Pedro (34 anos)

  Ótimo
Denunciar
Um filme realmente fantástico, um dos melhores filmes da década (se não for o melhor) e pra mim Daniel Day Lewis faz a melhor interpretação masculina de todos os tempos.

18/10/2014 - Bessa38 (76 anos)

  Ótimo
Denunciar
Um excelente filme de suspense, em que nada é previsível, um roteiro muito bem elaborado, direção impecável e atuação maiúscula de DANIEL DAY-LEWIS, que vive uma pessoa, tipicamente ambiciosa, gananciosa, arrogante, e que por dinheiro, é capaz de vender a própria mãe, retrato nú e crú de um homem cruel. IMPERDÍVEL.

27/03/2015 - Kadu (40 anos)

  Bom
Denunciar
Um filme que vale a pena assistir, apesar do desfecho.

12/12/2017 - Julio Simi Neto (61 anos)

  Ótimo
Denunciar
Filmaço! Aqueles que deram "péssimo" ou "ruim" para esse filme... Sem comentários. Só de conferir como Daniel Day-Lewis levou seu 2º Oscar como Melhor Ator, já vale o ingresso e pontos final.

16/09/2019 - User (30 anos)

  Bom
Denunciar
Ambição, soberba e insanidade. Um filme demasiadamente extenso para o que apresenta sem muita ação, sem muito drama, sem muita emoção sem muita surpresa No entanto relata o ser humano sua ambição e pela mesma seu próprio fracasso pessoal.

19/02/2020 - Daniel Feitosa (30 anos)

  Ótimo
Denunciar
Concordo com o comentário da Lorena, seria necessário um maior detalhamento como os de costume do nobre Sérgio Sarmento. Mas sem duvidas uma excelente produção, direção e atuação. E ao saber do contexto que o ator Daniel Day-Lewis utilizou para produzir esse personagem solitário, ganancioso, porém sincero fez mais sentido. Uma grande obra que poucos são capazes de apreciar.

Novo Comentário
Faça seu comentário, mas por favor, siga estas regras:
- Não faça perguntas, faça comentários sobre o filme;
- Não conte o final do filme nem partes importantes para o desfecho, mas se necessário marque o texto;
- Seja objetivo e descreva o porquê de sua nota;
- Se você ainda não assistiu ao filme, dê nota "Não vi";
- Não critique outros comentários, apenas faça o seu, sem preconceitos;
- Se você não gosta deste gênero de filme, é melhor não comentar;
- Comentários que descumprirem estas regras, serão excluídos totalmente.

 Agradecemos a colaboração. Bom uso!

O Texto Contém Spoiter? Sim / Não     Selecione o texto com "Spoiler" e click aqui.

Nome: Idade:  Nota:

Últimos Visitados

Sangue Negro (There Will Be Blood)

Copyright © 2020 www.interfilmes.com - Todos os Direitos Reservados. Acesse a Política de Privacidade.