Amazônia - O Despertar da Florestania

  (Amazônia: O Despertar da Florestania)

Sinopse


A partir do resgate de personagens históricos e depoimentos de representantes dos mais diversos segmentos, o documentário discute como a floresta amazônica e toda a questão ambiental têm sido tratados no Brasil desde o início do século XX. Essa confluência nos conduz ao conceito da florestania, o código genético de nossa identidade social.

Informações


Título no Brasil Amazônia - O Despertar da Florestania
Título Original Amazônia: O Despertar da Florestania
Ano Lançamento
Gênero Documentário
País de Origem Brasil
Duração111 minutos
Direção /
Estreia no Brasil 09/05/2019
Estúdio/Distrib. Descoloniza Filmes
Idade Indicativa Livre

Elenco


... Próprio
... Próprio
... Próprio
... Próprio
... Próprio
... Próprio
... Próprio
... Próprio
... Próprio
... Próprio
... Próprio
... Próprio
... Próprio
... Próprio
... Próprio
... Próprio
... Próprio
... Próprio

Trailer



Comentários


28/11/2020 - Dunha da Cunha (35 anos)

28/11/2020
Dunha da Cunha (35 anos)

  Ruim
Denunciar
Da hora esse vídeo institucional do PSDB. Imagino que a defesa da Miriam Leitão da Amazônia se deve ao fato que seria muito difícil privatizá-la, se ela estiver no chão ou toda queimada. O filme todo é uma demonização ou anulação das políticas ambientais dos governos ptistas, que merecem muitas críticas, mas também merecem muito reconhecimento, pois deram uma trava significativa nos avanços da destruição intensificada na gestão tucana. Colocam ali testemunhos da Marina Silva e do Carlos Minc, mas não falam dos avanços que houveram, quando foram ministros do meio ambiente, na defesa da Amazônia, em comparação com o desmanche que começa a acontecer com a ascensão dos setores da sociedade que chegam ao poder com Michel Temer. Se estavam tão preocupadas com a Amazônia, pessoas como Mirim Leitão, Christiane Torloni, Victor Fasano e Fernando Henrique Cardoso, deveriam ter pensado duas vezes em ter apoiado todo o processo de criminalização da política brasileira que desembocou na eleição de um facínora que está liquidando com a floresta e vai entregá-la num estágio do qual não haverá volta, e no qual essa gente votou. Não tivessem apoiado a perseguição política que houve no Brasil, hoje o país muito provavelmente seria governado por um político do PSDB e ele poderia colocar em prática a "incrível" política ambiental do partido, que em São Paulo, por exemplo, teve como Secretário de Meio Ambiente do governo estadual o "ilustríssimo" Ricardo Salles, que foi condenado por improbidade naquela gestão e hoje toca a destruição da Amazônia na atual gestão federal. Salvam-se apenas as declarações de pessoas que de fato se importam com a floresta amazônica, que não fazem disso seu teatro pessoal, e que provavelmente cederam suas imagens ao filme na inocência, sem saber que participavam de uma propaganda política. Prova do enviesamento do documentário está no fato dos responsáveis pela imagem de Chico Mendes não tê-la liberado seu uso pela produção do filme, que lamenta o fato nos créditos. Ora, e vocês acham mesmo que Chico Mendes lá ia querer sua imagem atrelada a este patacoada tucana?

Novo Comentário
Faça seu comentário, mas por favor, siga estas regras:
- Não faça perguntas, faça comentários sobre o filme;
- Não conte o final do filme nem partes importantes para o desfecho (spoiler), mas se necessário marque o texto;
- Seja objetivo e descreva o porquê de sua nota;
- Se você ainda não assistiu ao filme, dê nota "Não vi";
- Não critique outros comentários, apenas faça o seu, sem preconceitos;
- Se você não gosta deste gênero de filme, é melhor não comentar;
- Comentários que descumprirem estas regras, serão excluídos totalmente.

 Agradecemos a colaboração. Bom uso!

O Texto Contém Spoiler? /    
Selecione o texto com "Spoiler" e click aqui.

Nome: Idade:  Nota:


Últimos Visitados

Amazônia - O Despertar da Florestania (Amazônia: O Despertar da Florestania)

Copyright © 2021 www.interfilmes.com - Todos os Direitos Reservados. Acesse a Política de Privacidade.