Não Me Abandone Jamais

  (Never Let Me Go)

Sinopse


Ruth (Carey Mullingan), Kathy (Keira Knightley) e Tommy (Andrew Garfield) são amigos desde a infância e cresceram num ambiente que consideravam idílico. Quando entram na idade adulta, têm de lidar com o amor que os envolve, os desafios do futuro e o que há de obscuro em seu passado.

Informações


Título no Brasil Não Me Abandone Jamais
Título Original Never Let Me Go
Ano Lançamento
Gênero Drama
País de Origem Reino Unido / EUA
Duração103 minutos
Direção
Estreia no Brasil 18/03/2011
Estúdio/Distrib. Fox Filmes

Elenco


... Kathy
... Tommy
... Kathy
... Tommy
... Ruth
... Miss Emily
... Miss Lucy
... Miss Geraldine
... Amanda
... Laura
... Arthur
... David
... Matron
... Doctor
... Madame
... Delivery Man 1
... Delivery Man 2
... Bumper Crop Girl
... Ruth
... Keffers
... Chrissie
... Rodney
... Sitcom Girl
... Sitcom Girl
... Waitress
... Male Office Worker
... Female Office Worker
... Hannah
... Nurse
... George
... (não creditado)
... Passer By (não creditado)
... Próprio (não creditado)
... Chief Guardian (não creditado)

Trilha Sonora


“HAILSHAM SCHOOL SONG”Melody
“COUNT YOUR BLESSINGS AND SMILE”Interpretada por George Formby
Escrita por Harry Gifford, Frederick Cliffe e George Formby
Publicada por Campbell Connelly & Co. Limited
>> Ver toda a Trilha Sonora...

Trailer



Comentários



  >> Ver todos os Comentários...

27/12/2012 - Cinthia B (29 anos)

27/12/2012
Cinthia B (29 anos)

37
  Bom
Denunciar
É bem melancólico, profundo, muito bom, porém bem triste. Tem uns momentos que dá raiva do conformismo deles. Um absurdo nascer para deixar outros viverem, é um paradoxo. Até hoje não entendo de onde eles vieram. Recomendo!

27/12/2012 - Paula Andressa (25 anos)

27/12/2012
Paula Andressa (25 anos)

38
  Ruim
Denunciar
Filminho sem pé nem cabeça, fiquei o filme todo sem entender o proposito, quem os criou, suas origens e o pior, todos sabiam seu destino, mas mesmo assim não se importavam de lutar contra esse destino. Um desperdício de elenco.

23/02/2013 - Eduardo B. de Morais Lima (16 anos)

23/02/2013
Eduardo B. de Morais Lima (16 anos)

39
  Bom
Denunciar
É, eu esperava mais desse filme, no começo, enquanto eles são crianças, é melhor, depois, já adultos, ele perde o rumo, ficando muito triste, e sendo meio parado, as atuações foram medianas, e o roteiro foi regular, não chega a emocionar esse drama, mas a ideia central, acho que foi bem bolada, apesar de estranha... Enfim, nota 7...

28/02/2013 - Willliam (15 anos)

28/02/2013
Willliam (15 anos)

40
  Ótimo
Denunciar
Eu achei maravilhoso o filme, me emocionei demais eu tenho 15 anos e amo esses tipos de filme. Esse com certeza vai entrar pra um dos meus filme favoritos. Simplesmente e incrível.

05/03/2013 - Marcia (36 anos)

05/03/2013
Marcia (36 anos)

41
  Ótimo
Denunciar
Gostei muito, mas é tão triste!

30/03/2013 - Jou (21 anos)

30/03/2013
Jou (21 anos)

42
  Ótimo
Denunciar
Ótimo filme super recomendado.

07/07/2013 - Carol (17 anos)

07/07/2013
Carol (17 anos)

43
  Ótimo
Denunciar
Filmaço sem comentários um dos melhores filmes que já vi.

25/07/2013 - Madson Carlos (15 anos)

25/07/2013
Madson Carlos (15 anos)

44
  Ótimo
Denunciar
ÓTIMO FILME. E Para esses ignorantes que não entenderam o significado do filme, aqui vai minha crítica. O filme é baseado numa ficção, talvez difícil de acontecer, mas tem uma
forma de dizer como o amor é um sentimento sublime, indestrutível, mesmo tendo uma melancolia e uma certa frustração. A vida é cheia de frustrações. E o amor é o único sentimento que nos torna humanos. É lindo o filme! Vale à pena assisti-lo! Pensem e interpretem antes de dar sua crítica!

08/08/2013 - Monica V (39 anos)

08/08/2013
Monica V (39 anos)

45
  Bom
Denunciar
E bom demais.

11/12/2013 - Osmar (56 anos)

11/12/2013
Osmar (56 anos)

  Regular
Denunciar
Regular, eu esperava bem mais, achei confuso tb... Nota 5...

22/08/2014 - Claudio (30 anos)

22/08/2014
Claudio (30 anos)

  Ótimo
Denunciar
Um filme de drama muito bom, apesar de ser triste. Com uma história boa e diferente de muita qualidade. E o filme conta com um pouco de ficção através disso consegue fazer um bom drama junto com um leve romance. A parte de ficção do filme não é o objetivo principal do filme e sim o drama, por isso que alguns detalhes ou a origem sobre a ficção acaba não tendo tanto foco e acaba parecendo que fica sem muito detalhes sobre isso. Vale a pena conferir um excelente filme e com bons atores.

04/09/2014 - Orlsil (60 anos)

04/09/2014
Orlsil (60 anos)

  Bom
Denunciar
A questão é: isso existe, está acontecendo, virá a existir? Como questionou a Margareth (23). Porque, se for assim, é muito sério, extrapola ao filme. Qdº se faz uma obra, qualquer que seja ela, mesmo o mais anônimo artista de fundo de quintal (como nós, em nossa adolescência, com 'poesias', 'pinturas', 'desenhos' e coisas desse tipo), transmite-se algo, alguma coisa, algum recado, uma advertência, denúncia talvez, quem sabe um alerta. Anos atrás falava-se que o nazismo produzira 'clones' e até fizeram um filme tratando disso: "Os meninos do Brasil" (bah, do Brasil?). Com isso quero dizer: onde há fumaça... Existem coisas que estão por aí, pelos corredores obscuros daqueles que mandam e têm algum "poder", as quais não nos passam de sopetão e, sim, por porções e, qdº vemos, fazem parte do nosso meio, da nossa vida, da sociedade e as tomamos por normais. Alguém poderá objetar (e com todo direito) : "isso é teoria disto ou daquilo". Pois bem, e a Doly? E a célula tronco (como avanço, experiência, etc)? E tantas outras coisas que não sabemos... E por que tudo isto? Porque, se são clones, até onde entendo, são vidas, e se são vidas, o que acontece (no filme) é ASSASSINATO direto. Chega a ser repugnante. E se está tratando de "eutanásia", também o é. Mas uma coisa é certa, porque ESTÁ ESCRITO e NINGUÉM apaga ou apagará: há um JUÍZO preparado para estas coisas e se dará conta disso também. Independente disso, não obstante o filme ser extremamente depressivo por causa desse fato, ele é bem feito e pode-se rotulá-lo como bom (ou ótimo, se preferirem). Foi feliz o produtor, nesse sentido, na sua proposta. É um filme (a história) duro, pesado, de difícil absorção, mas prende do início ao fim. P.C. : Fique claro, aos comentaristas comigo, que não há nenhuma crítica ou elogio a vossos comentários. Li-os todos, gostei de todos. O que fica disto tudo são as impressões registradas em nossos interiores. Um abraço afável a todos vocês 47 anteriores. E isto não é uma desculpa, estou mesmo emocionado e grato por estar ao vosso lado na mesma pg. É que este filme mexeu comigo e fala, também, da tua importância e da minha e como é bom estarmos aqui (nesta vida, neste mundão velho sem porteira, como dizemos aqui no sul). Valorize isto, o teu estar, o teu ser. Você pode, parafraseando aquele filósofo, dizer: ESTOU, logo, SOU.

30/11/2014 - Jorge (46 anos)

30/11/2014
Jorge (46 anos)

  Ótimo
Denunciar
É o drama mais macabro e surreal que já ví. Me pergunto que tipo de sociedade sacrificaria vidas sadias para tentar salvar vidas doentes. Que tipo de mente doentia cria um enredo deste!

24/12/2015 - Wanderlei (30 anos)

24/12/2015
Wanderlei (30 anos)

  Ótimo
Denunciar
Uma obra de arte sensacional, assistir este filme é como olhar pra um quadro raro... Que estória sensacional ao mesmo tempo que é ficção a todo momento faz uma comparação com a realidade, lógico que é um filme cabeça poucos irão entender seu contexto, mas aqueles que entendem a mensagem simplesmente se deleita com uma belíssima história de amor ou amores roubados pela sociedade egoísta que retrata o filme, uma sociedade que sacrifica jovens em nome de uma ciência arcaica, um filme que nos faz refletir sobre o tempo, em sempre acharmos que temos tempo suficiente pra tudo, quando na verdade ele se vai como grãos de areia entre os dedos... Enfim esse um dos melhores filmes que tive o prazer de assistir.

12/11/2017 - Lucas Fera (21 anos)

12/11/2017
Lucas Fera (21 anos)

  Regular
Denunciar
Tem umas coisas que não entendi, como a parada dos Clones e porquê eles eram obrigados a doarem órgãos ao chegar a uma certa idade. O drama não me emocionou muito, achei muito arrastado e apático. Claro que tem cenas boas, como a com o Andrew Garfield na estrada. Porém, gostei mais da linda Carey Mulligan. Ela é fofa. Enfim, acho que faltou mais emoção e mais aprofundamento da história. No mais, assistam.

Novo Comentário
Faça seu comentário, mas por favor, siga estas regras:
- Não faça perguntas, faça comentários sobre o filme;
- Não conte o final do filme nem partes importantes para o desfecho (spoiler), mas se necessário marque o texto;
- Seja objetivo e descreva o porquê de sua nota;
- Se você ainda não assistiu ao filme, dê nota "Não vi";
- Não critique outros comentários, apenas faça o seu, sem preconceitos;
- Se você não gosta deste gênero de filme, é melhor não comentar;
- Comentários que descumprirem estas regras, serão excluídos totalmente.

 Agradecemos a colaboração. Bom uso!

O Texto Contém Spoiler? /    
Selecione o texto com "Spoiler" e click aqui.

Nome: Idade:  Nota:


Últimos Visitados

Não Me Abandone Jamais (Never Let Me Go)

Copyright © 2021 www.interfilmes.com - Todos os Direitos Reservados. Acesse a Política de Privacidade.